PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Domingo, 25 de Janeiro de 2009
FUTEBOL CLUBE DE OTA 1 - MONTE AGRAÇO F. C. 2

CAMPEONATO DISTRITAL DA II DIVISÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA 

16ª JORNADA

Foto (da esquerda para a direita): Sandro, Paulo Silva, Márcio, Carlos Santos, Artur, José Alberto, Faria, Leiroz, Hélder, Pedro Pereira e Souza.

Foto: Onze inicial do Monte Agraço Futebol Clube.

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

12 REGINALDO SOUZA
4 CARLOS SANTOS
15 MÁRCIO CARVALHO
5 ANTÓNIO FARIA
2 ARTUR DIAS
14 PAULO SILVA
20 SANDRO FERREIRA (Cap)
8 PEDRO PEREIRA
9 JOSÉ ALBERTO
6 HÉLDER MONTEIRO
7 DAVID LEIROZ

Foto: Muito frio, vento e chuva marcaram os primeiros quarenta e cinco minutos desta partida, conforme demonstra a imagem da auxiliar do lado dos bancos de suplentes.

 

Substituições:

66' - Saiu o Paulo Silva e entrou o RICARDO QUARESMA (19).

66' - Saiu o José Alberto e entrou o NUNO NARCISO (16).

73' - Saiu o Pedro Pereira e entrou o JORGE RIBEIRO (11).

73' - Saiu o Carlos Santos e entrou o SÉRGIO PAULINO (10).

Suplentes não utilizados: Flávio Ferreira, Paulo Filipe e João Fonte.

Não Convocados: Jorge Machado, Diogo, David Sopa, José Júlio, Rodolfo Lopes e Carlos Paiva.

Castigados: Marco Maria.

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 13 minutos para o Hélder Monteiro (por se ter colocado á frente do guarda redes quando este se preparava para repor a bola em jogo).

Cartão Amarelo aos 41 minutos para o Carlos Santos (por ter cometido uma falta dura sobre o Nº 22, mesmo á entrada da grande área).

Cartão Amarelo aos 67 minutos para o David Leiroz (por ter cometido uma falta perigosa sobre o Nº 5).

Cartão Amarelo aos 86 minutos para o Nuno Narciso (por se ter desentendido com o jogador Nº 8 do Monte Agraço).

Cartão Vermelho Directo aos 84 minutos para o Jorge Ribeiro (por palavras impróprias dirigidas ao árbitro principal).

Monte Agraço Futebol Clube:

Cartão Amarelo aos 52 minutos para o Nº 11 (por rematar a bola para fora da quatro linhas, com o jogo já interrompido pelo árbitro).

Cartão Amarelo aos 86 minutos para o Nº 8 (por se ter desentendido com o Nuno Narciso).

Cartão Amarelo aos 90+5 minutos para o Nº 1 Guarda Redes (por ter demorado a repor a bola em jogo na marcação de um pontapé de baliza).

Resultado ao Intervalo: 0-0

Foto: Aos 17 minutos, após uma saida em falso do Souza, valeu o Faria a cortar o lance embrulhado com um jogador adversário.

 

MARCHA DO MARCADOR:

0-1 aos 48 minutos pelo Nº 3. Na sequência de um canto batido no lado direito do ataque visitante, a bola caiu junto ao segundo poste, onde completamente desmarcado estava o jogador Nº 3 a cabecear como mandam as regras, ou seja de cima para baixo, inaugurando dessa forma o marcador.

1-1 aos 49 minutos por ARTUR DIAS. Livre directo, em zona frontal á baliza do Monte Agraço, o Sandro deu um pequeno toque na bola para o remate forte do Pedro Pereira, que é desviado por um defesa e defendido de forma incompleta pelo guarda redes, sobrando assim para a recarga facil do Artur Dias, que com o pé esquerdo fez o golo da igualdade.

1-2 aos 68 minutos pelo Nº 7. Novamente um livre directo, desta vez em zona frontal á baliza do F. C. Ota, o jogador Nº 3 remata forte para uma defesa incompleta do Souza que defendeu para a frente, aparecendo mais rápido que todos, o jogador Nº 7 a recarregar com o pé direito colocando a bola no fundo das redes do F. C. Ota.   

Foto: Aos 28 minutos, o Nº 23 rematou de fora da área, com a bola a passar perto do poste direito do Souza.

 

CRÓNICA DO JOGO:

Em jogo a contar para a 16ª jornada do Campeonato Distrital da 2ª divisão de Lisboa, o F. C. Ota recebeu esta tarde a visita do Monte Agraço Futebol Clube.

Antes de entramos propriamente na análise ao jogo, vamos aproveitar para informar que o nosso jogador David Sopa, lesionado com gravidade na primeira jornada desta época, foi operado no inicio deste ano. A operação ao joelho direito correu bem, prevendo-se uma recuperação total num prazo de três meses. Se tudo correr bem, o perfume do futebol do Sopa poderá encher os pelados e sintéticos desta série, ainda no decurso desta época futebolística.

Outra nota para referir a estreia de dois reforços na equipa, como foram os casos do médio Jorge Ribeiro (já esteve presente noutras convocatórias, mas só se estreou hoje em jogos oficiais), e do ponta de lança João Fonte, que hoje não saiu do banco de suplentes.

Como já foi referido, o vento, o frio e a chuva foram os principais opositores das três equipas em campo e do público presente que compareceu em número bastante agradável.

O treinador do F. C. Ota, Diogo Carvalho, fez duas alterações em relação á partida do passado domingo, com as entradas do Faria e do Hélder por troca com o José Júlio e o Nuno Narciso.

A equipa apresentou-se em campo no habitual 4x3x3, com o Souza entre os postes, depois de recuperar da lesão contraida a semana passada. O quarteto defensivo foi composto pelo Carlos Santos (direita), Artur Dias (esquerda). Márcio e Faria (centrais). O trinco foi o Paulo Silva e o duplo pivot de meio campo foi constituido pelo Sandro e Pedro Pereira. No ataque jogaram o Hélder (esquerda), o José Alberto (direita) e o Leiroz (ponta de lança).

Os primeiros minutos de jogo disputaram-se de forma equilibrada, com ambas as equipas a tentarem aquecer o suficiente para poderem produzir algumas jogadas com cabeça, tronco e membros.

A primeira jogada com algum perigo, surgiu aos 13 minutos, quando o Leiroz apareceu desmarcado na grande área e rematou com algum perigo para o guarda redes adversário que sentiu algumas dificuldades em segurar a bola.

Esta foi a única oportunidade de perigo criada pela equipa de Ota no decorrer deste primeiro tempo.

A partir do primeiro quarto de hora da etapa inicial a equipa do Sobral tomou conta do jogo e controlou a seu belo prazer as operações a meio campo, criando muitos desequilbrios através de desmarcações rápidas dos seus extremos, neste particular, vai o especial destaque para o jogador Nº 7 que normalmente aparecia pelo lado direito do ataque visitante.

As oportunidades para a equipa do Sobral inaugurar o marcador foram várias, como por exemplo aos 17 minutos quando o jogador Nº 11 desmarcou-se pelo lado direito e perante a saida atrasada do Souza fez a bola encaminhar-se para a baliza, aparecendo a salvar o Faria.

Aos 18 minutos o jogador Nº 22 rematou com estrondo ao poste esquerdo da baliza do Reginaldo Souza.

Aos 28 minutos foi a vez do jogador Nº 23 rematar de fora da área, com a bola a passar ao lado do poste direito do F. C. Ota.

Aos 34 minutos o jogador Nº 7 entrou na grande área, descaido para o lado direito, rematou cruzado e rasteiro, valendo neste caso o Souza a defender com os pés, cedendo canto.

Mais uma vez, no minuto seguinte, a equipa de Monte Agraço levou muito perigo á nossa baliza, com um remate do Nº 7 de fora da área, que desviou num defesa visitado e passou muito próximo do poste esquerdo do Souza.

Aos 38 minutos e mais uma vez por intermédio do jogador Nº 7, com outro remate de fora da área o perigo rondou a nossa baliza.

Quando o árbitro apitou para o intervalo toda a equipa respirou de alívio porque tinha se defendido bem, contra a superioridade do seu adversário. O resultado ao intervalo penalizava a ineficácia concretizadora da equipa visitante.

Foto: Neste lance, aos 34 minutos, valeu a intervenção do Souza defendendo o remate do Nº 7. 

 

Na segunda parte, os jogadores entraram com algum atraso, possilvelmente devido ao facto de haver muitas rectificações a fazer, e a verdade é que a equipa entrou melhor e deixou uma melhor imagem no decurso destes segundos quarenta e cinco minutos.

Apesar disso os primeiros cinco minutos deste segundo tempo ficaram marcados por dois golos, um para cada lado, obtidos em lances de bola parada.

Primeiro foi o Monte Agraço a inaugurar o marcador na sequência de um canto e no minuto seguinte a equipa de Ota chegou á igualdade na marcação de um livre directo.

Aos 55 minutos o Hélder Monteiro apareceu desmarcado á entrada da área, mas o seu remate saiu enrolado e fácil de recolher pelo guarda redes contrário.

Aos 66 minutos o técnico de Ota decidiu fazer a primeira modificação ao onze, fazendo sair o Paulo Silva e o José Alberto, entrando para os seus lugares o Ricardo Quaresma e o Nuno Narciso.

O Quaresma foi ocupar a posição de trinco e o Nuno Narciso foi para o lado esquerdo do ataque.

Pouco depois dessas alterações a equipa do Sobral chegou novamente á vantagem, mais uma vez na sequência de um lance de bola parada.

A perder e com pouco mais de 15 minutos para jogar, o Diogo Carvalho fez mais duas alterações, desta vez sairam o Pedro Pereira e o Carlos Santos e entraram o Jorge Ribeiro e o Sérgio Paulino.

A equipa passou a jogar com três defesas (Faria, Márcio e Artur), três médios (Sandro, Quaresma e Jorge Ribeiro) e quatro atacantes ( Hélder, Leiroz, Paulino e Narciso).

Aos 83 minutos e numa altura em que a equipa de Ota pressionava o seu adversário em busca do golo da igualdade, surgiu uma grande penalidade cometida pelo Jorge Ribeiro sobre o jogador Nº 2. Na sequência desse lance e por palavras dirigidas ao árbitro, o nosso jogador viu o cartão vermelho directo deixando a sua equipa com apenas dez unidades em campo.

Na marcação do penalty o nosso guarda redes foi mais feliz e defendeu o remate do jogador Nº 7 do Monte Agraço Futebol Clube.

A parte final deste encontro foi jogada com a equipa de Ota a tentar o tudo por tudo para chegar á igualdade, mas sem sucesso.

Foram dados seis minutos de compensação, sendo que na prática jogaram-se apenas três minutos, devido ao facto de por duas vezes entrar o massagista do Monte Agraço para assistir jogadores com problemas musculares.

Em jeito de conclusão, afirmamos que a vitória do Monte Agraço é justa, principalmente pelo futebol desenvolvido na primeira parte. No entanto caso a equipa de Ota tivesse chegado á igualdade, também não seria de todo injusto e premiaria a boa segunda parte da equipa otense.

Foto: Neste lance a equipa do Sobral de Monte Agraço inagurou o marcador através do jogador Nº 3. 

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem para a partida desta tarde foi composto pelo Ricardo Sanches, árbitro principal e Dulce Pedro e António Brito, árbitros auxiliares.

Esta equipa realizou um trabalho globalmente positivo, revelando firmeza e personalidade nas decisões tomadas.

Fazemos apenas dois reparos técnicos para as seguintes situações: Na primeira parte o David Leiroz corria em direcção á baliza e caiu á entrada da grande área, numa situação em que nos pareceu falta do defensor contrário. No lance que deu o segundo golo da equipa visitante, o árbitro já tinha dado a lei da vantagem e depois do jogador do Monte Agraço ter perdido a bola, voltou atrás com a decisão e marcou um livre que de qualquer forma também nos pareceu inexistente.

Finalmente, dos seis minutos de compensação dados, jogaram-se apenas três devido ao anti-jogo do adversário. Nesta situação ficou por dar compensação á compensação.

Em termos disciplinares, a equipa de arbitragem esteve bem mostrando as cartolinas adequadas aos lances ajuizados.

   



publicado por BLOGOTA às 18:16
link do post | comentar | favorito

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim