PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Domingo, 9 de Setembro de 2012
EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIORES DO F.C. OTA - 2012/2013

Foto (da esquerda para a direita): Sandro Ferreira, David Soudo e Luis Henriques. 

 

A formação de juniores para a época desportiva de 2012/2013 manterá o treinador principal David Soudo, que assumirá também o cargo de coordenador para o futebol de formação do clube.

A restante equipa técnica será composta pelo Luís Henriques, que transita dos juvenis para este escalão e o Sandro Ferreira que encerrou a sua carreira de jogador federado.

A equipa irá disputar o Campeonato Distrital da IIIª Divisão da A. F. de Lisboa, com a 1ª jornada marcada para o dia 13 de Outubro.

Em relação a jogos de preparação, a equipa júnior tem os seguintes agendados:

15/09/2012: ÁGUIAS CAMARATE – F. C. OTA

22/09/2012: F. C. OTA – PERNES

29/09/2012: PONTÉVEL – F. C. OTA

06/10/2012: F. C. OTA – RIO MAIOR (Jogo de Apresentação)      



publicado por BLOGOTA às 17:46
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 8 de Setembro de 2012
SORTEIO – JUNIORES – F. C. OTA

No passado dia 6 de Setembro, na sede da Associação de Futebol de Lisboa, realizou-se o sorteio do campeonato distrital de Juniores da IIIª divisão, época 2012-2013, onde o Futebol Clube de Ota está integrado.

Esta 3ª divisão distrital conta com a presença de 17 clubes, divididos em duas séries. A série 1 tem 9 concorrentes e a série 2 tem 8 clubes.

A série 1 engloba os seguintes clubes:

ALCAINÇA

ALENQUER

BARRIL

CASALINHENSE

IGREJA NOVA

LUZ FANHÕES

F. C. OTA

PINHEIRO LOURES

PONTE FRIELAS

A série 2 engloba os seguintes clubes:

ASSOCIAÇÃO TORRE

BELENENSES

CARENQUE

MALVEIRA SERRA

MTBA

OLIVAIS

OUTURELA

VILA FRIA

 

O campeonato começa no próximo dia 13 de Outubro, tendo o Futebol Clube de Ota o seguinte calendário de jogos:

13/10/2012: ALENQUER – OTA

20/10/2012: OTA – BARRIL

27/10/2012: PONTE FRIELAS – OTA

03/11/2012: OTA – LUZ FANHÕES

10/11/2012: FOLGA

17/11/2012: ALCAINÇA – OTA

24/11/2012: OTA – CASALINHENSE

01/12/2012: PINHEIRO LOURES – OTA

08/12/2012: OTA – IGREJA NOVA

15/12/2012: OTA – ALENQUER

22/12/2012: BARRIL – OTA

05/01/2013: OTA – PONTE FRIELAS

12/01/2013: LUZ FANHÕES – OTA

19/01/2013: FOLGA

26/01/2013: OTA – ALCAINÇA

02/02/2013: CASALINHENSE – OTA

09/02/2013: OTA – PINHEIRO LOURES

16/02/2013: IGREJA NOVA – OTA

 

Posteriormente, ao final do campeonato, os quatro primeiros de cada série vão disputar, entre si, o apuramento de campeão da 3ª divisão distrital, enquanto o 5º, 6º, 7º, 8º e 9º da série 1 e o 5º, 6º, 7º e 8º da série 2 vão disputar, entre si, o apuramento do 9º ao 17º classificado.



publicado por BLOGOTA às 16:40
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 1 de Julho de 2012
VIDEO - BEST OF JUNIORES F.C. OTA - 2011/2012

  



publicado por BLOGOTA às 19:40
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 30 de Junho de 2012
JUNIORES F. C. OTA - MARCADORES - ÉPOCA 2011/2012

Foto: Ao meio, Francisco Borges, o melhor marcador dos juniores do F. C. Ota, na época 2011/2012. 

 

A equipa de Juniores do Futebol Clube de Ota, em 2011/2012, disputou a série 1, da 2ª divisão distrital de Lisboa. Foram 26 jogos, onde a formação otense marcou 21 golos, fazendo a média de 0,81 golos por jogo. A média de golos por jogo nesta série 1 foi de 4,25.

O melhor marcador da equipa foi o Francisco Borges, com 5 golos, ele que começou a época de pontaria afinada, mas que depois, ao longo da época, foi perdendo a objectividade em frente à baliza adversária. Uma lesão arreliadora também o deixou de fora em algumas partidas. Em 2º lugar, na tabela de melhores marcadores dos juniores, ficou o João Domingos, com 4 golos registados. Habitualmente utilizado a defesa e/ou médio esquerdo, o João fez alguns golos de belo efeito. Em 3º lugar, com 2 tentos alcançados, ficaram o Ângelo Marques, o Ricardo Granja e o Gonçalo Pinto, este último marcou os dois golos na partida frente ao Ponte Frielas, que deu a única vitória da época à equipa de Ota.

Os restantes seis golos foram marcados pelos seguintes jogadores: Pedro Anacleto, Rui Anacleto, André Campos, Luís Miranda, André Geada e, ainda, um autogolo.

Em relação aos 97 golos sofridos no decurso do campeonato, a média ficou em 3,73 por partida.     



publicado por BLOGOTA às 19:33
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Junho de 2012
RESCALDO DA ÉPOCA 2011/2012 - JUNIORES F. C. OTA

 

O Futebol Clube de Ota em 2011/2012 formou uma equipa de juniores, o que já não acontecia há mais de 20 anos. Esta equipa veio completar uma lacuna no clube em termos de constituição de equipa em todas as categorias de formação. Assim sendo, pela primeira vez na história do clube, todos os escalões formativos tiveram uma equipa federada em competição.

A composição desta equipa júnior, em termos de plantel, não foi fácil, e ao longo da temporada o número de jogadores inscritos neste escalão não ultrapassou as 20 unidades, sendo que em muitas alturas a equipa técnica teve que recorrer aos juvenis para compor as convocatórias.

A equipa técnica foi composta pelo David Soudo, como treinador principal, e o Diogo Cristóvão, como técnico-adjunto.

A equipa júnior disputou o Campeonato Distrital da 2ª divisão, série 1, entre 15 de Outubro de 2011 e 5 de Maio de 2012, num total de 26 jornadas, com as seguintes equipas: Arneiros, Bobadelense, Monte Agraço, Santa Iria, Alhandra, Fonte Grada, Vialonga, Ericeirense, Casalinhense, Alenquer, Pinheiro Loures, Ponte Frielas e A dos Cunhados.

Foi uma época muito complicada de ultrapassar, e só graças ao empenho da equipa técnica e de um núcleo forte de jogadores, em conjunto com a direcção, isso se tornou possível de alcançar.

As derrotas acumuladas, nalguns casos por números altos, foram deixando mossa na equipa, o que levou a alguma descrença na possibilidade de chegarem mesmo a alcançar uma vitória.

O Futebol Clube de Ota, no final da competição, ficou em 14º lugar, o último desta série 1, com 5 pontos conquistados, graças a 1 vitória, 2 empates e 23 derrotas. A equipa marcou 21 golos e sofreu 97.

A única vitória alcançada foi na 24ª jornada, no dia 21 de Abril, quando recebeu e bateu o Ponte Frielas por 4-1, com uma exibição a roçar a perfeição, sem sombra de dúvidas a melhor da época.

Os dois empates conquistados na competição, foram alcançados na 1ª volta, concretamente na 1ª jornada, em casa, contra o Pinheiro Loures (2-2) e na 4ª jornada, fora, frente ao Casalinhense (1-1).

A equipa teve desde a 5ª jornada (12/11/2011) até à vigésima terceira (14/04/2012) só a somar derrotas, ou seja mais de cinco meses sempre a perder, nalguns casos com goleadas, noutros casos com muita injustiça pelo meio, como por exemplo no Sobral de Monte Agraço, em Ponte Frielas, na Fonte Grada e em A dos Cunhados.

Em termos estatísticos, a equipa de Ota, foi o pior ataque da competição, foi a equipa com menos vitórias e com mais derrotas. Curiosamente não foi a equipa que sofreu mais golos na competição, porque o A dos Cunhados sofreu mais 11. A formação de Ota foi aquela que sofreu a maior goleada fora de casa (Santa Iria: 10-0) e, também, em casa (Alhandra: 0-7).

Em suma, uma temporada de regresso do juniores ao F. C. Ota que não foi nada positiva, embora se deva realçar como gratificante o empenho da equipa técnica, que nunca deixou o barco se afundar e dos jogadores que conseguiram, apesar das derrotas consecutivas, manter a motivação necessária para chegarem ao fim da época intactos, e acabaram por ser premiados com uma vitória na antepenúltima jornada do campeonato.

Esta série foi ganha pelo Arneiros, com 58 pontos, logo seguido pelo Bobadelense, com 54 pontos. Em 3º lugar ficou o Monte Agraço, que liderou esta série durante boa parte da época, com 53 pontos. Em nossa opinião, as duas equipas que melhor se apresentaram contra o F. C. Ota, nos Linhais, foram o Monte Agraço e o Santa Iria.

Na próxima época os juniores do F. C. Ota serão reforçados com alguns jogadores vindos dos juvenis e o equilíbrio no plantel irá conduzir a equipa a melhores resultados, neste caso, na recém formada 3ª divisão distrital de Lisboa.         



publicado por BLOGOTA às 19:25
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 6 de Maio de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 - ALHANDRA SPORTING CLUBE 7 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 26ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-3)

 

Foto (da esquerda para a direita): João Correia, Fred Gomes, Fernando, Gustavo, Gonçalo Pinto, Francisco Borges, João Domingos, Daniel Pereira, João Cruz, José Bernardino, André Campos. 

 

Incidências do Jogo:

Terminou a época 2011/2012 para os juniores do Futebol Clube de Ota da pior maneira possivel, ou seja, com uma pesadíssima derrota em casa. Depois de no último jogo em casa, a equipa de Ota ter conquistado a primeira vitória na competição, e de na passada jornada ter feito um jogo equilibrado e competitivo frente ao Alenquer e Benfica, não seria expectável sofrer esta goleada no jogo da despedida da época em curso.

O técnico David Soudo lançou o seguinte onze titular: Frederico Gomes, José Bernardino, Daniel Pereira, Gustavo Parreira, Fernando Anselmo, João Correia (capitão), André Campos, João Cruz, João Domingos, Gonçalo Pinto e Francisco Borges.

A formação de Alhandra entrou em jogo com o firme propósito de alcançar os três pontos em jogo para fugir aos lugares de despromoção e fê-lo com objectividade e motivação suficientes para, desde cedo, tomar as rédeas do jogo.

A equipa de Ota corria para alcançar a segunda vitória na competição, visto que do último lugar já não sairia, mas fê-lo sem concentração, nem motivação suficientes para causar problemas ao seu adversário.

Assim sendo, desde o inicio o jogo foi dominado pela equipa de Alhandra, que logo aos 2 minutos, através do jogador nº 7 esteve muito perto de alcançar o primeiro golo, valendo na circunstância uma boa intervenção do Fred a evitá-lo.

Aos 17 minutos, o jogador nº 7, no interior da área, rematou o esférico contra a barra do F. C. Ota.

Aos 18 minutos, surgiu o primeiro golo, naturalmente marcado pelo melhor jogador do Alhandra, o atleta nº 7, que entrou na área à vontade e desviou a bola do alcance do guarda redes de Ota.

Aos 20 minutos, de novo o jogador nº 7, teve nos pés o segundo golo, mas o Fred, com uma grande defesa, evitou-o.

Aos 32 minutos, após um cruzamento da esquerda, bem medido para o segundo poste, apareceu de cabeça o jogador nº 7 a fazer o segundo golo.

Aos 35 minutos, aconteceu a melhor situação de golo para a equipa de Ota, quando o João Domingos entrou na área, descaido para o lado esquerdo, e desferiu um potente remate que embateu com violência na barra da baliza do Alhandra.

Aos 39 minutos, na mesma situação de ataque, o jogador nº 7 e o nº 8 tiveram muito próximos de fazer o terceiro golo.

Aos 41 minutos, mais um golo para a equipa vistante, apontado pelo jogador nº 16, após um canto batido do lado esquerdo, a bola foi ao segundo poste, cabeceada para a frontal da baliza, onde o defesa central do Alhandra desviou a bola para o fundo das redes locais.

Aos 44 minutos, o André Campos arrancou um bom remate de fora da área, mas a bola passou ao lado do poste esquerdo da baliza do Alhandra.

Antes do intervalo saiu do jogo o guarda redes Fred, por troca com o Duarte Bernardino.

Ao intervalo a vitória parcial para a equipa visitante era justa, embora o F. C. Ota merecesse ter alcançado um golo, nomeadamente na oportunidade do João Domingos.

 

Foto: Aos 35 minutos, o João Domingos enviou esta bola, com estrondo, à barra da baliza do Alhandra, gorando-se ingloriamente a melhor oportunidade de golo para a equipa de Ota em todo o jogo. 

 

Ao intervalo ficou nos balneários o João Cruz, entrando para o seu lugar o Ricardo Granja.

A história da segunda parte não foi muito diferente da primeira, com a agravante da equipa forasteira ainda ter afinado mais a pontaria contra a baliza do F. C. Ota.

Aos 53 minutos, após um cruzamento do lado direito, o jogador nº 8, à entrada da pequena área, desviou para o quarto golo da sua equipa.

Aos 59 minutos, o jogador nº 8 ganhou a bola na área, e rematou sem defesa para o Duarte, fazendo o quinto golo.

Aos 60 minutos, saiu do jogo o Gonçalo Pinto e entrou o Diogo Simões.

Aos 66 minutos, após um canto, a bola veio para fora da área, onde o André Campos aplicou um bom remate, ao qual o guardião adversário se opôs com segurança.

Aos 74 minutos, naquele que foi o golo da tarde, com um grande remate de fora da área, o jogador nº 13 fez o sexto golo para o Alhandra.

Aos 75 minutos, sairam do terreno de jogo o Francisco Borges e o André Campos, para entrar o Cristiano e o Pedro Anacleto.

Aos 77 minutos, após uma boa jogada individual, o jogador nº 7 fez o sétimo golo, terceiro da sua conta pessoal e fechou a contagem no marcador.

Aos 87 minutos, o João Domingos voltou a ter uma excelente oportunidade para marcar o golo de honra, mas o guarda redes forasteiro, com uma grande defesa, não deixou.

Em suma, vitória justa para a formação forasteira, embora os números sejam demasiado exagerados. A equipa de Ota merecia um ou dois golos para colorir com mais justiça o marcador final deste jogo. 

Os resultados desta última jornada foram os seguintes: A dos Cunhados 2 - Casalinhense 3; Monte Agraço 1 - Fonte Grada 2; Ericeirense 3 - Arneiros 3; Bobadelense 5 - Pinheiro Loures 0; Ota 0 - Alhandra 7; Santa Iria 1 - Alenquer 0 e Vialonga 1 - Ponte Frielas 0.

A classificação final ficou assim ordenada: 1º Arneiros (58 Pontos); 2º Bobadelense (54 Pts); 3º Monte Agraço (53 Pts); 4º Santa Iria (51 Pts); 5º Alhandra (46 Pts); 6º Fonte Grada (46 Pts); 7º Vialonga (46 Pts); 8º Ericeirense (42 Pts); 9º Casalinhense (37 Pts); 10º Alenquer (33 Pts); 11º Pinheiro Loures (22 Pts); 12º Ponte Frielas (18 Pts); 13º A dos Cunhados (13 Pts) e 14º F. C. Ota (5 Pts).

Brevemente faremos um rescaldo mais detalhado de toda a época 2011/2012 dos juniores do F. C. Ota.  

 

Foto: Aos 8 minutos do segundo tempo, nesta finalização, o jogador nº 8 fez o quarto golo para o Alhandra Sporting Clube, o primeiro da segunda parte deste jogo. 

 

VIDEO DO JOGO 

André Campos com um remate perigoso.   



publicado por BLOGOTA às 21:05
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 29 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

  

SPORT ALENQUER E BENFICA 3 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 

Parque de Jogos do Sport Alenquer e Benfica - Alenquer 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 25ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 1-0)

 

Foto (da esquerda para a direita): André Campos, João Cruz, João Domingos, Daniel Pereira, Gustavo, Domingos, Miguel Ângelo, João Correia, Gonçalo Pinto, Fred Gomes e Francisco Borges. 

 

Incidências do Jogo:

Os juniores do F. C. Ota, após terem conquistado a primeira vitória na competição, deslocaram-se ao campo do Alenquer e Benfica com o propósito de conseguirem o segundo êxito consecutivo para o campeonato e o primeiro fora de casa.

Este jogo marcou a última deslocação da época para a equipa júnior e logo num derby do concelho de Alenquer.

Ao invés da formação de Ota, os alenquerenses vinham de uma pesada derrota na Bobadela por seis bolas a uma, e pretendiam fechar a sua prestação em casa com uma vitória.

O técnico da equipa de Ota, David Soudo, fez apenas uma alteração em relação ao onze da passada jornada, com a saida do José Bernadino da equipa titular devido a doença.

O onze titular foi composto pelo Fred Gomes, Miguel Ângelo, Daniel Pereira, Domingos, Gustavo, João Correia. João Cruz, André Campos, João Domingos, Gonçalo Pinto e Francisco Borges.

O jogo foi bem disputado, com as duas equipas, numa fase inicial a respeitarem-se mutuamente. Nos primeiros minutos destacou-se um remate perigoso do João Correia e duas boas oportunidades de golo para o Alenquer, sendo que na primeira a bola passou por cima da barra e na segunda o Fred esteve seguro entre os postes.

Aos 18 minutos, num livre marcado do lado esquerdo, a bola caiu ao segundo poste, onde o jogador nº 2 cabeceou o esférico com muito perigo para a baliza adversária.

Aos 24 minutos, o jogador nº 3 entrou na área, em posição frontal e sem marcação, rematando o esférico para uma excelente intervenção do Fred que conseguiu evitar o primeiro golo do jogo, na situação mais clara até ao momento.

No minuto seguinte, o Francisco Borges isolou-se, ultrapassou o guarda redes e sobre o lado esquerdo, com o seu melhor pé, enviou a bola desviada do alvo, gorando-se a melhor oportunidade de golo para o FC Ota até essa altura.

Aos 30 minutos, o Domingos rasteirou um adversário no interior da área e o árbitro assinalou penalty.

Aos 31 minutos, na conversão do castigo máximo, o jogador nº 10 não perdoou e inaugurou o marcador.

Aos 39 minutos, a equipa de Ota reclamou penalty, numa situação em que um jogador do Alenquer colocou mão na bola, no interior da área, com o árbitro a considerar o gesto involuntário.

Ao intervalo, dado o equilibrio na partida, consideramos o resultado injusto. A igualdade seria o «score» mais justo no final dos primeiros quarenta e cinco minutos de jogo.

 

Foto: Aos 25 minutos, o Francisco Borges teve a melhor oportunidade de golo nos pés, mas o seu remate levou a bola a passar ao lado do poste direito da baliza do Sport Alenquer e Benfica. 

 

Para a segunda parte, a equipa técnica de Ota tirou do jogo o André Campos e o Gonçalo Pinto e colocou no interior da quatro linhas o Nuno Sousa e o Ricardo Granja.

Aos 50 minutos, o João Domingos entrou na área pelo lado esquerdo e foi rasteirado pelo defesa central do Alenquer, com o árbitro a assinalar a respectiva grande penalidade. O jogador do Alenquer e Benfica viu o segundo cartão amarelo e foi excluido do jogo.

Chamado à conversão do castigo máximo, aos 51 minutos, o João Domingos permitiu a defesa ao guardião contrário, ainda surgiram duas recargas, pelo Francisco Borges e pelo João Domingos, mas a equipa de Alenquer conseguiu desviar a bola pela linha de fundo.

Aos 54 minutos, o Francisco Borges desmarcou o Nuno Sousa, pelo lado direito, e este, junto ao bico da grande área, desferiu um potente remate para uma excelente intervenção do guarda redes visitado.

Aos 63 minutos sairam do terreno de jogo o João Cruz e o Domingos, para as entradas do Luis Miranda e Emanuel Cabaço.

Aos poucos, e apesar de jogar com mais uma unidade em campo, a equipa de Ota foi perdendo descernimento e capacidade ofensiva. Por outro lado, o Alenquer defendeu bem e começou a lançar alguns contra ataques perigosos para a equipa adversária.

Aos 68 minutos, o Francisco Borges entrou na área, pelo lado esquerdo e rematou cruzado, com a bola a sair ao lado do poste esquerdo.

Aos 73 minutos, o Luis Miranda, de livre directo, enviou a bola ao lado do poste direito da baliza visitada.

Aos 78 minutos, após uma falha defensiva, o jogador nº 7 isolou-se e bateu o desamparado Fred, fazendo o segundo golo para a equipa de Alenquer.

Aos 84 minutos, o jogador nº 3 recepcionou uma bola na área e rematou de pronto, com o esférico a sair ao lado do poste esquerdo do FC Ota.

Aos 85 minutos, após um canto batido do lado direito, a bola caiu ao segundo poste, onde o jogador nº 5 falhou de forma incrivel o golo para a equipa local.

Aos 90 minutos, em mais um erro defensivo, o jogador nº 11 entrou na área, em posição frontal e bateu sem dificuldades o guarda redes adversário.

Em suma, uma vitória justa para a formação alenquerense, acima de tudo porque foi melhor com 10 unidades em campo do que com onze e soube matar o jogo, esperando pacientemente pelos erros do adversário. O F.C. Ota, depois de desperdiçar a grande penalidade, no inicio do segundo tempo, que daria a igualdade no jogo, nunca mais se encontrou e foi perdendo capacidade de organização com o decorrer do tempo. Embora a vitória seja justa, a diferença no marcador é exagerada. 

 

Foto: Aos 50 minutos, neste lance, o João Domingos foi rasteirado e o árbitro assinalou a grande penalidade. 

 

VIDEOS DO JOGO 

1-0 para o Alenquer e Benfica 

João Domingos falhou penalty. 

Luis Miranda bateu livre directo.   



publicado por BLOGOTA às 15:52
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 22 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 4 - UNIÃO DESPORTIVA PONTE FRIELAS 1 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 24ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 3-1)

 

Foto (em pé, da esquerda para a direita): Miguel Ferreira (Presidente), Diogo Cristóvão (treinador-adjunto), André Geada, Pedro Anacleto, João Domingos, Gustavo Parreira, Gonçalo Pinto, Luis Miranda, João Cruz, Daniel Pereira, Alexandre Florindo, Jorge Pedroso (massagista) e David Soudo (treinador). Em baixo, da esquerda para a direita: Francisco Borges, Cristiano, Duarte Bernardino, André Campos, João Correia, José Bernardino, João Domingos, Nuno Sousa e Frederico Gomes.  

 

Incidências do Jogo:

Ao fim de 23 jogos consecutivos para o campeonato sem conhecer o sabor da vitória, com apenas dois empates conquistados, os juniores do F. C. Ota chegaram à ante-penúltima jornada tendo pela frente um adversário que seguia na ante-penúltima posição da tabela classificativa, e conseguiram a tão almejada e desejada primeira vitória na competição.

Há muito que este jogo estava assinalado no calendário como aquele onde a equipa de Ota teria de pôr toda a carne no assador para conquistar a primeira vitória na competição e com a ajuda de 6 juvenis esse desejo foi alcançado, ainda mais com uma exibição excelente.

O técnico David Soudo lançou o seguinte onze inicial: Fred Gomes, José Bernardino, João Domingos, Daniel Pereira, Gustavo Parreira, João Correia, João Domingos, André Campos, João Cruz, Gonçalo Pinto e Francisco Borges. De inicio, o treinador de Ota, lançou três juvenis, os dois centrais e o médio direito.

O jogo não podia ter começado melhor para a equipa da casa, porque logo no primeiro minuto inaugurou o marcador com um golo obtido pelo Gonçalo Pinto. O lance nasceu de um pontapé longo do Fred que surpreendeu os centrais contrários, o Francisco Borges acreditou no lance e foi estorvar a acção do guarda redes, que não foi lesto a despachar o esférico, ficando o mesmo à mercê do Gonçalo, que vindo de trás tocou a bola para o fundo da baliza deserta do Ponte Frielas.

Se a equipa de Ota já tinha entrado em jogo com a motivação necessária para vencer este jogo, claro está que este golo veio dar um ânimo suplementar, porque a formação local continuou a pressionar fortemente a equipa adversária.

Essa pressão voltou a surtir efeito aos 11 minutos, quando o João Domingos entrou na área pelo lado esquerdo e de ângulo reduzido fez o segundo golo do jogo, com a bola a entrar entre o poste e o guarda redes, com fortes culpas para este último que deixou o seu lado completamente desprotegido, aproveitando o jogador de Ota para lá colocar o esférico com grande mestria e precisão.

Depois deste golo a equipa continuou endiabrada e aos 15 minutos o Francisco Borges foi rasteirado no interior da área visitante, com o árbitro a assinalar o respectivo castigo máximo.

Na conversão da grande penalidade, o Francisco Borges permitiu a defesa ao guardião contrário.

Esta situação refreou um pouco os ânimos locais, mas mesmo assim, aos 20 minutos, o Francisco Borges entrou na área, descaido para o lado esquerdo e desferiu um potente remate que saiu rente ao poste direito da baliza visitante.

Aos 27 minutos, a equipa do Ponte Frielas entrou na área e o João Correia desarmou o adversário enviando a bola para canto, com o árbitro a enganar-se ao assinalar grande penalidade.

Na conversão do castigo máximo, o jogador nº 7 não perdoou e reduziu a diferença no marcador.

Este golo foi apenas um percalço na excelente exibição da equipa local, porque aos 35 minutos voltou a introduzir a bola na baliza adversária, com um remate do Francisco Borges, anulado pelo árbitro por suposto fora de jogo do avançado local.

Não foi aos 35, para ser um pouco mais tarde, aos 44 minutos, com uma desmarcação do João Cruz para o Gonçalo Pinto entrar na área pelo lado direito e desferir um potente remate cruzado que deixou o guarda redes adversário pregado ao solo.

Ao intervalo, com o resultado em 3-1, a justiça estava instalada no Parque de Jogos dos Linhais, mas para sermos mesmo sinceros, o golo da equipa visitante nem se justificou, em primeiro lugar porque o mesmo nasceu de um lance ferido de legalidade e depois porque a equipa de Ponte Frielas nada fez em termos atacantes que justificasse tal desiderato. 

 

Foto: No primeiro minuto, neste lance, o Gonçalo Pinto inaugurou o marcador para a equipa de Ota. 

 

Foto: Aos 11 minutos, nesta finalização, o João Domingos fez o segundo golo dos juniores do F. C. Ota. 

 

Ao intervalo o André Campos ficou nos balneários, cedendo o seu lugar ao Luis Miranda.

Nos primeiros minutos da segunda parte o jogo decorreu mais equilibrado, com a equipa de Ota a gerir a vantagem, enquanto a formação visitante, de forma quase inofensiva, tentava reduzir a desvantagem no marcador.

Aos 60 minutos o Gonçalo Pinto cedeu o seu lugar ao Nuno Sousa, outro juvenil a entrar neste jogo.

Aos 62 minutos, o Francisco Borges apareceu em boa posição para ampliar a vantagem, valendo na circunstância o guarda redes adversário, com uma boa defesa, a evitá-la.

Aos 63 minutos, após um canto batido do lado direito, a bola caiu ao segundo poste, onde houve um toque para a baliza, com o guarda redes a atrapalhar-se, sobrando a mesma para um colega que a pontapeou contra a cara de outro colega, quase fazendo auto-golo.

Aos 65 minutos, após um cruzamento da direita, o Nuno Sousa apareceu à boca da baliza a falhar por muito pouco o quarto golo.

Entretanto o jogo foi-se aproximando do fim com as equipas bem encaixadas uma na outra, sem criarem grandes situações de golo.

Aos 83 minutos sairam do terreno de jogo o Francisco Borges e o João Cruz, por troca com o Cristiano e o Alexandre Florindo (juvenil).

Aos 85 minutos, após um livre batido do lado direito do ataque do F. C. Ota, a bola sobrou, à entrada da área, para o pé esquerdo do João Domingos, que desferiu um remate bem colocado sem hipótese de defesa para o guardião contrário, fazendo o quarto golo do jogo.

Com o jogo ganho, a equipa de Ota ainda desperdiçou mais oportunidades de golo nos últimos minutos, sendo de destacar um livre directo batido do lado esquerdo pelo Luis Miranda, ao qual respondeu o guardião adversário com uma defesa de recurso.

Em suma, tardou mas foi a primeira vitória da equipa júnior do F. C. Ota na corrente época, absolutamente justa e com uma exibição consistente.

Os resultados desta jornada foram os seguintes: Casalinhense 0 - Fonte Grada 1; A dos Cunhados 0 - Arneiros 6; Monte Agraço 3 - Pinheiro Loures 0; Ericeirense 1 - Alhandra 1; Bobadelense 6 - Alenquer 1; Santa Iria 2 - Vialonga 3 e Ota 4 - Ponte Frielas 1.

A classificação ficou asim ordenada: 1º Arneiros (54 Pontos); 2º Monte Agraço (53 Pts); 3º Bobadelense (51 Pts); 4º Santa Iria (45 Pts); 5º Vialonga (43 Pts); 6º Alhandra (40 Pts); 7º Fonte Grada (40 Pts); 8º Ericeirense (38 Pts); 9º Casalinhense (31 Pts); 10º Alenquer (30 Pts); 11º Pinheiro Loures (22 Pts); 12º Ponte Frielas (18 Pts); 13º A dos Cunhados (13 Pts) e 14º F. C. Ota (5 Pts).

Na próxima jornada, vigésima quinta e penúltima da competição, o Futebol Clube de Ota desloca-se ao campo do Sport Alenquer e Benfica, onde pelas 16 horas disputa mais um derby do concelho alenquerense. 

 

Foto: Aos 16 minutos, neste lance, o Francisco Borges foi rasteirado e o árbitro assinalou a grande penalidade. 

 

Foto: Nesta excelente finalização, aos 44 minutos, o Gonçalo Pinto fez o terceiro golo da equipa de Ota. 

 

VIDEOS DO JOGO 

Guarda redes do Ponte Frielas defende penalty. 

2-1 para o Ponte Frielas, apontado de grande penalidade. 

Ponte Frielas ia fazendo auto-golo neste lance. 

João Domingos muito perto de conseguir um golo. 

4-1 para o FC Ota, apontado pelo João Domingos. 

Luis Miranda marcou um livre muito perigoso.   



publicado por BLOGOTA às 18:53
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 15 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

 

CLUBE FUTEBOL SANTA IRIA 10 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 

Campo de Jogos Tomaz Reynolds - Santa Iria 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 23ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 4-0)

 

Incidências do Jogo:

Depois de na última partida a equipa júnior do F. C. Ota ter sido dizimada por um árbitro desiquilibrado, com diversas expulsões caricatas, equipa essa já de si com um plantel muito curto nesta fase final da competição, o pior que lhe poderia suceder era deslocar-se ao campo de um dos clubes que está na luta pela subida de divisão, com apenas onze atletas disponíveis.

O Santa Iria, ainda com hipótese de subir de divisão, não deixou os créditos por mãos alheias e construiu uma goleada enorme que definiu bem a diferença de potencial entre as duas equipas.

O Futebol Clube de Ota começou o jogo com onze atletas, mas no fim da primeira parte, por lesão, já tinha perdido dois elementos.

No segundo tempo, a jogar com menos unidades em campo, os golos foram-se avolumando até chegarem aos dois dígitos no marcador.

Os resultados desta 23ª jornada foram os seguintes: Vialonga 1 - Fonte Grada 1; Arneiros 5 - Casalinhense 0; Pinheiro Loures 3 - A dos Cunhados 1; Alhandra 1 - Monte Agraço 1; Alenquer 3 - Ericeirense 2; Ponte Frielas 1 - Bobadelense 4 e Santa Iria 10 - Ota 0.

A classificação, após esta jornada, ficou assim ordenada: 1º Arneiros (51 Pontos); 2º Monte Agraço (50 Pts); 3º Bobadelense (48 Pts); 4º Santa Iria (45 Pts); 5º Vialonga (40 Pts); 6º Alhandra (39 Pts); 7º Ericeirense (37 Pts); 8º Fonte Grada (37 Pts); 9º Casalinhense (31 Pts); 10º Alenquer (30 Pts); 11º Pinheiro Loures (22 Pts); 12º Ponte Frielas (18 Pts); 13º A dos Cunhados (13 Pts) e 14º F. C. Ota (2 Pts).

Na próxima jornada, vigésima quarta, que se disputa no sábado, dia 21 de Abril, pelas 16h. 30m. o Futebol Clube de Ota recebe o Ponte Frielas.    



publicado por BLOGOTA às 20:54
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 2 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 - GRUPO DESPORTIVO VIALONGA 3 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 22ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-1)

 

Foto (da esquerda para a direita): Fred, Granja, Gustavo, Daniel, Miranda, Domingos, João Correia, Ângelo, Geada, Pedro Anacleto e José Bernardino. 

 

Incidências do Jogo:

Os juniores do Futebol Clube de Ota, no passado sábado, mais que disputar um jogo contra o Vialonga, disputaram uma partida contra o árbitro Marco Ferreira, ou melhor o árbitro Marco Ferreira é que ajuizou um jogo contra o F.C. Ota.

Mais que destruir uma equipa, o árbitro Marco Ferreira gozou com um clube digno, que vai lutando, como todos, por sobreviver neste período de crise generalizada.

Não é costume este espaço, no que diz respeito aos jogos da formação, abordar a temática das arbitragens, mas neste caso não é possivel não fazê-lo, porque o verdadeiro e único protagonista do jogo foi o árbitro Marco Ferreira.

O jogo acabou aos 66 minutos de jogo quando o árbitro Marco Ferreira expulsou o quinto jogador da equipa de Ota. Com seis jogadores em campo, o árbitro Marco Ferreira deu o jogo por terminado.

Quem leia isto pensará que a equipa de Ota é uma cambada de arruaceiros e caceteiros, mas a verdade é que o árbitro Marco Ferreira usou um critério apertado para os jogadores de Ota desde o primeiro minuto de jogo que levou a este triste desfecho.

Em situações normais, com árbitros competentes, os primeiros lances de falta, desde que não sejam de violência gratuita, servem para avisar os jogadores de forma verbal. Neste caso, em particular para os juniores do F. C. Ota, que vão fazendo das tripas coração para chegar ao fim da época com dignidade, o critério foi de tal forma fechado que no final da 1ª parte a formação local já estava a jogar com 9 unidades em campo. Os lances que originaram essas expulsões não justificaram tal desfecho, no conjunto das duas faltas, se saisse um amarelo para ambos os atletas seria aceitável.

Houve uma situação, na primeira parte, que refletiu bem a dualidade de critérios do árbitro Marco Ferreira, numa jogada em que o capitão do Vialonga cortou a bola com a mão, numa situação em que a equipa de Ota saía para o ataque, o juiz viu, assinalou a falta e não mostrou o respetivo cartão amarelo.

No segundo tempo, aos 66 minutos, numa disputa de bola mais rija entre um jogador de Ota e um adversário, o árbitro Marco Ferreira entendeu expulsar directamente o jogador local. Após mais um decisão absolutamente errada, o caldo entornou-se e alguns jogadores de Ota pediram explicações ao juiz de forma mais acalorada, o que resultou em mais duas expulsões com cartão vermelho directo.

Feitas as contas, com seis jogadores em campo, o jogo foi dado por encerrado pelo árbitro Marco Ferreira, que concerteza deveria estar com pressa para se deslocar para outro local e como começou o jogo com trinta minutos de atraso teve necessidade de compensar esse tempo, finalizando o encontro mais cedo, devido a decisões estapafúrdias.

Em relação ao jogo, assistimos a uma partida correcta, sem uma única jogada violenta, com a equipa de Ota a sofrer o primeiro golo aos 33 minutos de jogo, numa grande penalidade apontada pelo jogador nº 10. A penalidade foi cometida pelo Pedro Anacleto sobre o jogador nº 11 e o árbitro acertou na decisão de marcar o penalty.

Na segunda parte, a jogar contra nove jogadores, o Vialonga tomou conta do jogo e fez mais dois golos, aos 56 minutos, pelo jogador nº 10 e aos 64 minutos, através do atleta nº 7.

Os resultados desta jornada foram os seguintes: Fonte Grada 1 - Arneiros 2; Casalinhense 0 - Pinheiro Loures 1; Monte Agraço 3 - Alenquer 0; Ericeirense 4 - Ponte Frielas 2; Bobadelense 2 - Santa Iria 1; Ota 0 - Vialonga 3 e A dos Cunhados 1 - Alhandra 5.

A classificação ficou assim ordenada: 1º Monte Agraço (49 Pts); 2º Arneiros (48 Pts); 3º Bobadelense (45 Pts); 4º Santa Iria (42 Pts); 5º Vialonga (39 Pts); 6º Alhandra (38 Pts); 7º Ericeirense (37 Pts); 8º Fonte Grada (36 Pts); 9º Casalinhense (31 Pts); 10º Alenquer (27 Pts); 11º Pinheiro Loures (19 Pts); 12º Ponte Frielas (18 Pts); 13º A dos Cunhados (13 Pts) e 14º F. C. Ota (2 Pts).

A próxima jornada, disputa-se no dia 14 de Abril, pelas 16 horas, com o Futebol Clube de Ota a visitar o campo do Santa Iria.

 

Foto: Quando o verdadeiro protagonista do jogo é o árbitro, o futebol está completamente desgraçado, ainda mais quando não houve situações que justificassem tanto protagonismo requerido pelo árbitro Marco Ferreira. 

 

VIDEOS DO JOGO 

0-1 para o Vialonga. 

Boa defesa do Frederico Gomes. 

Bola na barra da baliza do FC Ota. 

0-2 para o Vialonga.   



publicado por BLOGOTA às 15:21
link do post | comentar | favorito
|

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

VIDEO - BEST OF JUNIORES ...

JUNIORES F. C. OTA - MARC...

RESCALDO DA ÉPOCA 2011/20...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

FOTOS DOS JUVENIS E JUNIO...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

SORTEIOS - EQUIPAS DA FOR...

F. C. OTA - JUNIORES - ÉP...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
Google
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim