PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Domingo, 19 de Abril de 2009
S. R. D. CHELEIRENSE 2 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 1

CAMPEONATO DISTRITAL DA II DIVISÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA 

27ª JORNADA

Foto (da esquerda para a direita): Jorge Ribeiro, Carlos Santos, Rodolfo, Paulino, Narciso, Artur, Quaresma, Faria, João Franco, Paulo Silva e Sandro.

Foto: Onze titular da Sociedade Recreativa e Desportiva Cheleirense.

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

1 RICARDO QUARESMA
4 CARLOS SANTOS
8 JOÃO FRANCO
5 ANTÓNIO FARIA
2 ARTUR DIAS
14 PAULO SILVA
3 RODOLFO LOPES
20 JORGE RIBEIRO
21 SANDRO FERREIRA (Cap)
16 NUNO NARCISO
10 SÉRGIO PAULINO

Foto: A primeira grande sensação de golo aconteceu aos 8 minutos, neste remate à meia volta do Nº 23 de Cheleiros, que levou a bola a sair rente ao poste direito do Quaresma.

 

Substituições:

55' - Saiu o Jorge Ribeiro e entrou o JOSÉ ALBERTO (9).

69' - Saiu o Sérgio Paulino e entrou o DAVID LEIROZ (7).

Suplentes não utilizados:

Disciplina:

Sociedade Recreativa Desportiva Cheleirense:

Cartão Amarelo aos 57 minutos para o Nº 18 (por se ter desentendido com o João Franco).

Cartão Amarelo aos 76 minutos para o Nº 14 (por ter dado um pontapé, com a bola fora do terreno de jogo, no Carlos Santos.

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 28 minutos para o Paulo Silva (por ter cometido uma falta perigosa sobre o jogador Nº 20).

Cartão Amarelo aos 57 minutos para o João Franco (por se ter desentendido com o jogador Nº 18).

Cartão Amarelo aos 66 minutos para o Carlos Santos (por supostamente ter cometido uma falta no interior da grande área).

Resultado ao Intervalo: 0-0

Foto: Este jogo foi fértil em lances jogados pelo ar. Neste caso o Nuno Narciso saltou mais alto que o seu adversário.

 

MARCHA DO MARCADOR:

0-1 aos 49 minutos por NUNO NARCISO. Após um lançamento de linha lateral efectuado pelo Artur Dias, o Nuno Narciso isolou-se na grande área, descaido para o lado esquerdo, rematou rasteiro e cruzado com o pé esquerdo, fazendo a bola entrar junto ao poste esquerdo da baliza do Cheleirense.

1-1 aos 53 minutos pelo Nº 20. Golo obtido na conversão de um livre directo, que castigou uma falta inexistente que o árbitro assinalou ao Rodolfo, mesmo à entrada da grande área, em zona frontal à baliza visitante. O Nº 20 bateu o livre de forma irrepreensivel, fazendo a bola entrar junto ao poste direito do Quaresma.

2-1 aos 71 minutos pelo Nº 21. Boa jogada de ataque da turma local, desenvolvida pelo lado esquerdo e conduzida nos pés do Nº 8 até à linha de cabeceira, de onde cruzou rasteiro para a pequena área, aparecendo à boca da baliza o Nº 21 a empurrar para o fundo das redes, apesar da oposição do Quaresma que ainda tocou na bola. 

Foto: Lance que deu o único golo da equipa de Ota, obtido pelo Nuno Narciso.

 

CRÓNICA DO JOGO:

Após o interregno para os festejos pascais, o campeonato distrital da IIª divisão, série1, da A.F. Lisboa, regressou esta tarde com a visita do nosso clube ao terreno do líder da classificação.

Para a partida da 27ª jornada, o técnico Diogo Carvalho, conseguiu convocar 13 jogadores, visto que as lesões continuam a afectar de forma avassaladora o nosso plantel. Esta semana os infortunados foram o João Fonte, Hélder e Carlos Paiva, isto a juntar ao outros elementos que continuam a recuperar de lesões mais prolongadas.

Assim sendo o Quaresma voltou a ocupar o lugar entre os postes, tendo à sua frente um quarteto defensivo composto pelo Carlos Santos (direita), Artur Dias (esquerda), João Franco e António Faria (centrais). O duplo pivot do meio campo defensivo foi constituido pelo Paulo Silva e Rodolfo Lopes. À frente deste duplo pivot posicionaram-se o Jorge Ribeiro (direita), Nuno Narciso (esquerda) e Sandro na posição 10. O ponta de lança de serviço foi o Sérgio Paulino.

A partida foi jogada num campo pelado de dimensões muito reduzidas e com algum vento a perturbar a acção dos jogadores.

A primeira grande oportunidade de golo surgiu nos pés do Nº 23 do Cheleirense, aos 8 minutos, mas o seu remate à meia volta, levou a bola a passar ao lado do poste direito do F. C. Ota.

Respondeu bem a equipa de Ota a este lance e logo no minuto seguinte o Nuno Narciso efectuou um remate forte de fora da área, com a bola a passar muito próxima do poste direito do Cheleirense.

Entretanto o jogo ia decorrendo com a nossa equipa a defender-se bem e com o seu adversário a bombear muitas bolas para a área sem causar grande perigo.

Aos 18 minutos o jogador Nº 18 cabeceou à vontade no interior da área, mas a bola saiu por cima da barra.

Uma das armas que o Cheleirense utilizou para tentar chegar com perigo à nossa baliza foi os lançamentos de linha lateral, que num campo com estas dimensões, levavam a bola sempre para a zona da pequena área, onde a estatura elevada de alguns jogadores locais tentava fazer a diferença, no entanto, nesse particular, os nossos defesas estiveram muito bem e conseguiram anular quase todas estas jogadas.  

Ainda assim, aos 24 minutos num lance deste género o Quaresma teve que sair a soco a uma bola, acabando a mesma por sobrar para os pés do Nº 8 que rematou por cima da barra.

Aos 29 minutos, num livre directo marcado junto à linha lateral do lado direito, o Nº 18 conseguiu efectuar uma éspecie de cruzamento/remate que levou a bola a beijar a barra da baliza à guarda do Quaresma.

Aos 43 minutos, na sequência de um canto marcado na direita, a bola chegou a meia altura à pequena área, onde o Nº 21 rematou ao lado do poste esquerdo da baliza visitante.

No minuto seguinte foi a vez do Nº 18 dispôr de uma boa oportunidade para inaugurar o marcador, mas o seu remate saiu muito próximo do poste direito do F. C. Ota.

A última grande oportunidade de golo desta primeira parte foi para o F. C. Ota, quando o Nuno Narciso ganhou um lance na raça ao central contrário, mas depois acabou por ver o seu remate ser desviado para canto por outro defesa.

No final do primeiro tempo o resultado premiava a boa organização defensiva da equipa visitante, que teve sempre o jogo controlado, apesar do maior dominio territorial do seu adversário.

Foto: Festejos dos jogadores de Ota, após o golo obtido pelo Nuno Narciso.

 

Na segunda parte a equipa de Ota entrou da melhor forma, e logo aos 4 minutos chegou à vantagem num belo golo obtido pelo Nuno Narciso.

No minuto seguinte a equipa de Cheleiros esteve muito perto do empate, quando o jogador Nº 18 desperdiçou uma clara oportunidade. Não demorou muito a alcançar esse objectivo, porque aos 53 minutos o juiz da partida descortinou uma falta inexistente do Rodolfo sobre um adversário e a equipa local beneficiou de um livre directo em zona frontal à baliza, que o jogador Nº 20 não desperdiçou e fez o empate no jogo.

Aos 55 minutos o Jorge Ribeiro deu o seu lugar ao José Alberto, numa tentaviva do técnico de Ota de dar mais velocidade aos contra ataques da equipa.

Aos 59 minutos, a equipa local esteve perto de dar a cambalhota no marcador, mas valeu na ocasião o Faria a tirar a bola em cima da linha de golo.

Entre o minuto 18 e o 19 a equipa de Ota teve duas oportunidades soberanas para voltar para a frente do marcador. Na primeira o Sandro serviu o José Alberto que fez um passe que foi meio golo para o Paulino, que só com o guarda redes pela frente rematou torto e ao lado da baliza local. Na segunda chance o Nuno Narciso entrou novamente pela esquerda e rematou forte com a bola a passar rente ao poste direito do Cheleirense.

Estes dois lances devem ter assustado o árbitro do jogo, porque dois minutos depois, assinalou um penalty contra o F. C. Ota, num lance em que o avançado local escorregou perto do Carlos Santos e ficou de joelhos a pedir penalty. O árbitro demorou mais de 5 segundos a decidir o que fazer, o que em futebol é uma eternidade, e optou por ajudar a equipa local assinalando a grande penalidade. Na conversão da mesma o Ricardo Quaresma defendeu com as pernas o remate do Nº 8.

Aos 69 minutos o Diogo Carvalho fez a última alteração tirando do terreno de jogo o Paulino por troca com o David Leiroz.

Aos 71 minutos, numa boa jogada de ataque da equipa local, o golo acabou por surgir numa finalização à boca da baliza do Nº 21.

Aos 74 minutos o jogador Nº 8 rematou de fora da área e o Quaresma defendeu a bola para o seu poste direito, acabando a mesma, no retorno, por voltar para as suas mãos.

O último quarto de hora de jogo foi disputado de forma intensa, com a equipa de Ota a subir no terreno em busca do golo da igualdade, mas apenas aos 90+1 minutos isso esteve perto de acontecer, quando o Nuno Narciso bateu um livre directo, que levou a bola a passar muito próxima da barra da baliza Cheleirense.

Em suma, assistimos a uma partida muito intensa e competitiva, onde a equipa local teve mais posse de bola e as melhores oportunidades de golo, mas para dar a volta ao marcador beneficiou de uma incompetente decisão do árbitro. Sem pôr em causa a justiça da vitória local, a verdade é que se não fosse esse lance temos muitas dúvidas se o castelo defensivo do F. C. Ota seria derrubado.

Foto: Neste lance a equipa de Cheleiros chegou à vantagem, através do golo obtido pelo Nº 21.

 

ARBITRAGEM:

O árbitro designado para esta partida foi o Fábio Santos, nosso conhecido do jogo da 12ª jornada, em Ota, frente à Pedra. Os árbitros auxiliares foram outros, em relação a esse jogo, nomeadamente o Pedro Costa e o David Codeco.

Vamos dividir a nossa análise ao trabalho da equipa de arbitragem em duas partes distintas, ou seja, as mesmas que um jogo de futebol tem.

Na primeira parte a equipa de arbitragem realizou um trabalho globalmente bom.

Na segunda parte, e principalmente após o golo do F. C. Ota, o Fábio Santos borrou a pintura toda, aliás a exemplo do que tinha feito em Ota, em Dezembro do ano passado.

Na altura ficamos sem qualquer dúvida, e hoje confirmámo-la, este individuo não pode arbitrar jogos de futebol. Não pode, porque não sabe como fazê-lo. É tão simples como isto.

O lance que deu origem ao golo do empate para o Cheleirense nasceu de um livre directo assinalado ao Rodolfo. O que aconteceu foi que o nosso jogador tirou a bola do alcance do jogador local e este aproveitou para se lançar ao solo, ali mesmo à entrada da grande área. O Fábio caiu no engodo. Aliás, depois de assinalada a falta até os jogadores locais se riram.

No lance do penalty, foi caricato ver o jogador do Cheleirense no chão, de joelhos a abrir os braços para o Fábio. E este, depois de alguns segundos a pensar o que fazer, lá se decidiu por assinalar a grande penalidade inexistente.

Estes foram os lances mais graves de ajuizamento técnico  e que tiveram clara influência na marcha do marcador.

Agora passamos aos aspectos disciplinares. Na primeira parte, quando a equipa de Ota beneficiou de um livre directo, o Rodolfo colocou-se ao lado da barreira defensiva do Cheleirense e foi agredido por um cotovelo de um adversário. O Fábio não viu, ou fez que não viu. Aos 57 minutos o João Franco foi agredido pelo jogador Nº 18 e o Fábio que pensou que viu, decidiu-se pela amostragem da cartolina amarela aos dois jogadores. Aos 76 minutos o Carlos Santos protegeu uma bola que saiu pela linha lateral em luta com o Nº 14 e este, quando a mesma já estava fora das quatro linhas, deu um valente pontapé no traseiro do nosso defesa direito. Desta vez o Fábio não viu porque, de facto, estava a olhar noutra direcção, mas o auxilar do lado das bancadas viu. E porque é que não fez nada?

No último lance do encontro, o Carlos Santos agarrou um adversário no interior da área e o Fábio mandou seguir, por incrivel que tenha parecido até ao árbitro auxiliar que abanava a cabeça em sinal de reprovação pela decisão tomada.

Em suma, estamos perante um caso de clara incompetência que devia ser irradiada destas competições oficiais, porque o que este individuo fez foi gozar com o trabalho dos jogadores de Ota.

   



publicado por BLOGOTA às 19:44
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De Anónimo a 19 de Abril de 2009 às 23:36
houve tambem um penalty sobre o Leiroz


De BLOGOTA a 20 de Abril de 2009 às 18:21
Sobre esse lance não opinei porque não vi. Estava a tomar umas notas e o lance desenvolveu-se do lado oposto, mas verifiquei que os protestos do Diogo e do Leiroz eram crediveis.


De Anónimo a 21 de Abril de 2009 às 00:55
Não tive oportunidade de ver o jogo, mas atenção que este arbitro, certamente, está na calha para mais altos voos, veja-se como lá chegou o Bruno Paixão, pois são pseudo-apitadores assim é que fazem falta aos senhores que mandam no futebol


De FC OTA a 24 de Abril de 2009 às 08:59
"mas verifiquei que os protestos do Diogo e do Leiroz eram credíveis" Este comentário com o Ricardo Araujo pereira dava para uma cronica que enchia a ultima pagina da visão!!!

FC OTA 08/09 - Feios Gordos e mt mt cochos


De XPTO a 24 de Abril de 2009 às 18:18
...ainda assim, a melhor do concelho...


Comentar post

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim