PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Domingo, 11 de Dezembro de 2011
FUTEBOL CLUBE DE OTA 5 - A. R. C. D. PRAIA SANTA CRUZ 1
CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO - ASSOCIAÇÃO FUTEBOL LISBOA

13ª JORNADA - ÉPOCA 2011/2012

Foto (em pé, da esquerda para a direita): Gonçalo, Narciso, Bacalhau, João Silva, Rui Ferreira, Diogo e Filipe. Em baixo, da esquerda para a direita: Yuriy, Edgar, Luis Carica e André Lopes. O Futebol Clube de Ota estreou o equipamento alternativo neste jogo. 

Foto: O onze titular da Associação Recreativa, Cultural e Desportiva Praia de Santa Cruz, equipa do concelho de Torres Vedras. 

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

90 FILIPE ANTUNES
13 LUIS CARICA
27 DIOGO RIBEIRO
4 JOÃO SILVA
12 EDGAR FILIPE
21 YURIY TKACHOV
6 GONÇALO FERREIRA
10 RUI FERREIRA
16 NUNO NARCISO (Cap.)
7 ANDRÉ LOPES
23 JOÃO BACALHAU

 

Foto: Aos 18 minutos, o João Bacalhau (23) teve esta oportunidade para inaugurar o marcador mas, já de ângulo apertado, rematou cruzado para uma defesa com os pés do guarda redes visitante. 

 

Substituições:

67' - Saiu o Nuno Narciso e entrou o MIGUEL ROCHA (9).

75' - Saiu o Yuriy Tkachov e entrou o JORGE FARIA (5).

75' - Saiu o André Lopes e entrou o NUNO LUZ (15).

Aos 67 minutos a braçadeira de capitão passou para o João Bacalhau.

Suplentes não utilizados: Frederico Gomes (júnior), José Alberto, Sandro Ferreira e Miguel Lopes.

Não convocados: Pedro Franco, Alexander Deus, João Rodrigues e Daniel Duarte.

Castigado: Ricardo Quaresma.

Disciplina:

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 70 minutos para o Yuriy Tkachov, por ter cometido uma falta sobre um adversário.

Cartão Vermelho Directo aos 54 minutos para o Miguel Lopes, por ter discordado de uma decisão do árbitro assistente, quando estava a fazer exercícios de aquecimento, junto ao mesmo.

Associação Recreativa, Cultural e Desportiva da Praia Santa Cruz:

Cartão Amarelo aos 36 minutos para o jogador nº 7, por ter cometido uma falta dura sobre o João Bacalhau.

Cartão Amarelo aos 84 minutos para o jogador nº 10, por ter cometido uma falta dura sobre o Diogo Ribeiro.

Cartão Amarelo aos 86 minutos para o jogador nº 15, por ter cometido grande penalidade sobre o Edgar Filipe.

Cartão Amarelo aos 90+1 minutos para o jogador nº 8, por ter cometido uma falta perigosa sobre o João Bacalhau.

Cartão Amarelo aos 90+5 minutos para o jogador nº 19, por ter cometido uma falta dura sobre o Luis Carica.

Resultado ao intervalo: 2-0

 

Foto: Lance que deu o golo inaugural desta partida, para o Futebol Clube de Ota, apontado de cabeça pelo João Bacalhau, aos 32 minutos de jogo. 

 

MARCHA DO MARCADOR:

1-0 aos 32 minutos por JOÃO BACALHAU. O André Lopes trabalhou bem na esquerda do ataque, do interior da área deu a bola para fora, para o Edgar Filipe efectuar um cruzamento com conta, peso e medida, para um forte cabeceamento do João Bacalhau, que não deu hipótese de defesa ao guardião adversário.

2-0 aos 36 minutos por NUNO NARCISO. Jogada de contra ataque, a bola foi lançada para a direita, para o Nuno Narciso correr em direcção à baliza, fintar o guarda redes e introduzir a bola com toda a facilidade na baliza deserta.

3-0 aos 59 minutos por ANDRÉ LOPES. Boa jogada de envolvimento atacante do F. C. Ota, com o Rui Ferreira a desmarcar o André, que entrou isolado na grande área e bateu facilmente o desamparado guardião da Praia de Santa Cruz.

3-1 aos 63 minutos pelo jogador nº 3. Na sequência de um livre directo, em zona frontal á baliza do F. C. Ota, o jogador nº 3 aplicou um forte pontapé na bola, que só parou no fundo das redes locais.

4-1 aos 88 minutos por DIOGO RIBEIRO (penalty). Na sequência de uma falta, no interior da área, cometida sobre o Edgar Filipe, o árbitro assinalou grande penalidade. Na conversão do castigo máximo, o Diogo Ribeiro fez o quarto golo da sua equipa, com um remate rasteiro e bem colocado, para o lado direito do guarda redes, que se lançou para esse lado, mas não teve capacidade para suster o remate do jogador local.

5-1 aos 90+3 minutos por RUI FERREIRA. Para o fim estava guardado o melhor momento da tarde, com um grande remate de fora da área, do Rui Ferreira, que levou o esférico a entrar junto ao ângulo superior direito da baliza visitante.

 

Foto: Aos 36 minutos, o Nuno Narciso (16) isolou-se, pela direita, fintou o guarda redes e fez o segundo golo para a sua equipa e foi festejar para junto da bandeirola de canto.   

 

CRÓNICA DO JOGO:

De regresso ao Parque de Jogos dos Linhais, quase um mês depois, a equipa sénior do Futebol Clube de Ota defrontou o penúltimo classificado, mais concretamente a formação da Praia de Santa Cruz.

O tempo apresentou-se ensolarado, pontuado com algumas nuvens no céu, mas com uma boa temperatura para a prática de futebol.

Para esta partida, e devido á ausência do técnico principal por motivos pessoais, a equipa foi liderada desde o banco pelo capitão Sandro Ferreira, com o apoio do treinador dos iniciados, Luis Ramos, que fez o favor de se sentar no banco para que o clube não fosse multado por falta de técnico qualificado.

Assim sendo, antes de se ausentar, o treinador Nuno Jacinto fez alinhar o seguinte onze inicial: Filipe na baliza, Carica na direita da defesa e Edgar na esquerda. Os centrais foram o Diogo e o João Silva. O tridente de meio campo foi composto pelo Gonçalo, Yuriy e Rui Ferreira. Na frente, pela direita alinhou o Nuno Narciso, pela esquerda o André Lopes e no eixo de ataque o João Bacalhau.

Entrou muito bem a equipa de Ota e logo aos 30 segundos podia ter-se adiantado no marcador, após um bom cruzamento da esquerda efectuado pelo André, com o Bacalhau e o Narciso, na área, a estarem muito perto de inaugurar o marcador.

Seguiu-se um período equilibrado no jogo, com ambas as equipas a disputarem muitas bolas na zona intermediária, sem acutilância atacante.

Aos 18 minutos, o João Bacalhau arrancou em velocidade para a área adversária, descaído para o lado esquerdo, entrou na mesma e já de ângulo apertado rematou para a baliza da Praia de Santa Cruz, com o guarda redes visitante a defender com os pés, afastando a bola da zona de perigo.

Aos 23 minutos, na sequência de um livre directo, a equipa visitante levou a bola á baliza local, com o Filipe a defender a dois tempos.

Aos 24 minutos, o Nuno Narciso entrou na área pelo lado direito, rematou cruzado, com a bola a sair rente ao poste direito.

Aos 32 minutos, após uma excelente jogada de ataque desenvolvida pelo lado esquerdo, entre o André Lopes e o Edgar Filipe, a bola foi cruzada por este último, para um cabeceamento fulminante do João Bacalhau que inaugurou o marcador deste jogo.

O mais dificil estava feito, que era quebrar a resistência defensiva da equipa visitante e logo depois, aos 35 minutos, o Rui Ferreira, de cabeça, levou a bola a beijar a barra da baliza visitante, após um passe do João Bacalhau.

Aos 36 minutos chegou o dois a zero, num contra ataque rápido, desenvolvido e finalizado pelo Nuno Narciso.

Até ao intervalo não houve mais situações de perigo junto a qualquer uma das balizas, com o Futebol Clube de Ota a gerir a vantagem acumulada num excelente período de jogo da equipa local.

O resultado ao intervalo ajustava-se ao desenrolar dos primeiros quarenta e cinco minutos de jogo.

 

Foto: 3-0 para o Futebol Clube de Ota, apontado nesta finalização pelo André Lopes, após um passe, que foi meio golo, efectuado pelo Rui Ferreira, aos 59 minutos de jogo. 

 

No segundo tempo o jogo começou muito morno, com a equipa de Ota a gerir o resultado e a posse de bola, perante a passividade da equipa visitante que não saía do seu meio campo, satisfeita que estava por só estar a perder por dois golos de diferença.

Com esta atitude, ou seja pouca acutilância atacante da equipa de Ota e ainda menos luta pela recuperação da posse de bola da equipa visitante, o jogo foi algo enfadonho durante os primeiros minutos da etapa complementar.

Nesse período, o único facto digno de registo foi a expulsão do Miguel Lopes, que estava a aquecer junto ao assistente e terá dito qualquer coisa que desagradou ao Sr. Nuno Rocha, que chamou o árbitro para dar ordem de expulsão ao jogador do F. C. Ota.

Aos 56 minutos, o jogador nº 15 rematou o esférico, com o Filipe a efectuar uma boa defesa.

Aos 58 minutos, na sequência de um livre o Filipe defendeu por instinto e na recarga o jogador visitante ia fazendo o golo, valendo um grande corte o Diogo a evitar o golo visitante.

Como dissemos, o jogo seguia algo enfadonho, com a equipa de Ota a não atacar com assertividade, até que o André gritou lá do lado esquerdo para lhe endossarem o esférico. Aos 59 minutos, o Rui Ferreira fez-lhe a vontade, e o André não se fez rogado e ampliou a vantagem para três a zero.

Aos 61 minutos, o Gonçalo endossou o esférico ao Bacalhau e este, descaído para o lado direito, á entrada da área, rematou de primeira para uma boa defesa do guardião visitante.

Aos 63 minutos, na sequência de um livre directo, o jogador nº 3 fez o golo para a sua equipa, reduzindo a desvantagem para dois golos de diferença.

Aos 67 minutos saiu do terreno de jogo o Nuno Narciso, entrando para o seu lugar o Miguel Rocha.

Depois da equipa visitante reduzir a desvantagem, ganhou um novo ânimo e causou alguns problemas á equipa de Ota que se manteve serena e concentrada na defesa da vantagem acumulada até aí.

Aos 72 minutos, na sequência de um livre directo o jogador nº 10 levou algum perigo á baliza do F. C. Ota, mas a bola saiu ao lado do poste direito.

Aos 75 minutos, sairam do campo o Yuriy e o André Lopes, por troca com o Jorge Faria e o Nuno Luz. Com estas alterações, o Diogo Ribeiro foi para a posição de trinco, com o Faria a ocupar o eixo da defesa ao lado do João Silva. O Nuno Luz foi para médio direito e o Miguel Rocha para médio esquerdo.

Aos 79 minutos, o Edgar bateu um canto do lado direito, com a bola a ir para o segundo poste, onde o Diogo tocou para a baliza, valendo na circunstância um defesa a desviar o esférico pela linha de fundo.

Aos 81 minutos, o Miguel Rocha bateu um canto na esquerda, com o Rui a dar um pequeno toque ao primeiro poste, passando o esférico em frente á baliza adversária sem ninguém a tocá-la para o fundo das redes.

Aos 85 minutos, o João Bacalhau bateu um livre directo, muito forte, mas também de muito longe, com a bola a passar por cima da barra.

Aos 86 minutos o Edgar entrou na área e, já junto à linha de fundo, foi rasteirado pelo jogador nº 15, com o árbitro a assinalar a respectiva grande penalidade.

Aos 88 minutos, o Diogo Ribeiro, chamado á marcação da grande penalidade, não perdoou e fez o quarto golo para a sua equipa.

Aos 90+2 minutos, o João Bacalhau bateu um livre directo, para uma grande defesa do guarda redes de Santa Cruz.

A coroar a excelente ponta final da equipa de Ota, o Rui Ferreira fez um grande golo, com um remate forte e colocado, de fora da área, com o esférico a entrar bem junto ao ângulo superior direito.

Em suma, foi uma vitória justa para a equipa de Ota, numa partida em que não teve grande complicações para ultrapassar um adversário batalhador, mas com poucos recursos técnicos e logísticos para fazer melhor.

 

Foto: Aos 90+3 minutos, o Rui Ferreira (10) fez um grande golo para finalizar em glória uma boa partida de futebol, com os colegas a festejarem efusivamente. 

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem nomeado para o jogo desta 13ª jornada, em Ota, foi composto pelo Tiago Barreira (árbitro principal), Fernando Oliveira e Nuno Rocha (árbitros assistentes). Em boa verdade, o árbitro que estava nomeado era o Hernâni Patrão que por motivos de lesão não pôde comparecer ao jogo. Em sua substituição veio o Nuno Rocha como árbitro assistente.

Foi um jogo fácil de apitar para o trio de arbitragem, o qual não teve qualquer influência no resultado final do jogo, ainda assim ficam-nos muitas dúvidas sobre a expulsão do Miguel Lopes. O responsável pela expulsão deste jogador foi o assistente Nuno Rocha que não terá gostado de umas palavras dirigidas a si, pelo Miguel Lopes, que estava a aquecer, e recebeu ordem de expulsão. Ao que parece, o Miguel Lopes terá se dirigido ao assistente Nuno Rocha tratando-o por tu, sem ofensas de qualquer tipo, e o assistente achou-se desautorizado e desrespeitado expulsando-o ainda antes de entrar em campo. Enfim, preciosismos e sensibilidades sem qualquer sentido, ou seja, perfeitamente evitável a expulsão do Miguel Lopes se o assistente não fosse tão rigoroso.

De resto, em termos técnicos e disciplinares, os outros dois elementos do trio de arbitragem estiveram bem.

    


publicado por BLOGOTA às 19:51
link do post | comentar | favorito

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim