PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Domingo, 6 de Dezembro de 2009
FUTEBOL CLUBE DE OTA 2 - A. C. R. D. FURADOURO 2

CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA

10ª JORNADA - ÉPOCA 2009-2010

Foto (da esquerda para a direita): Souza, Flávio, Caldeira, Djaló, Narciso, Zé Alberto, Fonte, Quaresma, Nuno Fernandes, Hélder e Grilo.

Foto: Onze titular da Associação Cultural Recreativa e Desportiva do Furadouro.

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

1 FLÁVIO FERREIRA
19 RICARDO QUARESMA
5 MÁRIO DJALÓ
15 BRUNO CALDEIRA
4 NUNO FERNANDES
22 PEDRO GRILO
9 REGINALDO SOUZA (Cap)
14 JOSÉ ALBERTO
16 NUNO NARCISO
6 HÉLDER MONTEIRO
24 JOÃO FONTE

 

Foto: José Alberto tinha acabado de alcançar o segundo golo para a sua equipa, aos 19 minutos, e festejava-o efusivamente com o Hélder Monteiro.

 

Substituições:

41' - Saiu o Bruno Caldeira (lesionado) e entrou o MÁRCIO CARVALHO (7).

45' - Ao intervalo saiu o P. Grilo (lesionado) e entrou o JOÃO RODRIGUES (2).

45' - Ao intervalo saiu o João Fonte e entrou o JOÃO MANUEL BACALHAU (13).

69' - Saiu o José Alberto e entrou o RICARDO FACHADA (18).

81' - Saiu o Nuno Narciso (lesionado) e entrou o PAULO FILIPE (3).

Suplentes não utilizados: Filipe Antunes e João Pedro Bacalhau.

Não convocados: Rui Correia, Tó Nando, Luis Gonçalves, Sandro Ferreira e Jorge Ribeiro.

Lesionados: António Faria, Sérgio Paulino, Peres, Paulo Parafuso.

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Nada a registar em termos disciplinares.

Associação Cultural Recreativa Desportiva Furadouro:

Cartão Amarelo aos 63 minutos para o Nº 2, por ter pontapeado, sem bola, as pernas do Nuno Narciso.

Cartão Amarelo aos 76 minutos para o Nº 10, por ter cometido uma falta dura sobre o Hélder Monteiro.

Cartão Amarelo aos 89 minutos para o Nº 9, por ter protestado contra uma decisão do árbitro.

Cartão Amarelo aos 90+3 minutos para o Nº 5, por ter cometido uma falta perigosa sobre o Hélder Monteiro.

Resultado ao intervalo: 2-1

Foto: Aos 30 minutos, o Zé Alberto, esteve de novo em foco, após falhar por pouco o terceiro golo para a sua equipa, embora, no caso, tenha sido acossado pelo defesa adversário.

 

MARCHA DO MARCADOR:

1-0 aos 9 minutos por HÉLDER MONTEIRO. Livre em zona frontal à baliza do Furadouro, a barreira estava colocada à entrada da grande área, ligeiramente descaída para o lado direito do ataque otense. O Hélder bateu a bola a meia altura, passando a mesma entre a barreira defensiva, sofrendo um ligeiro desvio que deixou o guardião contrário completamente batido, entrando o esférico junto ao poste esquerdo da baliza visitante.

2-0 aos 19 minutos por JOSÉ ALBERTO. João Fonte desmarcou-se na direita do ataque e centrou para o coração da grande área onde, em primeira instância o Hélder Monteiro falhou a finalização, mas nas suas costas, completamente desmarcado, surgiu o José Alberto a finalizar o lance com o pé direito, não dando qualquer hipótese de defesa ao guardião contrário.

2-1 aos 21 minutos pelo Nº 15 (penalty). Aos 20 minutos, o árbitro assistente, do lado dos bancos de suplentes assinalou uma suposta mão na área do Djaló, após um remate de fora da área de um jogador do Furadouro. Na marcação da grande penalidade o jogador visitante efectuou um remate bem colocado, colocando o esférico a meia altura, para a esquerda do Flávio, que adivinhou o lado e por pouco evitava este golo.

2-2 aos 90+1 minutos pelo Nº 9. Lance de insistência do ataque visitante, pelo lado esquerdo, com o extremo a entrar na área, em diagonal e a largar a bola para o, completamente desmarcado, jogador Nº 9, que da marca de penalty fez o mais fácil, ou seja, o golo do empate, mesmo ao cair do pano deste jogo.

Foto: Aos 40 minutos, o Caldeira, após um corte no chão, viu um seu adversário dar-lhe, pensamos que involutariamente, um pontapé na cara que o deixou em muito mau estado. Mais uma vez, infelizmente esta época tem sido pródiga nestas situações, teve que seguir para o hospital a fim de ser sujeito aos tratamentos necessários. A ele, o BLOGOTA, envia-lhe o desejo de melhoras rápidas.

 

CRÓNICA DO JOGO:

Foi por muito pouco, mas, de facto, ainda não foi desta que a equipa de Ota alcançou a primeira vitória oficial da época 2009/2010.

Para este encontro, disputado sempre sob chuva e com o terreno em más condições para a prática de futebol, o técnico David Sopa conseguiu reunir 18 jogadores, deixando ainda alguns fora da convocatória.

A equipa apresentou-se em campo, numa clara disposição atacante, num 4x4x2 que, quando a equipa atacava, e na primeira parte foi uma constante, se tornava num 4x2x4.

Na baliza alinhou o Flávio e na defesa também não houve mexidas em relação ao jogo anterior, com Quaresma na direita, Fernandes na esquerda, Caldeira e Djaló no eixo da defesa. O duplo pivot de meio campo foi composto pelo Souza e o Grilo. No ataque alinharam os dois pontas de lança Fonte e Hélder Monteiro, com o Narciso a fazer de médio/extremo esquerdo e o José Alberto a fazer o mesmo no lado contrário.

A equipa teve uma entrada em jogo a fazer lembrar os bons velhos tempos em decidiamos as partidas, ainda antes do adversário aquecer as pernas.

Logo aos 30 segundos o Grilo alvejou com perigo a baliza adversária e passados outros 30 segundos, foi a vez do Souza rematar à entrada da área, com a bola a sair rente ao poste direito da baliza do Furadouro.

Foi portanto com naturalidade e toda a justiça que a equipa de Ota se adiantou no marcador à passagem do nono minuto, na sequência de um livre directo apontado pelo Hélder Monteiro.

Após este golo, a equipa local continuou com uma grande dinâmina atacante e passados dez minutos conseguiu chegar ao dois a zero, após uma excelente finalização do José Alberto, que já leva dois golos em dois jogos consecutivos. 

No minuto seguinte, a equipa visitante foi beneficiada com uma grande penalidade inexistente, a castigar uma suposta mão do Djaló na área, quando na verdade o remate do jogador do Furadouro bateu na zona lombar do nosso defesa central. Em abono da verdade o árbitro do jogo não ia assinalar qualquer infracção, valendo na circunstância a indicação do juiz de linha, Luis Bastos, a inventar esta situação nefasta para a nossa equipa.

Na marcação da penalidade, apesar da boa estirada do Flávio, o jogador nº 15 conseguiu reduzir a desvantagem.

Até ao intervalo a equipa de Ota continuou a ser a melhor e mais objectiva sobre o pelado e aos 30 minutos o José Alberto finalizou um cruzamento da esquerda do Nuno Narciso, com a bola a sair por cima da barra. Neste lance o defesa visitante quando se vê batido pelo Zé Alberto deu-lhe um ligeiro safanão que o desiquilibrou na hora de rematar à baliza, embora aceitamos que nada seja assinalado dada a rapidez com que o lance se processou.

Aos 34 minutos o Narciso ganhou uma bola a meio do meio campo contrário e colocou-a na esquerda, para o Hélder, que na passada, à entrada da área, rematou cruzado, com o esférico a passar muito perto do poste direito do Furadouro.

Só aos 40 minutos, através de um livre directo marcado pelo jogador nº 5, è que o Furadouro voltou a chegar à nossa baliza, valendo na circunstância o Flávio a defender sem problemas uma bola rematada de forma fraca.

Antes das equipas irem para as cabines, registou-se apenas a alteração do Caldeira (lesionado), pelo Márcio Carvalho. Esta situação fez com que o Souza passasse para defesa central, ao lado do Djaló, enquanto o Márcio foi jogar para o centro do terreno, ao lado do Grilo.

O resultado ao intervalo era escasso para a superioridade da equipa de Ota.

  

Foto: A equipa do Futebol Clube de Ota estreou, esta tarde, um novo equipamento de aquecimento, oferecido pelo patrocinador Hugo Silva da REMAX. 

 

Ao intervalo, o técnico David Sopa, deixou o João Fonte e o Pedro Grilo nos balneários e fez entrar no onze o João Manuel Bacalhau e o João Rodrigues, os quais foram ocupar as mesmas posições que os seus colegas.

A qualidade do jogo, neste segundo tempo, desceu, e muito, de qualidade. De facto a nossa equipa não conseguiu manter a mesma dinâmica do primeiro tempo e a equipa visitante foi acreditando, à medida que o tempo passava, que seria possivel sair daqui com um resultado positivo.

Apesar disso, aos 58 minutos, ficou por assinalar uma grande penalidade contra o Furadouro, depois do Narciso cruzar para o interior da área e um defesa contrário desviar a bola com o braço. O árbitro ainda olhou para o seu auxiliar, mas desta vez o Luis Bastos esqueceu-se de levantar a bandeirola a assinalar a mais que óbvia infracção.

Outra situação grave foi a que se passou aos 63 minutos quando, no interior da nossa grande área, o jogador nº 2 pontapeou violentamente o Nuno Narciso quando este protegia a bola que saia pela linha de fundo e viu apenas a cartolina amarela. Por uma situação idêntica, o Cristiano Ronaldo foi, ontem, expulso do jogo entre o Real Madrid e o Almeria.

Aos 65 minutos, na sequência de um livre directo apontado pelo jogador nº 7, do lado esquerdo, o Flávio correspondeu com uma defesa segura.

No minuto seguinte foi a vez do Nuno Fernandes apontar um livre do lado direito, com a bola a sair por cima da barra.

Aos 69 minutos saiu do terreno de jogo o José Alberto por troca com o Ricardo Fachada, que foi ocupar o lado direito do ataque otense.

Aos 73 minutos, o Ricardo Quaresma bateu um livre directo, com o guarda redes do Furadouro a socar a bola para longe da sua baliza.

Aos 75 minutos, novamente de livre directo, do lado esquerdo, o Hélder Monteiro bateu muito bem, com o guarda redes contrário a defender para canto.

Aos 81 minutos o Narciso saiu lesionado, entrando para o seu lugar o Paulo Filipe, que foi ocupar a direita da defesa. O Quaresma passou para a esquerda e o Nuno Fernandes passou para médio esquerdo.

Com o relógio a bater os noventa minutos, a equipa do Furadouro acreditou que podia chegar ao empate e no primeiro minuto de compensação conseguiu mesmo alcancá-lo, após a nossa defesa ter facilitado e, muito, a tarefa aos jogadores adversários.

Em desespero, a equipa de Ota ainda tentou chegar novamente à vantagem e, aos 90+3 minutos, na sequência de um livre apontado do lado esquerdo, ao segundo poste apareceu o Souza a cabecear com perigo, mas a bola saiu ao lado da baliza visitante.

Em jeito de conclusão, assistimos a mais uma grande injustiça para a nossa equipa, que pela segunda semana consecutiva sofreu um golo no período de compensações dados pelo árbitro do jogo. Esta situação reflecte a intranquilidade e a ansiedade que tem tomado conta da equipa, devido ao facto de ainda não ter conquistado qualquer vitória no campeonato.

Foto: Momentos após a obtenção do segundo golo do Furadouro, reparem bem no desespero dos jogadores do F. C. Ota. Mas façamos as contas, oito jogadores de Ota, contando com o guarda redes, contra três do Furadouro no interior da área. Como è que foi possivel os três passearem-se na nossa área à vontade até fazerem o golo do empate? 

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem nomeado para o jogo entre o F. C. Ota e o Furadouro foi composto pelo Pedro Miguel (árbitro principal), Raul Teixeira e Luis Bastos (árbitros assistentes).

Normalmente fazemos a nossa análise englobando os três elementos da equipa de arbitragem, no entanto hoje vamos fazê-lo de forma individual.

Péssimo, horrivel, desastroso são os adjectivos que encontramos para definir a actuação do Luis Bastos, árbitro assistente do lado dos bancos de suplentes. Aos 20 minutos assinalou uma grande penalidade contra o F. C. Ota por o Djaló ter cortado uma bola com o braço, quando efectivamente o esférico bateu com violência na zona lombar do nosso defesa central. Na segunda parte, aos 58 minutos, quando na verdade um defesa visitante cortou, com o braço, um cruzamento da esquerda do Narciso, já não viu, ou não se apercebeu e não deu qualquer indicação ao juiz principal do jogo.

Em suma, duas das decisões que este individuo tomou tiveram clara influência na marcha do marcador deste jogo.

Em relação ao seu colega, árbitro assitente, do lado do público, teve uma actuação mais serena e concentrada, e no cômputo geral tomou as decisões acertadas.

Quanto ao árbitro principal Pedro Miguel, foi vítima, em primeiro lugar da incompetência do Luis Bastos, embora pudesse ter tomado outra decisão, nomeadamente, nos dois lances duvidosos no interior da área. Nas restantes decisões técnicas esteve bem.

No capítulo disciplinar ficou curto o amarelo dado ao jogador nº 2, depois deste pontapear ostensivamente o Nuno Narciso e também ficaram por mostrar alguns amarelos a jogadores visitados, nomeadamente ao Souza e ao Nuno Fernandes, por entradas mais duras sobre os seus adversários.

        



publicado por BLOGOTA às 18:25
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim