PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Segunda-feira, 22 de Março de 2010
CAMPEONATO DISTRITAL DE INICIADOS (IIª Divisão)

VS

 

GRUPO DESPORTIVO VIALONGA 4 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 1

Campo do Vialonga - Vialonga

 2ª Fase "B" - Série 2 - 6ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 3-0)

 

Incidências do Jogo:

A equipa de Iniciados do Futebol Clube de Ota deslocou-se, no domingo de manhã, a Vialonga, onde foi derrotada por números algo exagerados.

De facto, a partida decorreu equilibrada, ao longo dos 70 minutos de jogo, e só a boa capacidade concretizadora da equipa local e que fez desequilibrar a balança a favor do Vialonga.

Na primeira parte a equipa de Vialonga concretizou em golo as oportunidades criadas, enquanto a equipa de Ota, que teve também três boas situações para marcar, não as conseguiu concretizar em golo.

Na segunda parte a partida continuou equilibrada, com a equipa visitada a controlar o jogo, com a vantagem adquirida na primeira parte e a nossa a tentar reduzir a desvantagem.

Nos segundos trinta e cinco minutos, as duas equipas fizeram um golo, com o nosso a ser obtido pelo João Cruz.

Em suma, não fomos inferiores ao Vialonga, em termos de futebol jogado, mas pecamos na finalização, e só por isso, a equipa local mereceu a vitória neste jogo.

Última nota para mostrarmos a nossa indignação com a(s) arbitragem (ns) perseguidora (s) do Pedro Miguel, que mais uma vez, quer sejam jogos dos seniores, iniciados ou outros, invariavelmente prejudica o nosso clube.

Na próxima jornada, o F. C. Ota, em iniciados, recebe no Parque de Jogos dos Linhais a formação de Santa Iria, pelas 10h. 30m, de Domingo, dia 28 de Março.



publicado por BLOGOTA às 19:37
link do post | comentar | favorito

Domingo, 21 de Março de 2010
CAMPEONATO DISTRITAL DE INFANTIS (IIª Divisão)

VS

 

ALHANDRA SPORTING CLUBE 1 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 1

Campo da Hortinha - Alhandra

2ª Fase "B" - Série 1 - 5ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-0)

Foto (em pé, da esquerda para a direita): Carlos Carteiro, João Arrais, André Torneiro, Marcelo Vitorino, Paulo Botas, Sandro Santos, Daniel Carvalho e João Pedroso. Em baixo, da esquerda para a direita: Rafael Bráz, Marcelo Azevedo, Bernardo Deodato, João Bairreira, Ivo Rebelo, Pedro Vieira e Gonçalo Pinto. 

 

Incidências do Jogo:

A equipa de infantis do Futebol Clube de Ota, após duas derrotas consecutivas, deslocou-se a Alhandra e conquistou um importante empate.

A equipa iniciou o jogo com o João Pedroso na baliza, o Bairreira a defesa direito, o Sandro e o Botas a centrais e o Marcelo Vitorino a defesa esquerdo. O André foi o trinco, com o Rafael e o João Arrais na função de duplo pivot de meio campo. No ataque, pela esquerda jogou o Bernardo Deodato, na direita o Daniel e na frente o Marcelo Azevedo.

Os primeiros minutos de jogo foram de intenso domínio da equipa da casa, que durou aproximadamente dez minutos, com a nossa equipa a defender-se bem.

Após algumas alterações feitas pelo técnico Ricardo Quaresma, nomeadamente com as entradas em jogo do Ivo e do Gonçalo, com o André a deslocar-se para a esquerda da defesa, a nossa equipa equilibrou o jogo e terminou a primeira parte a jogar de igual para igual com o seu adversário.

Na segunda parte, a equipa da casa, voltou a entrar dominadora, criando algumas situações de perigo, às quais a nossa formação respondia com alguns contra ataques bem desenhados.

Aos 12 minutos, do segundo tempo, numa jogada de insistência, a bola caiu na zona de penalty, onde o jogador Nº 17 rematou o esférico bem colocado, junto ao poste direito da baliza à guarda do Carlos Carteiro, inaugurando o marcador.

A dez minutos do fim, o técnico Ricardo Quaresma, decidiu arriscar tudo, lançando mais um ponta de lança, por troca com um defesa, passando a equipa a jogar com três unidades no sector mais recuado.

Aos 22 minutos, esta troca surtiu efeito e após um belo cruzamento da direita, executado pelo João Arrais a bola foi parar à cabeça do Gonçalo Pinto que não perdoou e fez o golo do empate, perante a passividade dos defesas locais.

Após a obtenção do golo do empate, a equipa voltou ao esquema de jogo com quatro defesas e defendeu-se muito bem, perante as investidas atacantes do adversário, até ao final do jogo, conquistando um importantíssimo ponto para a classificação.

Na próxima jornada, dia 27 de Março, a equipa de Infantis do F. C. Ota, recebe a Venda do Pinheiro, pelas 15 horas.

Foto: Gonçalo Pinto (9), aos 22 minutos, da segunda parte, fez o golo do empate para a equipa de Ota, neste lance, após cruzamento do João Arrais. 

 

VIDEO DO JOGO:

Momentos antes do golo do empate, o João Arrais cruzou para o Gonçalo, mas o guarda redes resolveu. Pouco depois, num lance idêntico, protagonizado pelo dois jogadores de Ota, surgiu o golo do empate. 



publicado por BLOGOTA às 18:47
link do post | comentar | favorito

Sábado, 20 de Março de 2010
CAMPEONATO DISTRITAL DE ESCOLAS (Futebol de 7)

VS

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 1 - FUTEBOL CLUBE DE ALVERCA 2

Parque de Jogos dos Linhais - Ota

Escolas E3 (10 anos) - 2ª Fase "B" - Série 2 - 5ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-0)

Foto (da esquerda para a direita), o sete titular da equipa de Escolas E3 do F. C. Ota: Duarte, Marcelo, Tomás, João Pedro, Diogo, Bruno e Daniel.

 

Incidências do Jogo:

Neste regresso a casa, depois de dois jogos fora, a equipa de Escolas E3 fez uma belíssima exibição contra o Alverca, que seguia na 1ª posição desta série 2.

Foi de facto um  belo jogo de futebol de sete, no qual as duas equipas não mereciam sair derrotadas.

Na primeira parte não houve golos, no entanto as oportunidades criadas foram equilibradas, em número, para ambas as formações.

Na segunda parte, aos 7 minutos, na sequência de um livre directo, descaído para o lado esquerdo do ataque visitado, o Duarte Almeida rematou em arco, com a bola a entrar muito chegada ao poste esquerdo da baliza do Alverca, ficando o guarda redes estático na linha de golo, sem qualquer reacção a este excelente remate do melhor marcador da equipa de Ota.

A equipa de Alverca não demorou a reagir e, aos 9 minutos, alcançou a igualdade através de um golo obtido pelo seu jogador Nº 10.

Entretanto o jogo foi decorrendo muito animado e, acima de tudo, bem disputado, com a equipa da casa a ter as mais flagrantes oportunidades de golo, mas como toda a gente sabe, quem não marca arrisca-se a sofrer, e foi isso mesmo que aconteceu, a dois minutos do fim, quando o jogador Nº 10 bisou no jogo, e deu de bandeja os três pontos à sua equipa.

Perante o que se passou nos cinquenta minutos de jogo, o empate seria o resultado mais justo, mas se tivesse que haver um vencedor, teria de ser a equipa de Ota, porque teve as melhores chances de golo, no decorrer desta partida.

Na próxima jornada, dia 27 de Março, a equipa de Escolas E3, desloca-se a Alhandra, onde pelas 10 horas, defronta o clube local.

Foto: Mais uma grande oportunidade de golo para o F. C. Ota, com o Diogo Torcato a fintar todos os adversários, inclusivé o guarda redes, não conseguindo depois introduzir o esférico na baliza adversária.

 

VIDEO DO JOGO:

1-0 para o F. C. Ota, marcado pelo Duarte Almeida.

 


VS

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 1 - UNIÃO DESPORTIVA VILAFRANQUENSE 11

Parque de Jogos dos Linhais - Ota

Escolas E2 (9 anos) - 2ª Fase "B" - Série 1 - 5ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-4)

Foto (da esquerda para a direita) Equipa titular de Escolas E2 do F. C. Ota: Diogo, João, Gonçalo, Nuno, Ricardo, José Diogo e Pedro Dinis.

 

Incidências do Jogo:

Também de regresso a casa, a nossa equipa de Escolas E2, em futebol de sete, teve pela frente um adversário, que se mostrou inacessivel.

Apesar de forte goleada, a equipa de Escolas E2 entrou muito bem no jogo, tendo inclusivamente, criado a melhor oportunidade de golo até aos 17 minutos de jogo, quando o guarda redes defendeu um remate dum jogador de Ota, desviando a bola para o seu poste esquerdo.

Aos 17 minutos de jogo a equipa de Vila Franca de Xira inaugurou o marcador e a equipa de Ota caiu animicamente, permitindo mais três golos até ao fim do primeiro tempo. O jogador Nº 7 marcou o primeiro e o quarto aos 17 e 25 minutos, respectivamente. O jogador Nº 6 fez o segundo aos 20 e também no minuto 25, o jogador Nº 9 fez o terceiro golo.

Na segunda parte, a história do jogo, resumiu-se aos golos marcados pela equipa de Vila Franca de Xira, com excepção do minuto 24 quando, de grande penalidade, o Nuno Santos reduziu a desvantagem no marcador para 1-9.

Aos 3 minutos do segundo tempo, o jogador Nº 8 ampliou o resultado para 0-5. Aos 13, 14 e 17 minutos, o jogador Nº 7 marcou três golos, fixando o seu pecúlio, neste jogo, em 5 tentos alcançados. Aos 21 minutos, o jogador Nº 3, fez o 0-9. No último minuto de jogo, e após a equipa de Ota ter reduzido a desvantagem, ainda houve tempo para o jogador Nº 9 bisar na partida, e o jogador Nº 11 fechar a contagem no marcador deste jogo.

Na próxima jornada, dia 27 de Março, a equipa de Escolas E2 do F. C. Ota, desloca-se à Castanheira, onde pelas 9h. 30m, defronta o clube daquela localidade.

 

Foto: Neste lance, aos 21 minutos do segundo tempo, o jogador Nº 3 fez o nono golo para a equipa do Vilafranquense. 

 

VIDEO DO JOGO: 

 1-9 para o F. C. Ota, apontado de penalty, pelo Nuno Santos.



publicado por BLOGOTA às 20:39
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 19 de Março de 2010
VIDEOS DA MARATONA BTT DO CAMARNAL - ALENQUER

Partida para a maratona BTT do Camarnal.

Tiago Fragata, na zona do Monte Redondo, em Ota.

Fábio Vitorino, a passar em Abrigada.

Nuno Ferreira, em Paúla - Cabanas de Torres.

Tiago Fragata, quando seguia em 4º lugar, na Serra de Ota.

Fábio Vitorino conquistou o 3º lugar, sobre a linha de meta.

 



publicado por BLOGOTA às 18:23
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Março de 2010
RESCALDO DA MARATONA BTT DO CAMARNAL - ALENQUER

Foto (da esquerda para a direita): Denis Amaro, Fábio Vitorino, Pedro Pereira, David Ventura, Nuno Ferreira e Tiago Fragata, da equipa C.S.R.D. OTA / CARB BOOM / R BIKES.

 

A simpática aldeia do Camarnal, na freguesia de Triana – Alenquer, recebeu no passado domingo, dia 14 de Março, mais de uma centena de betetistas, dispostos a participarem na 5ª edição da Maratona BTT daquela localidade, organizada pela Sociedade Recreativa do Camarnal.

O evento dividiu-se em duas provas distintas, uma maratona com cerca de 80 kms, onde participaram diversos atletas da equipa do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom / R Bikes, e uma meia maratona, com cerca de 40 kms, onde participou o grosso dos inscritos.

Da equipa de Ota estiveram presentes o Fábio Vitorino, o Tiago Fragata, o Nuno Ferreira, o David Ventura, o Pedro Pereira e o Denis Amaro. À última hora e, devido a um problema mecânico na sua viatura, o Fernando Duarte, não pôde estar presente nesta maratona.

Logo à partida apercebemo-nos que os principais rivais dos elementos da equipa de Ota, seria o duo vindo da Benedita, composto pelo Marco Sousa (vencedor das últimas edições desta maratona do Camarnal) e do João Santos, ambos da KTM / Benebike / Junta de Freguesia de Turquel.

Nos primeiros quilómetros, o grupo seguia compacto, com cerca de 20 unidades na frente, mas na zona do Centro Formação Militar da Força Aérea, em Ota, já o duo da Benedita seguia com alguns metros de avanço, em relação a alguns elementos da equipa de Ota, nomeadamente o Fábio, o David e o Fragata.

Foto: Pedro Pereira deu um valente trambolhão, felizmente sem consequências físicas, quando entrou no mato e saiu da recta da base de Ota.

   

Sensivelmente ao quilómetro 20, os dois homens da frente já levavam uma vantagem considerável, quando passaram junto ao Monte Redondo, seguindo depois em direcção à Ota. Em 3º lugar, nesse local seguia o Paulo Lopes (Team GNP). Com um minuto de atraso, em relação ao terceiro, seguia o Tiago Fragata. Pouco depois, num grupo de três atletas, seguia o Fábio Vitorino. Entretanto fomos avisados, que ali perto, o David Ventura estava com problemas mecânicos. Confirmamos essa situação, quando passou o Nuno Ferreira e nos confirmou que o David estava parado.

Fomos em busca do nosso atleta e deparámo-nos com a desistência do mesmo, devido a ter partido o desviador traseiro, situação que o impossibilitou de continuar em prova.

Entretanto, nesta zona, ainda vimos passar o Pedro Pereira e o Denis Amaro, que seguiam em bom ritmo.

Após termos perdido algum tempo nesta zona, fomos para a Ota, onde já não apanhamos os primeiros, depois subimos a Serra de Ota, em direcção ao Bairro, onde também já tinham passado os dois primeiros.

Foto: Marco Sousa, o vencedor, na zona do Monte Redondo, bem disposto, com o seu colega de equipa na perseguição.

   

Fomos então nos colocar junto à igreja de Abrigada, onde já só passavam os atletas que pretendiam fazer a maratona. Os betetistas da meia maratona, na Serra de Ota, seguiam para as pedreiras e daí para a zona da meta, instalada no Camarnal.

Nesse local, confirmamos que os dois primeiros lugares estavam entregues, salvo qualquer imponderável de última hora, estando os atletas da equipa de Ota na luta pelo último lugar do pódio. Nesta fase, com cerca de 40 kms, o Fábio seguia em 4º lugar e o Fragata em quinto. O Nuno Ferreira passou em décimo lugar.

Seguimos então para a entrada da localidade da Paúla, onde os atletas, depois de fazerem a encosta do Montejunto, entre Abrigada e Cabanas de Torres, atravessavam a estrada de alcatrão, em direcção ao Estribeiro e Bairro.

Foto: Fábio Vitorino, na zona do Monte Redondo, quando seguia na quinta posição.

   

Mais uma vez e, com grande à vontade o Marco Sousa e o seu colega de equipa, seguiam confortavelmente na frente da prova, com mais de 5 minutos de avanço sobre o terceiro que era o Nuno Valadas, da equipa de Paio Pires. De seguida, com cerca de 1 minuto de atraso, apareceram o Fábio Vitorino e o Tiago Fragata, da equipa de Ota, que nesta parte do percurso seguiam a par. O Nuno Ferreira, neste local, voltou a passar décimo.

Daqui, seguimos para a Serra de Ota onde, num ponto de controlo, esperamos a passagem dos atletas, mas antes, no Bairro, o betetista que seguia em 3º lugar enganou-se no percurso, quando chegou ao alcatrão e em vez de descer para a Quinta do Bairro, seguiu na estrada para os Casais do Bairro.

Naturalmente, como somos bons desportistas e a bem do fair play, informamos o atleta que seguia no caminho errado, voltando o mesmo para trás, a fim de apanhar o percurso correcto.

A verdade è que este engano, apesar de corrigido pela equipa de assistência da formação de Ota, custou-lhe o 3º lugar, perdido precisamente para o Fábio Vitorino, que no referido posto de controlo na Serra de Ota, passou em terceiro lugar, logo seguido pelo Tiago Fragata e só depois o atleta que se havia enganado anteriormente.

Foto: David Ventura, após desistências por motivos mecânicos, na zona do Monte Redondo, em Ota.

   

Estava ao rubro, entre estes três atletas, a luta pelo 3º lugar, e já no Camarnal, entre o Fábio e o Nuno Valadas, o último lugar do pódio foi discutido num sprint apertado, no qual o Fábio foi mais forte e conquistou a terceira posição na maratona do Camarnal.

O Tiago Fragata foi o quinto elemento a cortar a meta e o Nuno Ferreira ficou em décimo lugar.

Em relação aos tempos e à classificação oficial, à data do fecho deste artigo, a organização ainda não tinha disponibilizado as respectivas tabelas, logo não nos è possível dar estas informações.

Foto: Nuno Ferreira, na meta localizada no Camarnal, depois de completar a sua prova.



publicado por BLOGOTA às 19:07
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 17 de Março de 2010
CAMPEONATO DISTRITAL DE INICIADOS (IIª Divisão)

VS

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 3 - SPORT ALENQUER E BENFICA 1

Parque de Jogos dos Linhais - Ota

 2ª Fase "B" - Série 2 - 5ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-0)

 

Incidências do Jogo:

Depois de folgar na jornada anterior, a equipa de iniciados do F. C. Ota defrontou, em casa, os vizinhos de Alenquer, derrotando-os, de novo, por três bolas a uma.

A equipa de iniciados do F. C. Ota alinhou com o Duarte na baliza, Emanuel, Daniel, João Domingos, Mascarenhas, Alexandre, Pedro Oliveira, João Cruz, Diogo Simões, Renato e Diogo Cordeiro. No banco de suplentes sentaram-se o Rapicha, Pedro Cristovão, Nuno Pereira, Bruno e Gilberto.

Na 1ª parte, o encontro foi bem disputado, com ambas as equipas a procurarem alcançar o golo. Na parte final do primeiro tempo, a equipa de Alenquer, acercou-se com algum perigo da nossa baliza, mas a nossa defensiva soube defender-se bem.

Na 2ª parte, a equipa de Ota, entrou determinada em vencer este jogo e logo aos 3 minutos, na sequência de um canto, batido pelo Diogo Simões, o Daniel Pereira apareceu, na área, mais alto que todos e fez com grande classe o primeiro golo do jogo.

Aos 11 minutos, do segundo tempo, a equipa de Alenquer beneficiou de uma grande penalidade, que um seu jogador desperdiçou ao atirar o esférico para longe do alvo.

Aos 21 minutos, o Diogo Cordeiro fez um passe extraordinário para o Pedro Oliveira, que junto à quina da grande área, bateu o guardião do Alenquer, fazendo o segundo golo do jogo.

A três minutos do fim e, na sequência de um livre directo, o Daniel Pereira executou-o de forma irrepreensivel, fazendo o terceiro golo para a equipa de Ota.

No último minuto do jogo, na sequência de uma grande penalidade, o Alenquer reduziu para 3-1, com o golo a ser apontado pelo jogador nº 8 (Pedro Coelho).

Em suma, tratou-se de uma vitória justa e merecida da equipa de Ota, frente a um adversário claramente inferior à nossa formação, mas que deu luta e soube valorizar esta vitória.

Na próxima jornada, no domingo, dia 21 de Março, a equipa de Ota desloca-se ao terreno do Vialonga, onde joga pelas 10h. 30m.



publicado por BLOGOTA às 19:36
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Março de 2010
VIDEOS DO JOGO: F. C. OTA 4 - PEDRA 1

Nuno Narciso de livre directo, para uma defesa dificil do guardião da Pedra.

Guarda redes da Pedra defende penalty marcado pelo Reginaldo Souza.

J. M. Bacalhau de cabeça, com a bola a sair ao lado, após um pontapé de canto.

Na sequência de um livre, o Souza cabeceou o esférico ao lado da baliza.

No final do jogo, a equipa sénior foi brindada com uma salva de palmas.

 



publicado por BLOGOTA às 20:16
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 15 de Março de 2010
A. F. LISBOA - 2ª DIVISÃO DISTRITAL - 22ª JORNADA

2ª Divisão Distrital - A. F. Lisboa - Série 1
22ª Jornada - Resultados – 14/03/2010
SÃO PEDRO 4 MURTEIRENSE 2
ATALAIA 1 CERCA 1
ARNEIROS 3 CHEGANÇAS 2
F. C. OTA 4 PEDRA 1
CASALINHENSE 3 FURADOURO 1
CAMPELENSE 1 SOBREIRENSE 1

 


2ª Divisão Distrital - A. F. Lisboa - Série 1
Classificação Final - 14/03/2010
Pos. Clube J. V. E. D. G.M. G.S. Pontos
CASALINHENSE 22 16 3 3 47 28 51
ARNEIROS 22 16 2 4 60 28 50
SÃO PEDRO  22 10 7 5 53 33 37
FURADOURO 22 10 5 7 41 36 35
CERCA 22 9 6 7 48 33 33
SOBREIRENSE 22 10 3 9 29 30 33
CAMPELENSE 22 8 7 7 39 33 31
F. C. OTA 22 7 7 8 36 35 28
MURTEIRENSE 22 6 6 10 33 44 24
10º CHEGANÇAS 22 5 8 9 39 44 23
11º ATALAIA 22 3 2 17 15 47 11
12º PEDRA 22 3 2 17 24 71 11

 


Disputou-se, este domingo, a última jornada, da 2ª divisão distrital de Lisboa, nomeadamente a série 1, que è aquela que mais nos interessa. Nesta derradeira jornada marcaram-se 24 golos, menos quatro que na anterior jornada, fazendo a média de 4 golos por jogo. As equipas visitadas fizeram 16 golos e as visitantes 8. Aconteceram dois empates e quatro vitórias caseiras. Na 22ª jornada, as equipas visitantes, não conseguiram vencer.

Terminou o campeonato, com o Casalinhense a conseguir subir à 1ª divisão distrital, enquanto o Arneiros vai disputar uma poule de acesso à divisão superior, com os 2ºs classificados das outras duas séries, da IIª divisão distrital.

O Futebol Clube de Ota terminou a época em beleza, com uma grande exibição e uma excelente vitória sobre a Pedra, por quatro bolas a uma. A equipa de Ota ficou em 8º lugar, com 28 pontos, a três do sétimo, e com quatro de avanço sobre o nono classificado. A formação da Pedra, com esta derrota, desceu, e ficou no último lugar da classificação, com apenas 11 pontos.

A Sociedade Recreativa de Cheganças deslocou-se ao campo do Arneiros e, perdeu por três bolas a duas, fixando-se no final do campeonato, na antepenúltima posição da tabela classificativa. O Arneiros, apesar da vitória, manteve-se no 2º lugar e agora terá de disputar uma poule de acesso, com os outros segundos classificados, para tentar subir à Iª divisão.

A União Recreativa e Desportiva da Atalaia recebeu e empatou com a Cerca e conseguiu, graças à vitória do F. C. Ota, fugir do último lugar, posicionando-se no 11º lugar. A equipa da Cerca terminou em 5º lugar no campeonato.

O Casalinhense recebeu e venceu, por 3-1, o Furadouro e garantiu a subida à Iª divisão distrital. A formação do Furadouro, com esta derrota, ficou em quarto lugar.

O São Pedro, beneficiou da derrota do Furadouro, e ao vencer a Associação Murteirense, subiu e posicionou-se no 3º lugar.

Finalmente, o Campelense e o Sobreirense empataram a uma bola e terminaram o campeonato, em sétimo e sexto, respectivamente.

Terminada mais uma edição do campeonato, seguem-se as diversas análises que habitualmente fazemos à série 1, da IIª divisão distrital, nomeadamente à prestação da equipa de Ota. Para além disso, iremos seguir e dar conta da forma como decorrerá a poule de acesso à primeira divisão distrital, com o Arneiros, Ponte Frielas e Operário Lisboa, e a poule de apuramento de campeão da IIª divisão distrital, com o Casalinhense, Sanjoanense e Cascais.

 

Todas as imagens do encontro entre o F. C. Ota e a Pedra (22ª jornada) em: http://picasaweb.google.com/ptblogota/20100314FCOta4Pedra1#

 



publicado por BLOGOTA às 20:56
link do post | comentar | favorito

Domingo, 14 de Março de 2010
FUTEBOL CLUBE DE OTA 4 - C. S. D. C. PEDRA 1

CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA

22ª JORNADA - ÉPOCA 2009-2010

Foto (da esquerda para a direita): Sandro, Daniel, Souza, Caldeira, Peres, Djaló, Narciso, José Alberto, J. M. Bacalhau, Fernandes e Grilo.

Foto: Onze inicial do Centro Social Desportivo e Cultural da Pedra - Torres Vedras.

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

1 DANIEL DUARTE
15 BRUNO CALDEIRA
9 REGINALDO SOUZA
26 MÁRIO DJALÓ
25 NUNO FERNANDES
22 PEDRO GRILO
4 PERES
8 SANDRO FERREIRA (Cap.)
16 NUNO NARCISO
14 JOSÉ ALBERTO
23 JOÃO MANUEL BACALHAU

 

Foto: Jorge Ribeiro, aos 47 minutos, inaugurou o marcador, neste lance e, estreou-se a marcar com a camisola do Futebol Clube de Ota.

 

Substituições:

45' - Ao intervalo saiu o José Alberto e entrou o RICARDO QUARESMA (19).

45' - Ao intervalo saiu o Peres e entrou o MÁRCIO CARVALHO (7).

45' - Ao intervalo saiu o Sandro Ferreira e entrou o JORGE RIBEIRO (20).

Ao intervalo a braçadeira de capitão passou para o Pedro Grilo.

61' - Saiu o Pedro Grilo e entrou o JOÃO PEDRO BACALHAU (21).

Aos 61 minutos a braçadeira de capitão passou para o Márcio Carvalho.

Suplente não utilizado: Paulo Parafuso.

Não convocados: Rui Correia, Tó Nando, Luis Gonçalves, Paulo Filipe e João Rodrigues, João Fonte, Filipe Antunes, Ricardo Fachada e Hélder Monteiro.

Lesionados: António Faria, Sérgio Paulino e  Flávio Ferreira.

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 39 minutos, para o Nuno Narciso, por ter protestado contra uma decisão do árbitro.

Centro Social Desportivo e Cultural da Pedra:

Cartão Amarelo aos 21 minutos, para o jogador Nº 77, por ter protestado contra uma decisão da equipa de arbitragem.

Cartão Amarelo aos 50 minutos, para o jogador Nº 28, por ter cometido uma falta, no interior da área, sobre o João Manuel Bacalhau.

Resultado ao intervalo: 0-0

 

Foto: João Manuel Bacalhau, aos 59 minutos, neste lance finalizado de cabeça, fez o segundo golo para a equipa de Ota.

 

MARCHA DO MARCADOR:

1-0 aos 47 minutos por JORGE RIBEIRO. Na sequência de uma jogada desenvolvida pelo lado direito, o Caldeira cruzou a bola para a área onde, numa primeira instância, o João Manuel Bacalhau e um defesa contrário falharam o toque na bola, acabando a mesma por sobrar para o Jorge Ribeiro que, com um toque em habilidade, com o pé direito, fez a bola passar por cima do guarda redes, fazendo um golo de belo efeito.

2-0 aos 59 minutos por JOÃO MANUEL BACALHAU. Na sequência de uma jogada desenvolvida pelo lado esquerdo, o Narciso cruzou, com conta peso e medida, para a entrada da grande área, onde apareceu o João Manuel Bacalhau a cabeceá-la de forma fulgurante, sem hipótese de defesa para o guardião contrário.

3-0 aos 64 minutos por NUNO NARCISO. Na sequência de um lance de bola parada contra a equipa de Ota, os jogadores da Pedra subiram todos até à grande área da equipa visitada e perderam o lance, saindo um contra ataque rapidíssimo lançado pelo Quaresma, para o Nuno Narciso, que correu 50 mts com o esférico, até à grande área contrária, onde com o pé esquerdo introduziu a bola rasteira, junto ao poste esquerdo da baliza do Pedra.

4-0 aos 86 minutos por RICARDO QUARESMA. Após uma recuperação de bola em zona ofensiva, o João Pedro Bacalhau deu o esférico para o Ricardo Quaresma, à entrada da grande área, descaido para o lado direito, de onde desferiu um potente remate que levou a bola a entrar junto ao ângulo superior esquerdo da baliza visitante.

4-1 aos 89 minutos pelo jogador Nº 14. A jogada foi desenvolvida pelo lado direito do ataque visitante, até à linha de fundo, de onde saiu um cruzamento para o segundo poste onde, sem qualquer tipo de marcação, apareceu o jogador Nº 14, a cabecear o esférico para o fundo das redes da baliza do F. C. Ota.

Foto: Neste lance, aos 64 minutos, o Nuno Narciso, após uma louca correria de 50 mts com a bola, fez com o pé esquerdo, o terceiro golo para a sua equipa. 

 

CRÓNICA DO JOGO:

Realizou-se hoje, em Ota, o último jogo oficial da época 2009/2010, para a equipa sénior do F. C. Ota, na qual defrontrou a Pedra, clube do concelho de Torres Vedras.

Para este jogo da última jornada do campeonato, o técnico David Sopa, teve dezasseis jogadores à disposição, sendo de salientar o regresso ao lote dos convocados do Paulo Parafuso, já recuperado de uma arreliadora lesão.

Na baliza jogou o Daniel Duarte. Na direita da defesa alinhou o Caldeira, na esquerda o Nuno Fernandes e no eixo central da defesa o Souza e o Djaló. O trinco foi o Grilo, acompanhado pelo duplo pivot de meio campo constituido pelo Sandro e Peres. Na direita do ataque jogou o José Alberto, na esquerda o Narciso e no eixo do ataque o João Manuel Bacalhau.

A equipa de Ota entrou determinada em vencer este jogo, para confirmar a excelente segunda volta que efectuou e logo aos 40 segundos de jogo dispôs de uma grande oportunidade golo quando o Nuno Narciso entrou pela esquerda, cruzou para a zona frontal da baliza, onde o João Manuel Bacalhau rematou para uma defesa, a dois tempos, do guardião da Pedra.

Aos 6 minutos, na marcação de um livre directo, descaido para o lado direito, o Nuno Narciso obrigou o guarda redes da Pedra a defender para canto.

Aos 12 minutos, o José Alberto, entrou pela direita e rematou cruzado, para uma defesa de recurso do guarda redes visitante. Dois minutos depois, novamente o José Alberto, cruzou o esférico para o João Manuel Bacalhau que a recepcionou, rodou sobre um adversário e rematou, para a bola ser desviada do alvo por um defesa contrário.

Os primeiros vinte minutos de jogo foram de intenso domínio da equipa de Ota, que não estava a ser feliz na finalização, nomeadamente pelas boas intervenções do guarda redes da Pedra.

Na segunda metade, do primeiro tempo, o jogo tornou-se menos intenso, fazendo com que a equipa da Pedra, aparecesse no jogo e criasse algumas oportunidades de golo junto à baliza do F. C. Ota.

Aos 21 minutos, o jogador Nº 10, rematou de fora da área, com a bola a passar por cima da barra da equipa visitada.

Aos 24 minutos, o Nuno Narciso, isolou-se pelo lado esquerdo, com um passe do João Manuel Bacalhau e rematou cruzado, com a bola a sair muito por alto.

Aos 30 minutos, o jogador Nº 11, solto na área adversária, rematou forte, com a bola a passar por cima da barra.

Aos 38 minutos, o mesmo jogador Nº 11, após uma boa jogada de ataque pelo lado esquerdo, finalizou com um pontapé de moinho, com a bola a sair ao lado.

A última chance de golo do primeiro tempo, aconteceu aos 44 minutos, quando o José Alberto entrou na área pelo lado direito e rematou cruzado para uma defesa segura do guardião adversário.

O resultado ao intervalo aceitava-se, porque após uma entrada a todo o gás, a equipa de Ota foi perdendo fulgor, até a equipa adversária equilibrar a partida e criar duas ou três situações de perigo junto à nossa baliza.

 

Foto: Imparável, aos 86 minutos, o Ricardo Quaresma fez, com este grande pontapé na bola, o quarto e último golo da equipa de Ota. 

 

Para a segunda parte, o técnico David Sopa, deixou nos balneários o Sandro, o Peres e o José Alberto, fazendo entrar no rectângulo de jogo, o Márcio, o Jorge Ribeiro e o Ricardo Quaresma.

A verdade è que estas alterações trouxeram outra dinâmica ao jogo da equipa e, apesar de termos entrado bem na primeira parte, a partir de uma certa altura o nosso jogo decaiu de qualidade e terminamos o primeiro tempo de forma amorfa.

O Ricardo Quaresma, após três jogos de castigo, entrou com fome de bola e fez uma grande jogo na posição de médio direito. O Jorge Ribeiro confirmou a época em crescendo que efectuou, realizando o melhor jogo de sempre com a camisola do F. C. Ota. O Márcio jogou na zona intermediária, onde colocou em acção a sua raça e discernimento no lançamento de jogadas de ataque.

Aos 47 minutos, dois minutos depois do reatamento, as alterações já surtiam efeito, com o golo inaugural a ser apontado pelo Jorge Ribeiro, numa fantástica finalização.

A equipa de Ota estava endiabrada e não deixava o adversário respirar, disposta a resolver o jogo bem cedo, neste segundo tempo. Aos 50 minutos, o João Manuel Bacalhau, foi rasteirado na área e o árbitro assinalou o castigo máximo.

Chamado à conversão da grande penalidade, o Souza rematou muito denunciado, permitindo uma boa intervenção ao guarda redes da Pedra, que assim evitou o segundo golo. Ainda na recarga ao penalty, o Quaresma rematou para a baliza e, ao segundo poste o João Manuel Bacalhau esticou-se todo e tocou o esférico contra o poste direito da baliza da Pedra.

Aos 57 minutos, o João Manuel Bacalhau, arrancou em força para a grande área adversária e, em zona frontal à baliza, rematou o esférico com grande violência, contra o poste direito da baliza visitante.

Aos 59 minutos chegou o segundo golo, marcado pelo inevitável João Manuel Bacalhau, que mais uma vez marcou um golo, o décimo primeiro para o campeonato, desta feita num belo golpe de cabeça, após um excelente cruzamento do Nuno Narciso.

Entre o segundo e terceiro golo, registou-se uma alteração na equipa, com a troca do Grilo pelo João Pedro Bacalhau, aos 61 minutos.

Três minutos depois, numa altura de grande domínio e pressão da equipa de Ota, chegou o terceiro golo, apontado pelo Nuno Narciso, após um contra ataque muito rápido conduzido e finalizado pelo nosso extremo esquerdo.

Foram realmente vinte minutos ao melhor nível, aqueles onde a equipa de Ota conseguiu fazer três golos, mas a nossa formação não se dava por contente e continuou em busca de mais golos, fazendo a melhor exibição da época, perante uma equipa muito digna, que soube defender cara a derrota, nomeadamente na primeira parte, mas após esta grande entrada em jogo no segundo tempo, não haveria nenhuma equipa que resistisse ao poderio da formação otense.

Aos 67 minutos, o Quaresma cruzou do lado direito para o coração da área, onde o Nuno Narciso falhou a finalização.

Aos 72 minutos, o João Manuel Bacalhau, no interior da área, rematou rasteiro, para uma defesa com os pés do guardião da Pedra.

Aos 81 minutos, na sequência de um canto marcado na direita pelo Nuno Narciso, a bola caiu ao primeiro poste, onde o João Manuel Bacalhau cabeceou com muito perigo para a baliza adversária.

Aos 85 minutos, após um livre marcado do lado direito pelo Narciso, a bola foi ao segundo poste, onde o Souza cabeceou o esférico ao lado do poste direito da baliza visitante.

Um minuto depois, aos oitenta e seis, chegou um grande momento para o Ricardo Quaresma que, após uma estúpida expulsão contra o Campelense, que lhe custou três jogos de castigo, marcou um grande golo e fechou a contagem para a equipa de Ota, coroando uma grande exibição neste segundo tempo.

Aos 88 minutos, o João Pedro Bacalhau, ainda teve oportunidade para marcar um golo, mas o seu remate levou a bola a passar rente ao poste esquerdo da baliza do Pedra.

Aos 89 minutos, quando a nossa equipa entrava em descompressão e aguardava pelo fim do jogo, a formação da Pedra, numa boa jogada da ataque, a única do segundo tempo, chegou ao merecido tento de honra, não pelo que fez neste segundo tempo, mas sim pelas dificuldades que causou à nossa equipa nos primeiros quarenta e cinco minutos.

Em suma, assistimos a uma exibição de gala da nossa equipa, particularmente na segunda parte, da qual resultou um score absolutamente justo para o que se passou em campo durante os noventa minutos de jogo.

Foto: Aos 89 minutos, o jogador Nº 14, nesta finalização de cabeça, fez o golo de honra para a formação da Pedra.

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem para a partida desta última jornada do campeonato foi composta pelo Guilherme Cardoso (árbitro principal), Paulo Aragão e David Alves (árbitros assistentes).

No cômputo geral foi uma arbitragem calma, segura e responsável, apesar de terem ficado dúvidas em dois lances, no segundo tempo, na área da Pedra. No primeiro, aos 52 minutos, pareceu-nos que um jogador da Pedra jogou, de forma deliberada, o esférico com a mão. No segundo, aos 70 minutos, o João Manuel Bacalhau foi impedido de jogar a bola, por um defesa contrário, que lhe passou um braço pelo pescoço, tendo-o desiquilibrado.

Em termos disciplinares estiveram em bom plano, até porque os jogadores das duas equipas facilitaram, procurando acima de tudo jogar à bola, o que è sempre de saudar.

   



publicado por BLOGOTA às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Sábado, 13 de Março de 2010
CAMPEONATO DISTRITAL DE INFANTIS (IIª Divisão)

VS

 

FUTEBOL CLUBE DE OTA 1 - GRUPO DESPORTIVO VIALONGA 2

Parque de Jogos dos Linhais - Ota

2ª Fase "B" - Série 1 - 4ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 0-1)

Foto (em pé, da esquerda para a direita): Paulo Botas, João Arrais, Afonso Pereira, Sandro Santos, Gonçalo Pinto, André Torneiro e João Pedroso. (Em baixo, da esquerda para a direita): Bernardo Deodato, Pedro Vieira, Marcelo Azevedo, Ivo Rebelo, João Bairreira, Rafael Brás, Marcelo Vitorino, José Maria e Daniel Carvalho.

 

Incidências do Jogo:

De regresso a casa, a nossa equipa de Infantis, teve oportunidade de jogar com o céu limpo, sem chuva e água no campo, o que já não acontecia há algumas semanas.

Na primeira parte, o jogo foi muito disputado a meio campo, com as duas formações a criarem pouquíssimas oportunidades de golo.

A única oportunidade de golo flagrante aconteceu aos 28 minutos, ou seja, a dois para o intervalo e, foi para a equipa de Vialonga, quando o jogador nº 6 entrou na área, pelo lado esquerdo, e rematou rasteiro e cruzado, com a bola a entrar na baliza do F. C. Ota, junto ao poste esquerdo.

O resultado ao intervalo aceitava-se porque, na única chance de golo clara para ambas as equipas, a visitante não perdoou e inaugurou o marcador.

No segundo tempo, com o vento a nosso favor, a equipa de Ota dominou por completo o jogo, carregando constantemente sobre o seu adversário em busca, pelo menos, da igualdade.

A equipa de Vialonga tentava, através de lances de contra ataque, ampliar a vantagem e, aos 20 minutos do segundo tempo, contra a corrente do jogo e, num lance faltoso sobre o nosso guarda redes, o jogador nº 6 bisou no encontro e fez o 0-2.

Nos últimos minutos de jogo, com a nossa equipa a jogar com apenas 3 defesas, arriscou-se tudo no ataque, acabando por, aos 25 minutos, o João Arrais, numa bela iniciativa individual, reduzir a desvantagem.

A nossa equipa, depois de marcar o golo, acreditou que ainda seria possível chegar à igualdade e a dois minutos do fim, o Gonçalo Pinto, entrou na área, rematou bem colocado, mas tão bem colocado que levou a bola a beijar a barra da baliza do Vialonga, gorando-se desta forma a oportunidade mais clara para empatar esta partida.

Em suma, assistimos a um bom jogo, particularmente no segundo tempo, no qual a formação otense foi muito superior e merecia vencer este jogo.

Na próxima jornada, dia 20 de Março, a equipa de Infantis do F. C. Ota, desloca-se ao campo do Alhandra, onde entra em acção a partir das 15 horas.

Foto: No último minuto de jogo, neste lance, o Gonçalo Pinto atirou o esférico à barra da baliza do Vialonga.



publicado por BLOGOTA às 20:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim