PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Domingo, 21 de Setembro de 2008
FUTEBOL CLUBE DE OTA 2 - SANTIAGO FUTEBOL CLUBE 3

CAMPEONATO DISTRITAL DA II DIVISÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA 

1ª JORNADA

Foto (da esquerda para a direita): José Júlio, Sopa, Paulo Silva, Narciso, Rodolfo, Faria, Leiroz, Machado, Hélder, Souza e Quaresma.

Foto: Onze inicial do Santiago Futebol Clube, equipa do concelho de Arruda dos Vinhos.

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

12 JORGE MACHADO
19 RICARDO QUARESMA
3 RODOLFO LOPES
5 ANTÓNIO FARIA
21 JOSÉ JÚLIO (Cap)
14 PAULO SILVA
13 REGINALDO SOUZA
7 HÉLDER MONTEIRO
16 NUNO NARCISO
9 DAVID SOPA
17 DAVID LEIROZ

Foto: A primeira contrariedade para a equipa de Ota surgiu logo aos 12 minutos com a lesão do David Sopa, obrigando a equipa técnica  fazer uma alteração prematura.

 

Substituições:

15' - Saiu o David Sopa (lesionado) e entrou o SANDRO FERREIRA (20).

30' - Saiu o Paulo Silva e entrou o MÁRCIO CARVALHO (6).

48' - Saiu o Rodolfo Lopes (lesionado) e entrou o CARLOS SANTOS (4).

66' - Saiu o José Júlio e entrou o FLÁVIO ANSELMO (2).

66' - Saiu o Nuno Narciso e entrou o SÉRGIO PAULINO (10).

Nota: Depois da saida do José Júlio a braçadeira de capitão passou para o braço do Sandro.

Suplentes não utilizados: João Franco e Pedro Pereira.

Não Convocados: Artur Dias, Marco Maria, Vitor Romão e Carlos Paiva

Castigado: Diogo

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 29 minutos para o Reginaldo Souza (por protestos contra uma decisão do árbitro).

Cartão Amarelo aos 55 minutos para o Carlos Santos (por ter cometido uma falta dura sobre o jogador Nº 25).

Cartão Amarelo aos 79 minutos para o António Faria (por protestos contra uma decisão do árbitro auxiliar do lado do público).

Cartão Amarelo aos 80 minutos para o Ricardo Quaresma (por ter simulado uma falta à entrada da grande área adversária).

Cartão Vermelho por acumulação de amarelos aos 57 minutos para o Reginaldo Souza (por se ter envolvido numa pequena escaramuça com o jogador Nº 8 do Santiago).

Santiago Futebol Clube:

Cartão Amarelo aos 54 minutos para o Nº 3 (por protestos contra uma decisão do árbitro).

Cartão Amarelo aos 57 minutos para o Nº 8 (por se ter envolvido numa pequena escaramuça com o Reginaldo Souza).

Cartão Amarelo aos 65 minutos para o Nº 25 (por ter cometido uma falta perigosa sobre o Quaresma).

Cartão Amarelo aos 76 minutos para o Nº 22 (por ter cometido uma falta dura sobre o Faria).

Cartão Vermelho por acumulação de amarelos aos 83 minutos para o Nº 22 (por ter afastado a bola do sítio onde se iria marcar uma falta a favor da equipa da casa). 

Resultado ao Intervalo: 2-2

 

Foto: Festejos dos jogadores de Ota, após a obtenção do golo do empate, quando apenas faltavam 4 minutos para o intervalo.

 

MARCHA DO MARCADOR:

0-1 aos 13 minutos pelo Nº 7. Na marcação de um livre directo, descaido para o lado direito do ataque visitante, o jogador Nº 7 arranca para a bola, passa por cima dela e desmarca-se na área, um dos colegas que estava junto ao esférico, passa-lhe a bola e ele livre de marcação, remata rasteiro e cruzado, fazendo a bola entrar junto ao poste direito da baliza visitada.

0-2 aos 27 minutos pelo Nº 3. Novamente de livre directo, desta vez em zona frontal à baliza, o jogador Nº 3 do Santiago executa na perfeição o livre e a bola entra junto ao poste direito da baliza do Machado.

1-2 aos 36 minutos por DAVID LEIROZ. Canto apontado na esquerda pelo Sandro Ferreira, a bola cai na pequena área e perante a inércia do guarda redes, apareceu o David muito oportuno a cabecear para o fundo das redes. 

2-2 aos 41 minutos por SANDRO FERREIRA. Novo canto apontado na esquerda, desta vez pelo Márcio Carvalho, que jogou curto com o Sandro, este recebeu a bola junto à quina da grande área e sem oposição fez um belíssimo remate em arco, com o pé direito, levando a bola a entrar ao ângulo superior esquerdo da baliza do Santiago.

2-3 aos 60 minutos pelo Nº 7. De novo na marcação de um livre directo, em zona frontal à baliza do F. C. Ota, o jogador do Santiago executou na perfeição o remate, com a bola a entrar junto ao poste direito do Jorge Machado.

Foto: Festejos dos jogadores visitantes, após a obtenção do terceiro golo.

 

CRÓNICA DO JOGO:

Mais uma vez cumpriu-se a tradição. Depois de uma vitória na pré-eliminatória da Taça da A. F. Lisboa chegamos à 1ª jornada do campeonato e não conseguimos vencer. É assim há três épocas consecutivas.

Pior que não conseguir vencer, foi mesmo ter registado a primeira derrota do campeonato e logo no nosso reduto.

Para a jornada inaugural do campeonato, a equipa técnica viu-se forçada a fazer algumas alterações em relação à partida do passado domingo e apresentou um esquema táctico baseado no 4x2x3x1.

Na baliza manteve-se o Jorge Machado. Na defesa jogaram o Quaresma (direita), José Júlio (esquerda) e na zona central o Rodolfo e o Faria. Os dois trincos foram o Paulo Silva e o Reginaldo Souza.  Na direita ofensiva jogou o Narciso, na esquerda o Sopa, na posição 10, o Hélder Monteiro. A ponta de lança jogou o David Leiroz.

Foram três as alterações em relação ao onze inicial da passada semana, sairam o Marco Maria, o Sandro Ferreira e o Sérgio Paulino e entraram o José Júlio, o Hélder Monteiro e o David Leiroz.

A equipa de Ota não entrou bem na partida e foi a equipa do concelho de Arruda dos Vinhos a criar a primeira grande situação de golo, quando aos 6 minutos o jogador Nº 9 remata de fora da área, com a bola a bater na barra da baliza do F. C. Ota.

Na resposta, imediatamente no minuto seguinte, o Leiroz acreditou que o guarda redes poderia falhar uma jogada com os pés, e ganhou-lhe a bola, mas esta escapou para a esquerda e já com pouco ângulo rematou para uma defesa apertada do guardião visitante.

Aos doze minutos o Sopa lesionou-se e a equipa perdeu alguma concentração, da qual resultou uma perda de bola a meio campo que fez com o José Júlio cometesse uma falta junto à grande área, onde na marcação da mesma surgiu o primeiro golo do encontro.

O Sopa acabou por ser substituido pelo Sandro Ferreira, o qual foi ocupar a posição 10, passando o Hélder Monteiro para a esquerda do ataque.

A equipa de Ota demorou a reagir à desvantagem e à passagem da meia hora viu-se mesmo em desvantagem por dois golos, após mais um golo de livre directo obtido pela equipa de Santiago dos Velhos.

A equipa técnica de Ota decidiu, após o segundo golo, efectuar mais uma alteração, com a saida do Paulo Silva, entrando para o seu lugar o Márcio Carvalho, que também foi ocupar a posição de trinco, mas com mais predisposição para atacar.

Revelou-se certeira esta alteração porque a equipa cresceu no jogo e obrigou a formação adversária a encostar-se à sua área. Com essa atitude a equipa de Ota foi premiada e conseguiu em cinco minutos empatar a partida e levar o jogo empatado para o descanso.

Foto: Lance muito duvidoso na segunda parte entre o Guarda Redes do Santiago e o David Leiroz, em nossa opinião ficou uma grande penalidade por assinalar contra a equipa visitante e possivel expulsão do guardião adversário.

 

Na etapa complementar a equipa de Ota entrou disposta a dar por completo a volta ao marcador, mas logo aos 3 minutos surgiu mais uma contrariedade com a lesão do Rodolfo, que fez com o Márcio recuasse para líbero, entrando o Carlos Santos para trinco.

Aos 53 minutos o Nuno Narciso entra pela esquerda e remata forte para uma boa intervenção do guarda redes contrário.

Aos 57 minutos entrou em acção o árbitro auxiliar do lado dos bancos de suplentes, que descortinou uma agressão mútua entre o Souza e o Nº 8, quando o que se passou foi os normais agarrões quando se marca um adversário antes da marcação de uma falta. Aliás, lances destes veêm-se todos os dias nas transmissões televisivas e normalmente os árbitros têm uma atitude pedagógica separando e ameaçando que para a próxima mostram as respectivas cartolinas. Neste caso o Nuno Rocha (árbitro auxiliar) decidiu chamar o árbitro para a amostragem das cartolinas amarelas aos dois jogadores, acabando a equipa de Ota por ser a mais penalizada, porque foi o segundo amarelo mostrado ao Souza.

Este lance, ou mais propriamente esta decisão polémica, acabou por enervar os jogadores e adeptos da equipa de Ota e nunca mais a equipa de arbitragem conseguiu colocar ordem nos consecutivos disparates que foram cometendo até final da partida, sempre com prejuízo para a equipa visitada.

Antes do terceiro golo do Santiago, ainda o Machado conseguiu evitar de forma quase milagrosa o golo do adversário com duas intervenções absolutamente «à queima».

Aos 60 minutos o Saraiva Santos (árbitro) assinala uma falta inexistente contra a equipa de Ota e desse lance nasceu o terceiro golo da equipa de Santiago, mais uma vez, e para não variar, novamente na marcação de um livre directo.

Com meia hora para jogar e com menos um jogador a equipa de Ota acreditou e mesmo a jogar contra 14 conseguiu encostar os homens de Arruda dos Vinhos às cordas, de onde nunca mais sairam até ao final do encontro.

Aos 65 minutos registaram-se as duas últimas alterações com as saidas do José Júlio e Narciso, entrando para os seus lugares o Flávio e o Paulino.

O Flávio veio dar outra dinâmica ao lado esquerdo da equipa de Ota e o Paulino foi acompanhar o David Leiroz na frente de ataque.

Os últimos minutos foram de intensa pressão sobre o adversário com algumas oportunidades flagrantes para conseguir empatar a partida, mas quer por falta de sorte ou por boas intervenções do guarda redes, não foi possivel chegar à igualdade.

Ainda assim ficaram duas grandes penalidades por assinalar, uma quando o guarda redes derruba o Leiroz e outra na sequência de um canto quando a bola è desviada com o braço da cabeça do José Júlio que se preparava para fazer o golo.

A cinco minutos do fim o Sandro aponta de forma perfeita um livre directo, com a bola a encaminhar-se para o ângulo superior direito da baliza do Santiago, mas in-extremis apareceu o guarda redes adversário a fazer a defesa da tarde.

Em suma a equipa de Ota deu 30 minutos de avanço na primeira parte e depois foram 60 minutos de massacre total, aliás todos os jogadores deixaram a pele em campo, e quando digo que deixaram pele è mesmo no sentido literal do termo, não è Leiroz? Os jogadores tudo fizeram para não sairem derrotados desta partida e no mínimo mereciamos ter empatado esta partida. A equipa de Santiago mostrou-se organizada e teve a arte e engenho para marcar três golos de bola parada. Depois da obtenção do terceiro golo a equipa remeteu-se à defesa e fê-lo com muita abegnação, mas não merecia a sorte de sair com três pontos do Parque de Jogos dos Linhais.

Foto: Na parte final do jogo o Flávio tem este remate que levava o selo de golo, mas o defesa do Santiago pôs a cabeça à bola e desviou-a para canto.

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem nomeado para o encontro desta tarde foi constituido pelo José Saraiva Santos, como árbitro principal, Nuno Rocha, auxiliar do lado dos bancos e Carlos Cordeiro, auxiliar do lado do público. 

Este trio realizou uma primeira parte de bom nível, não tendo anotado qualquer erro ou má interpretação no decorrer desta parte do encontro.

Na segunda parte borraram a pintura toda e acabaram por sair do terreno de jogo debaixo de fortes apupos e outros insultos que raramente acontecem no nosso Parque de Jogos.

No entanto a culpa dessa situação foi toda deles, porque conseguiram estragar uma partida que estava ser bem disputada, correcta e sem lances de dificil ajuizamento.

O primeiro a estragar o ambiente foi o Nuno Rocha quando decidiu aconselhar o Saraiva Santos a expulsar o Souza, na sequência de um lance banal, daqueles que acontecem em todas as partidas de futebol, sem ser necessário agir disciplinarmente.

Depois o árbitro principal e o auxiliar do lado do público não viram duas grandes penalidades contra o Santiago, o que, como è natural, ainda incendiou mais os ânimos.

No primeiro lance e na sequência de um canto apontado na direita a bola vai direitinha à cabeça do José Júlio, sendo desviada com o braço no último instante, por um defesa contrário. Pouco depois o Leiroz isola-se, entra na área e è atropelado pelo guarda redes, ambos caiem para o chão a rebolar e o auxiliar decide marcar lançamento de linha lateral.

Em suma, primeira parte boa, segunda parte disparatada, com claro prejuízo para a equipa de Ota.

 



publicado por BLOGOTA às 20:47
link do post | comentar | favorito

14 comentários:
De Anónimo a 21 de Setembro de 2008 às 22:47
o post ta completo?


De Anónimo a 22 de Setembro de 2008 às 00:07
é o normal o Ota perde a culpa é dos árbitros


De Anónimo a 22 de Setembro de 2008 às 00:52
os arbitros fartaram se de fazer porcaria, que vergonha, ta gira a parte do leiroz deixou a pele em campo, porque corresponde realmente á verdade.
Força Ota


De quaresma a 22 de Setembro de 2008 às 01:00
tens que começar a ir ver os jogos do ota,para nao pores em duvida que neste jogo perdemos por culpa do arbitro!!!!


De MA a 22 de Setembro de 2008 às 10:33
engraçado, quando o FCOta perde, é sempre culpa dos arbitros......


De Puto Nuno a 22 de Setembro de 2008 às 11:29
cala a boca frustrado......


De Pedro Pereira a 22 de Setembro de 2008 às 11:54
O Ota perdeu porque o Santiago marcou 3 e o Ota 2.

E porque a arma secreta não saiu do banco.

Não, não era eu, era o Stala.


De Anónimo a 22 de Setembro de 2008 às 12:06
começou como era esperado só uma situação foi diferente daquilo que eu espereva foi o pimel estar no banco


De anonimo a 22 de Setembro de 2008 às 12:36
o pimel esta quando pode ao contrario to estavas mas era para aranjares merda nao te esquesas da catura se es homen


De Anónimo a 22 de Setembro de 2008 às 12:53
Apesar de nao terem ganho, foi um regalo ver o esforço da esquipa da Ota, a linha de ataque pareciam verdadeiros guerreiros, Parabens Ota


De Anónimo a 26 de Setembro de 2008 às 23:23
Ainda bem que há alguem que realmente consegue perceber k fizemos um esforço enorme para tentar ganhar o jogo ao contrário de cetos palhaços k andam aki é a gozar com o esforço dos outros.


De Pedro Pereira a 22 de Setembro de 2008 às 15:13
Epá, não sabia que havia tanto gajo chamado Ánónimo.

Já não se pode perder um joguito???

Vá lá, tenham calma


De Adepto a 23 de Setembro de 2008 às 10:41
para o ano vão buscar jogadores aos veteranos e outros ao penafirme da mata!! e depois digam que a culpa é dos árbitros ......


De anonimo a 24 de Setembro de 2008 às 16:44
jÀ comessa a trapalhada


Comentar post

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim