PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008
AS QUESTÕES DE 2008

O ano passado, mais ou menos por esta altura, colocamos aqui algumas questões para o ano que agora finda.

Veja agora como elas foram respondidas ao longo destes doze meses:

  • ONDE SE IRÁ LOCALIZAR O NOVO AEROPORTO INTERNACIONAL DE LISBOA?
  • Aparentemente será no Campo de Tiro de Alcochete.
  • CAVACO SILVA CONTINUARÁ A SER TÃO COOPERANTE COM O GOVERNO DE JOSÉ SÓCRATES?
  • O estatuto dos Açores está a deixar uma ferida difícil de sarar.
  • MANOEL DE OLIVEIRA COMPLETARÁ OS CEM ANOS DE IDADE?
  • Os nossos parabéns.
  • QUAL DESTES CLUBES (REAL MADRID, BARCELONA, MILAN OU INTER) TREINARÁ JOSÉ MOURINHO NO PRÓXIMO ANO?
  • Foi o Internazionale.
  • ...E SERÁ JÁ EM JANEIRO, OU SÓ EM JUNHO?
  • Foi mesmo em Junho.
  • O PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS VAI CONTINUAR A AUMENTAR?
  • UUiiiii, e de que maneira!
  • ...E AS TAXAS DE JURO?
  • Idem idem, aspas aspas!
  • QUAL SERÁ A PRÓXIMA «LOUCURA» DE JOE BERARDO?
  • Passou quase despercebido em 2008.
  • LUIS FILIPE MENEZES RESISTIRÁ À OPOSIÇÃO INTERNA?
  • Claro que não.
  • ALGUÉM CONSEGUIRÁ ARRANJAR UMA «CARLA BRUNI» PARA O NOSSO PRIMEIRO?
  • Tarefa complicada, assim como baixar o deficit.
  • EM QUE LUGAR FICARÁ O F. C. OTA NO CAMPEONATO DISTRITAL DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA?
  • Infelizmente longe dos lugares de subida de divisão.
  • A SELECÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL VENCERÁ O EURO 2008 QUE SE DISPUTARÁ NA AÚSTRIA E NA SUIÇA?
  • AH AH AH AH…muito longe disso.
  • QUANTAS MEDALHAS CONQUISTARÁ PORTUGAL NOS JOGOS OLÍMPICOS DE PEQUIM?
  • Se bem me lembro, acho que foram duas.
  • RUI COSTA CONTINUARÁ A EVOLUIR NOS RELVADOS, OU SUBIRÁ À TRIBUNA PRESIDENCIAL DO ESTÁDIO DA LUZ?
  • Enquanto não for contestado, está no lugar certo.
  • QUEM SERÁ O PRÓXIMO PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA?
  • Barack Hussein Obama
  • NA PRÓXIMA APARIÇÃO TELEVISIVA, FIDEL CASTRO APARECERÁ COM O MESMO FATO DE TREINO?
  • Não apareceu.
  • ...E DEIXEM-ME ADIVINHAR: EM AMENA CAVAQUEIRA COM O HUGO CHÁVEZ?
  • Este ficou célebre por ter tentado destruir um «Magalhães».
  • SERÁ ESTE ANO QUE SE DESCOBRIRÁ O PARADEIRO DE OSAMA BIN LADEN?
  • Ainda não foi desta.
  • QUAL SERÁ A EVOLUÇÃO DO DESAPARECIMENTO DE MADELINE MCCAN?
  • Provavelmente cairá definitivamente no esquecimento geral.
  • CRISTIANO RONALDO SERÁ ELEITO O MELHOR JOGADOR DO MUNDO, OU AMUARÁ NOVAMENTE COMO UM MENINO MIMADO?
  • Parabéns pelo merecido prémio.
  • PARTINDO DO PRINCIPIO QUE O CAMPEÃO NACIONAL DE FUTEBOL, ÉPOCA 2007/2008, FICOU DEFINIDO EM...2007, QUEM CONQUISTARÁ A SEGUNDA POSIÇÃO?
  • Infelizmente foi o SCP.
  • SERÁ QUE LUIS FILIPE VIEIRA DEIXARÁ A GESTÃO DO FUTEBOL BENFIQUISTA PARA ALGUÉM MAIS CAPACITADO?
  • Vamos acreditar que sim.
  • E FILIPE SOARES FRANCO DEIXARÁ DE BEBER DEPOIS DO ALMOÇO?
  • Aparentemente não.
  • EM 2008 O JORGE NUNO CASAR-SE-À OU DIVORCIAR-SE-À?
  • Pelo menos foi um ano algo silencioso do «Papa».
  • AFINAL HÁ OU NÃO PETRÓLEO EM LAPADUÇOS?
  • Nem por isso.
  • SERÁ QUE EM 2008 SE FICARÁ A CONHECER OS CANDIDATOS ÀS ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS DE 2009?
  • Já vão sendo conhecidos alguns.

A frase do ano, em nossa opinião, foi proferida pelo «Papa» do futebol português, numa entrevista publicada na revista Visão:



publicado por BLOGOTA às 19:52
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 10 de Outubro de 2008
SOBRE A VÍRGULA

1. Vírgula pode ser uma pausa... ou não.

Não, espere.

Não espere.

 
2. Ela pode desaparecer com o seu dinheiro.

23,4.

2,34.


3. Pode ser autoritária.

Aceito, obrigado.

Aceito obrigado.


4. Pode criar heróis.

Isso só, ele resolve.

Isso só ele resolve.


5. E vilões.

Esse, juiz, é corrupto.

Esse juiz é corrupto.


6. Ela pode ser a solução.

Vamos perder, nada foi resolvido.

Vamos perder nada, foi resolvido.

 
7. A vírgula muda uma opinião.

Não queremos saber.

Não, queremos saber.

 

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE GATAS À SUA PROCURA.

- Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER.

- Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM. 



publicado por BLOGOTA às 19:55
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 28 de Março de 2008
FRASES SOLTAS

O que se foi dizendo na comunicação social, antes e depois da decisão do Governo, sobre a localização do Novo Aeroporto de Lisboa.

Foto: Automobilismo na pista da Base Aérea de Ota.

 

“A Força Aérea é parte da solução, nunca do problema. Se for lá (Campo de Tiro de Alcochete), encontra-se uma solução.” Luis Araújo, Estado-Maior da Força Aérea, no jornal «Diário de Notícias», em 12/07/2007.

 

“Queremos a melhor solução e o consenso mais alargado.” Mário Lino, Ministro das Obras Públicas, na revista «Turismo de Lisboa», em 05/07/2007.

 

“O que qualquer membro do Governo quer é que o aeroporto fique localizado no melhor sitio para o Pais.” Mário Lino, Ministro das Obras Públicas, no «Correio da Manhã», em 26/08/2007.

 

“O LNEC vai estudar a comparação entre esse sítio (Alcochete) e o da Ota de forma a que o Governo possa tomar uma decisão no principio do próximo ano.” José Sócrates, Primeiro-Ministro, no jornal «Diário de Noticias», em 26/08/2007.

 

“Não tenho opinião sobre a Ota.” Mário Lino, Ministro das Obras Públicas, no «Expresso», em 25/08/2007.



publicado por BLOGOTA às 19:55
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 7 de Março de 2008
FRASES SOLTAS

O que se foi dizendo na comunicação social, antes e depois da decisão do Governo, sobre a localização do Novo Aeroporto de Lisboa.

 

Esta imagem, do enquadramento do NAL no concelho de Alenquer, aparentemente não irá sair do papel.

 

“Já tivemos um investimento estratégico aparentemente decidido na calma e ponderação dos gabinetes, por pessoas repletas de «competência técnica» e insensíveis às pressões da opinião pública ou às «politiquices». Chamou-se porto de Sines. E também já tivemos outros – CCB, Casa da Música, Alqueva, ou os estádios do Euro 2004 – que foram transformados em inquestionáveis «desígnios nacionais» pela passividade da opinião pública e pela colusão entre partidos e interesses. O descontrolo dos gastos nuns casos e as expectativas frustradas noutros estão ai para mostrar aquilo em que dá o consenso. Que venha então o barulho sobre o aeroporto, o TGV e tudo o resto. Chama-se democracia. Habituem-se. Pedro Magalhães, Politólogo, no jornal «Público», em 25/06/2007.

 

“ (…) Conclui-se, assim, que só por decisão política sem qualquer fundamento de interesse público é que a Ota poderá ser considerada superior a Alcochete (ou Rio Frio se também fosse considerada essa hipótese), nunca com base em critérios técnico/económicos.” Mário Lopes, Professor do Departamento de Engenharia Civil do Instituto Superior Técnico, no jornal «Expresso», em 30/06/2007.

 

“O Estado está agora a fazer um estudo de comparação entre duas localizações, esse estudo é sério, esse estudo não é para provar que a Ota é melhor, é para provar qual é a melhor localização para o aeroporto.” José Sócrates, Primeiro-Ministro, no jornal «Diário de Notícias», em 09/07/2007.

 

Questionado sobre a «impaciência» das populações quanto às restrições no concelho de Alenquer, para a salvaguarda de espaço para a construção do aeroporto da Ota, o líder do executivo disse perceber, mas pediu compreensão – “Eu percebo e compreendo essa impaciência e têm razão, mas não tenho outra alternativa que não seja pedir mais um pouco de paciência. Acho que aquilo que os portugueses esperam do Governo é que estude essa possibilidade, compare as duas localizações, escolha uma e prossiga.” José Sócrates, Primeiro-Ministro, no jornal «Diário de Notícias», em 09/07/2007.

 

(A Ponte da Lezíria) “Estava concebida e projectada muito antes de decidir fazer, ou não fazer, um aeroporto, independentemente da localização.” José Sócrates, Primeiro-Ministro, no jornal «Diário de Notícias», em 09/07/2007.



publicado por BLOGOTA às 19:50
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008
FRASES SOLTAS

O que se foi dizendo na comunicação social, antes e depois da decisão do Governo, sobre a localização do Novo Aeroporto de Lisboa.

 

“Em Alcochete está-se longe de água à superfície, ao contrário da Ota.” Carlos Borrego, Coordenador do Estudo da CIP, no jornal «Público», em 12/06/2007.

 

“A escolha da Ota è má para o País.” Mário Lopes, Professor do Departamento de Engenharia do Instituto Superior Técnico, no jornal «Destak», em 12/06/2007.

 

“Tem muitas vantagens, quando comparado com a Ota. Está é mais perto do estuário do Tejo, o que significa que tem mais nevoeiro. Mas como se trata de uma zona plana, os aviões poderiam aterrar, mesmo com nevoeiro.” Mário Lopes, Professor do Departamento de Engenharia do Instituto Superior Técnico, no jornal «Destak», em 12/06/2007.

 

De acordo com uma sondagem da Aximage para o Correio da Manhã, 49,6 por cento dos portugueses acha que não é necessário um novo aeroporto, contra 40,1 que defende a sua construção. Quanto à melhor localização, 36,7 por cento aponta a Margem Sul, enquanto 23,5 considera a Ota uma boa solução. IN Correio da Manhã, a 14/06/2007.

 

“Sócrates atirou às urtigas o ministro que há quinze dias esclarecera, depois de um bom almoço, «que na margem sul, nunca».” João Marques dos Santos, Advogado, no jornal «Correio da Manhã», em 15/06/2007.

 

“O Primeiro-ministro limitou-se a receber o Presidente da CIP, tendo tomado conhecimento da intenção da CIP de encomendar um estudo sobre a localização do Novo Aeroporto de Lisboa”. Nota à Imprensa, emitida pelo Gabinete de José Sócrates, no jornal «Diário de Notícias», em 19/06/2007.

 

“O Primeiro-ministro pediu-nos para não demorarmos muito por dois motivos, que eram a privatização da ANA e a presidência portuguesa da União Europeia. Francisco Van Zeller, Presidente da CIP, no jornal «Diário de Notícias», em 19/06/2007.

 

“Solução Portela+1 não é viável”. Mário Lino, Ministro das Obras Públicas, no jornal «24 Horas», em 20/06/2007.

 

“Tal como não acredito em conversões religiosas de um dia para o outro, também não acredito que o Ministro, depois de meses de posição inamovível e de ter mesmo afirmado o seu compromisso pessoal com a solução Ota, tenha mudado de posição de um dia para o outro”. Belmiro de Azevedo, Presidente da SONAE, no jornal «24 Horas», em 20/06/2007.

 

 “Há cerca de uma década que, na minha cabeça, enquanto cidadão, se tornou claro que o último dos últimos sítios onde se podia fazer um aeroporto era a Ota”. Ernâni Lopes, antigo Ministro das Finanças, no jornal «Diário do Sul», em 19/06/2007.

 

“Nos últimos dez, quinze anos, cada vez que me falavam no aeroporto na Ota, a minha reacção era: bom, isto não é para ser a sério, andam para aqui a falar nisto, mas há tanta coisa de que falam e não acontece”. Ernâni Lopes, antigo Ministro das Finanças, no jornal «Diário do Sul», em 19/06/2007.



publicado por BLOGOTA às 19:55
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008
FRASES SOLTAS

O que se foi dizendo na comunicação social, nos últimos meses, sobre a localização do Novo Aeroporto de Lisboa

 

Mário Lino, Ministro das Obras Públicas, dixit:

28 de Setembro de 2006 – “O aeroporto da Ota é irreversível

23 de Maio de 2007 – “Um aeroporto na margem sul «jamais»

11 de Junho de 2007 – “A zona de Alcochete nunca tinha sido estudada.

In: Jornal de Negócios, a 12/06/2007.

 

“Seis meses é o que podemos dar para se estudar a melhor opção. O que não interfere com o nosso calendário.” Mário Lino, Ministro das Obras Públicas, no «Jornal de Notícias», a 12/06/2007.

 

“Depois desse trabalho, para o qual o LNEC poderá recorrer a técnicos nacionais e estrangeiros, o Governo decidirá.” Mário Lino, Ministro das Obras Públicas, no «Jornal de Notícias», a 12/06/2007.

 

“Verifico com satisfação que este estudo aponta para a necessidade de um novo aeroporto porque a Portela está esgotada e confirma que o Poceirão não é viável. Não deixaremos de apontar a leviandade com que são defendidas certas localizações”. José Sócrates, Primeiro-ministro, no «Jornal de Notícias», a 12/06/2007.

 

“Do ponto de vista da cidade de Lisboa, o essencial é que seja assegurado um acesso rápido, fácil, cómodo e barato ao novo aeroporto, seja esse acesso à Ota, seja esse acesso ao Poceirão ou a Alcochete”. António Costa, Candidato do PS às eleições intercalares de Câmara Municipal de Lisboa, no jornal «Notícias da Manhã», em 12/06/2007.

 

“É um nítido recuo da parte do Governo. Mas é fundamental que a nova opção seja conciliável com a manutenção do aeroporto da Portela.” Fernando Negrão, Candidato do PSD às eleições intercalares de Câmara Municipal de Lisboa, no jornal «Notícias da Manhã», em 12/06/2007.

 

“A atitude do ministro foi uma primeira derrota da teimosia do Governo e da sua obsessão com a Ota”. Telmo Correio, Candidato do CDS-PP às eleições intercalares de Câmara Municipal de Lisboa, no jornal «Notícias da Manhã», em 12/06/2007.

 

“A nossa posição sempre foi a salvaguarda do interesse público e que essa opção não ponha em causa a manutenção da Portela. Decisões para estudar melhor o problema, para isso estaremos sempre de acordo”. Ruben de Carvalho, Candidato da CDU às eleições intercalares de Câmara Municipal de Lisboa, no jornal «Notícias da Manhã», em 12/06/2007.

Foto: Posto de vigia do Centro de Formação Militar e Técnico da Força Aérea de Ota.



publicado por BLOGOTA às 19:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008
FRASES SOLTAS

O que se foi dizendo na comunicação social, nos últimos meses, sobre a localização do Novo Aeroporto de Lisboa

 

O Governo só faz bem em reverter todo o processo. (Considerar uma alternativa à Ota), não é um recuo, é um avanço”. Miguel Cadilhe, Economista, no «Jornal de Negócios», a 12/06/2007.

 

“O segredo do turismo e de Lisboa não está só na proximidade, mas na qualidade do turismo e seus múltiplos aspectos”. Vítor Neto, Ex-Secretário de Estado do Turismo, no «Jornal de Negócios», a 12/06/2007.

 

“Em Alcochete os terrenos já são públicos, mas no Poceirão as infra-estruturas ferroviárias já lá estão”. Luis Rodrigues, Deputado do PSD por Setúbal, no «Jornal de Negócios», a 12/06/2007.

 

“Assisti à intervenção do Ministro e considero que tomou uma decisão sensata face às dúvidas suscitadas”. Vítor Ramalho, Presidente da distrital do PS/Setúbal, no «Jornal de Negócios», a 12/06/2007.

 

“O problema principal foi a ausência de convicção do Governo, que sempre utilizou os argumentos errados (para a Ota)”. Henrique Neto, Vice-Presidente da AIP, no «Jornal de Negócios», a 12/06/2007.

 

“Claramente, Lisboa perderá competitividade se a decisão de um novo aeroporto passar pelo encerramento da Portela.” Confederação do Turismo Português, no «Jornal de Negócios», a 12/06/2007.

 

“O consórcio não tece qualquer comentário sobre a localização, porque se trata de uma decisão política.” Consórcio Asterion, Candidato à construção na Ota, no «Jornal de Negócios», a 12/06/2007.

Foto: Campo de futebol do Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea em Ota.



publicado por BLOGOTA às 19:43
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007
FRASES SOLTAS

O que se foi dizendo na comunicação social, nos últimos meses, sobre a localização do Novo Aeroporto de Lisboa

“Temos 650 hectares de terrenos na envolvente da Ota.” António Marques Varela, Presidente do grupo Tiner, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

“O processo iniciou-se há cerca de 10/11 anos. Como temos vários centros logísticos na região, fomos procurados pelos proprietários dos terrenos e por mediadores que estavam interessados em vender os terrenos industriais, onde os planos directores só permitiam a construção para esses fins. Só compramos mesmo esses. Comprámos um a um, com o melhor preço que nestas coisas se consegue. Os terrenos ficam localizados nas zonas de Aveiras, Azambuja, Vila Nova da Rainha. Mas temos projectos congelados por causa dos acessos previstos ao novo aeroporto. Em Alenquer, e concretamente no Carregado, temos um projecto de 30 casas aprovado pela autarquia que a NAER chumbou. Em Vila Franca, onde o PDM estava aprovado, ficamos com muitos terrenos que não podemos utilizar.” António Marques Varela, Presidente do grupo Tiner, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

“Acredito que não existem outras soluções alternativas (ao aeroporto em Ota). Embora seja um interessado em que o projecto se concretize, acho que este processo é irreversível. Politicamente, as coisas estão decididas e, num prazo de três meses, haverá projectos concretos e no terreno. Fala-se mais neste processo porque a oposição aproveitou isto para destabilizar.” António Marques Varela, Presidente do grupo Tiner, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

“Tenho visto alguns atropelos que os media têm aproveitado. A condução deste processo (construção do aeroporto em Ota) deve ser feita com muita determinação e os pressupostos bem defendidos. Temos tido um Primeiro-ministro muito determinado e um Ministro das Obras Públicas que tem cometido algumas gaffes”. António Marques Varela, Presidente do grupo Tiner, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

“Há uma série de municípios que estão empenhados em que a Ota vá para a frente e Alenquer faz parte deste movimento”. Paulo Caldas, Presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, no «Público», a 11/06/2007.

Foto tirada próximo da área de intervenção do projecto relativo ao Novo Aeroporto de Lisboa, em concreto junto à Auto Estrada Nº1 (Lisboa-Porto).



publicado por BLOGOTA às 16:46
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007
FRASES SOLTAS

O Erro da Ota e 22 Factos Indesmentíveis

Por: Mário Castro Henriques, Professor da Universidade Católica

No jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007

1 – Não existe nenhum estudo que indique a Ota como o melhor local para o novo aeroporto.

2 – Em todos os estudos onde a opção Ota foi analisada, foi sempre considerada a mais cara.

3 – A decisão pela localização Ota foi tomada, em 1999, com base num Estudo Preliminar de Impacto Ambiental (EPIA) incompleto e insuficiente.

4 e 5 – Entre os vários descritores usados no EPIA, a Comissão de Acompanhamento do Novo Aeroporto considerou «deficiente» a abordagem feita aos «Recursos Hídricos» e aos «Riscos de Colisão de Aeronaves com Aves». Dois pontos usados para eliminar Rio Frio.

6 – O site da NAER não disponibilizou a totalidade dos estudos em Novembro de 2005. Foram omitidos estudos importantes, como o realizado pela ANA em 1994 e que escolhia o Montijo, e cortaram-se partes de outros documentos.

7 – O estudo de 1999, que apenas compara Ota e Rio Frio, não justifica a exclusão da localização Montijo, que até então tinha «ganho» em todos os relatórios.

8 – Os capítulos das conclusões do EPIA da Ota e do Rio Frio são cópias um do outro.

9 – Alguns factos foram deturpados de modo a legitimar a escolha da Ota.

10 – A decisão foi tomada sem que tenham sido avaliadas todas as determinantes: não foi instalado um posto meteorológico na Ota; não foi estudada a implicação da gestão do espaço aéreo; não foram estudados os acessos nem as características dos solos.

11 – A solução «Portela + 1» foi abandonada por causa da escolha da Ota. Todas as restantes localizações são compatíveis com a utilização simultânea da Portela.

12 – A Ota terá uma vida útil muito inferior ao Aeroporto da Portela, que já passou os sessenta anos de vida. A Ota pode “viver” 30/40 anos.

13 – O novo aeroporto será pago pelo Estado e pelos contribuintes.

14 – Lisboa ficará menos competitiva. Por exemplo, as taxas de aeroporto serão mais elevadas em Ota.

15 – A TAP será menos competitiva. O processo do Aeroporto de Atenas, inaugurado em 2001, é semelhante ao da Ota. A companhia aérea grega declarou falência em 2003.

16 – A privatização da ANA como parte do negócio da Ota, significa dar a uma entidade privada a gestão de quase todos os aeroportos portugueses.

17 – Há factos que obrigam a reequacionar a opção Ota. Cresceram as low cost. O traçado do TGV foi alterado e passar na Ota obriga a “ginástica”.

18 – Não foram criados mecanismos para tributar mais valias nos terrenos da Ota.

19 – O turismo perde. Estudos efectuados mostram uma quebra da ordem dos 15,6% no turismo de Lisboa.

20 – Por causa da Ota a linha do TGV Lisboa/Porto será apenas para passageiros e não para mercadoria.

21 – O TGV tira passageiros aos aviões.

22 – A área de influência de dois aeroportos – Norte e Sul – é superior à influência de um aeroporto central.

Foto: Instalações da Força Aérea em Ota.



publicado por BLOGOTA às 19:50
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007
FRASES SOLTAS

“Houve um conjunto de agentes económicos que foram comprando terrenos nos sítios que foram sendo indicados como possíveis localizações do novo aeroporto. Mesmo com um plano director, o facto de os terrenos serem privados e a sua valorização podem diminuir a sua eficácia. É importante ver se não é possível fazer o aeroporto onde já há terrenos públicos com utilizações compatíveis”. Augusto Mateus, Coordenador do estudo sobre o ordenamento das actividades na envolvente do novo aeroporto de Lisboa, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

“O layout previsto para a Ota é excelente, moderno e duradouro. Mas o problema é que, mais do que a infra-estrutura, temos de fazer um aeroporto muito mais competitivo e eficiente, para gerar um grande centro de emprego e de actividade. Desse ponto de vista, infelizmente, pouco foi feito. Andámos a pensar numa infra-estrutura aeroportuária moderna em vez de uma cidade aeroportuária”. Augusto Mateus, Coordenador do estudo sobre o ordenamento das actividades na envolvente do novo aeroporto de Lisboa, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

“O novo aeroporto deve-se localizar a norte do Rio Tejo, onde está a esmagadora economia industrial e vive e trabalha 82% da população portuguesa. Logo é natural que uma infra-estrutura como esta se localize o mais próximo possível das pessoas que a utilizam. A nossa afirmação no plano ibérico passa pelo desenvolvimento da zona costeira”. Henrique Neto, Presidente da ADnA – Associação Desenvolvimento Novo Aeroporto, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

“O tempo de espera para tomar a decisão da localização (do novo aeroporto), mais do que o sector prejudica o País, porque este aeroporto já devia estar construído (…) Não tenho dúvidas nenhumas de que (o novo aeroporto da) Ota será um factor de atracção de investimento de empresários de toda a Europa”. Joaquim Fortunato, Presidente da AECOPS, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

“A opção ainda pode ser invertida, se houver sentido de Estado e vontade política. O debate está a ficar «policiado» pelas opções de engenharia. Tem de haver uma avaliação multidisciplinar das várias opções em presença. Antes de construir novo e destruir velho, tem de se avaliar o que pode ser aproveitado. A solução de encerrar o aeroporto da Portela não é inevitável. Devia-se recuperar a hipótese de complementaridade com outros aeroportos portugueses”. Rui Moreira, Presidente da Associação Comercial do Porto, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

 

Nós até temos relatórios de estrangeiros que fizeram estudos, onde afirmaram que a Ota é o último dos lugares que devia ser escolhido. Esses relatórios acabam sempre por dizer que os aeroportos são sempre escolhidos politicamente e não por razões económicas e técnicas. Todos os Governos acabam por pagar mais para pôr os aeroportos onde lhes convém politicamente. É certo que chegámos no dia seguinte à decisão, mas se esta é uma asneira tem de ser revista”. Francisco Van Zeller, Presidente da Confederação da Indústria Portuguesa, no jornal «Semanário Económico», a 8/06/2007.

Foto: Aeromodelismo na pista da Base Aérea de Ota (voo invertido)



publicado por BLOGOTA às 19:50
link do post | comentar | favorito
|

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

AS QUESTÕES DE 2008

SOBRE A VÍRGULA

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

Perspectivas BLOGalizadas

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

FRASES SOLTAS

CONGRESSO DA A.N.M.P.

FRASES SOLTAS

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
Google
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim