PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO

Domingo, 15 de Janeiro de 2012
G. D. IGREJA NOVA 3 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 0
CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO - ASSOCIAÇÃO FUTEBOL LISBOA

16ª JORNADA - ÉPOCA 2011/2012

Foto (da esquerda para a direita): Narciso, Daniel, Luis Carica, José Alberto, Diogo Ribeiro, Bacalhau, André Lopes, Miguel Rocha, Rui Ferreira, João Silva e Gonçalo. 

Foto: O onze titular do Grupo Desportivo Igreja Nova, equipa que lidera invicta esta série 1 da 2ª divisão distrital de Lisboa. 

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

88 DANIEL DUARTE
14 JOSÉ ALBERTO
27 DIOGO RIBEIRO
3 JOÃO SILVA
13 LUIS CARICA
6 GONÇALO FERREIRA
9 MIGUEL ROCHA
10 RUI FERREIRA
16 NUNO NARCISO (Cap)
7 ANDRÉ LOPES
23 JOÃO BACALHAU

 

Foto: Grande defesa do Daniel Duarte, aos 28 minutos de jogo, após um remate cruzado, do lado direito, efectuado pelo jogador nº 20. 

 

Substituições:

45' - Ao intervalo saiu o José Alberto e entrou o JORGE FARIA (5).

73' - Saiu o Miguel Rocha e entrou o YURIY TKACHOV (20).

85' - Saiu o Nuno Narciso e entrou o NUNO LUZ (15).

85' - Saiu o João Silva e entrou o RICARDO QUARESMA (2).

85' - Saiu o João Bacalhau e entrou o PEDRO BRANCO (8).

Aos 85 minutos a braçadeira de capitão passou para o Gonçalo Ferreira.

Suplentes não utilizados:

Não convocados: Pedro Franco, Alexander Deus, Filipe Antunes, João Rodrigues, Edgar Filipe e Sandro Ferreira.

Castigado: Miguel Lopes.

Disciplina:

Grupo Desportivo Igreja Nova:

Cartão Amarelo aos 63 minutos para o jogador nº 7, por ter cometido uma falta sobre o André Lopes.

Cartão Amarelo aos 73 minutos para o jogador nº 4, por protestos.

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 12 minutos para o Miguel Rocha, por ter cometido uma falta sobre o jogador nº 20.

Cartão Amarelo aos 22 minutos para o Luis Carica, por ter cometido uma falta sobre o jogador nº 20.

Cartão Amarelo aos 53 minutos para o Jorge Faria, por ter cometido uma falta sobre o jogador nº 11.

Resultado ao intervalo: 1-0

 

Foto: Outra grande defesa do Daniel Duarte, aos 50 minutos de jogo, após um remate cruzado do lado esquerdo efectuado pelo jogador nº 6 do Igreja Nova. 

 

MARCHA DO MARCADOR:

1-0 aos 23 minutos pelo jogador nº 20. Depois de uma perda de bola na saida para o ataque, o jogador nº 20 do Igreja Nova entrou na área, com a bola dominada, pelo lado direito e foi rasteirado pelo Luis Carica. O árbitro assinalou a grande penalidade e na conversão o mesmo atleta inaugurou o marcador, com um remate rasteiro, ao centro da baliza, com o Daniel ainda a tocar nela com o pé, quase impedindo-a de ultrapassar a linha de golo.

2-0 aos 71 minutos pelo jogador nº 20. Após um passe da zona intermediária, o jogador nº 20 ganhou em velocidade ao Diogo Ribeiro, entrou na área, descaído para o lado direito e rematou rasteiro de pé direito, com a bola a entrar fora do alcance do Daniel Duarte.

3-0 aos 84 minutos pelo jogador nº 11. Em mais um perda de bola em zona proibida, a equipa da casa recuperou o esférico e centrou do lado esquerdo, para o segundo poste, onde apareceu o jogador nº 11 a finalizar facilmente, sem marcação e a elevar o marcador para três golos sem resposta. 

 

Foto: 2-0 para o Grupo Desportivo Igreja Nova, apontado nesta finalização com o pé direito pelo jogador nº 20, que foi o homem do jogo. 

 

CRÓNICA DO JOGO:

Este domingo, a equipa sénior do Futebol Clube de Ota viajou até ao campo do 1º classificado, Igreja Nova, que seguia só com três empates cedidos e apenas 4 golos sofridos, sendo que desses quatro, três foram de grande penalidade.

A tarde apresentou-se chuvosa, especialmente nos primeiros vinte minutos de jogo, onde caiu com alguma intensidade. Para além da chuva sempre incomodativa, também se fez sentir bastante frio na Igreja Nova.

Para este jogo a equipa sofreu algumas baixas devido a lesão, nomeadamente o Sandro e o Edgar.

Assim sendo, o técnico Nuno Jacinto convocou o júnior Pedro Branco, no sentido de reforçar o ataque da equipa, e fez alinhar o seguinte onze inicial: Daniel Duarte entre os postes. José Alberto na direita da defesa e Luis Carica na esquerda. Os centrais foram o Diogo Ribeiro e o João Silva. O trinco foi o Gonçalo Ferreira. O duplo pivot de meio campo foi composto pelo Rui Ferreira e Miguel Rocha. Na direita do ataque jogou o Nuno Narciso e na esquerda o André Lopes. Na posição de ponta de lança alinhou o João Bacalhau.

Debaixo de forte chuva, a equipa de Ota não entrou muito bem no jogo e aos 2 minutos quase sofria o primeiro golo do jogo, após um lançamento de linha lateral do lado esquerdo, a bola sobrou para o jogador nº 4 que a enviou por cima da barra.

Entretanto o jogo ficou equilibrado porque a equipa de Ota serenou e começou a ter a bola nos pés, como ela tanto gosta, escondendo-a do seu adversário.

A equipa da casa jogou sempre apostando no futebol directo, principalmente solicitando a velocidade e técnica apurada do jogador nº 20, que foi um autêntico quebra cabeças para os defesas visitantes.

Aos 16 minutos, na sequência de um canto, a equipa da casa teve uma grande oportunidade de golo, que o Daniel evitou sobre a linha de baliza.

Aos 22 minutos, o jogador nº 20 entrou na área, em velocidade, e foi rasteirado pelo Carica. O árbitro assinalou o penalty e o mesmo jogador nº 20 inaugurou o marcador.

Aos 28 minutos, num remate cruzado do lado direito, executado pelo jogador nº 20, o Daniel Duarte fez uma grande defesa a evitar o segundo golo ao adversário.

Aos 33 minutos, num livre directo, o Miguel Rocha bateu forte, mas a bola saiu à figura do guarda redes local que a agarrou com bastante segurança.

O jogo foi decorrendo equilibrado até ao intervalo, com o Futebol Clube de Ota a jogar mais em futebol apoiado, em claro contraste com o seu adversário, que assim que recuperava o esférico logo o colocava na frente de ataque.

Aos 43 minutos, na última situação de perigo da 1ª parte, o jogador nº 10, em boa posição, de fora da área, enviou o esférico um pouco por cima da barra da baliza visitante.

Ao intervalo a vitória assentava bem à equipa local, porque foi a que mais procurou a baliza, tendo tido sucesso num lance de bola parada. 

 

Foto: Aos 77 minutos, com o resultado em 2-0, o Nuno Narciso cruzou o esférico desde o lado esquerdo e o João Bacalhau, no coração da área, de primeira enviou o esférico ligeiramente ao lado do poste esquerdo da baliza adversária. 

 

Ao intervalo o José Alberto cedeu o seu lugar ao Jorge Faria devido a lesão.

A segunda parte deste jogo foi muito mais interessante que a primeira, principalmente porque a equipa de Ota conseguiu estender mais o seu jogo, e os seus atletas tiveram diversas oportunidade para fazer golo, embora a equipa da casa também tenha tido muitas oportunidades para ampliar a vantagem, como viria a suceder mais tarde nesta etapa complementar.

Mas essencialmente, foi um segundo tempo de ataque cá, ataque lá, sempre com muito perigo junto de ambas as balizas.

Aos 50 minutos, o jogador nº 6 rematou cruzado, do lado esquerdo, para uma grande defesa do Daniel Duarte, a aliviar a bola para canto.

Aos 55 minutos, na sequência de um canto batido do lado direito, a bola sobrevoou a área e foi cair para lá do segundo poste, onde estava o André Lopes a finalizar de primeira, com o guarda redes a defender, e a bola a ficar ali á mercê de um toque para o fundo das redes, que o Bacalhau não conseguiu fazer por muito pouco.

Aos 58 minutos, o Igreja Nova lançou um contra ataque pela direita, com cruzamento para a entrada da área, onde o jogador nº 6 rematou por cima da barra.

Aos 62 minutos, a equipa da casa teve mais uma soberana oportunidade para marcar, depois de mais uma perda de bola em zona proibida, mas o jogador nº 20 não teve sucesso na sua finalização.

Aos 67 minutos, o jogador nº 20 entrou na área pelo lado direito e rematou a bola contra as malhas laterais da baliza à guarda do Daniel Duarte.

Aos 69 minutos, o jogador nº 11 enviou o esférico contra o poste esquerdo da baliza do F. C. Ota e na recarga o jogador nº 6 entregou a bola para uma recepção fácil do Daniel Duarte.

Aos 71 minutos chegou o segundo golo para a formação do Igreja Nova, apontado de novo pelo jogador nº 20, que foi sem sombra de dúvidas o melhor e mais influente jogador em campo.

Aos 73 minutos saiu do terreno de jogo o Miguel Rocha por troca com o Yuriy Tkachov.

Aos 76 minutos, o jogador nº 20 rematou de fora da área, mas o Daniel defendeu, na recarga, após remate do jogador nº 17, o guarda redes do F. C. Ota voltou a segurar o esférico.

Aos 77 minutos, o Nuno Narciso cruzou o esférico do lado esquerdo do ataque, para o coração da área, onde apareceu o Bacalhau, completamente livre de marcação, a rematar o esférico ligeiramente ao lado do poste esquerdo da baliza visitada.

No minuto seguinte, o André Lopes rematou de fora da área, com o guarda redes local a desviar a bola pela linha de fundo, numa defesa com um grau de dificuldade acentuada.

Aos 79 minutos, no canto ganho pelo André, e batido pelo Narciso do lado direito, o João Bacalhau apareceu ao primeiro poste a cabecear o esférico contra a barra da baliza adversária.

Foram três minutos de grande assédio atacante da equipa de Ota, com três grandes oportunidades para marcar, mas a sorte nada quis com a nossa equipa e não conseguimos reduzir a desvantagem, para tentar colocar alguma incerteza no resultado até ao final dos noventa minutos de jogo.

Como sempre, quem não marca, vai acabar por sofrer, e mais uma vez assim foi, porque aos 84 minutos, o jogador nº 11 fez o terceiro golo numa finalização muito fácil ao segundo poste, após cruzamento do lado esquerdo.

Entretanto, ainda antes do fim do jogo, a equipa técnica do F. C. Ota fez as três alterações que faltavam com a saida do João Bacalhau, Nuno Narciso e João Silva, por troca com o Pedro Branco, júnior que se estreou na equipa sénior, Nuno Luz e Ricardo Quaresma.

O último remate do jogo, aos 90+3 minutos pertenceu mesmo ao júnior Pedro Branco, no interior da área, descaido para o lado direito, com a bola a sair por cima da barra.

Em suma, vitória justa para a equipa da casa, por números algo exagerados. A equipa de Ota trabalhou bem durante o jogo, especialmente no segundo tempo, onde fez por merecer, pelo menos, a obtenção de um golo. 

 

Foto: Aos 90+3 minutos, o júnior Pedro Branco, na estreia pelos seniores, fez o último remate do jogo contra o Igreja Nova, com a bola a sair por cima da barra. 

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem nomeado para o jogo desta 16ª jornada, em Igreja Nova, foi composto pelo Marco Matos (árbitro principal), Rafael Figueira e João Gaspar (árbitros assistentes).

Em termos globais, a equipa de arbitragem realizou um excelente trabalho.

Ficam-nos algumas dúvidas, aos 32 minutos de jogo, sobre se o jogador do Igreja Nova terá cortado um lance na área com o braço, desarmando o João Bacalhau. O lance é muito rápido e o jogador local não afasta o braço do corpo, embora a bola aparentemente lhe tenha tocado no braço direito, mas como dissemos inicialmente o lance não é claro e por isso aceita-se a decisão do árbitro.

No capítulo disiciplinar ficou um ou outro amarelo por mostrar, mas não será esse pormenor a deslustar uma excelente arbitragem protagonizada por este competente trio de árbitros.

    



publicado por BLOGOTA às 21:05
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ATÉ SEMPRE...

RAINHA DAS VINDIMAS 2012 ...

EQUIPA TÉCNICA DOS TRAQUI...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

CLÁSSICA CICLISMO - ALVER...

CLÁSSICA CICLISMO: ALVERC...

EQUIPA TÉCNICA DOS BENJAM...

SORTEIO – JUVENIS E INICI...

1º DESAFIO BTT ADN – A DO...

EQUIPA TÉCNICA DOS INFANT...

TROFÉU BTT OURÉM – RAID T...

EQUIPA TÉCNICA DOS INICIA...

CICLISMO - CONTRA RELÓGIO...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUVENI...

EQUIPA TÉCNICA DOS JUNIOR...

SORTEIO – JUNIORES – F. C...

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN – F...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

VIDEOS DA MARATONA BTT DE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

MARATONA BTT DE OTA

15º PRÉMIO VOLKSWAGEN AUT...

CLÁSSICA SUBIDA À TORRE -...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

CIRCUITO DE CICLISMO DA A...

18º CIRCUITO BTT NORTE AL...

MARATONA BTT DE OTA - DOR...

PASSEIO ANUAL DA 3ª IDADE...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

F.C. OTA - ESTATÍSTICA 20...

VIDEOS DO CIRCUITO DE CIC...

CIRCUITO DE CICLISMO DE M...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

3 HORAS RESISTÊNCIA BTT A...

PROGRAMA DA FESTA DE OTA ...

REGIONAL DE MARATONAS BTT...

2ª DIVISÃO DISTRITAL - A....

CIRCUITO DE CICLISMO DE S...

TREINOS DE CAPTAÇÃO - F. ...

OH MEU DEUS TRAIL BIKE SE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim