PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Domingo, 26 de Agosto de 2012
REGIONAL DE MARATONAS BTT DE SANTARÉM EM OTA

 

Após termos analisado o regional de maratonas de Santarém no que aos atletas federados diz respeito, cuja última prova se realizará em Ota, no próximo dia 2 de Setembro, vamos analisar o troféu no que aos atletas federados concerne.

Tal como sucederá com os concorrentes federados, também os atletas não federados lutam, nos diversos escalões, pela vitória neste troféu regional de BTT.

Neste particular, os atletas não federados dividem-se em duas vertentes, a das maratonas e a das meias-maratonas.

A luta pela vitória, nos diversos escalões, em ambas as vertentes, vai agora ser analisada mais em pormenor:

 

MARATONA (NÃO FEDERADOS)

 

SUB23 / ELITES: Nesta categoria, o atleta Octávio Vicente (Fôjo-Zybex/Lancar.biz BTT) parte com uma vantagem de 10 pontos sobre o 2º classificado, o Diogo Modesto (Barbo Racing), que tem 96 pontos. No 3º lugar, já com poucas hipóteses de chegar à vitória neste escalão, está o Luís Martins (Barquinhense), com 81 pontos.

 

VETERANOS A: Com três vitórias em outras tantas provas e com 120 pontos acumulados, o atleta Luís Marques (GoldNutrition / CCAPP / Superbikes) não deverá deixar fugir a vitória neste escalão. No 2º lugar, da mesma equipa, com 96 pontos, está o Hugo Carvalho, que tem logo atrás de si, com apenas 1 ponto de desvantagem, o Bruno Santos (Bike Clinic). O 4º classificado, a 43 pontos de distância do terceiro, já não tem hipótese de chegar ao pódio.

 

VETERANOS B: A exemplo do que se passa nos Veteranos A, também nos “B” os dois primeiros lugares são ocupados por atletas da GoldNutrition / CCAPP / Superbikes, nomeadamente o João Marques, com 120 pontos e o Paulo Espadinha, com 100. Na luta pelo 3º lugar, o atleta Carlos Correia (Associação 20 Km de Almeirim) e o António Gonçalves (Mais Pedal) estão empatados com 64 pontos.

 

MEIA-MARATONA (NÃO FEDERADOS)

 

SUB23 / ELITES: Nesta distância mais curta, o atleta Marco Mestre (Penhas-BTTeam.com / ADRC Alagoa) parte para a última etapa em 1º lugar, com 115 pontos. Os 9 pontos de vantagem para o 2º classificado, Diogo Vieira (BTTassumar / Muachos), dão-lhe alguma margem para gerir a sua prova. No 3º lugar, já longe desta disputa, surge o Gonçalo Rodrigues (3 Duques BTT Team), com 66 pontos.

 

VETERANOS A: Neste escalão a luta pela vitória está bem acesa, com o atleta Pedro Barrela (Ouribike / C.C. Ouriquense) a partir na frente, com 96 pontos. Próximo de si, com 93 pontos, surge o Pedro Amaro (Arealbike / Rádio Alenquer). Estes dois atletas dependem de si próprios para vencerem o troféu neste escalão. Com hipóteses, mais remotas de chegar ao 1º lugar, aparece na 3ª posição, o Ernesto Caniço (B. V. Almeirim / Ribabike), com 85 pontos. No 4º e 5º lugar, estão dois atletas do Arealbike, nomeadamente o Carlos Santos (75 pontos) e o Luís Carvalho (69 pontos) ainda com esperanças de alcançarem um lugar no pódio.

 

VETERANOS B: Neste escalão o domínio pertence a dois atletas do Clube de Praças da Armada, concretamente o Fernando Carriço, com 115 pontos e o Luís Junho, com 93 pontos. Em 3º lugar, surge o José Henriques (BorraboTTas – VCO), com 82 pontos, ainda com escassas hipóteses de chegar mais à frente.

 

VETERANOS C: No escalão dos atletas menos jovens, temos o Hélder Fernandes (A.C.R. Frade de Cima / QUER Racing Team), com 100 pontos. Na 2ª posição, a apenas 3 pontos de distância, está o Marco Chagas (Clube de Ciclismo Marco Chagas). Em 3º lugar, com 87 pontos, está o Gilberto Fernandes, da mesma equipa do 1º classificado.

 

PROMOÇÃO FEMININA: Nas senhoras, não federadas, o equilíbrio é a nota dominante, com 5 atletas ainda com hipóteses de chegar ao 1º lugar. Em vantagem, com 95 pontos, parte a Elisabete Rouxinol (Nightingale Team). A 6 pontos de distância, na 2ª posição, está a Mónica Fernandes (Fôjo-Zybex / Lancar.biz BTT. Em 3º lugar, com 81 pontos, está a Sandra Santos (Team Santos / ExtremeZone. Em 4º lugar, com 76 pontos, está a Sílvia Antunes (TNTBTT CPCD). Em 5º lugar, com 61 pontos, está a individual Carla Ribeiro.

 

Os dados estão lançados, as decisões seguem para o dia 2 de Setembro, na Maratona BTT de Ota, última prova do Regional de Maratonas de Santarém 2012.       



publicado por BLOGOTA às 17:09
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 19 de Agosto de 2012
REGIONAL DE MARATONAS BTT DE SANTARÉM

 

A Maratona BTT de Ota, que se realiza no próximo dia 2 de Setembro, está integrada no Regional de Maratonas (XCM) de Santarém.

Esta competição, composta por 4 provas, terá o seu epílogo em Ota, onde serão entregues os prémios aos primeiros classificados de cada escalão, federado e não federado.

Após as primeiras 3 provas, no Cartaxo, em Alpiarça e Abrantes, chegamos à derradeira prova com quase tudo por decidir, nomeadamente quanto ao Top 3 de cada escalão.

Em seguida, vamos analisar escalão a escalão, as possibilidades de cada atleta no que ao pódio diz respeito.

 

FEDERADOS

 

Escalão: SUB/23 e ELITES

Neste escalão o 1º lugar está entregue, porque com 40 pontos para atribuir ao 1º classificado em Ota, e com 45 de vantagem para o 2º classificado, ao cabo das três primeiras maratonas, o atleta Ismael Graça, da Ouribike / C.C. Ouriquense já conquistou o título regional. Na luta pelo 2º lugar estão ainda cinco atletas, separados por 12 pontos, com vantagem para o Ricardo Nunes, da Aktive BTTeam /Trilho Perdido, com 70 pontos. No 3º e 4º lugar, ambos com 66 pontos, estão o Ângelo Vieira (Róódinhas /Santos Silva) e Cesário Filipe (CCAPP Superbikes / Nutryfitness). Em 5º lugar está o Luís Ferreira (Aktive BTTeam / Trilho Perdido), com 60 pontos e na 6ª posição encontra-se o Edgar Oliveira (Craks do Pedal / Município de Coruche), com 58 pontos. Previsivelmente, a luta pelos dois lugares disponíveis no pódio, será entre estes 5 atletas.

Os atletas da equipa de BTT do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom /Anipura, neste escalão, estão classificados da seguinte forma:

11º lugar: Avelino Santos (27 pontos)

15º lugar: Ricardo Pereira (19 pontos)

20º lugar: Joaquim Cunha (15 pontos)

31º lugar: Valter Raimundo (1 ponto)

 

Escalão: VETERANOS A

Nesta categoria, o equilíbrio é a nota dominante, com os quatro primeiros da geral individual separados, por apenas, 13 pontos. Manuel Oliveira (Nutryfitness) parte para esta última etapa com 91 pontos, ele que não ganhou nenhuma das outras três etapas, mas que graças à sua regularidade chega à última maratona a depender só de si para ganhar este troféu regional. Em 2º lugar, com 6 pontos de desvantagem para o primeiro, está o Nuno Vicente (BTT Seia), ele que ganhou a 1ª etapa no Cartaxo. Em 3º lugar, com 80 pontos, fruto de duas vitórias nas maratonas de Alpiarça e Abrantes, aparece o Nuno Inácio (Aktive BTTeam / Trilho Perdido). No 4º lugar, com 78 pontos, e ainda com uma réstia de esperança de chegar ao 1º lugar, ou pelo menos ao pódio, está o atleta da equipa de BTT de Ota, Cláudio Paulinho. A partir do quinto posto, do Pedro Pereira (Aktive BTTeam / Trilho Perdido), as hipóteses de chegar ao pódio desta categoria já são escassas.

Os atletas da equipa de BTT do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom /Anipura, neste escalão, estão classificados da seguinte forma:

4º lugar: Cláudio Paulinho (78 pontos)

8º lugar: Tiago Fragata (38 pontos)

17º lugar: David Ventura (21 pontos)

25º lugar: Paulo Simões (5 pontos)

30º lugar: Ricardo Rodrigues (2 Pontos)

 

Escalão: VETERANOS B

No escalão etário dos 40 aos 49 anos, ou seja, veteranos B, a vitória está a pender fortemente para o atleta Rui Galinha (Aktive BTTeam / Trilho Perdido), com 110 pontos, graças a duas vitórias no Cartaxo e em Alpiarça e um terceiro lugar em Abrantes. Os 22 pontos de vantagem para o segundo classificado, Sérgio Filipe (Ouribike / C.C. Ouriquense), deverão ser suficientes para assegurar a vitória neste escalão. No 3º lugar, com 77 pontos, está o Reinaldo Luís (Nutryfitness), ainda com esperança de chegar ao 2º lugar. Na 4ª posição aparece o Fernando Duarte (CSRD Ota / Carb Boom / Anipura), com 60 pontos, quarenta deles obtidos na vitória em Abrantes. O Fernando ainda tem hipótese de chegar ao pódio, mas os 17 pontos e 28 pontos de desvantagem para o terceiro e segundo classificado, respectivamente, não deixam grandes esperanças.

Os atletas da equipa de BTT do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom /Anipura, neste escalão, estão classificados da seguinte forma:

4º lugar: Fernando Duarte (60 pontos)

8º lugar: Hélder Carvalho (38 pontos)

11º lugar: Pedro Marques (28 pontos)

16º lugar: João Nunes (22 pontos)

 

Escalão: VETERANOS C

No escalão etário mais avançado, dos cinquenta anos para cima, a liderança está na posse do Paulo Pires (C. A. Águias de Alpiarça), com 105 pontos, obtidos com três segundos lugares nas três provas realizadas. Os 25 pontos de vantagem para o 2º classificado, Vítor Graça (Ouribike / C.C. Ouriquense) dão-lhe bastante margem para gerir a sua prova em Ota e garantir a vitória neste escalão. Na 3ª posição, com 70 pontos, está o Carlos Pereira (Crédito Agrícola / Águias de Alpiarça / JMSF).

O atleta da equipa de BTT do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom /Anipura, neste escalão, está classificado da seguinte forma:

6º lugar: José Carlos Silva (55 pontos)

 

Escalão: FEMININAS

Nas senhoras a vitória deverá ser conquistada pela Ana Afonso (Palco da Aventura), com 66 pontos, até porque a 2ª classificada, Ana Antunes (JP Bike Clube), com 40 pontos, está lesionada e não competirá até ao final da época. Em 3º lugar, com 35 pontos, está a Sandra Araújo e no 4º posto a Rita Esteves com 30 pontos.

 

Foram assim apresentados os principais candidatos federados, por escalão, ao pódio deste troféu regional de maratonas (XCM) de Santarém.       



publicado por BLOGOTA às 19:10
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 11 de Agosto de 2012
BENJAMINS SUB10 F. C. OTA - MARCADORES - ÉPOCA 2011/2012

Foto: Francisco Santos 

 

A equipa de Benjamins Sub 10 anos, em Futebol de 7, do Futebol Clube de Ota, em 2011/2012, disputou o Campeonato Distrital da 2ª Divisão, Série 1, da A. F. Lisboa.

Nos 24 jogos disputados para o campeonato, o F. C. Ota marcou 61 golos, fazendo a média de 2,54 golos por jogo. A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 5,44.

Em 1º lugar, na tabela de melhores marcadores dos Benjamins Sub 10 anos, ficou o Francisco Santos, com 18 golos obtidos.

O Francisco entrou na competição federada com um instinto de avançado muito promissor e manteve ao longo da época uma apreciável predisposição para a obtenção regular de golos.

Em 2º lugar, ficou o Guilherme André, com 11 golos alcançados.

O Guilherme joga normalmente na zona defensiva, mas revelou uma grande apetência para subir à área adversária e fazer alguns golos de belo efeito. Mostrou, também, ser muito forte nos lances de bola parada.

Na 3ª posição, com 9 golos alcançados, ficou o João Carvalho.

O João jogou em posições mais adiantadas no terreno de jogo e revelou bons pormenores de finalização.

Os restantes vinte e três golos foram marcados pelos seguintes jogadores: Luís Afonso (8), Hugo Oliveira (6), Rafael Almeida (3), Tomás Ferreira (1), David Sá (1), Duarte Pedro (1) e Autogolo (3).

Em relação aos 71 golos sofridos no decurso do campeonato, a média ficou em 2,96 por partida.       



publicado por BLOGOTA às 18:49
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 10 de Agosto de 2012
RESCALDO DA ÉPOCA 2011/2012 - BENJAMINS SUB10 F. C. OTA

 

A equipa de Benjamins Sub 10 anos do Futebol Clube de Ota, na época 2011/2012, participou no Campeonato Distrital da 2ª Divisão, Série 1, em Futebol de 7, da Associação de Futebol de Lisboa.

Nesta série, para além do F. C. Ota, participaram mais 12 equipas, nomeadamente o Povoense “B”, Castanheira, Carregado, Venda do Pinheiro, Ericeirense, Arrudense, Mafra, Torreense, Malveira, Alverca “B”, Alenquer e Alcainça.

O campeonato decorreu em 26 jornadas, entre os dias 29 de Outubro de 2011 e 19 de Maio de 2012.

A equipa foi orientada tecnicamente pelo Nuno Ferreira e Ricardo Teixeira.

Em 24 jogos, o Futebol Clube de Ota conquistou 9 vitórias, 2 empates e 13 derrotas, com um total de 29 pontos.

A equipa marcou 61 golos e sofreu 71.

A média de golos marcados por jogo foi de 2,54, ao passo que a média de golos sofridos por partida foi de 2,96.

No final da competição, a equipa de Ota terminou na 8ª posição.

Em termos gerais foi uma época relativamente equilibrada da equipa de Ota. Conseguiram em alguns jogos surpreender os mais cépticos, nomeadamente entre a nona e a décima segunda jornada, onde conquistaram quatro vitórias consecutivas, sendo que uma delas foi contra o líder desta série, na sua própria casa.

Na maior parte das derrotas consentidas, a diferença de golos raramente foi superior a um golo, o que denotou um certo equilíbrio contra os seus opositores.

Foi uma formação mais forte com visitante do que como visitada. Em campos alheios, os benjamins do F. C. Ota venceram em 5 ocasiões, contra 4 no seu próprio reduto.

A vitória mais expressiva da equipa de Ota foi à 9ª jornada, batendo em casa o Torreense, por 7-1.

A derrota mais pesada foi contra o Povoense “B”, à 25ª jornada, em Ota, por 2-8.

Em termos globais foi um campeonato mais equilibrado que o dos Benjamins Sub 11 anos, onde o Povoense “B” foi rei e senhor. Nesta categoria o 1º classificado também foi o Povoense “B”, mas com uma diferença pontual bem mais escassa. O 2º classificado foi o Castanheira, com 57 pontos, apenas a 4 de diferença do vencedor desta série. O 3º classificado foi o Carregado, com 54 pontos.

O melhor ataque da competição foi o do Povoense “B”, com 132 marcados.

A melhor defesa foi a do Carregado, com 32 golos sofridos.

A pior defesa foi a do Alcainça, com 146 golos sofridos.

O pior ataque foi o da Malveira, com 30 golos marcados.

A equipa do Arrudense foi a que empatou mais vezes, 3 no total.

A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 5,44 golos por jogo.

O jogo com mais golos da competição aconteceu entre a Venda do Pinheiro e o Povoense “B” (5-11).

Na próxima época quase todos estes atletas sobem de escalão, subindo muitos escolinhas à competição, sendo sempre uma incógnita como reagirão a uma nova realidade bem mais competitiva que os torneios amigáveis que têm disputado até agora.            



publicado por BLOGOTA às 17:41
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 4 de Agosto de 2012
BENJAMINS SUB11 F. C. OTA - MARCADORES - ÉPOCA 2011/2012

Foto: Duarte Carvalho 

 

A equipa de Benjamins Sub 11 anos, em Futebol de 7, do Futebol Clube de Ota, em 2011/2012, disputou o Campeonato Distrital da 2ª Divisão, Série, da A. F. Lisboa.

Nos 24 jogos disputados para o campeonato, o F. C. Ota marcou 38 golos, fazendo a média de 1,58 golos por jogo. A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 8,09.

Em 1º lugar, na tabela de melhores marcadores dos Benjamins Sub 11 anos, ficou o Duarte Carvalho, com 9 golos obtidos.

O Duarte Carvalho repetiu o feito da época anterior, quando jogava nos Benjamins Sub 10 anos e voltou a ser o melhor artilheiro da equipa de Ota.

Em 2º lugar, ficou o Pedro Pinto, com 8 golos alcançados. O Pedro e o Duarte são os dois melhores avançados da equipa e lutaram ombro a ombro, até ao fim do campeonato, pelo título de melhor marcador da equipa.

Na 3ª posição, com 5 golos alcançados, ficou o Renato Borges, outro atleta que normalmente joga na frente de ataque.

Os restantes dezasseis golos foram marcados pelos seguintes jogadores: João Machado (4), Miguel Ferreira (3), Diogo Marciano (2), David Sá (2), João Prazeres (2), Luís Afonso (1), Auto – Golos (2).

Em relação aos 115 golos sofridos no decurso do campeonato, a média ficou em 4,79 por partida.     



publicado por BLOGOTA às 19:14
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 3 de Agosto de 2012
RESCALDO DA ÉPOCA 2011/2012 - BENJAMINS SUB11 F. C. OTA

 

A equipa de Benjamins Sub 11 anos do Futebol Clube de Ota, na época 2011/2012, participou no Campeonato Distrital da 2ª Divisão, Série 1, em Futebol de 7, da Associação de Futebol de Lisboa.

Nesta série, para além do F. C. Ota, participaram mais 12 equipas, nomeadamente o Povoense “B”, EAS Turcifal, Lourinhanense, Torreense, Associação Torres Vedras, Carregado, Alenquer, Castanheira, Arrudense, Venda do Pinheiro “B”, Azambuja e Aveiras de Cima.

O campeonato decorreu em 26 jornadas, entre os dias 29 de Outubro de 2011 e 19 de Maio de 2012.

A equipa foi orientada, ao longo de toda a época, pelo Filipe Antunes.

Em 24 jogos, o Futebol Clube de Ota conquistou 5 vitórias, 0 empates e 19 derrotas, com um total de 15 pontos.

A equipa marcou 38 golos e sofreu 115. A média de golos marcados por jogo foi de 1,58, ao passo que a média de golos sofridos por partida foi de 4,79.

No final da competição, a equipa de Ota terminou na 11ª posição.

Em termos gerais não foi uma época muito bem conseguida por esta formação, principalmente porque o plantel era muito curto e quando faltava um ou dois jogadores, o sete titular ressentia-se irremediavelmente. Ainda assim, a formação otense, nalguns jogos não teve a sorte do seu lado e deixou de conquistar algumas vitórias e amealhar alguns pontos por manifesta infelicidade no momento da concretização.

Das cinco vitórias conquistadas, quatro foram-no contra as duas formações do concelho de Azambuja, que ficaram atrás de si na tabela classificativa. A outra vitória foi conquistada em casa, frente à Associação Torres Vedras, na 4ª jornada.

A vitória mais expressiva da equipa de Ota foi à 2ª jornada, quando em casa bateu o Azambuja, por 8-0.

A derrota mais pesada foi contra o Povoense “B”, à 5ª jornada, na Póvoa, por 23-0.

Em termos globais foi um campeonato muito desequilibrado, onde houve uma equipa que dominou tudo e todos, vencendo todos os jogos, concretamente o Povoense “B”, que terminou com 16 pontos de avanço do 2º classificado, que foi o EAS Turcifal. Na 3ª posição ficou o Lourinhanense, com 48 pontos.

No último lugar, com derrotas em todos os jogos, ficou o Aveiras de Cima. O Azambuja ficou na posição acima, com apenas duas vitórias conquistadas, precisamente contra os vizinhos de Aveiras.

O melhor ataque da competição foi o do Povoense “B”, com 286 marcados.

A melhor defesa foi a do Povoense “B”, com apenas 8 golos sofridos.

A pior defesa foi a do Aveiras de Cima, com 283 golos sofridos.

O pior ataque foi o do Aveiras de Cima, com apenas 10 golos marcados.

A equipa do Carregado foi a que empatou mais vezes, 6 no total.

A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 8,09 golos por jogo.

A maior goleada da competição registou-se em Aveiras de Cima, onde o Povoense “B” foi ganhar por 0-36.

Para a próxima época muitos dos atletas de Sub 10 anos sobem a este escalão, esperando-se um desempenho mais equilibrado desta formação.            



publicado por BLOGOTA às 18:35
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 27 de Julho de 2012
INFANTIS F. C. OTA - MARCADORES - ÉPOCA 2011/2012

Foto: Duarte Almeida, o melhor marcador dos infantis do F. C. Ota. 

 

A equipa de infantis do Futebol Clube de Ota, em 2011/2012, disputou o Campeonato Distrital da 2ª Divisão, Série, da A. F. Lisboa.

Nos 26 jogos disputados para o campeonato, o F. C. Ota marcou 42 golos, fazendo a média de 1,62 golos por jogo. A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 3,34.

Em 1º lugar, na tabela de melhores marcadores dos Infantis, ficou o Duarte Almeida, com 17 golos obtidos.

O Duarte Almeida é um jogador tecnicamente muito evoluído. Joga, habitualmente, na posição de médio centro. A sua principal arma é o forte remate, muitas vezes utilizado com sucesso, em posição frontal à baliza. Os lances de bola parada são a sua principal especialidade. No um para um é muito forte, no passe a desmarcar os colegas é exímio, só é menos bom quando tem que usar o físico para disputar os lances, neste caso, dada a sua compleição, perde um pouco quando tem que lutar contra adversários mais possantes.

Em 2º lugar ficou o Daniel Dias, com 8 tentos registados. O Daniel é um lutador, nunca dá um lance por perdido, é muito veloz e foi utilizado muitas vezes como ponta de lança, revelando um sentido de baliza muito apurado, mas também jogou muitas vezes como defesa central, dado o seu bom jogo de cabeça e rapidez para acudir a situações mais perigosas junto da sua baliza.

Em 3º lugar ficou o José Carlos, com 6 golos marcados. O José Carlos é muito forte fisicamente, joga habitualmente pelo lado esquerdo e a sua principal arma é as transições rápidas para o ataque, com boas finalizações na área adversária. Por vezes peca por demasiado individualismo, mas revela uma raça ao alcance de poucos.

Os restantes onze golos foram marcados pelos seguintes jogadores: Ivo Rodrigues (4); Bernardo Figueiredo (2); António Cunha (2); Marcelo Agostinho (1); João Pedro Gomes (1) e João Nuno (1).

Em relação aos 60 golos sofridos no decurso do campeonato, a média ficou em 2,31 por partida.   



publicado por BLOGOTA às 18:57
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 26 de Julho de 2012
RESCALDO DA ÉPOCA 2011/2012 - INFANTIS F. C. OTA

 

A equipa de Infantis do Futebol Clube de Ota, na época 2011/2012, participou no Campeonato Distrital da 2ª Divisão, Série 1, da Associação de Futebol de Lisboa.

Em termos globais, a equipa infantil do F. C. Ota realizou uma temporada agradável e regular, terminando a competição a meio da tabela classificativa.

Tiveram, é certo, altos e baixos durante a época, os baixos quando faltavam alguns jogadores nucleares, os altos, quando conseguiram colocar o onze mais forte em campo.

O Ricardo Quaresma foi o treinador principal desta formação até à 10ª jornada, sendo substituído, a partir da décima primeira, pelo Rui Tanganha.

O campeonato decorreu entre o dia 15 de Outubro de 2011 e o 5 de Maio de 2012, com 26 jornadas realizadas. A Série 1, onde o F. C. Ota estava integrado, contou com a presença de mais 13 equipas, a saber: Carregado, Vialonga, Arrudense, Casalinhense, Alenquer, Torreense “B”, Vilafranquense, Ericeirense, Cadaval, Bragadense, Monte Agraço, Os Bucelenses e Sobreirense.

No final da competição, o Futebol Clube de Ota ficou no 8º lugar, com 32 pontos. Fizeram 26 jogos, com 10 vitórias, 2 empates e 14 derrotas. Marcaram 42 golos e sofreram 60.

Sofreram o mesmo número de derrotas em casa e fora, ou seja, sete. Venceram por seis ocasiões em casa e por 4 vezes fora. Empataram duas vezes fora e nenhuma vez em casa. Foi, em conjunto com o Carregado, a equipa que menos vezes empatou. Foi a sétima equipa mais goleadora e a quarta mais permissiva defensivamente. As maiores goleadas alcançadas foram ambas frente ao Sobreirense, fora por 0-6, e em casa, por 7-1.

Foi um campeonato bem conseguido pelos jovens infantis, atendendo até a alguns desequilíbrios por demais evidentes no plantel. Pensamos que o 8º lugar assenta bem à formação de Ota, embora pudesse ter ficado no 7º posto, cas tivesse tido um pouco mais de sorte nos encontros com o Vilafranquense, nos quais perdeu ambos, mas não foi inferior ao seu adversário, que ficou dois pontos à sua frente na tabela classificativa.

Esta série 1 foi ganha pela Carregado, com 65 pontos. Em 2º lugar ficou o Vialonga, com 60 pontos. A fechar o pódio, na 3ª posição, ficou o Arrudense, com 57 pontos.

O melhor ataque da competição foi o do Carregado, com 85 golos.

O ataque menos concretizador desta série foi o do Sobreirense, com 13 golos alcançados.

A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 3,34.

A melhor defesa da competição foi a do Vialonga, com 15 golos sofridos.

A defesa mais goleada foi a do Bucelenses, com 95 golos sofridos.

A equipa que registou mais empates no decurso da época foi a do Alenquer e Benfica, com oito.

A maior goleada foi conseguida pelo Carregado, nove a zero ao Monte Agraço.

Para a próxima época, com as alterações impostas pela A.F. Lisboa, que proíbem os jogadores infantis de 1º ano jogarem futebol de 11, a situação fica um pouco indefinida quanto à composição do plantel. Em alternativa, o clube, pode optar por criar uma formação de futebol de 7.         



publicado por BLOGOTA às 18:24
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 14 de Julho de 2012
INICIADOS F. C. OTA - MARCADORES - ÉPOCA 2011/2012

Foto: João Arrais, o melhor marcador dos Iniciados do F. C. Ota. 

 

A equipa de iniciados do Futebol Clube de Ota, em 2011/2012, disputou o Campeonato Distrital da 2ª Divisão, Série, da A. F. Lisboa.

Nos 24 jogos disputados para o campeonato, o F. C. Ota marcou 66 golos, fazendo a média de 2,75 golos por jogo. A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 4,63.

Em 1º lugar, na tabela de melhores marcadores dos Iniciados, ficou o João Arrais, com 20 golos obtidos.

O João Arrais é o típico nº 10 que joga, faz jogar e marca com grande regularidade. É um jogador acima da média, em relação ao típico jogador desta divisão, mas por vezes perde-se em individualismos desnecessários e pouco profícuos para a sua equipa. As suas principais características são o forte remate e a execução de livres directos, quase sempre com perigo para a baliza adversária, tanto da zona frontal, como das faixas laterais.

Em 2º lugar ficou o ponta de lança Gonçalo Pinto, com 15 tentos patenteados. O Gonçalo é um avançado muito completo, letal na grande área e muito forte no um para um e em velocidade para a área, vindo de trás em zona frontal à baliza. O seu ponto fraco é o jogo de cabeça, o qual compensa com um grande sentido de baliza.

Em 3º lugar ficou o Daniel Carvalho, com 8 golos marcados. O Daniel joga habitualmente na posição de extremo esquerdo, com boa apetência para aparecer na área e finalizar com êxito. Como esteve ausente da equipa durante um período considerável ficou distante dos dois primeiros classificados, caso contrário alcançaria os dois dígitos nesta classificação de goleadores.

Os restantes vinte e três golos foram marcados pelos seguintes jogadores: Sandro Santos (6); Sérgio Ribeiro (5); Nikson (5); Bruno Bernardes (2); Diogo Ribeiro (1); Rogério Marques (1); Ricardo Santos (1); Jughe Pandim (1) e João Pedroso (1).

Em relação aos 77 golos sofridos no decurso do campeonato, a média ficou em 3,21 por partida.       



publicado por BLOGOTA às 18:59
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 13 de Julho de 2012
RESCALDO DA ÉPOCA 2011/2012 - INICIADOS F. C. OTA

 

A equipa de Iniciados do Futebol Clube de Ota, na época 2011/2012, participou no Campeonato Distrital da 2ª Divisão, Série 1, da Associação de Futebol de Lisboa.

Em termos gerais, a formação otense, realizou um campeonato muito aquém das suas possibilidades, embora saibamos que a mesma, em termos defensivos, revelou alguma falta de consistência, sendo este o principal factor para essa situação menos positiva.

O principal problema desta equipa, em termos de resultados obtidos, foi mesmo a sua fraca apetência para defender, contrapondo com um muito bom poder de ataque.

Em suma, foi uma formação desequilibrada, porque por um lado revelou boas movimentações atacantes e capacidade de finalização, e por outro consentiu muitos golos ao adversário, especialmente por falta de concentração defensiva.

O Luís Ramos foi o treinador principal desta formação até à 21ª jornada, sendo substituído nas últimas cinco rondas da competição pelo Diogo Cristóvão.

O campeonato decorreu entre o dia 16 de Outubro de 2011 e o 6 de Maio de 2012, com 26 jornadas realizadas. A Série 1, onde o F. C. Ota estava integrado, contou com a presença de mais 12 equipas, a saber: Venda do Pinheiro, Torreense “B”, Alenquer, Arneiros, Povoense “B”, Livramento, Barril, Monte Agraço, Ramalhal, Ponterrolense, A dos Cunhados e GD Turcifal.

No final da competição, o Futebol Clube de Ota ficou na 11ª posição e fez 24 jogos, com 7 vitórias, 1 empate e 16 derrotas, para um acumulado de 22 pontos. Marcaram 66 golos e sofreram 77.

De acordo com o regulamento da A. F. Lisboa, a equipa de Ota desceu para a IIIª divisão distrital.

Seria sempre complicado para esta equipa evitar a descida de divisão, porque só não desciam os seis primeiros da classificação, o que por si só já dificultava muito a permanência da formação otense. A época irregular que realizaram fez o resto, e a equipa terminou no antepenúltimo lugar desta série, embora reconheçamos que tinha capacidade e categoria para, pelo menos, chegar ao 8º lugar.

Há um registo nesta série que fica ligado à formação de Ota, que foi o facto de ter alcançado a maior goleada da competição, ao deslocar-se ao campo do GD Turcifal para vencer por 18-0.

Em toda a competição, apenas empatou por uma vez, concretamente na antepenúltima jornada no pelado do Barril (2-2).

Conquistou cinco vitórias em casa e duas fora, mais o empate, também, como visitante.

Apesar de ter ficado nos últimos postos da classificação, a equipa de Ota foi a 4ª melhor classificada no que respeita aos golos marcados, com um total de 66.

Ao invés, quanto aos golos sofridos, a equipa de Ota foi a segunda pior, com 77 tentos sofridos, só ultrapassada pela formação do GD Turcifal, com 231 golos encaixados.

Esta série 1 foi ganha pela Venda do Pinheiro, com 59 pontos. Em 2º lugar ficou o Torreense “B”, com 56 pontos. A fechar o pódio, na 3ª posição, ficou o Alenquer e Benfica, com 53 pontos.

No último lugar, com 24 derrotas em outros tantos jogos, ficou o GD Turcifal, que teve o mérito de saber encaixar goleada atrás de goleada e nunca ter desistido da competição.

O melhor ataque da competição foi o do Torreense “B”, com 97 golos, o pior foi o do GD Turcifal com apenas 6 tentos alcançados.

A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 4,63.

A melhor defesa foi também a do Torreense “B” com 19 golos encaixados, sendo a pior a do GD Turcifal com 231 golos sofridos.

A equipa que conquistou mais empates foi a do Barril, concretamente por seis ocasiões.

Na próxima época espera-se e deseja-se um melhor campeonato da parte da categoria de Iniciados.       



publicado por BLOGOTA às 18:32
link do post | comentar | favorito
|

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

BENJAMINS SUB10 F. C. OTA...

RESCALDO DA ÉPOCA 2011/20...

BENJAMINS SUB11 F. C. OTA...

RESCALDO DA ÉPOCA 2011/20...

INFANTIS F. C. OTA - MARC...

RESCALDO DA ÉPOCA 2011/20...

INICIADOS F. C. OTA - MAR...

RESCALDO DA ÉPOCA 2011/20...

JUVENIS F. C. OTA - MARCA...

RESCALDO DA ÉPOCA 2011/20...

JUNIORES F. C. OTA - MARC...

RESCALDO DA ÉPOCA 2011/20...

IIª DIVISÃO DISTRITAL - S...

JUVENIS F. C. OTA - MARCA...

RESCALDO DA ÉPOCA 2010/20...

INICIADOS F. C. OTA - MAR...

RESCALDO DA ÉPOCA 2010/20...

INFANTIS F. C. OTA - MARC...

RESCALDO DA ÉPOCA 2010/20...

BENJAMINS F. C. OTA - MAR...

RESCALDO DA ÉPOCA 2010/20...

IIª DIVISÃO DISTRITAL - S...

IIª DIVISÃO DISTRITAL - S...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

ANÁLISE PARCIAL - SENIORE...

ANÁLISE PARCIAL - SENIORE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
Google
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim