PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Domingo, 21 de Dezembro de 2008
FUTEBOL CLUBE DE OTA 0 - C. S. D. C. PEDRA 4

CAMPEONATO DISTRITAL DA II DIVISÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA 

12ª JORNADA

Foto (da esquerda para a direita): Rodolfo, Faria, Artur, Carlos Paiva, Paulo Silva, Nuno Narciso, Pedro Pereira, Carlos Santos, Quaresma, Diogo e Márcio Carvalho.

Foto: Onze inicial do Centro Social Desportivo e Cultural da Pedra (concelho de Torres Vedras).

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

1 DIOGO
19 RICARDO QUARESMA
3 RODOLFO LOPES
5 ANTÓNIO FARIA
2 ARTUR DIAS
14 PAULO SILVA
4 CARLOS SANTOS
15 MÁRCIO CARVALHO
8 PEDRO PEREIRA
16 NUNO NARCISO
22 CARLOS PAIVA

Foto: David Leiroz conclui de cabeça um cruzamento da esquerda feito pelo Artur Dias, aos 12 minutos do segundo tempo, mas o guarda redes visitante corresponde com uma defesa segura.

 

Substituições:

33' - Saiu o Carlos Paiva e entrou o DAVID LEIROZ (17).

58' - Saiu o Carlos Santos e entrou o HÉLDER MONTEIRO (6).

62' - Saiu o Artur Dias e entrou o JOSÉ JÚLIO (21).

62' - Saiu o Ricardo Quaresma e entrou o SÉRGIO PAULINO (10).

Suplentes não utilizados: Paulo Filipe, Sandro Ferreira e José Alberto.

Não Convocados: Jorge Machado, Flávio Ferreira, David Sopa, Reginaldo Souza.

Castigado: Marco Maria

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Nada a assinalar (por incrivel que pareça!)

Centro Social Desportivo e Cultural da Pedra:

Nada a assinalar (por incrivel que pareça!)

Resultado ao Intervalo: 0-1

 

Foto: Aos 25 minutos do segundo tempo, o Pedro Pereira dispara um tiro de fora da área, ao qual corresponde o guarda redes da Pedra com uma enorme defesa para canto.

 

MARCHA DO MARCADOR:

0-1 aos 45 minutos pelo Nº 10 (penalty). Na sequência de uma canto batido na direita do ataque visitante a bola teima em não sair da nossa área e o Rodolfo tenta aliviar o esférico junto a um adversário, este aproveita para gritar muito alto e fingir que foi atingido pelo nosso defesa. O árbitro caiu na esparrela e assinalou grande penalidade que foi convertida pelo jogador Nº 10 com um remate a meia altura para o lado direito do Diogo, lançando-se este, para o lado contrário.

0-2 aos 60 minutos pelo Nº 10. O jogador da Pedra entra em velocidade na grande área, pela direita da nossa defesa e com pouco ângulo executa um remate em arco que levou a bola a entrar junto ao ângulo superior esquerdo da baliza guardada pelo Diogo. Um grande golo, sem dúvida a melhor finalização desta tarde no Parque de Jogos dos Linhais.

0-3 aos 84 minutos pelo Nº 26. Na sequência de um canto marcado na esquerda do ataque da Pedra, aconteceu mais uma inacreditavel falha de marcação neste tipo de lance, e o jogador Nº 26 à entrada da pequena área, correspondeu com um cabeceamento letal para a nossa baliza.

0-4 aos 87 minutos pelo Nº 10 (?). Inacreditável, è o termo indicado, para definir este golo obtido pela formação visitante. O lance começa numa falta dura a meio campo cometida sobre o Paulo Silva, o árbitro não assinala a infracção e o nosso jogador envolve-se ao murro, empurrões e pontapés com o adversário que o havia rasteirado, o árbitro envolve-se no lance para os separar e ignora o desenrolar do lance. Relembramos aqui que o juiz da partida nunca apitou para interromper a partida. Entretanto quase todos os jogadores correram em direcção ao jogadores envolvidos na escaramuça, com excepção do Nº 10 (não temos bem a certeza se terá sido este o jogador) que correu isolado para a nossa baliza e à saida do surpreendido Diogo, acabou por rematar cruzado, fazendo a bola entrar rasteira junto ao poste direito da baliza do F. C. Ota. Incrivel, em muitos anos de futebol nunca tinha visto um lance similar, o árbitro, pura e simplesmente não viu o golo e ficou a falar com os jogadores, a agarrar, a largar, e nunca mostrou um único cartão. Para além disso, esqueceu-se registar este golo, como verão mais à frente quando fizermos a análise à prestação da equipa de arbitragem.

Foto: José Júlio aqui neste lance deixa-se antecipar pela saida rápida do Guarda Redes da Pedra dos seus postes.

 

CRÓNICA DO JOGO:

Disputou-se esta tarde, em Ota, o último jogo do ano 2008, para a 12ª jornada da série 1, da 2ª divisão distrital de Lisboa.

Tivemos uma tarde solarenga e calorenta e ainda um bom terreno para a prática de futebol.

Em relação à jornada anterior há a registar três substituições no onze titular do Futebol Clube de Ota. Hélder Monteiro, José Júlio e o Reginaldo Souza perderam esse estatuto para o Artur Dias, António Faria e Carlos Santos.

Assim sendo, o técnico Diogo Carvalho dispôs o jogadores em 4-3-3, com o Diogo entre os postes, acompanhado no quarteto defensivo pelo Quaresma à direita, o Artur Dias na esquerda e no eixo central da defesa o Rodolfo e o Faria.

O Paulo Silva voltou à posição de trinco e os pivots de meio campo foram o Carlos Santos e o Márcio Carvalho.

Na frente de ataque jogaram o Pedro Pereira a extremo direito, o Narciso na esquerda e o Carlos Paiva no eixo do ataque otense.

O encontro começou logo com uma grande oportunidade para a equipa de Ota inaugurar o marcador, mas o Nuno Narciso foi infeliz na finalização.

Com uma excelente dinâmica a equipa de Ota encostou o seu adversário às cordas e desperdiçou diversas oportunidades para marcar na primeira meia hora de jogo.

Nesta altura do encontro o nosso guarda redes era um mero espectador da partida que se desenrolava no meio campo adversário.

Aos vinte e um minutos, o Márcio Carvalho entrou na grande área, foi rasteirado e apesar de ter hesitado, o árbitro mandou seguir a partida, cometendo aqui o seu primeiro erro grave.

Aos trinta minutos o Pedro Pereira apareceu em boa situação para marcar, mas o seu remate com o pé direito saiu fraco e ao lado do poste direito da baliza do Pedra.

Aos trinta e três minutos, num lance de contra ataque, o Carlos Paiva sofreu uma falta dura e teve que ser substituido pelo David Leiroz, que foi ocupar a posição deixada vaga pelo seu colega.

Aos trinta e nove minutos, na sequência de um canto, a defensiva do Pedra passou por uma situação aflitiva, mas os nossos jogadores não foram capazes de concluir o lance com sucesso.

Com o jogo a aproximar-se do intervalo, a formação da Pedra começou a acercar-se com mais regularidade da nossa baliza e aos quarenta e três minutos, depois de um canto apontado na direita do ataque visitante, a bola andou aos repelões na grande área e quando o Rodolfo tentou aliviá-la definitivamente, viu um adversário aproveitar para deixar-se cair aos gritos, reclamando que havia sido pontapeado pelo nosso defesa. O árbitro deixou-se enganar e assinalou grande penalidade a favorecer os visitantes, que não se fizeram rogados e foram para o intervalo a vencer por uma bola a zero.

O resultado ao intervalo era tremendamente injusto para a nossa equipa, até porque dando de barato o penalty para a formação visitante, não nos podemos esquecer das oportunidades que desperdiçamos e da grande penalidade cometida sobre o Márcio que o árbitro não assinalou. 

 

Foto: Depois do descalabro da nossa equipa, o Diogo evitou alguns golos, como podemos verificar neste lance em que efectuou uma brilhante defesa para canto. 

 

No recomeço do encontro, a equipa da Pedra entrou melhor, e criou diversas situações para ampliar a vantagem.

A equipa de Ota pareceu entrar ainda a digerir a injustiça de ter sofrido um golo no final da primeira parte e ainda por cima do modo como esse tento foi obtido.

Aos cinquenta e quatro minutos o jogador Nº 16 rematou forte, com a bola a sair rente ao poste direito do Diogo.

Aos cinquenta e sete minutos o Artur teve uma boa iniciativa pela esquerda culminada com um cruzamento bem medido para a cabeça do David Leiroz, que executou um cabeceamento como mandam as regras, mas o guarda redes da Pedra encaixou bem o esférico.

Aos cinquenta e oito minutos, o técnico Diogo Carvalho decidiu alterar o xadrez, fazendo entrar o Hélder Monteiro para o lugar do Carlos Santos.

Dois minutos depois dessa alteração sofreu o segundo golo, num grande lance individual pela esquerda do Nº 10, que concluiu o lance em grande estilo, fazendo o melhor golo da tarde.

Logo de seguida registaram-se mais duas alterações na formação visitada, com a saida do Artur Dias e do Ricardo Quaresma, entrando o Sérgio Paulino e o José Júlio.

A equipa entrou para a última meia hora de jogo a perder por dois a zero e a jogar em 3-4-3, com Faria - Rodolfo - José Júlio na defesa, Paulo Silva - Pedro Pereira - Márcio - Hélder na zona intermediária e Paulino - Leiroz - Narciso no ataque.

Aos sessenta e cinco minutos o árbitro assinalou uma grande penalidade a favor do F. C. Ota, por mão na bola do Nº 16 no interior da grande área, mais uma vez sem a amostragem da respectiva cartolina amarela.

Chamado a marcar a penalidade, o Paulino partiu para a bola e rematou muito forte, com a bola a subir demasiado e a passar por cima da barra da baliza do Pedra.

Apesar deste lance ter marcado negativamente a possivel recuperação da nossa equipa, a verdade è que a equipa continuou a carregar em cima do adversário e aos setenta minutos o Pedro Pereira arrancou um grande pontapé de fora da área, correspondido pelo guarda redes da Pedra com uma grande defesa para canto.

Na sequência desse canto apontado pelo mesmo Pedro Pereira, a bola foi desviada, ao primeiro poste, com o braço por um jogador visitante. Desta vez porém o árbitro não terá visto e não assinalou a devida grande penalidade a favor do F. C. Ota.

Aos setenta e oito minutos o Narciso entrou isolado na grande área e rematou rasteiro com o pé esquerdo, mas mais uma vez o guarda redes encaixou muito bem a bola rematada pelo nosso esquerdino.

Perante este assédio ofensivo do F. C. Ota, a manta ia ficando decoberta lá atrás e de vez em quando a Pedra lançava uns contra ataques venenosos.

Aos oitenta e quatro minutos deu-se o golpe final nas aspirações de recuperação da nossa equipa, quando na sequência de um canto a equipa da Pedra chegou aos três a zero.

Três minutos depois deu-se o lance mais caricato desde que vejo futebol distrital e a equipa da Pedra alcançou o quarto tento.

Os últimos minutos foram passados com os jogadores a agredirem-se mutuamente, os bancos de suplentes idem, e o árbitro a dialogar, a separar, completamente desnorteado, sendo que o melhor que ele fez foi acabar a partida antes de terminar o periodo de compensações, antes que alguém saisse seriamente magoado da batalha campal em que se transformaram os momentos finais deste triste jogo.

Em resumo, esta partida fica marcada por esta tristeza de arbitragem que teve influência determinante no resultado final deste jogo.

A equipa visitante aguentou bem a pressão inicial da nossa equipa e depois foi beneficiando dos erros grosseiros deste trio de infelizes que se deslocaram ao Parque de Jogos do Linhais.

 

Foto: Foi assim que os últimos minutos do jogo desta tarde foram passados, perante a total incapacidade do árbitro em exercer a autoridade que as leis de jogo determinam. 

 

ARBITRAGEM:

Já muito foi dito sobre a arbitragem vergonhosa que tivemos oportunidade de assistir esta tarde no Parque de Jogos dos Linhais.

O trio de arbitragem teve uma actuação desastrosa e com clara influência no resultado final do jogo.

Alguns dos lances críticos já foram devidamente desenvolvidos anteriormente e muitos outros ficaram por desenvolver.

Em termos disciplinares o jogo deveria ter acabado com oito jogadores para cada lado e nem um amarelo foi mostrado.

Ele houve agressões, pontapés, empurrões, murros e bocas foleiras...muitas bocas foleiras. E o que fez o árbitro???? BLOQUEOU, disse ele no final ao nosso delegado.

Posto isto resta-nos aconselhar o árbitro auxiliar do lado dos bancos de suplentes fugir depressa dos restantes colegas de ofício. O Miguel Silva, auxiliar de cor, que ainda assim foi o menos mau deste trio de infelizes, e no final acabou mesmo por pedir desculpas ao nosso delegado, por tudo o que os colegas fizeram durante os noventa minutos.

Quanto ao outro auxiliar, o Miguel Durão, fez jus ao nome e foi um dos principais instigadores do mau ambiente que se foi criando no decurso dos noventa minutos.

Este individuo, só è Durão com as costas quentes, ou seja, com os agentes da autoridade a defender-lhe o traseiro.

O Miguel Durão já tem uma história longa em Ota, só foi pena que na primeira passagem pela nossa terra ter sido o seu colega a pagar as favas. Aliás, o energúmeno tem memória e também disse ao nosso delegado, quando se encaminhavam para as cabines ao intervalo, que ainda não se tinha esquecido do que se tinha passado há quatro anos atrás.

O Miguel Durão è um daqueles casos perdidos da arbitragem distrital, aliás o outro auxiliar também nos disse que quando soube da nomeação para esta partida, recebeu logo uma chamada de outro colega a avisá-lo para ter cuidado porque vinha acompanhar dois tipos que só arranjam problemas por onde passam.

Mesmo assim, não nos esquecemos que na passada temporada o Miguel Durão esteve em Ota, a auxiliar o árbitro do jogo frente ao Fontainhas (Taça da Associação de Futebol de Lisboa) e nesse dia nada de anormal aconteceu. Será que era por se ter feito acompanhar, nesse dia, por uma companhia feminina?

Quanto ao árbitro do jogo, o Fábio Santos, repetimos aqui aquilo que lhe dissemos quando saiu da cabine: LARGUE O APITO, E DEDIQUE OS DOMINGOS À TARDE PARA IR AO CINEMA!

Era um favor que fazia ao futebol distrital, até porque qualquer dia aparece algum dirigente estrábico que o faz subir de categoria e de porcaria como os Benquerenças & CA já estamos todos fartos.

A cereja no topo do bolo da actuação deste tipos ficou guardada para o final quando os delegados de ambas as equipas foram recolher a ficha de jogo aos balneários e a mesma ditava o resultado final de 0-3. Só depois dos elementos da equipa visitante reclamarem è que a equipa de arbitragem alterou o resultado para os 0-4.

    



publicado por BLOGOTA às 19:28
link do post | comentar | favorito

37 comentários:
De Anónimo a 21 de Dezembro de 2008 às 20:31
pegando numa frase de um grande jogador de seu nome nuno narciso " Atenção..nós estamos aí e vamos dar muita luta aos adversários!!
Com muita vontade, crer e sem lesões fazemos uma grande 2 volta!!" é pena só ter durado uma semana.. eheheheh.

acontece aos melhores qt mais ao piores...


De quaresma a 21 de Dezembro de 2008 às 21:11
ganha uma vida


De Zé Tonho a 21 de Dezembro de 2008 às 21:16
Deicha de jogar era um bem que fazias ao Ota


De ota sempre a 22 de Dezembro de 2008 às 18:01
Realmente há pessoas que só estão bem é quando as coisas correm mal aos outros e tu deves ser um daqueles gajos muito frustrados que só consegue existir e ter alguns momentos de felicidade perante a infelicadade dos outros, pois essa tua alegriia com as derrotas do GRANDE F.C.OTA mostra claramente aquilo que tu és, és do tipo que te dás muito bem com todas as pessoas que estão no F.C.OTA e dás palmadinhas nas costas de todos e depois vens para aqui descascar em toda a gente! Tenho razão não tenho?


De Gorila a 22 de Dezembro de 2008 às 18:06
Ou então alguém lá do Ota lhe fez um jeitinho à mulher. É que esta raiva toda não é normal


De Zé Tonho a 22 de Dezembro de 2008 às 18:14
Por acaso não tenho esposa mas a tua costuma tar lá no Alto da Burralha


De quare a 21 de Dezembro de 2008 às 21:17
e tu suicida-te era um bem que fazias a humanidade


De Zé Tonho a 21 de Dezembro de 2008 às 21:20
Opah tem calma nem sei como jogas o Diogo é da tua familia

Até o Becas joga melhor que tu


De BLOGOTA a 21 de Dezembro de 2008 às 21:26
Vá lá, tenham calma, deixem-me acabar o post.


De Paulino a 22 de Dezembro de 2008 às 09:44
Epah oh Quaresma este gajo tem razão mas eu também não posso falar muito

Não jogamos nada todos escapa o Narciso


De quare a 21 de Dezembro de 2008 às 21:29
da familia do diogo nao.
mas podes me chamar de pai se quizeres


De Zé Tonho a 21 de Dezembro de 2008 às 21:34
O que é que tu queres vamos a ver se o meu pai não te parte essa carinha oh puto


De quare a 21 de Dezembro de 2008 às 21:39
ya
tao que tal nao dizeres mal dos meu colegas ??????
ou entao cm ja disse antes se fazes melhor aparece la pa treinar pode ser k sejas inscrito


De Zé Tonho a 21 de Dezembro de 2008 às 21:47
Eu já estou numa equipa oh burro não posso jogar em duas ao mesmo tempo olha e só para te avizar a minha posição é a mesma que a tua por isso seclhar só para te tirar o lugar apareça


De quaresma a 21 de Dezembro de 2008 às 22:04
força ai oh burro
aposto que nao ficavas no plantel mas ta bem
jogas bue
e é de mt mau grado charas burro ao pai


De Zé Tonho a 22 de Dezembro de 2008 às 08:28
Tu ficaste porque não havia mais nenhum senão tu nem nos infantis tens lugar


De Tiago a 21 de Dezembro de 2008 às 23:22
É pá... esse miguel durão foi o arbito no jogo Cerca-Arneiros da 2º jornada.. e só posso dizer que nunca tinha visto nada assim... coisinha tão triste.. enfim.. coisas das distritais..
Força Arneiros!!


De Anónimo a 22 de Dezembro de 2008 às 12:05
O jogo foi um desastre realmente!
Mas resumindo..
A equipa da Ota nao atacou muito enquanto que a outra equipa criou mais oportunidades e todas as que teve marcou..O arbito foi um vigarista sim..
Mas rapazes, nem sempre podemos ganhar, temos é que aprender com estes jogos e tentar melhorar onde falharam!
Força Ota, estou convosco!!


De Anónimo a 22 de Dezembro de 2008 às 12:28
No dia 18 de novembro de 2007 o mesmo Durão esteve em Ota o FCO ganhou e o comentário á arbitragem foi este :

ARBITRAGEM: A equipa de arbitragem liderada pelo Nuno Martinho, auxiliado pelo Miguel Durão e Nélson Henriques realizou um trabalho globalmente positivo. Não ficaram isentos de erros principalmente no capítulo disciplinar, castigando muito a equipa de Ota com cartolinas amarelas e não o fizeram em relação à equipa visitante em lances idênticos. Um ou outro lance tecnicamente mal analisado, mas sem influência no resultado final.

Passado um ano vem-se falar de coisas que aconteceram á quatro anos .... estranho não acham .

Isto parece os tesourinhos deprimentes , não acham ?

Agora deprimente é ver a equipa do FCO a jogar como eu vi .

È triste .


De Rui Branco a 23 de Dezembro de 2008 às 16:20
Quem falou de coisas que aconteceram há quatro anos atrás foi o Miguel Durão (fiscal de linha) e só hoje soube porquê. É que a decisão do que aconteceu há quatro anos atrás foi tomada há um ou dois meses atrás.
Por isso è que ele se portou tão bem no jogo da época passada. As coisas que vamos descobrindo acerca destes idiotas que abundam no futebol distrital. Bom não é só nos distritais, não é Sr. Major Henriques???


De Manuel a 22 de Dezembro de 2008 às 12:49
A quem faz este blog eu gostava que nas análises aos jogos não fosse tau de Ota olhe para os dois lado não só para o que lhe convém.

Os árbitros não são os culpados de os resultados serem sempre os mesmos.


De Anónimo a 22 de Dezembro de 2008 às 13:11
Os árbitos nao sao os culpados, mas nao acha estranho eles cometerem os mesmos erros e sempre a prejudicar a ota??
Daí este árbito nao ser muito apreciado!!!
Eu vi o jogo e realmente o árbito fez muita asneira..


De Manuel a 22 de Dezembro de 2008 às 13:31
Então mas o Ota perde os jogos todos este foi mais um os árbitros não são sempre os culpados


De Anónimo a 22 de Dezembro de 2008 às 13:43
Mas reconheça que este árbitro prejudicou a Ota e n é a primeira vez, é a isso que me refiro!
Aliás no primeiro comentario que fiz reconheci que a Ota nao esteve bem e a outra equipa soube aproveitar melhor as oportunidades para marcar.


De Manuel a 22 de Dezembro de 2008 às 14:04
Nisso tem razão mas também tem que admitir este ano Ota não anda a jogar nada


De Anónimo a 22 de Dezembro de 2008 às 18:22
Mas podes ter a certeza que são culpados de alguns dos resultados que o Ota tem feito este ano e também no ano passado, não tenhas duvidas que desde que o Ota fez o campeonato que fez na sua primeira participação no Distrital da 2ª passou a ser um alvo a abater pelos tipos que mandam nestes gajos, pois o que interessa, seja como for, é ter equipas da zona de Torres, isto na nossa série, a lutar pelos lugares cimeiros e lá para esses lados existem muitos arbitros e principalmente muitos ex-arbitos.


De Manuel a 22 de Dezembro de 2008 às 18:27
Não é só para os lados de Torres as que estão a lutar o Vila Nova que é de aqui tão perto também está a lutar. Mas o Ota desde que fez aquelas dispensas foi logo á vida.


De Rui Branco a 23 de Dezembro de 2008 às 16:23
Meu caro Manuel, remeto a resposta ao seu comentário para o título do Blog.
Efectivamente os árbitros não são sempre culpados das derrotas do F. C. Ota, mas se V/Exa ler com atenção as apreciações às arbitragens verificará que nas últimas partidas até temos apanhado algumas boas equipas de arbitragem, e com sabe as vitórias têm rareado.
Obrigado pelo seu comentário, boas festas.


De Domingos a 22 de Dezembro de 2008 às 23:50
Realmente o "jogo" de ontem foi uma das maiores anedotas a que assiti até hoje, mas muito sinceramente não me admira muito o tipo de comportamento evidenciado pelo Sr. Durão pois este é useiro e veseiro neste tipo de situações e eu sei do que falo pois já vi vários jogos, nomeadamente de camadas jovens, apitados por este senhor e o seu comportamento é sempre de uma arrogância e de uma estupidez impressionantes. Quanto ao "arbitro" o que poderei dizer é que, apesar da revolta que eu sentia ( sinto ) pelo que fomos prejudicados, no fim do jogo acabei, até, por sentir pena dele pois via-se claramente que ele, apesar de não ter qualquer jeito para a função, foi pressionado de tal maneira, por alguém, que entrou no campo sem saber muito bem como deveria agir e só assim se compreende a forma como ele ( não) apitou o jogo e este ter chegado ao fim sem qualquer sanção disciplinar, quer para os jogadores quer para os bancos, pois de certeza que ele em circunstâncias normais faria "sangue". Voltando ao tal do Durão podem, todos os que são adeptos do Ota, ter a certeza que ele quando tiver hipótese vai novamente prejudicar a nossa equipa, pelo menos foi o que eu depreendi das palavras que ele me disse, mas este senhor irá ser sempre assim e a Associação deve-lhe agradecer por isso pois ele é, certamente, daqueles que mais contribui para que os clubes e dirigentes, através dos castigos pecuniários que lhes são aplicados, engordem cada vez mais os cofres da AFL e depois admiram-se das equipas desistirem e cada vez serem menos. Rui permite que deixe aqui expressos os meus parabens pelo belo trabalho que aqui fazes e que, até, por isso lamente que alguns utilizem este espaço para os ataques pessoais e para, a coberto do anonimato e de pseudónimos, deitarem cá para fora as suas frustrações e faltas de educação.


Comentar post

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim