PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Sábado, 23 de Junho de 2012
IIª DIVISÃO DISTRITAL - SÉRIE 1 - A. F. LISBOA

ANÁLISE BLOGOTA – ÉPOCA 2011/2012

 

1ª PARTE

 

 

IGREJA NOVA

 

A formação da Igreja Nova foi a vencedora desta série 1, da 2ª divisão distrital, com inteira justiça e merecimento, porque ao longo do curto campeonato foi a mais regular. Esta equipa, que foi inscrita já depois do sorteio de ter realizado, caiu na série 1 e até nem começou muito bem a época, ao cedro dois empates nos dois primeiros jogos em casa, com a Cerca e com o Jeromelo. A partir da 7ª jornada subiu ao 1º lugar para nunca mais o largar até ao final da competição. Nos 20 jogos disputados conquistou 15 vitórias, 3 empates e 2 derrotas, com 58 golos marcados e apenas 6 sofridos, para um acumulado de 48 pontos. A sua principal arma foi ter um colectivo muito forte, quer em termos atacantes, foi o melhor ataque da série, quer em termos defensivos, também foi a melhor defesa. Entre a 5ª jornada e a 14ª conquistou 9 vitórias consecutivas e, nesse período, alargou o fosso pontual para os mais directos adversários de forma irreversível. A única equipa que não conseguiu derrotar foi o Jeromelo, com dois empates a zero nos jogos disputados. As derrotas averbadas, numa fase em que já tinha garantido o acesso à 1ª divisão distrital, forma contra o Frielas (1-0) e São Pedro (1-0). Contra o F. C. Ota venceu os dois jogos (0-2 em Ota) e (3-0 em casa).

 

SÃO PEDRO

 

O Futebol Clube de São Pedro entrou muito forte nesta competição. Depois de folgar na 1ª jornada conquistou 5 vitórias consecutivas e entre a 5ª e a 6ª jornada liderou esta série 1. Depois teve um período de jogos com resultados muito irregulares e caiu uns degraus, mas sem nunca perder de vista o 2º lugar, que dava acesso à divisão superior. Uma parte final de época, onde em 7 jogos conquistou 5 vitórias e dois empates, catapultou-a para o segundo lugar com bastante vantagem sobre os mais directos perseguidores. Em suma, graças a uma fase inicial e final muito positiva, a formação do concelho de Torres Vedras fez por merecer o prémio da subida de divisão. Nos 20 jogos disputados conquistou 13 vitórias, 3 empates e 4 derrotas, para um acumulado de 42 pontos. Marcaram 47 golos e sofreram 17. Em casa foram muito fortes, com nove vitórias em dez possíveis, apenas sendo derrotados pelo Pinheiro de Loures. Nos confrontos com o F. C. Ota ganhou em casa por 5-0 e empatou fora a uma bola.

 

 

PINHEIRO DE LOURES

 

À partida, em nossa opinião, esta equipa era a principal favorita à subida de divisão, tendo em conta o que fizeram na parte final da época 2010/2011, mas um mau início de campeonato, especialmente nos jogos em casa, atrasou-a nessa luta. Nas primeiras nove jornadas, quase metade do campeonato apenas conquistou duas vitórias, situação que veio-se a revelar fatal num atraso para o primeiro lugar impossível de recuperar. Seguiu-se um período muito bom, onde em nove jogos cedeu apenas dois empates, conquistando sete vitórias, o que a trouxe para a luta pelo segundo lugar. Nos últimos jogos baqueou frente à Igreja Nova e ao São Pedro e acabou no terceiro posto. Em 20 jogos conquistou 10 vitórias, 7 empates e 3 derrotas, com 37 pontos. Marcou 38 golos e sofreu 16. Foi a equipa desta série que conquistou mais empates, sete no total, a maioria cedidos na condição de formação visitada. Teve uma boa série de oito jogos consecutivos sem perder. Nos jogos com o F. C. Ota empatou ambos (2-2 em casa) e (1-1 nos Linhais).

Nota: No jogo interrompido antes do intervalo com a União Atalaia, a A.F. Lisboa atribuiu a vitória na secretaria para a formação do Pinheiro de Loures.

 

 

FRIELAS

 

Apenas duas equipas nesta série 1 jogaram em campo pelado, sendo o Frielas uma delas. Esse factor acabou por ser preponderante na boa época que realizaram, com sete vitórias conquistadas no seu reduto. Foi a única equipa a poder orgulhar-se de ter derrotado os dois primeiros classificados no seu campo. Teve também alguns resultados inesperados, como por exemplo a derrota em Fonte Grada e o empate em casa frente ao último classificado. Nos últimos três jogos conquistaram outras tantas vitórias que catapultaram a equipa do sétimo para o quarto lugar da tabela classificativa. Nos 20 jogos disputados venceram 11, empataram 1 e perderam 8, com 34 pontos acumulados. Foi a formação com menos empates registados nesta série 1. Marcaram 51 golos e sofreram 31. Participou num dos três jogos com mais golos marcados, quando derrotou a formação de Santa Cruz por sete bolas a uma. Ficou em 2º lugar na tabela das equipas com mais golos alcançados. Nos jogos com o F. C. Ota perdeu fora por duas bolas a uma e venceu no seu pelado por quatro bolas a duas.

 

 

JEROMELO

 

Depois de muitos anos a militar na 1ª divisão distrital, esta equipa caiu na 2ª divisão e partiu para este campeonato com legítimas aspirações à subida de categoria. Começaram bem, com duas vitórias consecutivas, mas depois seguiu-se uma série de cinco jogos sem vencer, o que a fez cair na classificação. Voltou a melhorar, entre o fim da 1ª volta e o começo da segunda, com cinco vitórias consecutivas, que a trouxeram para a luta pelo segundo lugar até ao final da competição. Nos últimos jogos, ao empatar na Cerca e perder em Ota, hipotecou essas hipóteses de subida. Em 20 jogos, conquistou 9 vitórias, 6 empates e 5 derrotas, com um total de 33 pontos. Marcaram 36 golos e sofreram 25. Nos jogos com o F. C. Ota, venceu em casa por 4-1 e perdeu em Ota por uma bola a zero.

 

 

LUZ E FANHÕES

 

A formação do Sport Luz e Fanhões assumiu desde o início a candidatura à subida de divisão, mas um péssimo início de campeonato acabou por refrear essas aspirações. Nas primeiras três jornadas folgou uma e perdeu nas outras duas. Depois foi melhorando e subindo degraus na tabela classificativa. Entre a 4ª jornada e a 10ª conquistaram cinco vitórias e dois empates na sua melhor fase em toda a época. Mantiveram a chama acesa pela luta da subida até serem derrotados consecutivamente pelo Igreja Nova e São Pedro, depois até ao final do campeonato lutaram pelo melhor lugar possível, podendo no final aspirar ao terceiro lugar, mas a derrota em casa com o Pinheiro de Loures afastou esse cenário. Em 20 jogos, venceram por 10 vezes, empataram 3 e perderam 7, num total de 33 pontos. Marcaram 41 golos e sofreram 32. Participou, também, num dos três jogos com mais golos alcançados, ao derrotar a União Atalaia por sete bolas a uma. Nos jogos com o F. C. Ota venceu-os ambos pela margem mínima: 1-2 em Ota e 1-0 em Fanhões.     



publicado por BLOGOTA às 08:33
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 16 de Abril de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUVENIS (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 - SPORTING C. PINHEIRO DE LOURES "B" 6 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Juvenis - Futebol 11 - Série 1 - 23ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-4)

 

Foto (da esquerda para a direita): Pedro Oliveira, João Pedroso, Diogo Simões, Miguel Ângelo, Alexandre, João Domingos, Renato, Emanuel, João Santos, Daniel Pereira e Nuno Sousa. 

 

Incidências do Jogo: 

Os juvenis do Futebol Clube de Ota, no passado domingo, com muitos baixas no plantel, defrontaram a formação de Pinheiro de Loures que luta pelo primeiro lugar desta série 1, em conjunto com o Casalinhense.

O técnico David Soudo lançou o seguinte onze inicial: João Pedroso, Alexandre Florindo, João Domingos, Daniel Pereira, Miguel Ângelo, João Santos, Nuno Sousa, Emanuel Cabaço, Pedro Oliveira, Renato Gonçalves e Diogo Simões.

Com cinco habituais titulares de fora, a equipa técnica teve que improvisar para esta partida, provavelmente a mais complicada da época, contra um adversário poderoso.

O Pinheiro de Loures “B”, em luta acesa com o Casalinhense pelo primeiro lugar desta série, entrou muito forte em jogo, a jogar a favor do vento e no final da primeira parte já tinha a partida decidida a seu favor.

Logo no primeiro minuto, na sequência de um canto batido do lado direito do ataque, ao primeiro poste apareceu um jogador visitante a cabecear o esférico contra a barra da baliza do F. C. Ota.

Aos 4 minutos, noutro canto batido do lado direito, a bola foi de novo ao primeiro poste, onde houve um toque para o segundo, valendo o bom posicionamento do Alexandre a enviar a bola pela linha de cabeceira.

Aos 6 minutos, agora num cruzamento do lado esquerdo, a bola apareceu em zona de finalização, valendo na circunstância o João Santos a desviá-la pela linha de fundo, num corte extremamente perigoso para a sua baliza.

O primeiro golo do jogo, completamente justificado pela equipa forasteira, surgiu aos 9 minutos de jogo, na sequência de um canto batido do lado direito, com o jogador nº 6, no coração da área, a rematar de primeira, sem hipótese de defesa para o guardião local.

Aos 12 minutos, surgiu o segundo golo, numa boa jogada individual, pelo centro do terreno, do jogador nº 8, que surgiu isolado frente ao João Pedroso e bateu-o sem dificuldade.

Aos 15 minutos, a coroar um período de grande eficácia concretizadora, o jogador nº 10, de cabeça, após um cruzamento efectuado do lado direito, fez o terceiro golo para o Pinheiro de Loures.

Aos 18 minutos, o jogador nº 10, entrou na área, descaído para o lado esquerdo e enviou a bola ao poste direito da baliza do F. C. Ota.

Após uma entrada absolutamente fantástica da equipa forasteira, e com o jogo já decidido a seu favor, a toada da partida abrandou, sem a equipa visitante deixasse a local acercar-se da sua baliza.

Aos 27 minutos, após um cruzamento do lado esquerdo, ao segundo poste, com um remate forte, apareceu o jogador nº 7 a fazer o quarto golo do jogo.

O primeiro e único remate da equipa de Ota, na primeira parte, surgiu aos 35 minutos, pelo Nuno Sousa, de fora da área, com o esférico a passar sem perigo, ao lado do poste direito da baliza do Pinheiro de Loures.

Ao intervalo o resultado era justo, num jogo completamente dominado pela equipa forasteira.

 

Foto: Neste lance, aos 9 minutos de jogo, o Pinheiro de Loures "B" inaugurou o marcador e partiu para uma vitória fácil frente ao Futebol Clube de Ota. 

 

Na segunda parte, com o vento a favor, a equipa de Ota conseguiu-se libertar um pouco da forte pressão ofensiva do adversário, embora sem criar perigo junto à baliza do Pinheiro de Loures.

Aos 5 minutos o Emanuel Cabaço viu a cartolina amarela.

Aos 9 minutos, o jogador nº 10, completamente isolado, no interior da área, rematou o esférico contra a base do poste direito da baliza local.

Aos 14 minutos, num remate à entrada da área, efectuado pelo jogador nº 8, surgiu o quinto golo do jogo.

Aos 20 minutos saiu do jogo o Renato Gonçalves, por troca com o Durães.

Aos 32 minutos entrou o Gilberto para o lugar do Diogo Simões.

Aos 36 minutos, num grande remate de fora da área, o jogador nº 13 fez o sexto golo do jogo, naquele que foi a mais bonito golo desta manhã de futebol juvenil.

Em suma, assistimos a uma partida de sentido único, com a formação de Ota a não conseguir contrariar o maior poderio ofensivo da equipa visitante. Por isso, o resultado foi justo, até porque em oitenta minutos de jogo, a formação local, não conseguiu efectuar um remate direccionado à baliza forasteira.

Os resultados desta vigésima terceira jornada foram os seguintes: Ota 0 – Pinheiro Loures “B” 6; Alenquer 2 – Ponterrolense 1; Casalinhense 7 – Encarnacense 1; Arneiros 2 – Recreio de Vila Nova da Rainha 4; A dos Cunhados 1 – EAS Turcifal 6; Alhandra 5 – Monte Agraço 0 e Arrudense 3 – Alcainça 1. Folgou a Venda do Pinheiro.

A classificação, após esta jornada, ficou assim ordenada: 1º Casalinhense (60 Pontos); 2º Pinheiro de Loures “B” (58 Pts); 3º EAS Turcifal (49 Pts); 4º Alhandra (46 Pts); 5º Arrudense (46 Pts); 6º Alenquer (41 Pts); 7º Recreio (34 Pts); 8º F. C. Ota (26 Pts); 9º Arneiros (21 Pts); 10º Monte Agraço (20 Pts); 11º A dos Cunhados (19 Pts); 12º Encarnacense (19 Pts); 13º Venda do Pinheiro (17 Pts); 14º Alcainça (8 Pts) e 15º Ponterrolense (3 Pts).

Na próxima jornada, dia 22 de Abril, pelas 10h. 30m., o Futebol Clube de Ota desloca-se a Vila Nova da Rainha, onde defronta o União Recreio em partida a contar para a 24ª jornada. 

 

VIDEOS DO JOGO

Bola no poste da baliza do FC Ota. 

Livre perigoso contra o Pinheiro de Loures.  



publicado por BLOGOTA às 19:34
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 28 de Janeiro de 2012
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

 

SPORTING CLUBE PINHEIRO LOURES 3 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 1 

Campo Major Rosa Bastos - Pinheiro de Loures 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 14ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 2-1)

 

Incidências do Jogo:

Os juniores do Futebol Clube de Ota iniciaram a 2ª volta do campeonato com uma deslocação ao campo do Pinheiro de Loures, uma das duas únicas equipas da série com o qual a equipa do concelho de alenquer conquistou pontos, separados por apenas dois pontos na tabela classificativa. Na partida deste sábado à tarde, no concelho de Loures, jogava-se a luta pela fuga ao último lugar.

Começou a melhor a equipa da casa, chegando cedo à vantagem de dois golos no marcador.

Pouco depois do segundo golo sofrido, a equipa de Ota reduziu a desvantagem com um golo obtido pelo Ângelo Marques.

No ínicio da segunda parte as duas equipas entraram dispostas a marcar, a da casa para voltar à vantagem de dois golos no marcador e a de Ota para chegar à igualdade. Foi mais feliz a formação de Loures que através de uma grande penalidade chegou ao 3-1.

Até ao final do jogo as oportunidades de golo repartiram-se pelas duas equipas, sendo que no último minuto jogo a equipa local beneficou de outra grande penalidade, mas desta vez o Frederico Gomes defendeu o remate do jogador adversário e manteve o resultado em 3-1.

Os resultados desta 14ª jornada foram os seguintes: Alenquer 1 - Ponte Frielas 1; Alhandra 5 - Santa Iria 3; Pinheiro Loures 3 - Ota 1; Arneiros 2 - Bobadelense 2; Fonte Grada 3 - Ericeirense 3; Casalinhense 3 - Monte Agraço 2 e A dos Cunhados 0 - Vialonga 3.

A classificação, após esta jornada, ficou assim ordenada: 1º Monte Agraço (30 Pontos); 2º Arneiros (30 Pts); 3º Vialonga (28 Pts); 4º Santa Iria (27 Pts); 5º Bobadelense (27 Pts); 6º Alhandra (26 Pts); 7º Fonte Grada (26 Pts); 8º Alenquer (20 Pts); 9º Casalinhense (19 Pts); 10º Ericeirense (19 Pts); 11º Ponte Frielas (14 Pts); 12º Pinheiro Loures (7 Pts); 13º A dos Cunhados (6 Pts) e 14º F. C. Ota (2 Pts).

Na próxima ronda (15ª), dia 4 de Fevereiro, o Futebol Clube de Ota recebe o Arneiros, pelas 15h. 30m..   



publicado por BLOGOTA às 20:05
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 10 de Janeiro de 2012
VIDEOS DO JOGO: OTA 1 - PINHEIRO LOURES 1

Fora de jogo mal assinalado ao ataque visitante. 

Sandro, de livre, enviou a bola ao poste. 

GR visitante defendeu penalty apontado pelo Bacalhau. 

Yuriy falhou, de cabeça, um golo cantado nos Linhais. 

 Nº15 do Pinheiro Loures falhou penalty.    



publicado por BLOGOTA às 12:01
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2012
A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO DISTRITAL - 15ª JORNADA


Depois da paragem para as comemorações festivas do final de ano, o campeonato distrital da 2ª divisão de Lisboa, série 1, regressou este domingo, dia 8 de Janeiro, á actividade.

Nos cinco jogos disputados marcaram-se apenas 13 golos, o que fez a média de 2,6 golos por jogo, uma das mais baixas da época. As equipas da casa fizeram 6 tentos, enquanto as visitantes marcaram 7 golos. Registaram-se 3 empates, uma vitória caseira e outra forasteira.

A formação da Praia de Santa Cruz folgou nesta 15ª jornada.

A nota de destaque desta ronda vai para o facto de as seis primeiras equipas da tabela classificativa não terem conseguido vencer. Cinco dessas equipas empataram e a outra perdeu frente a um adversário que segue na parte de baixo da classificação.

O Futebol Clube de Ota e o Pinheiro de Loures defrontaram-se em Ota com a necessidade de conquistar os três pontos para se colocarem na «pole position» quanto á luta pela subida de divisão. No fim tiveram que se contentar com a distribuição justa de um ponto para cada lado, após uma partida muito intensa e bem disputada que terminou igualada a uma bola.

O duelo entre o líder Igreja Nova e o 2º classificado Jeromelo, na casa deste último, também terminou empatada, neste caso a zero. O líder manteve a distância pontual para o segundo e segue a caminho da 1ª divisão distrital. O Jeromelo, apesar do empate, viu-se livre do São Pedro que seguia igualado na classificação, com o mesmo número de pontos e assumiu o segundo posto isolado.

O São Pedro deslocou-se ao terreno da Fonte Grada e perdeu por duas bolas a uma, naquele que terá sido o resultado mais surpreendente da jornada. Com este resultado a equipa de São Pedro da Cadeira desceu ao 3º posto, enquanto a Fonte Grada subiu um degrau na classificação, por troca com a Cerca.

Outra grande surpresa da ronda foi o empate caseiro cedido pelo Frielas, frente ao último classificado, a União Atalaia, que ainda não tinha conquistado qualquer ponto fora de casa.

Finalmente, o Luz Fanhões deslocou-se à Cerca e venceu por quatro bolas a duas, aproximando-se dos lugares da frente, ficando agora a 6 do segundo lugar.

Na próxima jornada, que se disputa no domingo, dia 15 de Janeiro, temos uma série de jogos absolutamente determinantes para a definição classificativa desta série 1.

IGREJA NOVA (1º) – FUTEBOL CLUBE DE OTA (5º): A equipa de Ota visita o terreno do líder invicto, que apenas cedeu três empates na competição (dois em casa), com o intuito de vencer para continuar a lutar pelo segundo posto da classificação.

SÃO PEDRO (3º) – JEROMELO (2º): Grande jogo em perspectiva, onde o empate poderá ser o resultado mais óbvio, no entanto a equipa da casa precisa de rectificar urgentemente a derrota sofrida e os três pontos perdidos na Fonte Grada.

PINHEIRO LOURES (4º) – FRIELAS (6º): Mais um derby do concelho de Loures, entre duas equipas que necessitam de conquistar os três pontos para seguirem na luta pela subida de divisão.

LUZ FANHÕES (7º) – FONTE GRADA (8º): Jogo interessante entre as duas únicas formações que venceram na jornada anterior e que por isso vão mais motivadas para este encontro. O factor casa deverá ser determinante para a vitória da equipa de Fanhões.

UNIÃO ATALAIA (11º) – SANTA CRUZ (10º): Na luta pela fuga ao último lugar da classificação, a equipa do concelho de Alenquer tem aqui uma oportunidade única para vencer pela primeira vez na competição e ultrapassar este adversário na tabela classificativa.

Nesta 16ª jornada folga a CERCA FUTEBOL CLUBE.

 

FOTOS DO JOGO: 

      



publicado por BLOGOTA às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 8 de Janeiro de 2012
FUTEBOL CLUBE DE OTA 1 - S. C. PINHEIRO DE LOURES 1
CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO - ASSOCIAÇÃO FUTEBOL LISBOA

15ª JORNADA - ÉPOCA 2011/2012

Foto (da esquerda para a direita): Sandro, Daniel, Diogo, Edgar, José Alberto, João Silva, Nuno Narciso, João Bacalhau, Gonçalo, André Lopes e Rui Ferreira. 

Foto: Onze titular do Sporting Clube Pinheiro de Loures, equipa do concelho de Loures que, á partida para esta jornada, ocupava o 4º lugar da tabela classificativa. 

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

88 DANIEL DUARTE
14 JOSÉ ALBERTO
27 DIOGO RIBEIRO
3 JOÃO SILVA
12 EDGAR FILIPE
18 SANDRO FERREIRA (Cap)
6 GONÇALO FERREIRA
10 RUI FERREIRA
16 NUNO NARCISO
7 ANDRÉ LOPES
23 JOÃO BACALHAU

 

Foto: A primeira grande situação de golo deste jogo aconteceu aos 8 minutos, neste cabeceamento do João Bacalhau, ao qual o guardião visitante correspondeu com uma defesa para canto. 

 

Substituições:

60' - Saiu o Edgar Filipe e entrou o LUIS CARICA (13).

60' - Saiu o Rui Ferreira e entrou o MIGUEL ROCHA (9).

75' - Saiu o José Alberto e entrou o NUNO LUZ (15).

75' - Saiu o Sandro Ferreira e entrou o YURIY TKACHOV (20).

75' - Saiu o João Silva e entrou o JORGE FARIA (5).

Aos 75 minutos a braçadeira de capitão passou para o Nuno Narciso.

Suplentes não utilizados: Frederico Gomes e João Rodrigues.

Não convocados: Pedro Franco, Alexander Deus, Filipe Antunes.

Castigados: Ricardo Quaresma e Miguel Lopes.

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 4 minutos para o João Silva, por ter cometido uma falta sobre um adversário.

Cartão Amarelo aos 14 minutos para o José Alberto, por ter cortado um lance com a mão.

Cartão Amarelo aos 24 minutos para o Edgar Filipe, por ter cometido uma falta sobre um adversário.

Sporting Clube Pinheiro de Loures:

Cartão Amarelo aos 52 minutos para o jogador nº 5, por ter cometido uma falta dura sobre o João Bacalhau.

Cartão Amarelo aos 70 minutos para o jogador nº 8, por ter cometido uma falta, no interior da área, sobre o Miguel Rocha.

Cartão Amarelo aos 87 minutos para o jogador nº 7, por ter protestado contra uma decisão do árbitro.

Resultado ao intervalo: 1-1

 

Foto: Aos 22 minutos, após um passe do Gonçalo Ferreira, o João Bacalhau recebeu o esférico, entrou na área e restabeleceu a igualdade no marcador com um remate rasteiro de pé esquerdo. 

 

MARCHA DO MARCADOR:

0-1 aos 13 minutos pelo jogador nº 7. Lance de contra ataque conduzido pelo lado esquerdo do ataque visitante, após um canto batido do lado esquerdo do ataque visitado. O extremo esquerdo conduziu o esférico até á linha de fundo e cruzou para a entrada da pequena área onde o jogador nº 7 encostou o pé na bola e inaugurou o marcador de forma simples e fácil.

1-1 aos 22 minutos por JOÃO BACALHAU. Na zona intermediária o Gonçalo Ferreira lançou a bola para a zona do ponta de lança, onde o João Bacalhau a recebeu, entrou na área e perante a insipiente marcação do defesa contrário arranjou tempo e espaço para fazer o golo com o pé esquerdo, num remate rasteiro que levou a bola a entrar junto ao poste esquerdo da baliza adversária.

 

Foto: No minuto seguinte ao do empate, o André Lopes trabalhou bem na área e solicitou a entrada e remate do Bacalhau que vinha do lado esquerdo e só não foi golo porque um defesa visitante conseguiu evitar in-extremis que a bola entrasse na sua baliza. 

 

CRÓNICA DO JOGO:

O regresso do futebol distrital, após a paragem de final de ano, aconteceu esta tarde, em Ota, com o clube local a receber o Pinheiro de Loures. Ás duas equipas, separadas por um ponto, e com o segundo lugar na mira, só interessava a vitória, mas no fim tiveram que sair satisfeitas com o empate.

Apesar deste empate, as duas equipas sairam do terreno de jogo com o sentimento de dever cumprido, porque acima de tudo proporcionaram um excelente espectáculo de futebol aos espectadores presentes no Parque de Jogos dos Linhais.

Numa excelente tarde de sol, o técnico Nuno Jacinto fez algumas alterações, nomeadamente na defesa, em relação ao último jogo de 2011, na Atalaia.

Assim sendo, o Frederico Gomes, guarda redes titular dos juniores, cedeu o seu lugar ao regressado Daniel Duarte. Na defesa o José Alberto alinhou na direita e o Edgar Filipe na esquerda. Os centrais foram o Diogo Ribeiro e o João Silva. Na zona intermediária jogaram o Gonçalo, o Sandro e o Rui Ferreira. No ataque, pela esquerda jogou o Nuno Narciso, pela direita o André Lopes e na frente o João Bacalhau.

O jogo começou com grande intensidade. Como dissemos, só a vitória interessava ás duas equipas e por isso ambas começaram a partida a todo o gás.

A primeira grande situação de golo surgiu aos 8 minutos, num cabeceamento do João Bacalhau, ao qual o guarda redes visitante correspondeu com uma defesa a desviar a bola pela linha de fundo.

Aos 13 minutos, num lance de contra ataque conduzido pelo lado esquerdo e finalizado á entrada da pequena área pelo jogador nº 7, a formação do Pinheiro de Loures inaugurou o marcador.

Aos 15 minutos, na sequência de um livre a equipa visitante enviou a bola ao poste esquerdo da baliza do F.C. Ota, mas o lance foi invalidado por fora de jogo de um jogador visitante. Mal invalidado como veremos no vídeo que iremos disponibilizar oportunamente.

Aos 22 minutos, o João Bacalhau trabalhou muito bem sobre um defesa adversário, após um excelente passe do Gonçalo Ferreira, e restabeleceu a igualdade no marcador.

No minuto seguinte, aproveitando algum desnorte defensivo da equipa visitante, o João Bacalhau teve o segundo golo nos pés, após uma excelente jogada individual do André Lopes, mas o seu remate foi desviado por um defesa adversário quando seguia a caminho das redes do Pinheiro de Loures.

A primeira meia hora de jogo foi absolutamente fantástica, com ambas a equipas sempre em busca do golo, num ritmo frenético. A equipa de Ota fez algumas jogadas quase perfeitas, de pé para pé, em progressão, só falhando no momento da finalização. A equipa de Pinheiro Loures realizou algumas transições rápidas que causaram muito perigo junto á baliza do F. C. Ota.

Até ao intervalo o ritmo continuou muito forte, sendo de destacar duas ocasiões de golo para a equipa visitante. Aos 33 minutos, num remate de fora da área, o jogador nº 17 levou a bola a passar por cima da barra e aos 34 minutos, o jogador nº 7 num cabeceamento levou o esférico a passar perto do poste esquerdo da baliza á guarda do Daniel Duarte.

No final dos primeiros quarenta e cinco minutos de jogo as duas equipas foram para os balneários empatadas mas cientes que tinham correspondido aos anseios dos seus técnicos, nomeadamente em termos de entrega e atitude competitiva, por isso a igualdade aceitava-se.

 

Foto: Aos 70 minutos, neste lance, o jogador nº 8 rasteirou o Miguel Rocha no interior da grande área e o árbitro assinalou a grande penalidade, que o Bacalhau converteu, permitindo a defesa ao guardião adversário. 

 

No segundo tempo, a equipa de Ota voltou a entrar melhor no jogo e teve algumas oportunidade claras para fazer o segundo golo.

Aos 54 minutos, na sequência de um livre directo, o capitão Sandro Ferreira enviou a bola com violência contra o poste esquerdo da baliza do Pinheiro de Loures.

Aos 56 minutos, o Edgar Filipe recebeu um passe do André Lopes e, descaido para o lado esquerdo, no interior da área, desferiu um forte remate, com a bola a sair ao lado da baliza adversária.

Entretanto a equipa visitante reagiu a esta boa entrada da equipa de Ota e aos 59 minutos o jogador nº 8, á entrada da área, rematou forte com o pé direito, para uma grande defesa do Daniel Duarte.

Aos 60 minutos sairam do terreno de jogo o Edgar Filipe e o Rui Ferreira por troca com o Luis Carica e o Miguel Rocha. Em ambos os casos foram trocas diretas, com os jogadores que entraram a irem ocupar as posições dos colegas que se ausentaram da partida.

Aos 64 minutos, a equipa visitante teve mais uma boa oportunidade de golo através do jogador nº 18, mas o seu remate cruzado levou a bola a passar ao lado do poste esquerdo da baliza do F. C. Ota.

No minuto seguinte, num remate cruzado do lado direito, o Daniel Duarte teve que se aplicar, com uma defesa segura, para evitar o golo ao adversário.

Aos 70 minutos, o Miguel Rocha foi rasteirado na área e o árbitro assinalou o penalty. Na conversão do castigo máximo o guarda redes do Pinheiro de Loures adivinhou o lado para onde o João Bacalhau enviou o esférico e segurou-o com eficácia e segurança, sem sequer permitir a recarga.

Aos 75 minutos sairam do terreno de jogo o Sandro Ferreira, o José Alberto e o João Silva. Para colmatar estas ausências entraram o Yuriy Tkachov, o Nuno Luz e o Jorge Faria.

Depois destas alterações o Luis Carica foi para defesa direito e o Nuno Luz para médio do mesmo lado. O Nuno Narciso passou para defesa esquerdo. O Jorge Faria foi para a zona central da defesa e o Yuriy para a zona central do terreno de jogo, no apoio directo ao Gonçalo Ferreira.

Aos 78 minutos, o João Bacalhau entrou na área em drible e foi rasteirado por um adversário, com a equipa de arbitragem a nada assinalar.

Aos 80 minutos, na sequência de um canto batido do lado esquerdo pelo André Lopes, o Yuriy Tkachov, completamente livre de marcação, ao segundo poste, cabeceou o esférico ao lado do poste esquerdo da baliza do Pinheiro de Loures.

Nos últimos minutos de jogo a equipa visitante subiu no terreno e criou duas grandes situações para levar de vencida a equipa de Ota. Aos 86 minutos, o jogador nº 7, ao segundo poste, completamente isolado, após cruzamento do lado direito, rematou o esférico por cima da barra da baliza á guarda do Daniel Duarte.

Aos 89 minutos, o árbitro do jogo assinalou grande penalidade, por indicação do seu assistente, a uma entrada do Jorge Faria sobre um adversário. Na conversão do castigo máximo, aos 90+1 minutos de jogo, o jogador nº 15 enviou o esférico contra o poste esquerdo da baliza do F. C. Ota.

No fim das contas o empate ajusta-se ao desenrolar do noventa minutos de jogo. Pese embora ambas as equipas tivessem a necessidade de ganhar para subirem na tabela classificativa, devem-se dar por muito satisfeitas porque jogaram bem e proporcionaram um excelente espectáculo de futebol ao público presente nos Linhais. Em jeito de conclusão, para reforçar bem a qualidade deste jogo, afirmamos que já assistimos a jogos de futebol da 1ª liga e, sobretudo, da 2ª liga, bem menos interessantes, em termos de futebol ofensivo, que este realizado no Parque de Jogos dos Linahis, em Ota.

 

Foto: Aos 86 minutos de jogo, nesta finalização, o jogador nº 7 do Pinheiro de Loures teve o golo da vitória no pé esquerdo, mas o seu remate levou a bola a passar por cima da barra da baliza do F. C. Ota. 

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem nomeado para o jogo desta 15ª jornada, em Ota, foi composto pelo Ricardo Santos (árbitro principal), Rui Rodrigues e Nuno Nepomucemo (árbitros assistentes).

Em termos técnicos dois erros graves mancharam a prestação da equipa de arbitragem. Aos 15 minutos, o árbitro assistente do lado da bancada assinalou erradamente um fora de jogo ao ataque do Pinheiro de Loures, numa finalização que levou a bola a embater no poste esquerdo da baliza á guarda do Daniel Duarte e aos 78 minutos ficou por assinalar uma grande penalidade contra o Pinheiro de Loures por falta sobre o João Bacalhau.

De resto, em termos técnicos, a equipa de arbitragem esteve bem, nomeadamente ao assinalar as duas grandes penalidades que os jogadores de ambas as equipas não conseguiram converter em golo.

No capítulo disciplinar não percebemos porque é que aos 24 minutos de jogo, três dos quatro defesas do F. C. Ota já tinham sido amarelados, sem que para isso houvesse justificação plausível, com excepção do mostrado do José Alberto.

Felizmente estes amarelos madrugadores não tiveram influência no jogo porque rapidamente o árbitro percebeu que os 22 jogadores em campo só queriam jogar á bola. 

    



publicado por BLOGOTA às 19:29
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2012
O PRIMEIRO JOGO DE 2012 É EM OTA.

  



publicado por BLOGOTA às 20:32
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 15 de Outubro de 2011
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 2 - S. C. PINHEIRO DE LOURES 2 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 1ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 1-1)

 

Foto (em pé, da esquerda para a direita): Jorge Pedroso (Massagista), João Teixeira, Luis Miranda, Pedro Branco, Cristiano, André Geada, Pedro Cristóvão, Pedro Anacleto, Francisco Borges, José Bernardino, David Soudo (Treinador) e Diogo Cristóvão (Treinador-Adjunto). Em baixo, da esquerda para a direita: Duarte Bernardino, Rui Anacleto, Diogo Cordeiro, Miguel, Emanuel, Granja, André Campos, Frederico Gomes e João Correia. 

 

Incidências do Jogo:

A equipa júnior do Futebol Clube de Ota estreou-se no campeonato, época 2011/2012, em casa, defrontando a formação do Sporting Clube Pinheiro de Loures.

O onze inicial foi constituido pelo Frederico Gomes, José Bernardino, Pedro Anacleto, Rui Anacleto, Ricardo Granja, João Correia, Luis Miranda, André Campos, Francisco Borges, Pedro Branco e João Teixeira.

A equipa forasteira começou melhor o jogo e adiantou-se no marcador aos 5 minutos de jogo, na sequência de uma grande penalidade convertida pelo jogador nº 7.

A equipa de Ota não demorou muito a reagir e, aos 15 minutos de jogo, na sequência de um pontapé de canto, marcado do lado esquerdo do ataque, chegou à igualdade, com um golo apontado pelo Pedro Anacleto.

Seguiu-se, até ao intervalo, um jogo bem disputado, com ambas as equipas a equivalerem-se e, por isso, o resultado ao intervalo estava de acordo com o que se tinha passado no rectângulo verde.

Na segunda parte o jogo continuou bem equilibrado, com as duas equipas a não conseguirem concretizar as oportunidades de golo que iam criando.

Finalmente, aos 78 minutos de jogo, na sequência de um livre batido do lado direito, junto ao banco de suplentes, pelo Luis Miranda, a bola caiu à entrada da pequena área, onde o Rui Anacleto a cabeceou para o fundo das redes do Pinheiro de Loures.

Nos últimos minutos de jogo, a equipa de Ota cerrou fileiras no sentido de guardar os três pontos, mas aos 83 minutos, o árbitro assinalou uma grande penalidade contra a equipa de casa, por mão na bola do Pedro Anacleto. Na conversão do castigo máximo, o jogador nº 7 rematou à barra e voltou a tocar na bola para efectuar a recarga, com o árbitro a invalidar o lance, porque o mesmo jogador não pode tocar duas vezes consecutivas na bola, mesmo vindo ela da trave.

Chegou-se ao tempo de compensação e a equipa de Ota ainda se fechou mais no sentido de guardar os três pontos em disputa, mas aos 90+3 minutos, o jogador nº 13 entrou na área pelo lado esquerdo e rematou muito forte, ao ângulo superior direito do F. C. Ota, com o Frederico Gomes a não conseguir suster o esférico.

No fim das contas, acabou por ser um empate muito amargo, porque a equipa de Ota esteve a meio minuto de conquistar os três pontos, mas que no fundo acaba por ser justo, visto que ambas as equipas equivaleram-se bastante ao longo dos noventa minutos de jogo.

1ª Jornada - Resultados: Ponte Frielas 3 - Alenquer 1; Santa Iria 6 - Alhandra 3; F. C. Ota 2 - Pinheiro Loures 2; Bobadelense 8 - Arneiros 1; Ericeirense 1 - Fonte Grada 1; Monte Agraço 5 - Casalinhense 1 e Vialonga 2 - A dos Cunhados 0.

Na próxima jornada, dia 22 de Outubro, pelas 15 horas, o Futebol Clube de Ota desloca-se ao campo do Arneiros.

 

Foto: O guarda-redes do Pinheiro de Loures antecipou-se ao João Teixeira (30) e agarrou o esférico junto ao relvado sintético do Parque de Jogos dos Linhais, em Ota.

 

VIDEOS DO JOGO  

0-1 para Pinheiro de Loures, apontado de penalty. 

1-1 para o FC Ota, apontado pelo Pedro Anacleto. 

2-1 para o FC Ota, apontado pelo Rui Anacleto. 

Jogador nº7, do P. Loures, falha grande penalidade.   



publicado por BLOGOTA às 21:09
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 11 de Outubro de 2011
VIDEOS DO JOGO: PINHEIRO LOURES 2 - OTA 2

1-0 para o FC Ota, apontado pelo João Silva 

1-1 para o Pinheiro Loures, apontado de penalty 

Livre directo apontado pelo Quaresma 

Livre contra o Pinheiro de Loures 

Último remate perigoso contra o FC Ota    



publicado por BLOGOTA às 18:30
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 10 de Outubro de 2011
A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO DISTRITAL - 4ª JORNADA


No domingo, dia 9 de Outubro, sob um calor intenso, disputou-se pelo distrito de Lisboa, a 4ª jornada, da série 1, da 2ª divisão distrital onde, nos cinco jogos disputados, se marcaram 15 golos, o que fez a média de 3 golos por partida. As equipas visitadas fizeram seis golos, ao passo que as visitantes facturaram por nove vezes. Houve duas vitórias caseiras, uma forasteira e dois empates, sendo que um deles foi a zero, o que aconteceu, pela primeira vez, nesta série.

Na 4ª jornada folgou a formação da Praia de Santa Cruz.

O Futebol Clube de Ota, pese embora ter ido empatar ao terreno do Pinheiro de Loures, manteve o 1º lugar, isolado, nesta série 1, agora com um ponto de vantagem sobre o 2º classificado.

O São Pedro subiu ao 2º lugar, com nove pontos, fruto de três vitórias em três jogos e é agora a única equipa só com vitórias nesta série 1. A equipa de São Pedro da Cadeira recebeu e bateu a Fonte Grada, por uma bola a zero.

Na luta pelo 1º lugar, a Igreja Nova e o Jeromelo, encontraram-se na casa do primeiro, e não foram além de um empate a zero. Ambas as equipas desceram um lugar na tabela classificativa.

O Luz Fanhões conquistou a primeira vitória na competição, ao receber e bater a Cerca, por três bolas a duas, e conquistou os primeiros pontos na competição.

A formação da Atalaia, que ficou sem técnico após a eliminação da Taça “Associação Futebol Lisboa”, recebeu a equipa de Frielas e foi goleada por cinco bolas a zero, caindo desta forma para o último lugar desta série 1.

Na próxima jornada (5ª), que se disputa no domingo, dia 16 de Outubro, temos os seguintes jogos:

Futebol Clube de Ota (1º) – Igreja Nova (3º): Temos aqui, em Ota, uma boa partida em perspectiva, que irá colocar frente a frente, duas equipas que ainda não perderam na competição. Esperemos que o factor casa seja determinante para a conquista de mais três importantes pontos para a formação de Ota.

Jeromelo (4º) – São Pedro (2º): Outro bom jogo em perspectiva, que colocará em campos opostos duas equipas que, também, ainda não perderam, com a equipa de São Pedro a somar só vitórias nos três jogos disputados até agora. O empate poderá ser o resultado mais esperado deste jogo.

Frielas (5º) – Pinheiro Loures (6º): Um derby do concelho de Loures, entre duas equipas candidatas à subida de divisão, onde se espera um jogo bastante competitivo. O pelado de Frielas poderá ser um factor decisivo no desfecho desta partida a favor da equipa da casa.

Fonte Grada (7º) – Luz Fanhões (8º): Duas equipas muito irregulares neste começo de campeonato, mas com potencialidades para fazer melhor, especialmente em relação à equipa forasteira. A equipa de Fanhões poderá conquistar aqui a sua primeira vitória fora de casa.

Santa Cruz (10º) – União Atalaia (11º): Duas equipas com um péssimo início de campeonato, com a agravante da equipa do concelho de Alenquer ter ficado sem treinador. Esta partida será uma boa oportunidade para a equipa da Atalaia conquistar a primeira vitória na competição.

Nesta 5ª jornada folga a formação da Cerca Futebol Clube.

 

FOTOS DO JOGO:  

         



publicado por BLOGOTA às 20:02
link do post | comentar | favorito
|

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

IIª DIVISÃO DISTRITAL - S...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

VIDEOS DO JOGO: OTA 1 - P...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

FUTEBOL CLUBE DE OTA 1 - ...

O PRIMEIRO JOGO DE 2012 É...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

VIDEOS DO JOGO: PINHEIRO ...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

S. C. PINHEIRO LOURES 2 -...

IIª DIVISÃO DISTRITAL - S...

VIDEOS DO JOGO: F. C. OTA...

A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO...

FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 - ...

APOIE O FUTEBOL CLUBE DE ...

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

VIDEOS DO JOGO: PINHEIRO ...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

ÉPOCA 2010/2010 - PERSPEC...

HISTÓRICO DAS EQUIPAS - S...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
Google
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim