PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2012
AGENDA DESPORTIVA PARA O FIM DE SEMANA

 

O primeiro fim-de-semana de Fevereiro, dias 4 e 5, trará uma maratona de futebol em Ota. Desde sábado de manhã, até domingo ao fim da tarde, o Parque de Jogos dos Linhais apresentará 7 jogos de futebol, seis deles oficiais.

Serão mais de 8 horas de futebol, um verdadeiro delírio para os amantes da modalidade, em particular para os sócios e adeptos do Futebol Clube de Ota.

A epopeia de futebol começa no sábado, de manhã, pelas 9h. 30m., com os Benjamins Sub 10 anos, em Futebol de 7, a entrarem em acção frente ao Lourinhanense. Esta equipa, que segue na antepenúltima posição da tabela classificativa, com 9 pontos, defronta o 4º classificado, com 20 pontos. Apesar de vir de 5 derrotas consecutivas, a equipa Benjamins Sub 10 anos, terá argumentos fortes para contrariar o natural favoritismo da formação da Lourinhã.

Logo a seguir, às 11 horas, ainda em Futebol de 7, temos os Benjamins Sub 9 anos, que vêem de 4 vitórias consecutivas, a receberem o Alcainça, que segue no último lugar desta série com 0 pontos. Trata-se, portanto, de uma excelente oportunidade para a equipa conquistar a quinta vitória consecutiva, e acumular mais três pontos aos dezasseis já conquistados, que a fazem militar no 8º lugar da classificação.

Após um curto intervalo para o almoço, pelas 14 horas, nos Linhais, em Ota, entram em acção os Infantis, já em Futebol de 11, contra o Arrudense, equipa que segue na 3ª posição, com 31 pontos. Os infantis do F. C. Ota seguem no 8º lugar, com 18 pontos. Espera-se uma partida equilibrada, onde a equipa local tentará impor o factor casa para conquistar mais três pontos neste campeonato.

Logo após o término do jogo dos infantis, será a vez de entrarem em jogo os Juniores, que recebem o Arneiros, que segue na frente desta série com 30 pontos, em igualdade pontual com o Monte Agraço. Espera-se que por volta das 15h. 30m., os juniores do F. C. Ota, que seguem no último lugar, com 2 pontos, quebrem a malapata de resultados e consigam conquistar a primeira vitória na competição, embora não se afigure, à partida, nada fácil esse objectivo.

Após o jogo dos juniores, já com a noite a cair, será a vez dos Veteranos do F. C. Ota entrarem em campo, como habitualmente, para o treino de conjunto que realizam todas as semanas.

No domingo, logo de manhã, pelas 10h. 30m., recomeça a maratona futebolística dos Linhais, em Ota, com a entrada em campo dos Juvenis, que vinham de uma série vitoriosa, interrompida na jornada anterior com a derrota em Alenquer, para receberem o Arrudense, equipa que segue no 5º lugar desta série 1, com 27 pontos. Os juvenis do F. C. Ota estão na 7ª posição, com 19 pontos. Espera-se uma boa partida de futebol, na qual a equipa de Ota, se jogar ao seu nível, deverá vencer e amealhar mais três pontos.

Finalmente, no domingo, pelas 15 horas, entram em acção os Seniores do F. C. Ota, que recebem a Cerca. Os locais estão no 7º lugar com 9 pontos de vantagem sobre o seu adversário, que segue na posição imediata da tabela classificativa. Espera-se a vitória da equipa da casa, a fim de ainda tentar subir alguns lugares na classificação nesta recta final de campeonato.

Muito futebol para os aficionados da modalidade em Ota e arredores. Compareça aos que puder e quiser para ajudar e apoiar o clube.

A única equipa do F. C. Ota que não joga este fim-de-semana em casa, é os Iniciados que se deslocam, no domingo, até ao campo do último classificado, o G.D. Turcifal, que ainda não conquistou pontos na competição. O jogo inicia-se às 10h. 30m. Em situação normal, a equipa de Ota deverá conquistar sem problemas de maior os três pontos em disputa.     



publicado por BLOGOTA às 16:33
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 16 de Outubro de 2011
FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 - G. D. IGREJA NOVA 2

CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO - ASSOCIAÇÃO FUTEBOL LISBOA

5ª JORNADA - ÉPOCA 2011/2012

Foto (da esquerda para a direita): Sandro, Daniel, Diogo Ribeiro, João Silva, Luis Carica, Edgar Filipe, Nuno Luz, João Bacalhau, Yuriy Tkachov, André Lopes e Gonçalo Ferreira. 

Foto: O onze titular do Grupo Desportivo da Igreja Nova, equipa do concelho de Mafra. 

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

88 DANIEL DUARTE
13 LUIS CARICA
27 DIOGO RIBEIRO
3 JOÃO SILVA
12 EDGAR FILIPE
6 GONÇALO FERREIRA
8 SANDRO FERREIRA (Cap)
20 YURIY TKACHOV
7 ANDRÉ LOPES
15 NUNO LUZ
23 JOÃO BACALHAU

 

Foto: Aos 26 minutos de jogo, neste cabeceamento, após um cruzamento da esquerda do Edgar Filipe, o João Bacalhau enviou o esférico à figura do guarda-redes do Igreja Nova. 

 

Substituições:

45' - Ao intervalo saiu o Gonçalo Ferreira e entrou o JOÃO RODRIGUES (4).

45' - Ao intervalo saiu o Luis Carica e entrou o RICARDO QUARESMA (19).

52' - Saiu o André Lopes e entrou o NUNO NARCISO (16).

78' - Saiu o Yuriy Tkachov e entrou o JORGE FARIA (5).

Suplentes não utilizados: Filipe Antunes e Alexander Deus.

Não convocados: Rui Ferreira, Pedro Franco, Miguel Lopes, Miguel Rocha e José Alberto.

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 74 minutos para o Daniel Duarte, por se desentender com o jogador nº 11.

Cartão Amarelo aos 76 minutos para o Ricardo Quaresma, por se desentender com o jogador nº 13.

Cartão Amarelo aos 80 minutos para o João Silva, por protestos contra o árbitro do jogo.

Grupo Desportivo Igreja Nova:

Cartão Amarelo aos 29 minutos para o jogador nº 6, por ter cometido uma falta sobre o Luis Carica.

Cartão Amarelo aos 74 minutos para o jogador nº 11, por se desentender com o Daniel Duarte.

Cartão Amarelo aos 76 minutos para o jogador nº 13, por se desentender com o Ricardo Quaresma.

Resultado ao intervalo: 0-1

 

Foto: Aos 54 minutos, nesta finalização, o jogador nº 13 fez o segundo golo do jogo, para a equipa visitante, após uma rápida transição para o ataque da formação da Igreja Nova. 

 

MARCHA DO MARCADOR:

0-1 aos 16 minutos pelo jogador nº 4. Pontapé de canto batido do lado esquerdo do ataque visitante, a bola caiu à entrada da pequena área, onde o jogador nº 4 a cabeceou para a baliza, valendo o bom posicionamento do Carica a evitar o golo, mas a bola voltou aos pés do jogador nº 4, que de bico, com o pé direito, a enviou para o fundo das redes do F. C. Ota.

0-2 aos 54 minutos pelo jogador nº 13. A equipa de Ota, numa tentativa de sair para o ataque, perdeu a bola e a formação da Igreja Nova saiu numa rápida transição para o ataque, com a bola a chegar aos pés do jogador nº 13, que sobre a esquerda, já no interior da área, desferiu um forte remate rasteiro, que levou a bola a entrar junto ao poste esquerdo da baliza do F. C. Ota.

 

Foto: Aos 73 minutos, o Daniel Duarte fez uma defesa muito apertada, após um toque do jogador nº 11, que ainda lá foi de novo dar um pontapé no guarda redes de Ota, quando este já tinha a bola bem segura nas suas mãos. Obviamente, a seguir, deu-se um enorme sururu nos Linhais, com o árbitro a não ter «tomates» para tomar decisões certas, que iriam colocar ambas as equipas com menos atletas em campo. 

 

CRÓNICA DO JOGO:

Ainda sob forte calor, a equipa de Ota, regressou a casa para defrontar a formação da Igreja Nova, que tal como a nossa, ainda não tinha perdido esta temporada, para o campeonato.

A formação visitante é constituida por jogadores muito experientes, sendo que alguns deles já tinham defrontado o F. C. Ota com o emblema do Cheleirense, há umas épocas atrás.

Para este jogo, o técnico Nuno Jacinto lançou o seguinte onze em campo: Na baliza alinhou o Daniel Duarte. Na defesa, pela direita jogou o Luis Carica e na esquerda o Edgar Filipe. Os centrais foram o Diogo e o João Silva. O trio de meio campo foi composto pelo Gonçalo, Yuriy e Sandro. No ataque, pela direita alinhou o Nuno Luz, pela esquerda o André Lopes e na frente o João Bacalhau.

A equipa visitante começou muito bem o jogo, a pressionar a equipa de Ota logo à saida da sua área, e com isso perturbou a manobra ofensiva da equipa local, que gosta de sair com a bola jogável.

Essa pressão trouxe frutos, porque aos 15 minutos, o jogador nº 11 fletiu da esquerda para o centro, ainda de fora da área, e rematou forte, com a bola a tocar num defesa e a sair pela linha de fundo. No seguimento desse canto, surgiu o primeiro golo do jogo, para a formação visitante, apontado, á segunda tentativa, pelo jogador nº 4.

A equipa de Ota tentou reagir de imediato, e aos 18 minutos, na sequência de um livre directo batido do lado esquerdo pelo Sandro Ferreira, o guarda redes revelou alguma insegurança, ao largar uma bola fácil pela linha de fundo.

Foi sol de pouco dura, essa reacção local, porque a equipa visitante voltou a controlar o jogo e aos 25 minutos, na sequência de um canto batido do lado direito, o jogador nº 9 cabeceou à vontade, com a bola a ser bem blocada pelo Daniel Duarte.

No minuto seguinte, o Edgar Filipe foi à linha de fundo, pelo lado esquerdo, centrou ao segundo poste, onde o João Bacalhau apareceu a cabecear o esférico à figura do guarda-redes do Igreja Nova.

Aos 27 minutos, o André Lopes trabalhou bem à entrada da área e desferiu um bom remate, ao qual o guarda redes visitante correspondeu com uma boa defesa.

Depois de dois bons minutos da equipa de Ota, a formação do Igreja Nova voltou a pegar no jogo e até ao intervalo disfrutou de duas boas oportunidades para ampliar a vantagem.

Aos 36 minutos, na sequência de um canto marcado do lado esquerdo, o jogador nº 4 cabeceou o esférico por cima da barra da baliza do F. C. Ota.

Aos 38 minutos, o jogador nº 11 entrou na área, pelo lado direito, acossado por um defesa local, e rematou forte, mas com a bola a embater nas malhas laterais da baliza visitada.

O resultado ao intervalo ajustava-se ao desenrolar dos primeiros quarenta e cinco minutos de jogo, embora tenha havido um lance para grande penalidade, na sequência de um canto contra a Igreja Nova, no qual o João Bacalhau foi agarrado pelo jogador nº 4 no interior da área, que possivelmente poderia dar a igualdade à equipa local.

 

Foto: Aos 86 minutos, o jogador nº 20 isolou-se e rematou forte, correspondendo o Daniel Duarte com uma grande defesa a evitar o terceiro golo para a equipa da Igreja Nova. 

 

No reatamento do jogo, a equipa técnica de Ota foi forçada a fazer uma alteração por lesão do Luis Carica, entrando o Ricardo Quaresma para o seu lugar, e uma por opção, com a troca do Gonçalo Ferreira pelo João Rodrigues.

A equipa visitante voltou a entrar melhor no jogo, e aos 50 minutos, na marcação de um livre directo, o jogador nº 6 atirou o esférico ao lado do poste direito da baliza do F. C. Ota.

Aos 52 minutos, mais uma contrariedade para a equipa da casa, com o André Lopes a lesionar-se, sendo substituido pelo Nuno Narciso.

Aos 54 minutos, outra enorme contrariedade, quando a equipa visitante, numa rápida transição para o ataque chegou ao segundo golo por intermédio do jogador nº 13.

A equipa da Igreja Nova apanhou-se a ganhar por dois golos de diferença, e com algumas benesses da equipa de arbitragem, algo tendenciosa para a equipa forasteira, estava com peixe na água, aliando a isso a experiência dos seus jogadores, controlou o jogo.

Aos 59 minutos, o Sandro bateu um livre rasteiro para a área, onde apareceu o Bacalhau a dar um toque para a baliza adversária, com o guarda redes, bem colocado, a segurar a bola.

Aos 65 minutos, o João Bacalhau entrou na área e foi vítima de uma acção faltosa que a equipa de arbitragem ignorou.

Aos 74 minutos, o jogador nº 11 finalizou à entrada da pequena área, com o Daniel a segurar o esférico com dificuldades. O jogador nº 11, perante as dificuldades do Daniel foi lá dar uma «pantufada» no guarda redes de Ota, como é óbvio depois também levou resposta, gerando-se de imediato um enorme sururu entre os jogadores das duas equipas.

Depois de acalmados os ânimos, o árbitro, numa decisão salomónica, amarelou o Daniel Duarte e o jogador nº 11 da Igreja Nova.

Aos 78 minutos registou-se a última alteração na equipa de Ota, com a saida do Yuriy Tkachov por troca com o Jorge Faria.

Aos 86 minutos, o Daniel Duarte fez uma grande defesa a um remate do jogador nº 20.

Aos 88 minutos, de novo uma boa jogada do jogador nº 20, com remate à entrada da área, para nova boa defesa do guarda-redes do F. C. Ota.

Aos 90+4 minutos, o Nuno Narciso, à entrada da área, rematou em arco, com a parte de fora do pé esquerdo, mas o guarda-redes da Igreja Nova, bem cocolado, defendeu do segurança.

No final dos noventa minutos a vitória da Igreja Nova aceita-se, embora tenham havido motivos fortes para a equipa de Ota ficar desagradada com a actuação tendenciosa da equipa de arbitragem.

 

Foto: Aos 90+4 minutos, o Nuno Narciso, com a parte de fora do pé esquerdo, enviou a bola em arco para a baliza adversária, com o guarda-redes do Igreja Nova a agarrar com segurança. 

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem nomeado para o jogo desta 5ª jornada, em Ota, foi composto pelo Paulo Martins (árbitro principal), Andrew Cruz e Emanuel Barreira (árbitros assistentes).

Como já fomos dando nota, assistimos a uma arbitragem tendenciosamente favorável à equipa forasteira. Talvez o facto de terem viajado da mesma zona geográfica do clube visitante, aliado ao facto de conhecerem bem alguns dirigentes do clube forasteiro tenha influenciado algumas decisões infelizes ao longo dos noventa minutos de jogo.

Como não gostamos de avaliar o carácter e seriedade de pessoas que não conhecemos, vamos evidenciar os erros de facto.

Na primeira parte, o João Bacalhau saltou a uma bola de cabeça, na sequência de um canto do lado direito e foi puxado para baixo, pela camisola, pelo jogador nº 4. O lance passou despercebido a toda a gente, mas o árbitro bem colocado deveria ter visto. Como temos o vídeo do lance, que iremos mostrar nos próximos dias, não existem dúvidas quando à ilegalidade do lance, do qual deveria resultar uma grande penalidade a favor da equipa de Ota. Aos 65 minutos, o João Bacalhau foi, de novo, impedido de jogar a bola já no interior da grande área e, mais uma vez, o árbitro e o assistente do lado nascente dos Linhais fecharam os olhos.

Outro aspecto que denotou a falta de profissionalismo e empenho na execução da tarefa deste trio de arbitragem, foi o facto de terem amarelado o Ricardo Quaresma, jogador nº 19 da equipa de Ota e na ficha de jogo terem apontado esse amarelo ao jogador nº 13 da equipa de Ota, Luis Carica, que tinha precisamente saido ao intervalo, por troca com o Quaresma.

No lance do sururu, aos 74 minutos de jogo, deveriam ter tido mais coragem para expulsar alguém, porque houve agressões de parte a parte, mas optaram por uma decisão salomónica, que no fundo deixou tudo na mesma.

      


publicado por BLOGOTA às 19:23
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 15 de Outubro de 2011
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 2 - S. C. PINHEIRO DE LOURES 2 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Juniores - Futebol 11 - Série 1 - 1ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 1-1)

 

Foto (em pé, da esquerda para a direita): Jorge Pedroso (Massagista), João Teixeira, Luis Miranda, Pedro Branco, Cristiano, André Geada, Pedro Cristóvão, Pedro Anacleto, Francisco Borges, José Bernardino, David Soudo (Treinador) e Diogo Cristóvão (Treinador-Adjunto). Em baixo, da esquerda para a direita: Duarte Bernardino, Rui Anacleto, Diogo Cordeiro, Miguel, Emanuel, Granja, André Campos, Frederico Gomes e João Correia. 

 

Incidências do Jogo:

A equipa júnior do Futebol Clube de Ota estreou-se no campeonato, época 2011/2012, em casa, defrontando a formação do Sporting Clube Pinheiro de Loures.

O onze inicial foi constituido pelo Frederico Gomes, José Bernardino, Pedro Anacleto, Rui Anacleto, Ricardo Granja, João Correia, Luis Miranda, André Campos, Francisco Borges, Pedro Branco e João Teixeira.

A equipa forasteira começou melhor o jogo e adiantou-se no marcador aos 5 minutos de jogo, na sequência de uma grande penalidade convertida pelo jogador nº 7.

A equipa de Ota não demorou muito a reagir e, aos 15 minutos de jogo, na sequência de um pontapé de canto, marcado do lado esquerdo do ataque, chegou à igualdade, com um golo apontado pelo Pedro Anacleto.

Seguiu-se, até ao intervalo, um jogo bem disputado, com ambas as equipas a equivalerem-se e, por isso, o resultado ao intervalo estava de acordo com o que se tinha passado no rectângulo verde.

Na segunda parte o jogo continuou bem equilibrado, com as duas equipas a não conseguirem concretizar as oportunidades de golo que iam criando.

Finalmente, aos 78 minutos de jogo, na sequência de um livre batido do lado direito, junto ao banco de suplentes, pelo Luis Miranda, a bola caiu à entrada da pequena área, onde o Rui Anacleto a cabeceou para o fundo das redes do Pinheiro de Loures.

Nos últimos minutos de jogo, a equipa de Ota cerrou fileiras no sentido de guardar os três pontos, mas aos 83 minutos, o árbitro assinalou uma grande penalidade contra a equipa de casa, por mão na bola do Pedro Anacleto. Na conversão do castigo máximo, o jogador nº 7 rematou à barra e voltou a tocar na bola para efectuar a recarga, com o árbitro a invalidar o lance, porque o mesmo jogador não pode tocar duas vezes consecutivas na bola, mesmo vindo ela da trave.

Chegou-se ao tempo de compensação e a equipa de Ota ainda se fechou mais no sentido de guardar os três pontos em disputa, mas aos 90+3 minutos, o jogador nº 13 entrou na área pelo lado esquerdo e rematou muito forte, ao ângulo superior direito do F. C. Ota, com o Frederico Gomes a não conseguir suster o esférico.

No fim das contas, acabou por ser um empate muito amargo, porque a equipa de Ota esteve a meio minuto de conquistar os três pontos, mas que no fundo acaba por ser justo, visto que ambas as equipas equivaleram-se bastante ao longo dos noventa minutos de jogo.

1ª Jornada - Resultados: Ponte Frielas 3 - Alenquer 1; Santa Iria 6 - Alhandra 3; F. C. Ota 2 - Pinheiro Loures 2; Bobadelense 8 - Arneiros 1; Ericeirense 1 - Fonte Grada 1; Monte Agraço 5 - Casalinhense 1 e Vialonga 2 - A dos Cunhados 0.

Na próxima jornada, dia 22 de Outubro, pelas 15 horas, o Futebol Clube de Ota desloca-se ao campo do Arneiros.

 

Foto: O guarda-redes do Pinheiro de Loures antecipou-se ao João Teixeira (30) e agarrou o esférico junto ao relvado sintético do Parque de Jogos dos Linhais, em Ota.

 

VIDEOS DO JOGO  

0-1 para Pinheiro de Loures, apontado de penalty. 

1-1 para o FC Ota, apontado pelo Pedro Anacleto. 

2-1 para o FC Ota, apontado pelo Rui Anacleto. 

Jogador nº7, do P. Loures, falha grande penalidade.   



publicado por BLOGOTA às 21:09
link do post | comentar | favorito
|

CAMPEONATO DISTRITAL DE INFANTIS (2ª Divisão)

VS 

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 4 - CLUBE ATLÉTICO DO CADAVAL 2 

Parque de Jogos dos Linhais - Ota 

Infantis - Futebol 11 - Série 1 - 1ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 2-1)

 

Foto: Os infantis do Futebol Clube de Ota, no primeiro jogo oficial da época 2011/2011, orientados tecnicamente pelo Ricardo Quaresma e Hervé Franco. 

 

Incidências do Jogo:

O campeonato distrital de infantis da 2ª divisão, série 1, para o Futebol Clube de Ota começou em casa, no novo relvado sintético, contra a formação do Cadaval.

Na estreia do campeonato, a equipa de infantis de Ota começou o jogo com o seguinte onze: Héber, João Pedro Gomes, João Gomes Pedro, Bruno Lourenço, José Carlos, Bernardo Figueiredo, João Nuno, Marcelo Agostinho, Duarte Almeida, Daniel Dias e António.

A novidade para esta época, em relação à arbitragem destes jogos, é que passou a ser apenas um árbitro nomeado e as duas equipas terão de arranjar dois assistentes, preferencialmente do mesmo escalão dos atletas envolvidos no jogo, ou então de escalões superiores. Como é óbvio, esta decisão destrambelhada da Associação de Futebol de Lisboa, vai correr mal, mas, para já, não foi muito mau, porque os dois miúdos que deram assistência ao árbitro, praticamente alhearam-se do jogo e deixaram-o a apitar sozinho.

O jogo começou muito bem para a equipa da casa e, logo aos 2 minutos, por intermédio do Daniel Dias, inaugurou o marcador. Seguiu-se um bom período da equipa de Ota, que poderia muito bem ter chegado ao segundo golo, em duas ou três ocasiões. Esse, mais que merecido, segundo golo, chegou aos 20 minutos de jogo, apontado pelo José Carlos.

A vencer por dois golos de vantagem, a equipa de Ota baixou a guarda, enquanto a do Cadaval subiu no terreno e criou algumas situações para reduzir a desvantagem. Aos 27 minutos, por intermédio do jogador nº 4, a equipa forasteira reduziu a desvantagem.

Na segunda parte, a nossa equipa entrou mal, e foi a do Cadaval que criou as melhores oportunidades para empatar o jogo. O golo do empate surgiu aos 15 minutos, apontado pelo jogador nº 6.

Nos últimos minutos de jogo, a equipa de Ota tudo fez para alcançar a vitória, e aos 26 minutos, o João Nuno fez o terceiro golo, de cabeça, ao segundo poste, após um cruzamento da esquerda do Duarte Almeida.

No último minuto de jogo, ou seja, aos 30 minutos, na sequência de um livre directo, o Duarte Almeida fixou o resultado final em 4-2 para o F. C. Ota.

Em suma, assistimos a um bom jogo de infantis, com vitória justa para a equipa da casa.

Os resultados da 1ª jornada, série 1, foram os seguintes: Carregado 9 - Monte Agraço 0; Torreense 3 - Ericeirense 1; FC Ota 4 - Cadaval 2; Sobreirense 0 - Arrudense 3; Bucelenses 0 - Vilafranquense 7; Alenquer 0 - Vialonga 0 e Casalinhense 2 - Bragadense 1.

Na próxima jornada, o Futebol Clube de Ota, desloca-se ao terreno do Arrudense, onde joga pelas 14 horas.

 

Foto: José Carlos, de botas brancas, acabou de fazer o segundo golo para a sua equipa, e recebe os cumprimentos dos seus colegas de equipa. 

 

VIDEOS DO JOGO  

Golo do Duarte Almeida, o quarto da equipa de Ota    



publicado por BLOGOTA às 19:42
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 2 de Outubro de 2011
FUTEBOL CLUBE DE OTA 3 - UNIÃO R. D. ATALAIA 1

CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO - ASSOCIAÇÃO FUTEBOL LISBOA

3ª JORNADA - ÉPOCA 2011/2012

Foto (da esquerda para a direita): Sandro, Daniel, José Alberto, João Silva, Diogo Ribeiro, Luis Carica, Miguel Lopes, Nuno Narciso, João Bacalhau, André Lopes e Gonçalo Ferreira. 

Foto: O onze titular da União Recreativa e Desportiva da Atalaia, equipa do concelho de Alenquer. 

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

88 DANIEL DUARTE
14 JOSÉ ALBERTO
27 DIOGO RIBEIRO
3 JOÃO SILVA
13 LUIS CARICA
6 GONÇALO FERREIRA
8 SANDRO FERREIRA (Cap)
2 MIGUEL LOPES
7 ANDRÉ LOPES
16 NUNO NARCISO
23 JOÃO BACALHAU

 

Foto: Neste lance, aos 8 minutos, no seguimento de um canto do lado esquerdo do ataque visitante, o Nº 3 (Paulo Jacinto), irmão do treinador da equipa de Ota, inaugurou o marcador, com este excelente golpe de cabeça, que levou a bola a entrar junto ao poste direito do F. C. Ota. 

 

Substituições:

45' - Ao intervalo saiu o José Alberto e entrou o RICARDO QUARESMA (19).

61' - Saiu o Miguel Lopes e entrou o MIGUEL ROCHA (9).

61' - Saiu o Sandro Ferreira e entrou o EDGAR FILIPE (12).

85' - Saiu o André Lopes e entrou o ALEXANDER DEUS (17).

85' - Saiu o Miguel Rocha e entrou o JOÃO RODRIGUES (4).

Aos 61 minutos, a braçadeira de capitão, passou para o braço do Nuno Narciso.

Suplentes não utilizados: Filipe Antunes.

Não convocados: Rui Ferreira, Pedro Franco, Yuriy Tkachov, Jorge Faria e Nuno Luz.

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 90 minutos para o Ricardo Quaresma, por ter protestado contra uma decisão do árbitro.

União Recreativa e Desportiva da Atalaia:

Cartão Amarelo aos 33 minutos para o jogador nº 5, por protestos.

Cartão Amarelo aos 45+1 minutos para o jogador nº 3, por ter cometido uma falta dura sobre o João Bacalhau.

Cartão Amarelo aos 79 minutos para o jogador nº 9, por ter protestado contra uma decisão do árbitro.

Cartão Amarelo aos 90+2 minutos para o jogador nº 8, por afastar a bola do local da marcação de uma falta.

Resultado ao intervalo: 1-1

 

Foto: Neste lance, aos 30 minutos, o João Bacalhau fez o golo do empate, depois de um passe fantástico do André Lopes, a desmarcar o ponta de lança da equipa de Ota, que com grande frieza bateu o guardião da Atalaia. 

 

MARCHA DO MARCADOR:

0-1 aos 8 minutos pelo jogador nº 3. Na sequência de um canto batido do lado esquerdo do ataque da Atalaia, a bola caiu ao primeiro poste, junto ao bico da pequena área, onde o jogador nº 3 cabeceou o esférico para a baliza do F. C. Ota, com a bola a entrar junto ao poste direito da baliza à guarda do Daniel Duarte, que se lançou mas não conseguiu desviar a bola para lá da linha de fundo.

1-1 aos 30 minutos por JOÃO BACALHAU. André Lopes progrediu, com a bola dominada, pelo centro do terreno e deu para a direita, onde o João Bacalhau ganhou as costas aos defesas visitantes e apareceu isolado frente ao guarda redes da Atalaia, tendo a calma suficiente para batê-lo com grande mestria, fazendo o golo do empate.

2-1 aos 76 minutos por ANDRÉ LOPES. Miguel Rocha, na zona intermediária, desmarcou o André Lopes, dando um toque no esférico por cima da defensiva visitante, com o André a bater o guarda redes da Atalaia num toque de pé direito na bola, que a levou a passar fora do alcance do nº 1 da Atalaia, entrando o esférico junto ao poste esquerdo da equipa forasteira.

3-1 aos 83 minutos por RICARDO QUARESMA (Penalty). Aos 81 minutos, o Miguel Rocha entrou na grande área, em drible, pelo lado direito e foi rasteirado por dois adversários, com o árbitro a assinalar de imediato a marca do castigo máximo contra a Atalaia. Chamado à marcação, o Ricardo Quaresma revelou grande frieza e concentração e fez o terceiro golo para a sua equipa, com a bola a ir para um lado e o guarda redes para o outro. 

 

Foto: Aos 76 minutos, nesta finalização, o André Lopes fez o segundo golo para a equipa de Ota, fazendo a cambalhota no marcador, depois da equipa começar muito mal este jogo. 

 

CRÓNICA DO JOGO:

O primeiro derby do concelho de Alenquer, entre o F. C. Ota e a Atalaia, ficou marcado pelo forte calor que se fez sentir no Parque de Jogos dos Linhais. O relvado sintético "Armando Bejinha" recebeu então o primeiro derby da sua história, com uma assistência bastante numerosa.

O encontro começou com 20 minutos de atraso em relação à hora marcada, porque surgiram alguns problemas na ficha de jogo da formação da Atalaia, o que levou a equipa de arbitragem a esclarecer algumas dúvidas que demoraram algum tempo a resolver.

Para esta partida, a equipa técnica de Ota fez apenas uma alteração em relação ao onze titular da passada jornada, com a entrada do Nuno Narciso por troca com o Edgar Filipe.

Assim sendo, na baliza alinhou o Daniel Duarte. Na defesa jogaram o José Alberto (direita) e Luis Carica (esquerda). Os centrais foram o Diogo Ribeiro e o João Silva. No meio campo jogaram o Gonçalo, o Sandro e o Miguel Lopes. Na meia direita jogou o André Lopes, no lado contrário o Nuno Narciso e na frente de ataque o João Bacalhau.

A equipa da Atalaia entrou melhor e mais determinada na partida e aos 7 minutos, o jogador nº 11 ganhou posição na área e rematou bem colocado o esférico, junto ao poste direito do F. C. Ota, com o Daniel a desviar a bola pela linha de fundo. Na sequência deste canto, batido do lado esquerdo do ataque forasteiro, para a zona do primeiro poste, junto ao bico da pequena área, o jogador nº 3, com um excelente golpe de cabeça, abriu o marcador para a equipa visitante.

Reagiu bem a equipa de Ota a esta adversidade, e aos 11 minutos, na sequência de um canto marcado do lado direito do ataque local, o Nuno Narciso colocou a bola ao segundo poste, onde o André Lopes rematou de primeira, com um defesa visitante a desviar a bola para a sua própria barra, ficando algumas dúvidas sobre se a bola terá, ou não, ultrapassado a linha de golo.

Aos 12 minutos, o Miguel Lopes apareceu isolado e rematou cruzado, com a bola a sair rente ao poste direito da baliza da Atalaia.

Aos 18 minutos, o Miguel Lopes cruzou o esférico do lado esquerdo e o Bacalhau, ao primeiro poste, cabeceou o esférico por cima da barra.

Aos 26 minutos, o Miguel Lopes tentou a sorte de longe, em zona frontal à baliza, com a bola a passar, de novo, rente ao poste direito da baliza visitante.

Aos 28 minutos, a equipa da Atalaia sacudiu um pouco a pressão que estava a sentir e teve uma boa oportunidade para marcar, na sequência de um livre directo à entrada da área.

Com toda a justiça, aos 30 minutos, chegou o golo da igualdade, numa bela finalização do João Bacalhau, após uma excelente passe do André Lopes.

Aos 34 minutos, numa boa jogada de entendimento, pelo lado direito, entre o Sandro, Narciso e André Lopes, com o Sandro a aparecer na área, em boa posição para marcar, mas o seu remate acabou por sair muito por alto.

Aos 37 minutos, o André Lopes rematou de fora da área, com a bola a passar perto do poste esquerdo da baliza da Atalaia.

No período de compensação, aos 45+2 minutos, o Miguel Lopes bateu um livre directo contra a barreira, sobrando a bola para o Sandro experimentar a meia distância, com o esférico a sair rente ao poste direito da equipa visitante.

Depois de um mau inicio de jogo, a equipa de Ota foi melhorando ao longo dos primeiros quarenta e cinco minutos de jogo e merecia ter saido para o descanso na frente do marcador.

 

Foto: Aos 78 minutos, nesta finalização, o Miguel Rocha teve a chance para fazer o terceiro golo para a sua equipa, mas o remate saiu enrolado e passou ao lado do poste esquerdo da baliza adversária. 

 

No reatamento, o técnico Nuno Jacinto foi forçado a mudar o onze devido a um toque que o José Alberto sofreu. Para o seu lugar, na direita da defesa, entrou o Ricardo Quaresma.

Na primeira metade da segunda parte, a equipa da Atalaia foi mais forte e conseguiu criar algumas situações de perigo junto à baliza do F. C. Ota.

Aos 56 minutos, o jogador nº 11, do lado esquerdo, junto ao bico da grande área, rematou o esférico em arco, com a bola a sair perto do ângulo superior esquerdo da baliza do F. C. Ota.

Aos 57 minutos, o jogador nº 10 falhou o golo à boca da baliza, após um cruzamento do lado esquerdo efectuado pelo jogador nº 9.

Aos 60 minutos, o Ricardo Quaresma bateu um livre directo, mas a bola saiu com pouca força e o guarda redes agarrou-a sem grande dificuldade.

Aos 61 minutos registaram-se duas alterações na equipa de Ota, com as entradas do Miguel Rocha e do Edgar Filipe, por troca com o Miguel Lopes e o Sandro Ferreira. Estes dois jogadores vieram dar mais força ao meio campo do F. C. Ota, tendo sido determinante a entrada de ambos em jogo para a reviravolta no marcador que aconteceria pouco depois.

Aos 66 minutos, o jogador nº 8 bateu um livre directo, que o guarda redes do F. C. Ota defendeu com segurança.

Aos 68 minutos, o jogador nº 11, ao segundo poste, rematou de primeira, com muito perigo para a baliza à guarda do Daniel Duarte.

Aos 73 minutos, o jogador nº 2 marcou um livre, com o Daniel a não segurar o esférico, acabando este por resvalar no jogador º 13, saindo depois pela linha de fundo, num lance de muito perigo para a baliza visitada.

Aos 76 minutos, depois de uma bela jogada de entendimento entre o Miguel Rocha e o André Lopes surgiu o segundo golo para a equipa de Ota, numa finalização de pé direito do André Lopes.

Este golo, que surgiu numa altura em que a equipa adversária acreditava que poderia vencer este jogo, teve o condão de a derrotar no resultado e no psicológico. A partir dessa altura e até final do jogo só deu, praticamente, oportunidades de golo para a equipa de Ota.

Aos 78 minutos, noutra bela jogada de entendimento entre o Miguel Rocha e o André Lopes, foi a vez do primeiro aparecer em boa posição para marcar, mas o seu remate saiu enrolado e a bola passou ao lado do poste esquerdo da Atalaia.

Aos 81 minutos, o Miguel Rocha entrou em drible na grande área, pelo lado esquerdo e foi rasteirado por dois adversários. O árbitro não teve dúvidas e assinalou o castigo máximo que foi concretizado pelo Ricardo Quaresma.

Com três a um no marcador e a pouco tempo do fim o jogo ficou sentenciado e a vitória já não fugiria à equipa de Ota.

Apesar disso, ainda houve tempo para um lance mágico, que daria o golo da tarde. O Luis Carica desmarcou o André Lopes pelo lado esquerdo, este entrou na área, sempre junto à linha de fundo e quando se aproximou da baliza e do guarda redes, executou um magnifico chapéu que levou a bola a beijar o poste esquerdo da baliza da Atalaia.

Aos 85 minutos registaram-se as últimas alterações na equipa, com as saidas do André Lopes e o Miguel Rocha, este último lesionado, devido ao lance da grande penalidade, para as entradas do Alexander Deus e do João Rodrigues.

Até ao final do tempo de compensação não aconteceram mais lances dignos de registo e o encontro terminou com a vitória da equipa de Ota, a terceira consecutiva esta época, a quinta seguida se contarmos a temporada passada.

Em suma, tratou-se de um bom jogo, um derby bem disputado, onde o vencedor foi a equipa que concretizou as melhores oportunidades que teve ao seu dispôr. A equipa da Atalaia teve dois bons períodos no jogo, nomedamente os primeiros 15 minutos de jogo da primeira parte e a primeira meia hora da segunda. A formação de Ota foi melhor nos últimos trinta minutos da primeira parte e nos últimos quinze da partida.

 

Foto: Aos 84 minutos, depois de uma bela jogada individual, o André Lopes executou um chapéu quase perfeito, de um ângulo muito fechado, com a bola a bater no poste esquerdo da baliza da Atalaia.  

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem nomeado para o jogo desta 3ª jornada, em Ota, foi composto pelo Ivan Rodrigues (árbitro principal), António Oleiro e André Dias (árbitros assistentes).

Num derby a arbitragem pode-se tornar um problema, mas a equipa de arbitragem esteve, no cômputo geral bem a ajuizar os lances mais polémicos do desafio.

O lance da grande penalidade é óbvia e não suscitou dúvidas em ninguém, porque dois jogadores da Atalaia foram ao lance e rasteiraram o Miguel Rocha.

Aos 11 minutos de jogo ficaram algumas dúvidas sobre se a bola terá entrado na baliza da Atalaia, após um desvio de um defesa que também bateu na barra, mas não podemos afirmar com certeza por que estavámos distantes dessa baliza, embora algum público afirme que a bola ultrapassou mesmo a linha de golo, mas como foi um lance muito rápido aceitamos a decisão da equipa de arbitragem.

No capítulo disciplinar, achamos que ficaram algumas entradas mais duras, para ambas as equipas, por assinalar com a amostragem da respectiva cartolina amarela.

      


publicado por BLOGOTA às 21:20
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 5 de Setembro de 2011
5º JOGO TREINO DO F. C. OTA – ÉPOCA 2011-2012

Foto: Em pé, da esquerda para a direita: Nuno Jacinto (treinador), Peres (treinador-adjunto), Luis Vieira (jogador á experiência), Pedro Franco, João Bacalhau, Hugo Simões (jogador á experiência), José Alberto, Miguel Rocha, Ricardo Quaresma, João Rodrigues, João Silva, Daniel Duarte, Diogo Ribeiro, Mário Carlos (patrocinador da equipa sénior - Anipura). Em baixo, da esquerda para a direita: Filipe Antunes, Fábio Franco (jogador á experiência), André Lopes, Diogo Rebelo, Nuno Luz, Alexander Deus, Nuno Narciso, Luis Carica, Edgar Filipe e Sandro Ferreira. O mais pequenino da foto é um atleta das escolinhas do clube. 

 

Foto: Atlético Clube do Porto Salvo, concelho de Oeiras. Campeões distritais da 2ª divisão de Lisboa. 

 

No passado domingo, dia 4 de Setembro, no relvado sintético do F. C. Ota realizou-se o jogo de apresentação da equipa sénior do clube otense, que colocou frente a frente o Futebol Clube de Ota contra o Porto Salvo, que na época passada foi o campeão distrital da 2ª divisão de Lisboa.

Perante uma boa moldura humana, a equipa sénior foi apresentada aos sócios e adeptos, numa altura em que já contratou 20 jogadores para a época que se inicia a 18 de Setembro. Faltam 2/3 jogadores para completar o lote de atletas seniores que irão representar o clube em 2011/2012.

Na 1ª parte, a equipa de Ota, alinhou com o seguinte onze: Daniel Duarte, José Alberto, Diogo Ribeiro, João Silva, Edgar Filipe, Diogo Rebelo, Sandro Ferreira, Miguel Rocha, André Lopes, Nuno Narciso e João Bacalhau.

Foi um primeiro tempo muito bem disputado, com ambas as equipas a disporem de ocasiões soberanas para marcar. O primeiro golo surgiu aos 36 minutos, por intermédio do João Bacalhau, a aproveitar bem, de cabeça, uma bola largada pelo guarda-redes sobre a linha de golo, para adiantar a equipa de Ota no marcador. O golo do empate surgiu no minuto seguinte e já em período de descontos da 1ª parte, a equipa de Porto Salvo deu a cambalhota no marcador e foi para o intervalo a vencer por duas bolas a uma.

Para o segundo tempo, a equipa de Ota alinhou com o seguinte onze: Filipe Antunes, Ricardo Quaresma, João Rodrigues, João Silva, Luís Carica, Fábio Franco, Sandro Ferreira, Miguel Rocha, Nuno Luz, Nuno Narciso e Pedro Franco. No decurso do segundo tempo jogaram ainda o Alexander Deus, o Hugo Simões e o Luís Vieira.

A segunda parte foi dominada pela equipa visitante, os quais com alguma naturalidade foram avolumando o score a seu favor. Aos 55 minutos surgiu o 1-3, aos 68 minutos marcaram o 1-4 e aos 72 minutos fixaram o resultado final em 1-5.

Na parte final do jogo a nossa equipa dispôs de duas boas oportunidades para reduzir a desvantagem, mas o guarda-redes visitante esteve seguro e evitou essa situação.

Em suma, tivemos uma primeira parte bem equilibrada e disputada taco-a-taco, contra um segundo tempo menos positivo da nossa parte.

Segue-se agora um período de interregno em relação a jogos de preparação, onde a equipa realizará os treinos necessários para chegar á 1ª jornada do campeonato em condições de bater o seu adversário.

No dia 18 de Setembro, pelas 17 horas, no Parque de Jogos dos Linhais, joga-se a 1ª jornada do campeonato, com o Futebol Clube de Ota a receber o Sport Clube Frielas.

 

Foto: Lance que deu o 1-0 para a equipa de Ota, aos 36 minutos de jogo, o guarda redes do Porto Salvo agarrou esta bola, mas na iminência de cair com ela para dentro da baliza, acabou por largá-la precisamente para a cabeça do João Bacalhau que a cabeceou para o fundo das redes adversárias. 

 

Foto: Antes do inicio do encontro a direcção, aqui representada pelo Luis Marciano e a equipa sénior, através do seu capitão Sandro Ferreira, ofereceram uma camisola de jogo ao patrocinador principal, Sr. Mário Carlos, da empresa Anipura.   



publicado por BLOGOTA às 18:16
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 3 de Setembro de 2011
IÇAR DE BANDEIRAS NOS LINHAIS EM OTA
 


publicado por BLOGOTA às 13:50
link do post | comentar | favorito
|

INAUGURAÇÃO DO NOVO RELVADO SINTÉTICO
 
O novo relvado sintético do Futebol Clube de Ota foi inaugurado oficialmente esta manhã, perante a presença de dezenas de pessoas, na foto temos os líderes das três intituições que fizeram com que este projecto fosse uma realidade na nossa freguesia. O novo relvado foi baptizado de "Armando Bejinha", em homenagem a um sócio fundador do clube que faleceu recentemente. Á esquerda, na foto, temos o Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, sr. Jorge Riso, ao meio, temos o Presidente do Futebol Clube de Ota, sr. Miguel Ferreira, e à direita, o Presidente da Junta de Freguesia de Ota, sr José Augusto Honrado. A festa começou de manhã, e seguirá pela tarde fora.


publicado por BLOGOTA às 13:22
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 10 de Julho de 2011
1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 DO F. C. OTA - EQUIPAS (Finais)

 BVA 3ª SECÇÃO ABRIGADA (10º lugar) vs CAFÉ SÃO ROQUE (9º lugar)

 

 TFC (5º lugar) vs CABANAS DE TORRES (6º lugar)

 

 BLOGOTA (3º lugar)

 

 ALKANAITRA (2º lugar)

 

 MONTANELAS (1º lugar) 



publicado por BLOGOTA às 14:45
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 9 de Julho de 2011
1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 DO F. C. OTA - FASE FINAL

 

A fase final do 1º torneio de futebol de 7 do F. C. Ota disputou-se este sábado, dia 9 de Julho, no relvado sintético do Parque de Jogos dos Linhais.

Em 11º lugar ficou a equipa das Velhas Glórias, que neste sábado ficaram isentos de jogar.

Às 16 horas, para o apuramento do 9º e 10º classificado, jogaram a BVA 3ª SECÇÃO ABRIGADA e o CAFÉ SÃO ROQUE, com a vitória final a sorrir ao Café São Roque, por dez bolas a duas. Ao intervalo, o resultado era de dois a zero. Foi um jogo dominado pelos jovens do Café, que venceram sem grandes dificuldades os homens dos bombeiros.

Os golos foram marcados pelos seguintes jogadores:

João André, aos 5 minutos, Pedro Branco, aos 18’, Ricardo Pechorro, aos 29’, Ricardo Pechorro, aos 30’, Paulo Pinheiro, aos 30’, Pedro Branco, aos 21’, Ricardo Pechorro, aos 33’, Cláudio Branco, aos 35’, Nuno Sousa, aos 38’ e Cláudio Branco, aos 39’.

No apuramento para o 7º e 8º lugar, a entre a equipa da HORTA E CENOURAS e a CHURRASQUEIRA CARLITOS, e por falta de comparência da equipa da Churrasqueira, a Horta e Cenouras, de acordo com o regulamento deste torneio, venceu por três bolas a zero e conquistou a sétima posição no torneio.

No apuramento para o 5º e 6º lugar, entre as formações do TFC e CABANAS DE TORRES, assistimos a um bom jogo de futebol, com a vitória a ser conquistada pela TFC, por sete bolas a duas. Ao intervalo, a vitória da TFC era por quatro bolas a uma.

Os golos foram marcados pelos seguintes jogadores:

João Pereira, aos 10 minutos, Nuno Trindade, aos 11’, André Ferreira, aos 16’, José Martires, aos 19’, Hugo Máximo, aos 26’, Hugo Máximo, aos 27’ e André Lino (p.b.), aos 28’, para o TFC.

André Lino, aos 9 minutos e João Leonardo, aos 24’, para Cabanas de Torres.

No apuramento para o 3º e 4º lugar, entre o BLOGOTA e o SOUZA SHOW & AMIGOS, não houve jogo porque a equipa do Souza Show não teve jogadores suficientes para iniciar a partida. Assim sendo, a equipa do Blogota conquistou a 3ª posição deste torneio.

Na final, ou seja, no apuramento para o 1º e 2º classificado, entre as formações da ALKANAITRA e MONTANELAS, a vitória foi conquistada pela equipa dos Montanelas, por quatro bolas a uma. Foi uma partida bastante intensa e competitiva, na qual a equipa da Alkanaitra jogou em inferioridade numérica em boa parte do tempo de jogo. Ao intervalo registava-se uma igualdade a zero.

Os golos foram marcados pelos seguintes jogadores:

João Oliveira, aos 30 minutos, Diogo Ribeiro, aos 31’, Diogo Ribeiro, aos 35’ e Nuno Costa, aos 40’, para os Montanelas.

Jorge Abreu, aos 42’, para a Alkanaitra.      



publicado por BLOGOTA às 23:32
link do post | comentar | favorito
|

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

AGENDA DESPORTIVA PARA O ...

FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 - ...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

FUTEBOL CLUBE DE OTA 3 - ...

5º JOGO TREINO DO F. C. O...

IÇAR DE BANDEIRAS NOS LIN...

INAUGURAÇÃO DO NOVO RELVA...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

1º TORNEIO DE FUTEBOL 7 D...

EVOLUÇÃO DAS OBRAS NO PAR...

EVOLUÇÃO DAS OBRAS NO PAR...

EVOLUÇÃO DAS OBRAS NO PAR...

EVOLUÇÃO DAS OBRAS NO PAR...

TORNEIO DE FUTEBOL 7 DO F...

G. D. SOBREIRENSE 2 - FUT...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

A. M. C. R. FONTE GRADA 1...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

C. D. A DOS CUNHADOS 4 - ...

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
Google
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim