PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Segunda-feira, 30 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE INICIADOS (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 5 - GRUPO DESPORTIVO RAMALHAL 1 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Iniciados - Futebol 11 - Série 1 - 25ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 3-1)

 

Foto (da esquerda para a direita): Sandro, Pedroso, Arrais, Max, Gonçalo Deodato, André Torneiro, Bruno Bernardes, Niksom, Marcelo Fernandes, Ricardo Santos e Jughe Pandim. 

 

Incidências do Jogo:

Pelas 11 horas do passado domingo, os iniciados do F. C. Ota fizeram o último jogo em casa para a temporada 2011/2012.

Para esta partida, o técnico Diogo Cristóvão, lançou o seguinte onze: João Pedroso, Gonçalo Deodato, Sandro Santos, André Torneiro, Marcelo Fernandes, Jughe Pandim, João Arrais, Ricardo Santos, Max, Niksom e Bruno Bernardes.

O jogo não podia ter começado melhor para a equipa da casa, que logo aos dois minutos inaugurou o marcador pelo Niksom, numa boa entrada na área com finalização certeira e segura.

O mais dificil estava feito e a partir daí, a equipa de Ota tomou conta do jogo, confortavelmente instalada na frente do marcador.

Aos 11 minutos, de novo o Niksom numa boa iniciativa individual pelo lado direito, cruzou o esférico para o Bruno Bernardes, mas este rematou fraco e à figura do guarda redes adversário.

Aos 15 minutos, o Max, num centro remate do lado esquerdo, fez a bola passar rente ao poste.

Aos 16 minutos, o Jughe lançou para o João Arrais, este desembaraçou-se de dois adversários e rematou em defesa para o guarda redes do Ramalhal, fazendo o segundo golo.

Aos 22 minutos, num livre directo, o João Arrais fez a bola passar por cima da barra.

Aos 31 minutos, num pontapé longo do João Pedroso, o Gonçalo Pinto ganhou em velocidade aos defesas e bateu facilmente o guarda redes do Ramalhal, fazendo terceiro golo.

Aos 35 minutos, de novo num livre directo, o João Arrais bateu-o e o guarda redes segurou com eficácia.

Aos 37 minutos, dois minutos depois da hora, num livre directo, o jogador do Ramalhal aplicou um fortíssimo remate, sem hipótese de defesa para o guarda redes do F. C. Ota.

Depois de uma excelente primeira parte, a vitória parcial da equipa local justificava-se amplamente. O golo do adversário, já em período de compensação, não se justificou tanto, mas a execução do livre foi fantástica e, só por isso, foi merecido.

 

1-0 para o FC Ota, apontado pelo Niksom 

Lance de perigo do ataque do FC Ota

 

O cariz do jogo no segundo tempo não se alterou e foi a equipa de Ota que continuou a espalhar o melhor futebol sobre o rectângulo de jogo dos Linhais.

Aos 3 minutos, numa arrancada pelo lado esquerdo, iniciada pelo Gonçalo Pinto e finalizada pelo mesmo, o guarda redes adversário correspondeu com uma boa defesa.

Aos 8 minutos, num livre batido pelo João Arrais, a bola foi bem defendida pelo guardião adversário.

Aos 12 minutos, num canto, o Ramalhal criou algum perigo, mas a defesa local afastou-o para longe da sua baliza.

Aos 17 minutos, o João Pedroso defendeu um livre directo batido pelo jogador do Ramalhal.

Aos 19 minutos, o Daniel Carvalho iniciou a jogada do quarto golo, endossando a bola ao Niksom, que pela esquerda, entrou na área e fez o golo para a sua equipa.

Aos 23 minutos, após um canto batido do lado direito, a bola caiu na área, onde um jogador visitante para uma defesa segura do João Pedroso.

Na parte final do jogo, a equipa de Ota continuou a desperdiçar oportunidades de golo, até que aos 34 minutos, o João Arrais, com um remate em jeito, fez o quinto golo para a formação de Ota.

Em suma, a equipa de Ota fez um jogo bem conseguido, onde nos 70 minutos de jogo foi sempre a melhor equipa em campo e fez por merecer esta expressiva goleada, contra um adversário que está à sua frente na tabela classificativa.

Os jogadores em destaque nesta partida foram o Niksom e o Jughe Pandim.

Os resultados desta jornada foram os seguintes: Torreense "B" 1 - A dos Cunhados 1; Alenquer 2 - Arneiros 2; Ponterrolense 0 - Barril 3; Ota 5 - Ramalhal 1; Monte Agraço 1 - Venda do Pinheiro 3 e GD Turcifal 0 - Livramento 10. Folgou o Povoense "B".

A classificação ficou assim ordenada: 1º Venda do Pinheiro (56 Pontos); 2º Torreense "B" (53 Pts); 3º Alenquer (50 Pts); 4º Arneiros (46 Pts); 5º Povoense "B" (41 Pts); 6º Livramento (40 Pts); 7º Barril (33 Pts); 8º Monte Agraço (28 Pts); 9º Ramalhal (27 Pts); 10º FC Ota (22 Pts); 11º Ponterrolense (20 Pts); 12º A dos Cunhados (17 Pts) e 13º GD Turcifal (0 Pts).

No próximo domingo, pelas 10h. 30m., na Venda do Pinheiro, o Futebol Clube de Ota fecha a época 2011/2012, com uma partida complicada contra o primeiro classificado desta série 1.

 

3-1 para o Ramalhal. 

Jogada de perigo do FC Ota  



publicado por BLOGOTA às 22:56
link do post | comentar | favorito
|

CAMPEONATO DISTRITAL DE JUVENIS (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 - E. ACADEMIA SPORTING TURCIFAL 1 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota

Juvenis - Futebol 11 - Série 1 - 25ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-0)

 

Foto: O onze titular dos juvenis do Futebol Clube de Ota, no jogo que disputou no domingo, de manhã, frente à Escola Academia Sporting Turcifal. 

 

Incidências do Jogo:

No passado domingo, de manhã, pelas 9 horas, com o tempo enovoado, vento e o terreno escorregadio, os juvenis do F. C. Ota receberam o 3º classificado, a Academia do Sporting do Turcifal, que na 1ª volta do campeonato já havia vencido, também, por uma bola a zero.

Para este jogo, o técnico David Soudo, lançou o seguinte onze titular: Duarte Bernardino, Fernando Anselmo, Hugo Ferreira, João Domingos, Miguel Ângelo, Daniel Pereira, João Cruz, Renato Gonçalves, Nuno Sousa, Pedro Oliveira e Diogo Simões.

Na primeira parte assistimos a uma partida equilibrada.

O primeiro sinal de perigo foi dado pela equipa da casa, aos 6 minutos, com um remate do Pedro Oliveira, para defesa fácil do guarda redes visitante.

Aos 8 minutos, num remate de fora da área, o Duarte correspondeu com uma grande defesa.

Aos 19 minutos, o Diogo Simões rematou com perigo, mas a bola saiu ao lado da baliza.

Aos 21 minutos, num livre a favor da equipa da casa, a bola passou longe do alvo.

aos 23 minutos, num livre favorável ao Turcifal, a bola passou por cima da barra da baliza do F. C. Ota.

Aos 38 minutos, noutro livre a favor da equipa local, a bola passeou com perigo na área adversária, mas ninguém conseguiu colocá-la no interior da baliza.

No fim dos primeiros quarenta minutos de jogo o empate aceitava-se porque o equilibrio foi a nota dominante, num jogo com poucas situações claras de golo.

 

Foto: Mais um lance de ataque da equipa de Ota, na segunda parte do jogo. 

 

A segunda parte trouxe as equipas mais empenhadas na busca do golo, o primeiro sinal de perigo foi da equipa da casa, quando aos 6 minutos o Nuno Sousa teve uma boa iniciativa atacante, mas sem consequências práticas.

Aos 8 minutos, o Turcifal enviou uma bola poste, num grande remate de fora da área.

Aos 10 minutos saiu o Renato Gonçalves e entrou o Alexandre Florindo.

Aos 14 minutos, numa jogada de insistência pelo lado direito, a bola foi metida a meia altura para a área, onde apareceu um jogador do Turcifal a fazer o golo de cabeça, inaugurando o marcador deste jogo.

Aos 25 minutos, após um livre a favor do FC Ota, surgiu alguma confusão na área e o João Cruz fez o golo, que foi invalidado pelo árbitro devido a fora de jogo.

A perder, a equipa de Ota não conseguiu dar a volta ao jogo e foi dominada pela formação adversária.

Aos 34 minutos sairam do jogo o Miguel Ângelo e o Pedro Oliveira, entrando para os seus lugares o Emanuel Cabaço e o João Santos.

Aos 40 minutos, num remate fortíssimo de um jogador visitante, a bola foi em direcção à baliza, onde estava o Duarte a realizar uma excelente intervenção.

Aos 42 minutos, já em período de compensação, o Turcifal enviou outra bola à barra da baliza do FC Ota.

Em relação à primeira parte, a equipa adversária foi mais acutilante em termos ofensivos e justificou esta vitória pela margem mínima.

Os resultados desta jornada foram os seguintes: Ota 0 - EAS Turcifal 1; Arrudense 3 - Alenquer 0; Venda do Pinheiro 0 - Pinheiro Loures "B" 5; Casalinhense 5 - Recreio Vila Nova da Rainha 1; Arneiros 2 - Monte Agraço 0; A dos Cunhados 1 - Alcainça 3 e Alhandra 5 - Ponterrolense 1. Folgou o Encarnacense.

A classificação ficou assim ordenada: 1º Pinheiro Loures "B" (64 Pontos); 2º Casalinhense (63 Pts); 3º EAS Turcifal (52 Pts); 4º Alhandra (52 Pts); 5º Arrudense (52 Pts); 6º Alenquer (41 Pts); 7º Recreio (34 Pts); 8º FC Ota (29 Pts); 9º Arneiros (27 Pts); 10º A dos Cunhados (22 Pts); 11º Encarnacense (22 Pts); 12º Monte Agraço (20 Pts); 13º Venda do Pinheiro (17 Pts); 14º Alcainça (11 Pts) e 15º Ponterrolense (3 Pts).

Na próxima ronda, 26ª, o Futebol Clube de Ota desloca-se ao terreno do Monte Agraço, onde joga pelas 10h. 30m. 

 

VIDEOS DO JOGO 

Livre contra o EAS Turcifal. 

Livre perigoso contra o FC Ota. 

Lance de perigo do ataque do FC Ota.   



publicado por BLOGOTA às 10:34
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 29 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

  

SPORT ALENQUER E BENFICA 3 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 

Parque de Jogos do Sport Alenquer e Benfica - Alenquer 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 25ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 1-0)

 

Foto (da esquerda para a direita): André Campos, João Cruz, João Domingos, Daniel Pereira, Gustavo, Domingos, Miguel Ângelo, João Correia, Gonçalo Pinto, Fred Gomes e Francisco Borges. 

 

Incidências do Jogo:

Os juniores do F. C. Ota, após terem conquistado a primeira vitória na competição, deslocaram-se ao campo do Alenquer e Benfica com o propósito de conseguirem o segundo êxito consecutivo para o campeonato e o primeiro fora de casa.

Este jogo marcou a última deslocação da época para a equipa júnior e logo num derby do concelho de Alenquer.

Ao invés da formação de Ota, os alenquerenses vinham de uma pesada derrota na Bobadela por seis bolas a uma, e pretendiam fechar a sua prestação em casa com uma vitória.

O técnico da equipa de Ota, David Soudo, fez apenas uma alteração em relação ao onze da passada jornada, com a saida do José Bernadino da equipa titular devido a doença.

O onze titular foi composto pelo Fred Gomes, Miguel Ângelo, Daniel Pereira, Domingos, Gustavo, João Correia. João Cruz, André Campos, João Domingos, Gonçalo Pinto e Francisco Borges.

O jogo foi bem disputado, com as duas equipas, numa fase inicial a respeitarem-se mutuamente. Nos primeiros minutos destacou-se um remate perigoso do João Correia e duas boas oportunidades de golo para o Alenquer, sendo que na primeira a bola passou por cima da barra e na segunda o Fred esteve seguro entre os postes.

Aos 18 minutos, num livre marcado do lado esquerdo, a bola caiu ao segundo poste, onde o jogador nº 2 cabeceou o esférico com muito perigo para a baliza adversária.

Aos 24 minutos, o jogador nº 3 entrou na área, em posição frontal e sem marcação, rematando o esférico para uma excelente intervenção do Fred que conseguiu evitar o primeiro golo do jogo, na situação mais clara até ao momento.

No minuto seguinte, o Francisco Borges isolou-se, ultrapassou o guarda redes e sobre o lado esquerdo, com o seu melhor pé, enviou a bola desviada do alvo, gorando-se a melhor oportunidade de golo para o FC Ota até essa altura.

Aos 30 minutos, o Domingos rasteirou um adversário no interior da área e o árbitro assinalou penalty.

Aos 31 minutos, na conversão do castigo máximo, o jogador nº 10 não perdoou e inaugurou o marcador.

Aos 39 minutos, a equipa de Ota reclamou penalty, numa situação em que um jogador do Alenquer colocou mão na bola, no interior da área, com o árbitro a considerar o gesto involuntário.

Ao intervalo, dado o equilibrio na partida, consideramos o resultado injusto. A igualdade seria o «score» mais justo no final dos primeiros quarenta e cinco minutos de jogo.

 

Foto: Aos 25 minutos, o Francisco Borges teve a melhor oportunidade de golo nos pés, mas o seu remate levou a bola a passar ao lado do poste direito da baliza do Sport Alenquer e Benfica. 

 

Para a segunda parte, a equipa técnica de Ota tirou do jogo o André Campos e o Gonçalo Pinto e colocou no interior da quatro linhas o Nuno Sousa e o Ricardo Granja.

Aos 50 minutos, o João Domingos entrou na área pelo lado esquerdo e foi rasteirado pelo defesa central do Alenquer, com o árbitro a assinalar a respectiva grande penalidade. O jogador do Alenquer e Benfica viu o segundo cartão amarelo e foi excluido do jogo.

Chamado à conversão do castigo máximo, aos 51 minutos, o João Domingos permitiu a defesa ao guardião contrário, ainda surgiram duas recargas, pelo Francisco Borges e pelo João Domingos, mas a equipa de Alenquer conseguiu desviar a bola pela linha de fundo.

Aos 54 minutos, o Francisco Borges desmarcou o Nuno Sousa, pelo lado direito, e este, junto ao bico da grande área, desferiu um potente remate para uma excelente intervenção do guarda redes visitado.

Aos 63 minutos sairam do terreno de jogo o João Cruz e o Domingos, para as entradas do Luis Miranda e Emanuel Cabaço.

Aos poucos, e apesar de jogar com mais uma unidade em campo, a equipa de Ota foi perdendo descernimento e capacidade ofensiva. Por outro lado, o Alenquer defendeu bem e começou a lançar alguns contra ataques perigosos para a equipa adversária.

Aos 68 minutos, o Francisco Borges entrou na área, pelo lado esquerdo e rematou cruzado, com a bola a sair ao lado do poste esquerdo.

Aos 73 minutos, o Luis Miranda, de livre directo, enviou a bola ao lado do poste direito da baliza visitada.

Aos 78 minutos, após uma falha defensiva, o jogador nº 7 isolou-se e bateu o desamparado Fred, fazendo o segundo golo para a equipa de Alenquer.

Aos 84 minutos, o jogador nº 3 recepcionou uma bola na área e rematou de pronto, com o esférico a sair ao lado do poste esquerdo do FC Ota.

Aos 85 minutos, após um canto batido do lado direito, a bola caiu ao segundo poste, onde o jogador nº 5 falhou de forma incrivel o golo para a equipa local.

Aos 90 minutos, em mais um erro defensivo, o jogador nº 11 entrou na área, em posição frontal e bateu sem dificuldades o guarda redes adversário.

Em suma, uma vitória justa para a formação alenquerense, acima de tudo porque foi melhor com 10 unidades em campo do que com onze e soube matar o jogo, esperando pacientemente pelos erros do adversário. O F.C. Ota, depois de desperdiçar a grande penalidade, no inicio do segundo tempo, que daria a igualdade no jogo, nunca mais se encontrou e foi perdendo capacidade de organização com o decorrer do tempo. Embora a vitória seja justa, a diferença no marcador é exagerada. 

 

Foto: Aos 50 minutos, neste lance, o João Domingos foi rasteirado e o árbitro assinalou a grande penalidade. 

 

VIDEOS DO JOGO 

1-0 para o Alenquer e Benfica 

João Domingos falhou penalty. 

Luis Miranda bateu livre directo.   



publicado por BLOGOTA às 15:52
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 28 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE INFANTIS (2ª Divisão)

VS 

 

MONTE AGRAÇO FUTEBOL CLUBE 1 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 2 

Parque Municipal de Jogos do Sobral de Monte Agraço - Sobral de Monte Agraço

Infantis - Futebol 11 - Série 1 - 25ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 1-0)

 

Incidências do Jogo:

Os infantis do Futebol Clube de Ota fizeram o último jogo fora de casa, na época 2011/2012, com uma deslocação ao Sobral de Monte Agraço, onde defrontaram o Monte Agraço Futebol Clube, que seguia sete pontos atrás do clube otense.

A equipa de Ota entrou bem no jogo e ganhou uma série de cantos consecutivos, embora sem criar grande perigo para a baliza adversária.

O Monte Agraço reagiu e conseguiu inaugurar o marcador ainda no primeiro quarto de hora da primeira parte.

No que restou do primeiro tempo, destacou-se o facto da equipa visitante não ter conseguido reagir ao golo sofrido, aceitando-se, por isso, o resultado no fim dos primeiros trinta minutos de jogo.

Na segunda parte, a equipa de Ota entrou transfigurada e conseguiu dar a volta ao marcador, com uma exibição convincente e personalizada.

Aos 10 minutos, o Daniel Dias restabeleceu a igualdade e, aos 20 minutos, de novo, o Daniel Dias colocou a sua equipa na frente do marcador.

Foi uma excelente segunda parte da equipa visitante, que fez por merecer a reviravolta no marcador, conquistando uma merecidíssima vitória.

À partida para a última jornada, a equipa de Ota luta, ombro-a-ombro, com o Ericeirense pelo oitavo posto da classificação.

Os resultados desta penúltima jornada foram os seguintes: Vialonga 1 - Casalinhense 3; Vilafranquense 1 - Bragadense 1; Arrudense 2 - Alenquer 1; Cadaval 2 - Bucelenses 0; Ericeirense 2 - Sobreirense 2; Monte Agraço 1 - Ota 2 e Carregado 3 - Torreense "B" 1.

A classificação, após esta jornada, ficou assim ordenada: 1º Carregado (62 Pontos); 2º Vialonga (59 Pts); 3º Casalinhense (55 Pts); 4º Arrudense (54 Pts); 5º Alenquer (47 Pts); 6º Torreense "B" (43 Pts); 7º Vilafranquense (34 Pts); 8º Ericeirense (30 Pts); 9º F. C. Ota (29 Pts); 10º Cadaval (24 Pts); 11º Bragadense (22 Pts); 12º Monte Agraço (19 Pts); 13º Bucelenses (12 Pts) e 14º Sobreirense (6 Pts).

No próximo sábado, dia 5 de Maio, pelas 15 horas, disputa-se a última jornada do campeonato, com o Futebol Clube de Ota a receber o Ericeirense, num jogo onde se lutará pelo oitavo lugar da classificação.

 

Foto: Daniel Dias = 2 Golos = 3 Pontos    



publicado por BLOGOTA às 20:11
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 27 de Abril de 2012
17º PRÉMIO DA JUNTA DE FREGUESIA DO TORRÃO

Foto: Fernando Duarte a cruzar a meta na sexta posição da geral individual (segundo em Veteranos B), no Torrão. 

 

Na passada quarta-feira, dia 25 de Abril, feriado nacional, a equipa de ciclismo do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota deslocou-se até ao concelho de Alcácer do Sal, mais precisamente à localidade do Torrão, onde disputou uma prova de estrada Master's Open, denominada de 17º Prémio da Junta de Freguesia do Torrão.

Os atletas do C.S.R.D. OTA /CARB BOOM / ANIPURA que participaram nesta prova foram os seguintes: Válter Raimundo e Avelino Santos, na categoria de Sub23, Paulo Simões, David Ventura, Cláudio Paulinho e Ricardo Rodrigues, na categoria de Veteranos A, Fernando Duarte e João Nunes, na categoria de Veteranos B e José Carlos Silva na categoria de Veteranos C.

 

Foto: Cláudio Paulinho a cruzar a meta na 17ª posição (7º em Veteranos A). 

 

O percurso, com cerca de 75 quilómetros de extensão, levou os ciclistas do Torrão até Alcácer do Sal, com retorno ao local de partida.

Participaram nesta competição cerca de 140 ciclistas, divididos por cerca de 20 equipas.

Esta prova foi disputada a uma média horária superior a 40 kms/h, sem chuva, com o tempo bastante nublado, e com fortíssimo vento ao longo de todo o percurso.

Na parte final da prova, à chegada ao Torrão, a equipa de Ota tinha dois atletas na disputa directa pelo primeiro lugar, integrados num restrito pelotão de 22 unidades.

O vencedor da geral individual foi o Carlos Gomes, da Xyami / Fagor / Nova Vida, com 1h. 51m. 41s., à média horária de 40,67 km/h. O Carlos Gomes foi mais forte nos últimos quilómetros da competição e ganhou por 6 segundos de vantagem aos seus mais directos perseguidores.

O grupo perseguidor, com dois elementos da equipa de Ota, terminou com 1h. 51m. 47s. O Fernando Duarte fechou em 6º lugar e o Cláudio Paulinho na 17ª posição da geral individual.

Depois, aos poucos foram chegando diversos grupos de ciclistas, com o Paulo Simões a terminar na 54ª posição, com o tempo de 1h. 52m. 37s. O Válter Raimundo chegou com 1h. 52m. 46S, no 60º lugar.

Na 86ª posição finalizou o Ricardo Rodrigues, com 1h. 57m. 04s.

No 90º lugar terminou o David Ventura, com 1h. 57m. 31s.

No 98º posto finalizou o Avelino Santos, com 1h. 58m. 03s.

Na 108ª posição, ainda a recuperar de uma queda sofrida uns dias antes, ficou o João Nunes, com 2h. 01m. 34s.

O José Carlos Silva, apesar de ter terminado a prova, fê-lo fora do controlo, sendo por isso desclassificado.

Terminaram a competição 115 ciclistas.

 

Foto: David Ventura, Ricardo Rodrigues, e mais atrás, Paulo Simões. 

 

Na classificação colectiva, a equipa de Ota ficou em 5º lugar, num total de 17 formações classificadas. A equipa vencedora foi a da Xyami / Fagor / Nova Vida.

Por categorias, as classificações finais dos atletas da equipa de Ota foram as seguintes:

SUB23:

4º Lugar: Válter Raimundo

6º Lugar: Avelino Santos.

Vencedor: Bruno Sabido (Xyami / Fagor / Nova Vida)

 

ELITES:

Vencedor: Luís Mendonça (Clube Moinho Vermoim)

 

VETERANOS A:

7º Lugar: Cláudio Paulinho

26º Lugar: Paulo Simões

40º Lugar: Ricardo Rodrigues

41º Lugar: David Ventura

Vencedor: Carlos Gomes (Xyami / Fagor / Nova Vida)

 

VETERANOS B:

2º Lugar: Fernando Duarte

17º Lugar: João Nunes

Vencedor: Vítor Lourenço (Viveiros Vítor Lourenço / Sintra C. Ciclismo)

 

VETERANOS C:

Fora de controlo: José Carlos Silva.

Vencedor: José Martins (CCLA – Clube Ciclismo do Litoral Alentejano) 

 

Foto: Fernando Duarte subiu três vezes ao pódio, para receber o prémio pelo 6º lugar na geral individual, pelo 2º lugar na categoria de Veteranos B e pelo 5º lugar da equipa do C.S.R.D. OTA / CARB BOOM / ANIPURA.  



publicado por BLOGOTA às 15:14
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 26 de Abril de 2012
INSCREVA-SE NA 11ª CORRIDA DO MIRANTE


publicado por BLOGOTA às 19:16
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 25 de Abril de 2012
2ª ROTA BTT DO HOSPITAL DE CHAVES

Foto: José Carlos Silva 

 

No passado domingo, dia 22 de Abril, o José Carlos Silva, da equipa de BTT do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom / Anipura, deslocou-se até Chaves, onde participou na 2ª Rota BTT da Casa do Pessoal do Hospital de Chaves.

O José Carlos Silva participou na distância mais longa, com 65 quilómetros de extensão, finalizando na 23ª posição da geral individual, com o tempo total de 3h. 30m. 20s. Na sua categoria, de Veteranos C ficou na 3ª posição.

Participaram neste evento, divididos pela maratona e meia-maratona, mais de duzentos atletas.

Na maratona o vencedor foi o Ruben Rodriguez (Individual), com 2h. 47m. 46s.       



publicado por BLOGOTA às 19:11
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 24 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE INICIADOS (2ª Divisão)

VS 

 

GRUPO DESPORTIVO DO BARRIL 2 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 2 

Campo do Texugo - Barril/Mafra 

Iniciados - Futebol 11 - Série 1 - 24ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 1-0)

 

Foto (da esquerda para a direita): Max, Marcelo Vitorino, Ricardo, Gonçalo Pinto, Marcelo Fernandes, Ivo, Gonçalo Deodato, Sérgio Ribeiro, Daniel Carvalho, João Pedroso e Sandro Santos. 

 

Incidências do Jogo: 

Os iniciados do F. C. Ota, em jogo a contar para a antepenúltima jornada do campeonato, deslocaram-se ao Barril, um campo pelado, onde defrontaram uma equipa que na 1ª volta havia vencido em Ota, por cinco bolas a zero.

Com uma temperatura baixa, para a época do ano, bastante vento e alguns chuviscos, as duas equipas entraram em campo algo receosas uma da outra.

O técnico Diogo Cristóvão lançou o seguinte onze inicial: João Pedroso, Marcelo Fernandes, Sandro Santos, Marcelo Vitorino, Gonçalo Deodato, Max, Ricardo Santos, Sérgio Ribeiro, Ivo Rebelo, Daniel Carvalho e Gonçalo Pinto.

A primeira parte deste jogo foi dominada pela equipa da casa, embora sem criar grandes situações de golo.

O primeiro sinal de perigo aconteceu aos 15 minutos, num livre bombeado para a área visitante, com a defensiva de Ota a ser mais rápida a aliviar o esférico da zona de perigo.

Aos 17 minutos, numa jogada elaborada pelo lado esquerdo, surgiu um remate fortíssimo, com a bola a sair ao lado do poste da baliza à guarda do João Pedroso.

Aos 24 minutos, em mais um livre favorável à equipa local, a bola morreu na mão do guarda-redes de Ota, que estava bem posicionado.

Aos 28 minutos, num livre frontal à baliza, o João Pedroso estirou-se e desviou a bola pela linha de fundo.

Aos 34 minutos, já muito perto do intervalo, num canto a favor da equipa da casa, surgiu o primeiro golo do jogo, numa insistência atacante, depois da bola ter sido rechaçada pela equipa de Ota, um jogador local voltou a bombear a bola para o interior da área, onde o João Pedroso não chegou à mesma, e nas suas costas apareceu um atacante do Barril a inaugurar o marcador.

Foi pena a equipa de Ota ter sofrido este golo já à beira do intervalo, apesar da justiça do mesmo, dado o maior caudal atacante do Barril, porque havia defendido bem o nulo durante a primeira parte.

 

Boa defesa do João Pedroso. 

2-0 para o GD Barril. 

 

No recomeço do jogo, a equipa da casa voltou a entrar como saiu no primeiro tempo, ou seja, a marcar. Logo aos 4 minutos, depois de uma perda de bola no seu meio campo, a equipa de Ota viu um adversário fazer um perfeito chapéu ao João Pedroso, que se encontrava ligeiramente adiantado.

Aos 7 minutos, num livre directo, a bola saiu à figura do guarda-redes de Ota, que encaixou com segurança.

A perder por dois golos de diferença, e com pouco tempo para jogar, a equipa de Ota tratou de se lançar em mais iniciativas atacantes em busca de alcançar, pelo menos, um golo que lhe desse esperanças de chegar à igualdade.

Aos 10 minutos, o João Arrais apanhou o esférico a jeito, rematou muito forte, com a bola a passar por cima da barra.

Entretanto a feição do jogo tinha-se alterado, e era agora o clube visitante que dominava a partida.

Aos 22 minutos, o Daniel Carvalho, numa boa iniciativa individual, esteve perto do golo, mas a defensiva contrária evitou-o.

Aos 25 minutos, o João Arrais, junto ao bico da grande área, desferiu um remate em jeito, que fez a bola entrar na baliza adversária junto ao ângulo superior, reduzindo a desvantagem no marcador.

No minuto seguinte, depois da bola ter sido reposta em jogo pelos atletas do Barril, a equipa de Ota recuperou a mesma e foi endossada para o Daniel Carvalho que fez um golo de belo efeito, restabelecendo a igualdade no marcador.

A parte final do encontro foi disputada de forma equilibrada, com ambas as equipas em busca do golo da vitória, mas os respectivos sectores defensivos seguraram um ponto para cada lado.

De destacar, na equipa de Ota, as boas exibições do João Arrais e do Daniel Carvalho, coroadas com um golo para cada um.

Os resultados desta jornada foram os seguintes: A dos Cunhados 2 – Alenquer 3; Arneiros 4 – Ponterrolense 0; Barril 2 – Ota 2; Ramalhal 0 – Monte Agraço 1; Venda do Pinheiro 14 – GD Turcifal 0 e Povoense “B” 0 – Torreense “B” 4. Folgou o Livramento.

A classificação ficou assim ordenada: 1º Venda do Pinheiro (53 Pontos); 2º Torreense “B” (52 Pts); 3º Alenquer (49 Pts); 4º Arneiros (45 Pts); 5º Povoense “B” (41 Pts); 6º Livramento (37 Pts); 7º Barril (30 Pts); 8º Monte Agraço (28 Pts); 9º Ramalhal (27 Pts); 10º Ponterrolense (20 Pts); 11º F. C. Ota (19 Pts); 12º A dos Cunhados (16 Pts) e 13º GD Turcifal (0 Pts).

No próximo domingo disputa-se a penúltima jornada, com o Futebol Clube de Ota a receber o Ramalhal, pelas 11 horas. 

 

Livre contra o F. C. Ota. 

João Pedroso defendeu para canto. 

Boa oportunidade de golo para o F.C. Ota.  



publicado por BLOGOTA às 19:49
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 23 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUVENIS (2ª Divisão)

VS 

 

U.D.R. VILA NOVA DA RAINHA 1 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 4 

Campo dos Arneiros - Vila Nova da Rainha/Azambuja

Juvenis - Futebol 11 - Série 1 - 24ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-1)

 

Incidências do Jogo:

Os juvenis do Futebol Clube de Ota, após duas derrotas consecutivas, coroando duas exibições cinzentonas, voltaram ás vitórias frente a um adversário que seguia imediatamente à sua frente na tabela classificativa.

Foi uma curta deslocação, até Vila Nova da Rainha, com a equipa de Ota a realizar uma exibição bem consistente, que lhe permitiu trazer três importantes pontos para casa.

Apesar do desnível no marcador final, o jogo foi equilibrado, sendo que a capacidade concretizadora da equipa visitante foi muito mais eficiente que a local.

Ao intervalo a formação de Ota já vencia por uma bola a zero, com um golo obtido pelo Diogo Simões.

Na segunda parte, o Nuno Sousa abriu o livro e fez três golos nos segundos quarenta minutos de jogo.

Entre o terceiro e o quarto golo da equipa de Ota, a formação do concelho de Azambuja apontou o seu tento de honra.

Em suma, a equipa de Ota mereceu a vitória, num jogo onde a capacidade concretizadora aliada à consistência defensiva deram frutos em prol da formação do concelho de Alenquer.

Os resultados desta 24ª jornada foram os seguintes: Pinheiro de Loures "B" 1 - Casalinhense 0; Encarnacense ? - Venda do Pinheiro ?; Recreio de Vila Nova da Rainha 1 - Ota 4; EAS Turcifal 1 - Arneiros 2; Monte Agraço 2 - A dos Cunhados 3; Alcainça 0 - Alhandra 2 e Ponterrolense 1 - Arrudense 5. Folgou o Alenquer e Benfica.

A classificação, após esta jornada, ficou assim ordenada: 1º Pinheiro de Loures "B" (61 Pontos); 2º Casalinhense (60 Pts); 3º EAS Turcifal (49 Pts); 4º Alhandra (49 Pts); 5º Arrudense (49 Pts); 6º Alenquer (41 Pts); 7º Recreio de Vila Nova da Rainha (34 Pts); 8º F. C. Ota (29 Pts); 9º Arneiros (24 Pts); 10º A dos Cunhados (22 Pts); 11º Monte Agraço (20 Pts); 12º Encarnacense (19 Pts); 13º Venda do Pinheiro (17 Pts); 14º Alcainça (8 Pts) e 15º Ponterrolense (3 Pts).

Na próxima jornada, vigésima quinta, o Futebol Clube de Ota recebe o EAS Turcifal, pelas 9 horas da manhã, do próximo domingo, dia 29 de Abril.

 

Foto: Nuno Sousa, autor de três golos neste jogo, todos apontados na segunda parte.   



publicado por BLOGOTA às 19:26
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 22 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 4 - UNIÃO DESPORTIVA PONTE FRIELAS 1 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 24ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 3-1)

 

Foto (em pé, da esquerda para a direita): Miguel Ferreira (Presidente), Diogo Cristóvão (treinador-adjunto), André Geada, Pedro Anacleto, João Domingos, Gustavo Parreira, Gonçalo Pinto, Luis Miranda, João Cruz, Daniel Pereira, Alexandre Florindo, Jorge Pedroso (massagista) e David Soudo (treinador). Em baixo, da esquerda para a direita: Francisco Borges, Cristiano, Duarte Bernardino, André Campos, João Correia, José Bernardino, João Domingos, Nuno Sousa e Frederico Gomes.  

 

Incidências do Jogo:

Ao fim de 23 jogos consecutivos para o campeonato sem conhecer o sabor da vitória, com apenas dois empates conquistados, os juniores do F. C. Ota chegaram à ante-penúltima jornada tendo pela frente um adversário que seguia na ante-penúltima posição da tabela classificativa, e conseguiram a tão almejada e desejada primeira vitória na competição.

Há muito que este jogo estava assinalado no calendário como aquele onde a equipa de Ota teria de pôr toda a carne no assador para conquistar a primeira vitória na competição e com a ajuda de 6 juvenis esse desejo foi alcançado, ainda mais com uma exibição excelente.

O técnico David Soudo lançou o seguinte onze inicial: Fred Gomes, José Bernardino, João Domingos, Daniel Pereira, Gustavo Parreira, João Correia, João Domingos, André Campos, João Cruz, Gonçalo Pinto e Francisco Borges. De inicio, o treinador de Ota, lançou três juvenis, os dois centrais e o médio direito.

O jogo não podia ter começado melhor para a equipa da casa, porque logo no primeiro minuto inaugurou o marcador com um golo obtido pelo Gonçalo Pinto. O lance nasceu de um pontapé longo do Fred que surpreendeu os centrais contrários, o Francisco Borges acreditou no lance e foi estorvar a acção do guarda redes, que não foi lesto a despachar o esférico, ficando o mesmo à mercê do Gonçalo, que vindo de trás tocou a bola para o fundo da baliza deserta do Ponte Frielas.

Se a equipa de Ota já tinha entrado em jogo com a motivação necessária para vencer este jogo, claro está que este golo veio dar um ânimo suplementar, porque a formação local continuou a pressionar fortemente a equipa adversária.

Essa pressão voltou a surtir efeito aos 11 minutos, quando o João Domingos entrou na área pelo lado esquerdo e de ângulo reduzido fez o segundo golo do jogo, com a bola a entrar entre o poste e o guarda redes, com fortes culpas para este último que deixou o seu lado completamente desprotegido, aproveitando o jogador de Ota para lá colocar o esférico com grande mestria e precisão.

Depois deste golo a equipa continuou endiabrada e aos 15 minutos o Francisco Borges foi rasteirado no interior da área visitante, com o árbitro a assinalar o respectivo castigo máximo.

Na conversão da grande penalidade, o Francisco Borges permitiu a defesa ao guardião contrário.

Esta situação refreou um pouco os ânimos locais, mas mesmo assim, aos 20 minutos, o Francisco Borges entrou na área, descaido para o lado esquerdo e desferiu um potente remate que saiu rente ao poste direito da baliza visitante.

Aos 27 minutos, a equipa do Ponte Frielas entrou na área e o João Correia desarmou o adversário enviando a bola para canto, com o árbitro a enganar-se ao assinalar grande penalidade.

Na conversão do castigo máximo, o jogador nº 7 não perdoou e reduziu a diferença no marcador.

Este golo foi apenas um percalço na excelente exibição da equipa local, porque aos 35 minutos voltou a introduzir a bola na baliza adversária, com um remate do Francisco Borges, anulado pelo árbitro por suposto fora de jogo do avançado local.

Não foi aos 35, para ser um pouco mais tarde, aos 44 minutos, com uma desmarcação do João Cruz para o Gonçalo Pinto entrar na área pelo lado direito e desferir um potente remate cruzado que deixou o guarda redes adversário pregado ao solo.

Ao intervalo, com o resultado em 3-1, a justiça estava instalada no Parque de Jogos dos Linhais, mas para sermos mesmo sinceros, o golo da equipa visitante nem se justificou, em primeiro lugar porque o mesmo nasceu de um lance ferido de legalidade e depois porque a equipa de Ponte Frielas nada fez em termos atacantes que justificasse tal desiderato. 

 

Foto: No primeiro minuto, neste lance, o Gonçalo Pinto inaugurou o marcador para a equipa de Ota. 

 

Foto: Aos 11 minutos, nesta finalização, o João Domingos fez o segundo golo dos juniores do F. C. Ota. 

 

Ao intervalo o André Campos ficou nos balneários, cedendo o seu lugar ao Luis Miranda.

Nos primeiros minutos da segunda parte o jogo decorreu mais equilibrado, com a equipa de Ota a gerir a vantagem, enquanto a formação visitante, de forma quase inofensiva, tentava reduzir a desvantagem no marcador.

Aos 60 minutos o Gonçalo Pinto cedeu o seu lugar ao Nuno Sousa, outro juvenil a entrar neste jogo.

Aos 62 minutos, o Francisco Borges apareceu em boa posição para ampliar a vantagem, valendo na circunstância o guarda redes adversário, com uma boa defesa, a evitá-la.

Aos 63 minutos, após um canto batido do lado direito, a bola caiu ao segundo poste, onde houve um toque para a baliza, com o guarda redes a atrapalhar-se, sobrando a mesma para um colega que a pontapeou contra a cara de outro colega, quase fazendo auto-golo.

Aos 65 minutos, após um cruzamento da direita, o Nuno Sousa apareceu à boca da baliza a falhar por muito pouco o quarto golo.

Entretanto o jogo foi-se aproximando do fim com as equipas bem encaixadas uma na outra, sem criarem grandes situações de golo.

Aos 83 minutos sairam do terreno de jogo o Francisco Borges e o João Cruz, por troca com o Cristiano e o Alexandre Florindo (juvenil).

Aos 85 minutos, após um livre batido do lado direito do ataque do F. C. Ota, a bola sobrou, à entrada da área, para o pé esquerdo do João Domingos, que desferiu um remate bem colocado sem hipótese de defesa para o guardião contrário, fazendo o quarto golo do jogo.

Com o jogo ganho, a equipa de Ota ainda desperdiçou mais oportunidades de golo nos últimos minutos, sendo de destacar um livre directo batido do lado esquerdo pelo Luis Miranda, ao qual respondeu o guardião adversário com uma defesa de recurso.

Em suma, tardou mas foi a primeira vitória da equipa júnior do F. C. Ota na corrente época, absolutamente justa e com uma exibição consistente.

Os resultados desta jornada foram os seguintes: Casalinhense 0 - Fonte Grada 1; A dos Cunhados 0 - Arneiros 6; Monte Agraço 3 - Pinheiro Loures 0; Ericeirense 1 - Alhandra 1; Bobadelense 6 - Alenquer 1; Santa Iria 2 - Vialonga 3 e Ota 4 - Ponte Frielas 1.

A classificação ficou asim ordenada: 1º Arneiros (54 Pontos); 2º Monte Agraço (53 Pts); 3º Bobadelense (51 Pts); 4º Santa Iria (45 Pts); 5º Vialonga (43 Pts); 6º Alhandra (40 Pts); 7º Fonte Grada (40 Pts); 8º Ericeirense (38 Pts); 9º Casalinhense (31 Pts); 10º Alenquer (30 Pts); 11º Pinheiro Loures (22 Pts); 12º Ponte Frielas (18 Pts); 13º A dos Cunhados (13 Pts) e 14º F. C. Ota (5 Pts).

Na próxima jornada, vigésima quinta e penúltima da competição, o Futebol Clube de Ota desloca-se ao campo do Sport Alenquer e Benfica, onde pelas 16 horas disputa mais um derby do concelho alenquerense. 

 

Foto: Aos 16 minutos, neste lance, o Francisco Borges foi rasteirado e o árbitro assinalou a grande penalidade. 

 

Foto: Nesta excelente finalização, aos 44 minutos, o Gonçalo Pinto fez o terceiro golo da equipa de Ota. 

 

VIDEOS DO JOGO 

Guarda redes do Ponte Frielas defende penalty. 

2-1 para o Ponte Frielas, apontado de grande penalidade. 

Ponte Frielas ia fazendo auto-golo neste lance. 

João Domingos muito perto de conseguir um golo. 

4-1 para o FC Ota, apontado pelo João Domingos. 

Luis Miranda marcou um livre muito perigoso.   



publicado por BLOGOTA às 18:53
link do post | comentar | favorito
|

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
Google
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim