PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Segunda-feira, 26 de Junho de 2006
QUINTA DE OTA

QUINTA DE OTA

 

            As origens desta quinta, situada no estremo Nordeste do concelho de Alenquer, estão ligadas à complexa história do Mosteiro de Alcobaça e das suas granjas.

            Num estudo recente da historiadora Iria Gonçalves, podemos ler: «Mas se foi neste período que maior número de granjas foi arrendado ou aforado, ele insere-se num longo processo que, vindo de época anterior, se irá prolongar no tempo, por toda a primeira metade do século XV, finda a qual quase todas as granjas de mosteiro se encontravam sujeitas ao regime de exploração indirecta. Como as restantes, também a granja da Ota, centro das vastas propriedades que o mosteiro possuía na zona, foi entregue à mesma forma de exploração.»

            A antiga quinta de Ota, que teria feito parte da antiga granja Alcobacense, surge-nos, na segunda metade do século XV, na posse de Pedro Afonso e depois na de seu filho Bartolomeu Pires e de sua mulher Ignez Leitoa, em regime de aforamento «à senhora Abbadeça e Convento do Mosteiro d’Odivelas».

            Em 1499 foi o prazo de Ota vendido a Ruy de Figueiredo, «fidalgo da casa d’El Rey e escrivão da sua fazenda».

            A propriedade é descrita assim no instrumento de venda: «quintaa que jaz em a dita Ribeira d’Ota, termo da dita villa d’alenquer…com seu assentamento de Casas e lagar de azeite e herdades, vinhas, olivaes e oliveiras e moinho moente e corrente e árvores de fruito e sem fruito, entradas e saídas, direitos, pertenças, logradoiros e servidoens, montes, fontes, matos routos ou por romper…»

            A partir desta compra inicial, outras propriedades foram alargando e modificando a primitiva «Quintaa da Ribeira d’Ota»; para tal concorreram novas compras, doações e legados: em 1670 o Monte Redondo, em 1709 a Vidigueira, em 1753 o Vale do Chiqueiro, em 1769 a Quinta da Aldeia de Ota, em 1760 o Vale das Pedras…

            Um documento de 1899, relativo a esta quinta, permite-nos ter um retrato quase perfeito de uma grande unidade agrícola estremenha em finais do século XIX; «…Quinta denominada d’Otta, que se compõe de casa nobre, com pavimento superior e inferior, casas térreas contíguas, dois páteos fechados, casa que serve de adega, lagar de vinho com duas varas. Celleiro, casa de cavallariça, abegoaria, telheiro, aposentos para gado, três casas para palheiros, casa para utensílios de lavoura com páteo e dois telheiros, touril para sugeitar gado, casa de malta, casa de destilação com caldeiras de cobre, casa para capoeira, pombal e fornos de cozer pão».

            Ao longo do tempo grandes transformações foram introduzidas nos edifícios da Quinta, que começou a ser residência dos seus proprietários a partir do final do século XIX.

            Hoje a residência, depois de beneficiada com uma grande reparação, com as suas dependências agrícolas, constitui um imponente conjunto arquitectónico de linhas bastante simples, com fachada principal virada a sul.

           A capela/oratório da Quinta está integrada na estrutura interna do edifício. É de pequenas dimensões e tem de notável uma tela seiscentista com o Baptismo de Cristo e uma bela imagem do Menino Jesus.


temas:

publicado por BLOGOTA às 20:18
link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De russo a 27 de Junho de 2006 às 08:32
Matos routos ou por romper??? era tudo dele, só falta também dizer, lagoas terras e atmosfera :)


De Anónimo a 27 de Junho de 2006 às 13:06
Se bem percebo,ja em 1499 se vendia propriedades ! Estes srs. "Fidalgos" compravam. Alem do mais de uma forma ou outra ainda deram alguns metros a terra! Os outros habitantes desta terra nem as valetas ficam para passar a agua .


De P M a 27 de Junho de 2006 às 16:38
A população de Ota sabe da importância que a Fidalguia sempre teve no desenvolvimento da freguesia; sobretudo, do trabalho que fomentavam nas suas vinhas, lavouras e nas próprias quintas. Não tenho dúvidas que nesses tempos mataram muita fome às pessoas a quem davam emprego.
Actualmente, e nestas últimas décadas, os fidalgos não souberam adaptar-se às mudanças registadas na sociedade Portuguesa em geral e na freguesia de Ota em particular. O "povo" instruíu-se e a submissão existente em gerações anteriores, felizmente, hoje já não se verifica. Há quem diga que Ota não cresceu muito por culpa dos Fidalgos, em virtude de estar na sua posse a maior parte dos terrenos que circundam a nossa terra. Terrenos esses, "A partir da compra inicial, outras propriedades foram alargando e modificando a primitiva «Quinta da Ribeira d’Ota»; para tal concorreram novas compras, doações e legados", que foram "apanhados" mais ou menos à sucapa. Bem, tudo isto para vos dizer, que os ditos cujos, têm influenciado determinantemente a nossa freguesia, mas o tempo não volta para trás.


De Pedro Maia a 27 de Junho de 2006 às 16:47
O comentário anterior não é meu, para o caso de alguém poder considerar essa hipótese .

Um abraço a todos e mais um bom trabalho do nosso amigo Rui


De P M F a 27 de Junho de 2006 às 21:12
Desculpa Pedro. Mudei as minhas iniciais.


De Pedro Maia a 28 de Junho de 2006 às 10:21
Não tens de pedir desculpa de nada, estava apenas a dizer que não era eu!

Concordo basicamente com o que escreveste, com uma excepção! quando dizes que mataram a fome aos trabalhadores pobres eu escrevia mataram à fome! de resto estou de acordo:-)


Comentar post

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim