PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Sábado, 5 de Abril de 2008
ABSA CAPE EPIC - SOUTH AFRICA - ETAPA 8

Uma queda mesmo na última etapa.

Finalmente chegou a última etapa do ABSA CAPE EPIC, depois de 7 etapas, mais um prólogo, percorreram-se hoje os últimos 68 quilómetros entre Elgin e Lourensford, com um acumulado de subidas de 1,760 metros.

A equipa do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / R. Bikes Ota terminou a última etapa n0 70º posto na sua categoria (homens), 95º na geral.

Na classificação final a equipa de Ota desceu duas posições em relação à etapa anterior e terminou esta grande aventura na 62ª posição na sua categoria (homens) e 87ª na geral, com o tempo total de 49h.17m.35s.

O Miguel Pancadares e o David Ventura estão de parabéns por terem conseguido obter uma brilhante prestação nesta competição, onde está presente a nata mundial do BTT.

Das cinco equipas portuguesas, a de Ota foi a segunda melhor, o Team Amarante, composto por João Marinho e José Silva terminou na 37ª posição (homens) e 46º na geral, com o tempo total de 45h.44m.12s., sendo por isso a melhor dupla portuguesa a completar o ABSA CAPE EPIC.

O Team M&M (Nuno Machado/André Malha) ficou na 138ª posição (homens) e 202ª na geral, com o tempo total de 57h.03m.46s.

A equipa Chaparros BTT Team (António Bendito/Pedro Capela) ficaram na 229ª posição (homens) e 359ª na geral, com o tempo total de 66h.47m.54s.

A outra equipa portuguesa, Team Molenga (Luis Sérgio/Carlos Costa) não terminou a prova disputada na África do Sul.

Terminaram esta competição 433 equipas, a última classificada foi a Wild Dogs, da África do Sul, com o tempo total de 74h.40m.37s.

Os grandes vencedores desta edição do ABSA CAPE EPIC foi a equipa Cannondale Vredestein (Roel Paulissen -Bélga e Jakob Fuglsang - Dinamarquês) com o tempo total de 36h.01m.44s.

 Os grandes vencedores da edição 2008 do ABSA CAPE EPIC. 



publicado por BLOGOTA às 22:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 4 de Abril de 2008
ABSA CAPE EPIC - SOUTH AFRICA - ETAPA 7

O hotel 5 estrelas onde os atletas pernoitam.

A penúltima etapa do ABSA CAPE EPIC correu-se entre Hermanus e Elgin, com a distância de 91 quilómetros e com um acumulado de subidas de 1.985 metros.

As duas últimas etapas desta prova são as mais curtas, mas nem por isso as mais faceis.

A equipa do C.S.R.D. de Ota/R Bikes Ota melhorou a sua performance em relação a etapas anteriores e acabaram na 65ª posição na sua categoria (homens) e 85º na geral, com o tempo total de 5h.15m.03s.

Na classificação geral a equipa subiu 4 lugares na tabela classificativa, passando para 60ª posição na sua categoria (homens) e 85º na geral.

Até à etapa de hoje a equipa de Ota somou 45h.28m.54s. para completar o prólogo e as 7 etapas já concluidas.

Imediatamente à sua frente está uma equipa da África do Sul (Cycle Lab Brothers) a menos de três minutos. Na 58º posição está uma equipa também da África do Sul (Save the jumping trees) a sensivelmente dez minutos de distância.

Vamos acreditar e torcer para que a nossa equipa ainda possa subir mais alguns lugares no final da última etapa, marcada para amanhã.

Neste momento a equipa do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota/R. Bikes Ota é a segunda melhor representante do nosso país.

O team Amarante composto por João Marinho e José Silva são a melhor dupla de Portugal, ocupam a 38ª posição na categoria de homens e o 49º lugar na geral, com o tempo total de 42h.38m.20s.

Esta dupla tem feito até ao momento uma excelente prova, com um senão na 5ª etapa em que terminaram na 150ª posição e estiveram prestes a desistir.

Perceba porquê, pelo relato escrito que o João Marinho fez para o Fórum BTT sobre o que se passou (a equipa R. Bikes Ota é referenciada nesta crónica):

The true test of partnership…


Como podem 5 minutos mudar o rumo de corrida? Como pode acontecer que num momento estar no pelotão da frente e pouco depois pensar se conseguiríamos terminar a etapa e mesmo o Cape Epic? Como é que a palavra desistir ameaçou a nossa participação?


À partida para a 5ª etapa nada fazia prever o pesadelo que seria estes 146km de estradão africano. Ia com o pelotão da frente, sentia-me bem e conseguia acompanhar o ritmo intenso que era imposto pelos candidatos à vitória final. Completei os primeiros 30km em menos de uma hora!!!! Decido olhar para trás e saber se o Zé estava neste grupo, não estava, começo a abrandar à medida que os atletas vão passando o meu desespero começa a aumentar, decido parar no cimo de uma colina e esperar pelo Zé enquanto apreciava a Savana. O Zé finalmente aparece, com um ritmo lento comecei a estranhar o andamento dele, perguntei o que se passava apenas disse que não se sentia bem. Acompanhei-o sempre a  partir deste ponto, a condição dele estava cada vez pior, os atletas passavam e o Zé não tinha resposta, pensei que fosse apenas um mau momento e  que iria melhorar.


Os kms passavam a cara do Zé mudou de cor, estava branco e quase não se equilibrava na bike. Passam duas equipas tugas por nós, primeiro os R Bikes e depois o Team M&M, ambos se assustaram com a expressão do Zé. Peguei na bike do Zé enquanto ele caminhava pela areia  desorientado. Faltavam mais de 80km e já íamos com 3h de prova, comecei a fazer contas ao fecho do controlo e com este andamento seria complicado conseguirmos completar a etapa dentro do tempo previsto pela organização. A situação não estava nada fácil para os nossos lados.


Continuei a acompanhar o Zé no meio do nada, tentei motiva-lo para chegar ao próximo abastecimento e aí descansar um pouco.


Os kms não passavam, as horas iam aumentando no conta kms e a vida a andar para trás. No final de uma descida junto a lagoa com as lágrimas nos olhos disse-me que não iria chegar ao fim da etapa. Não irei esquecer esse momento, comecei a empurra-lo para conseguirmos chegar ao 3º e ultimo abastecimento a cerca de 35km da meta. A mota da assistência médica acompanhava-nos temendo o pior. Passaram umas amigas nossas da Nova Zelândia, perguntaram se queríamos alguma coisa e oferecendo o que tinham com elas ficando desoladas por nos ver. Momento arrepiante, nunca tinha visto o Zé assim e já ando com ele há muito, muito tempo.


Conseguimos chegar ao último abastecimento com muito sacrifício, o Zé começava a melhorar. A  partir deste momento o Zé recuperou algumas forças e pedalou até ao fim como se já estivéssemos a pedalar há mais de 7horas, estava 500% melhor, completar a etapa era possível e assim continuarmos em prova.


Terminamos na 228 posição com mais de 8h de prova.


Quando um abraço tem verdadeiramente o seu significado foi nesse dia, no final da etapa.


A resposta para este dia está na anestesia que o Zé teve de levar na mão no final da 4ªetapa devido a uma deslocação do dedo mindinho da mão direita que o desidratou e lhe retirou a energia toda. A fractura aconteceu durante a 2ª etapa enquanto pedalava.


Desculpem não ter colocado mais nada mas tem sido impossível tal, temos tido muitos problemas para resolver e não temos tido tempo nem para descansar.

 

Team Amarante (João Marinho e José Silva)

 

Foto tirada antes do começo da prova, tirada pelo team Amarante, de 4 das 5 equipas portuguesas que participaram no Cape Epic. A equipa que falta na foto, é precisamente a de Ota que ainda não tinha chegado à Àfrica do Sul.



publicado por BLOGOTA às 21:34
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 3 de Abril de 2008
ABSA CAPE EPIC - SOUTH AFRICA - ETAPA 6

Em caso de acidente há sempre alguém atento e que rapidamente intervém no auxílio aos atletas.

Hoje correu-se a etapa 6 da Mega-Maratona de BTT que decorre até Sábado na África do Sul.

A partida foi dada em Bredasdorp e o término da etapa foi em Hermanus.

130 Quilómetros, com 2.095 metros de acumulado de subidas. O grande desafio do dia foi a escalada à reserva natural de Salmonsdam com 14 quilómetros de extensão e com inclinações na ordem dos 6% aos 12%. A parte final deste dia foi mais calmo terminando junto à praia.

A equipa do C.S.R.D. de Ota/R. Bikes Ota terminou na 104ª posição da sua categoria e em 141ª na geral, com o tempo de 6h.56m.42s.

Na classificação geral o Miguel Pancadares e o David Ventura desceram duas posições relativamente ao dia de ontem, passando para o 64º lugar na sua categoria e 89º na geral classificativa, com o tempo total de 40h.13m.51s.

Amanhã corre-se a penúltima etapa desta grande aventura e os atletas de Ota estão prestes a conseguir um feito notável. Vamos aguardar e torcer para que tudo continue a correr sobre rodas até ao próximo Sábado.

No final de cada etapa sabe sempre bem uma massagem para recuperar a energia para o dia seguinte.

Links:

ABSA CAPE EPIC

GALERIA DE FOTOS

GALERIA DE VIDEOS

CLASSIFICAÇÕES



publicado por BLOGOTA às 20:22
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 2 de Abril de 2008
ABSA CAPE EPIC - SOUTH AFRICA - ETAPA 5

Imagem da 4ª etapa disputada no dia 1 de Abril de 2008

Esta Quarta - Feira, dia 2 de Abril, correu-se a 5ª Etapa do ABSA CAPE EPIC, entre Swellendam e Bredasdorp, com a distância de 146 quilómetros e com um total de acumulado de subidas de 1.819 metros.

A organização preparou para hoje um percurso com muito mato e rochas afiadas, onde os pneus sem câmara de ar eram altamente recomendáveis. Para além disso, hoje percorreu-se a etapa mais longa da história do ABSA CAPE EPIC.

A equipa do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota/R. Bikes Ota, composta pelo Rui Miguel Pancadares e David Ventura terminaram o dia na posição 117ª na sua categoria (homens) e 168ª na geral. Para completarem os 146 quilómetros da etapa de hoje, a equipa de Ota gastou o tempo total de 7h.46m35s.

Na classificação geral a equipa de Ota desceu 4 lugares em relação ao dia de ontem, passando para a 62ª posição na sua categoria (homens) e 89º na geral de todas as categorias, com o tempo total de 33h.17m.35s.

Amanhã mais um dia, mais uma etapa e nós cá estaremos para acompanhar a evolução da equipa nesta aventura na África do Sul.

Transporte das malas dos atletas do ABSA CAPE EPIC 2008



publicado por BLOGOTA às 21:17
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 1 de Abril de 2008
ABSA CAPE EPIC - SOUTH AFRICA - ETAPA 2 - 3 - 4

Imagem do Prólogo de Sexta-Feira - 28/03/2208

Entre Domingo e hoje correram-se mais três etapas do ABSA CAPE EPIC, que decorre actualmente na África do Sul.

A equipa do C.S.R.D. de Ota/R. Bikes Ota, composta por Miguel Pancadares e David Ventura continua a sua fantástica aventura somando classificações extraordinárias.

Na etapa de Domingo, entre George e Calitzdorp percorreram-se 137 quilómetros, com um acumulado de subidas de 2.518 metros. Esta etapa foi considerada pela organização com a mais dura de sempre na história desta competição.

Os atletas de Ota terminaram o dia em 53º lugar (homens), 76º na geral, com o tempo total de 6h.48m.59s.

Foto: Atletas preparados para iniciarem a primeira etapa - 29/03/2008

Na Segunda - Feira, dia 31, disputou-se a 3ª etapa, com a partida a ser dada em Calitzdorp e o termo da mesma, passados 133 quilómetros, em Riversdale. O acumulado de subidas nesta etapa foi de 2.340 metros num dia em que o percurso era marcadamente rochoso. Os jovens de Ota ficaram na 67ª posição (homens), 96º na geral, fazendo o tempo de 5h.41m.04s.

Imagem do percurso muito duro da 2ª etapa - 30/03/2008

Convém aqui abrir um parênteses para explicar que a equipa de Ota corre na categoria de homens (Men), mas para além dessa existem mais três categorias (Ladies) duplas composta exclusivamente por senhoras, (Mixed) duplas constituídas por um elemento do sexo masculino e outro do sexo feminino e (Masters) duplas compostas por profissionais do BTT.

Imagem deslumbrante da 3ª etapa - 31/03/2008

A 4ª etapa, disputou-se hoje, dia 1 de Abril e a equipa de Ota terminou na 76ª posição (homens), 107º da geral, com o tempo de 6h.21m.00s. O dia começou em Riversdale e acabou em Swellendam. Percorreram-se 121 quilómetros, com um total de acumulado de subidas de 2.620 metros. Hoje o percurso passava por grandes zonas de florestas, bem apetecíveis para proteger os atletas do sol inclemente que tem desgastado imenso a nossa equipa.

Actuamente o equipa do C.S.R.D. de Ota/R. Bikes Ota está na 58º posição na sua categoria e em 81º na geral classificativa, com o tempo total de 25h.31m00s.



publicado por BLOGOTA às 21:17
link do post | comentar | favorito

Sábado, 29 de Março de 2008
ABSA CAPE EPIC - SOUTH AFRICA

 

Começou no dia 28 de Março a grande aventura do David Ventura e Miguel Pancadares em BTT, participando no ABSA CAPE EPIC na África do Sul.

Representando o Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota/R Bikes Ota, os dois corredores de Ota tiveram a oportunidade de se estrear no primeiro prólogo de sempre desta competição. E fizeram-o conquistando um brilhante 53º lugar na sua categoria (homens) e 67º na geral.

O prólogo foi disputado em Pezula Private Estate, tendo os corredores de percorrer 17 quilómetros, com um total de 301 mts de acumulado de subidas.

O Miguel Pancadares e o David Ventura gastaram 41 minutos e 48 segundos a completar o percurso, iniciando desta forma brilhante uma prova dura que decorrerá durante 9 dias.

Entretanto hoje correu-se a primeira etapa e a equipa de Ota obteve um extraordinário 40º lugar na sua categoria (homens), 51º na geral.

A equipa gastou o tempo de 5h.58m.08s para completar a etapa com 123 quilómetros de extensão e 3.091 metros de acumulado de subidas.

A etapa de hoje iniciou-se em Knysna e terminou em George.

Na classificação geral a equipa de Ota está no 40º lugar com o tempo total de 6h.39m.56s. Em primeiro lugar na sua categoria está a equipa songo.info com o tempo total de 5h.12m04s.

Nos próximos dias continuaremos a acompanhar esta competição no sentido de divulgar e apoiar os atletas de Ota.



publicado por BLOGOTA às 23:29
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 19 de Março de 2008
2ª PROVA DE CICLISMO UNIÃO PENEDENSE

Foto: Paulo Inácio, Rui Miguel Pancadares (de costas), David Ventura (no interior do veículo de assistência) e Marco Alegre (de costas).

 

Disputou-se no passado Domingo em Casais Penedos, concelho do Cartaxo, a 2ª prova de ciclismo, organizada pela colectividade local.

Na prova «rainha» da tarde de Domingo, a organização preparou um circuito de 20 voltas, dentro da localidade, com cerca de 48 quilómetros (2,4 Km cada volta), para as categorias de Sub-23, Elites e Veteranos A.

A equipa do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota esteve presente nesta prova a meio gás, visto que dos dez elementos da formação, apenas seis deslocaram-se aos Casais Penedos.

Sérgio Silva em estágio com a selecção de duatlo, Alexandre Esteves, Gonçalo Penedo por motivos pessoais e Nuno Cunha, que foi a Santarém vencer o Raid Maratona daquela cidade, foram os grandes ausentes deste evento.

Antes da prova «rainha» disputou-se a corrida para os Veteranos B e C, com a participação, algo infeliz, do atleta da equipa de Ota, Jorge Gonçalves, que por motivo de queda se viu obrigado a desistir.

Foto: Preparativos para a partida.

 

Em relação à corrida para os Sub-23, Elites e Veteranos A, o grande vencedor foi o João Portela (categoria Elite), da equipa G.D. Janotas & Simões). Logo seguido pelo Davide Garrido (categoria Elite), da equipa Clube Ciclismo de Salvaterra. O primeiro classificado da categoria Veteranos A foi Humberto Santo, que também venceu o prémio das Metas Volantes, da equipa Xyami/Casema/Nova Vida. Célio Apolinário (Veteranos A) da equipa G.D. Janotas & Simões, depois da vitória na prova de abertura em Setúbal para veteranos, foi o segundo classificado nesta categoria e quarto na geral.

Em relação aos corredores de Ota, dos cinco participantes, apenas dois terminaram integrados no pelotão, o David Ventura e o Rui Miguel Pancadares, os quais por diversas vezes tentaram lançar ataques para se conseguirem isolar, sem grande sucesso.

O Sub-23 Paulo Inácio desistiu à 10ª volta, depois de ser dobrado pelos corredores da frente da corrida. O Henrique Santos, depois de ter feito a Meia Maratona de Lisboa umas horas antes, só conseguiu fazer 7 voltas, até ser dobrado na prova de Casais Penedos. O Marco Alegre a passar por um período de forma menos bom, desistiu ao fim de duas voltas ao circuito.

Foto: Os atletas de Ota a iniciarem a sua prova.

 

Na próxima Sexta-Feira realiza-se o já habitual passeio livre Ota - Fátima por estrada.

Na próxima semana a dupla David Ventura/Rui Miguel Pancadares viaja para a África do Sul, a fim de participar no Cape Epic, a prova que todos os BeTeTistas sonham realizar, pelo menos uma vez na vida.

De 28 de Março a 5 de Abril, 1200 corredores em duplas de seiscentas equipas, 950 quilómetros, 18.000 de subidas acumuladas e o Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota estará dignamente representado.



publicado por BLOGOTA às 19:51
link do post | comentar | favorito

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

ABSA CAPE EPIC - SOUTH AF...

ABSA CAPE EPIC - SOUTH AF...

ABSA CAPE EPIC - SOUTH AF...

ABSA CAPE EPIC - SOUTH AF...

ABSA CAPE EPIC - SOUTH AF...

ABSA CAPE EPIC - SOUTH AF...

2ª PROVA DE CICLISMO UNIÃ...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim