PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Terça-feira, 24 de Maio de 2011
IIª DIVISÃO DISTRITAL - SÉRIE 1 - A. F. LISBOA

ANÁLISE BLOGOTA – ÉPOCA 2010/2011

 

2ª PARTE

 

  

LUZ FANHÕES

 

A equipa de Fanhões começou muito mal este campeonato, com quatro derrotas consecutivas, sendo que a primeira foi decidida na secretaria devido à falta de policiamento na 1ª jornada quando receberam a Cerca. Depois, gradualmente, foram subindo na tabela classificativa até se fixarem no meio da mesma, num lugar que nos pareceu adequado à qualidade do plantel. Terminaram no 8º lugar, com 9 vitórias, 3 empates e 13 derrotas, para um total de 30 pontos. Marcaram 25 golos, sendo a formação com o menor número de golos marcados na competição, e sofreram 35. Nos jogos com a equipa de Ota venceram em Cheganças por 1-2 e perderam em casa por 0-1.

 

 

CERCA

 

A formação da Cerca fez um campeonato muito irregular, nomeadamente nos jogos em casa, onde cedeu muitos pontos inesperados. Andou sempre na parte baixa da tabela classificativa, sem conseguir dar o salto para a metade de cima, com excepção das primeiras cinco jornadas em que conseguiu obter 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota, depois foi sempre a cair. Para ficar me 9º lugar, obteve 7 vitórias, 5 empates e 13 derrotas, para um acumulado de 26 pontos. Marcaram 40 golos e sofreram 50. Com o F. C. Ota empataram em casa a uma bola e venceram em Cheganças por 3-5.

 

 

ATALAIA

 

A outra formação do concelho de Alenquer terminou o campeonato nos lugares habituais, em comparação com épocas anteriores, com o aspecto positivo de pela primeira vez, em cinco épocas, ser a melhor equipa deste município na 2ª divisão distrital de Lisboa. A sua melhor fase da época foi entre a jornada 7 e a 9, onde conquistou três vitórias consecutivas, isto depois de uma derrota pesadíssima em Alcainça. Conquistou 7 vitórias, 3 empates e 15 derrotas, com 24 pontos no total. Marcaram 33 golos e sofreram 57. Nos jogos com a equipa de Ota, empatou em casa a um golo e perdeu em Cheganças, por três bolas a uma.

 

 

F. C. OTA

 

Esta época fica para a história do clube como a pior de sempre em termos de classificação final. Curiosamente, a equipa foi melhor a jogar fora do seu reduto, onde conquistou 14 pontos, do que a jogar em casa, onde acumulou apenas 7 pontos. Muito desta má época explica-se pelo facto de perdermos inúmeros jogos em Cheganças, onde deveríamos ter conquistado mais vitórias. Em termos gerais a falta de eficácia, nos jogos em Cheganças, destronou-nos de uma posição entre o 7º e o 8º lugar, que seria o lugar mais justo para a nossa equipa. No final somamos 5 vitórias, 6 empates e 14 derrotas, para um acumulado de 21 pontos. A equipa marcou 32 golos e sofreu 51.

 

 

FURADOURO

 

A equipa do Furadouro, que a exemplo da de Ota, tinha feito uma excelente 2ª volta de campeonato na época 2009/2010, também desiludiu forte e feio os seus adeptos esta temporada. Foi sempre uma equipa que militou nos últimos lugares da tabela, chegando mesmo a perder um jogo na secretaria, contra a Cerca, por utilização indevida de um jogador castigado, depois de empatar no terreno de jogo, o que revelou também bastante falta de organização. No final conquistou 5 vitórias, 4 empates e 16 derrotas, para um total de 19 pontos. Marcaram 26 golos e sofreram 54. Nos jogos com a equipa de Ota registaram-se dois empates, o primeiro no Furadouro a duas bolas e o segundo em Cheganças a uma bola.

 

 

FONTE GRADA

 

A formação da Fonte Grada, construída sobre uma fornada de juniores que subiram a seniores esta época, pagou o preço da inexperiência e alguma desorganização táctica, e ficou em último lugar nesta série 1 da 2ª divisão distrital de Lisboa. Conquistaram apenas duas vitórias, contra o A dos Cunhados e Furadouro, mas prometem não baixar os braços e na próxima época ai estarão para lutar por um melhor lugar na tabela classificativa. 8 pontos foi o máximo que conseguiram conquistar, com 2 vitórias, 2 empates e 21 derrotas. Marcaram 26 golos e sofreram 94. Nas partidas com o F. C. Ota, perderam ambas por duas bolas a uma.

 

 

MALVEIRA “B”

 

A Malveira “B” foi uma equipa que entrou nesta competição já depois do sorteio se ter realizado, porque os seus dirigentes entenderam que tinham capacidade e jogadores para formarem duas equipas seniores, uma na 3ª divisão nacional e a outra na 2ª distrital. No final da época, tiveram que desistir do campeonato da 2ª distrital no final da 1ª volta e a equipa principal desceu da 3ª nacional para os distritais. Como se costuma dizer: “Foram mais olhos que barriga”. Assim sendo, e como concluiu a 1ª volta do campeonato, a A. F. Lisboa entendeu não anular os resultados desta equipa, que terminou com 13 jogos realizados, 6 vitórias, 1 empate e 6 derrotas, com 19 pontos. Marcaram 25 golos e sofreram 30. No jogo que efectuaram com a equipa de Ota venceram por uma bola a zero, no relvado natural da Malveira.    



publicado por BLOGOTA às 10:08
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 26 de Outubro de 2010
VIDEOS DO JOGO: MALVEIRA "B" 1 - F. C. OTA 0
 

Nuno Narciso de livre directo, para defesa segura do GR da Malveira.

Daniel Duarte com uma defesa segura, a remate do jogador nº 3.

Entrada dura sobre o João Silva, cometida pelo jogador nº 14.

Caldeira corta a bola com o peito e o árbitro assistente assinala penalty. Reparem que os jogadores da Malveira, mais próximos do nosso jogador, não reclamam qualquer ilegalidade e quando ouvem o apito ficam na dúvida sobre o que foi assinalado.

1-0 para a Malveira "B", marcado de penalty, pelo jogador nº 14.



publicado por BLOGOTA às 18:42
link do post | comentar | favorito

Domingo, 24 de Outubro de 2010
A. C. MALVEIRA "B" 1 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 0

CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO - ASSOCIAÇÃO FUTEBOL LISBOA

19ª JORNADA - ÉPOCA 2010/2011

Foto (da esquerda para a direita): Miguel, Narciso, Fachada, Quaresma, Peres, Caldeira, Edgar, João Silva, João Rodrigues, Daniel e Pedro Grilo.

Foto: Onze titular do Atlético Clube de Malveira, equipa B.

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

88 DANIEL DUARTE
4 JOÃO RODRIGUES
2 JOÃO SILVA
21 BRUNO CALDEIRA
12 EDGAR FILIPE
22 PEDRO GRILO (Cap.)
6 PERES
30 RICARDO FACHADA
27 MIGUEL ROCHA
19 RICARDO QUARESMA
16 NUNO NARCISO

 

Foto: Aos 25 minutos, o jogador nº 6, bateu um livre e o Daniel defendeu sem segurar, aparecendo depois o Caldeira a tirar a bola pela linha de fundo.

 

Substituições:

72' - Saiu o Miguel Rocha e entrou o SANDRO FERREIRA (8).

72' - Saiu o João Silva e entrou o NUNO FERNANDES (25).

82' - Saiu o Peres e entrou o JORGE RIBEIRO (20).

82' - Saiu o Nuno Narciso e entrou o JOÃO BACALHAU (23).

Suplentes não utilizados: Ruben Dias.

Não convocados: Márcio Carvalho, Alexander Deus, André Ferreira, Rui Ferreira, Gonçalo Ferreira e Filipe Antunes.

Castigado: Reginaldo Souza.

Disciplina:

Atlético Clube da Malveira "B":

Cartão Amarelo aos 50 minutos, para o jogador Nº 4, por ter cometido uma falta dura sobre o Miguel Rocha.

Cartão Amarelo aos 68 minutos, para o jogador Nº 14, por ter cometido uma falta perigosa sobre o João Silva.

Cartão Amarelo aos 76 minutos, para o jogador Nº 9, por protestos.

Cartão Amarelo aos 87 minutos, para o jogador Nº 12 (Guarda Redes), por demorar a repor a bola em jogo, num pontapé de baliza.

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 24 minutos, para o João Silva, por ter cometido uma falta dura sobre o jogador nº 13.

Resultado ao intervalo: 0-0

Foto: Grande intervenção do Daniel Duarte, aos pés do jogador Nº 3, da Malveira "B", com uma intervenção arrojada e corajosa.

 

MARCHA DO MARCADOR:

1-0 aos 75 minutos pelo jogador Nº 14 (Penalty). Na sequência de um cruzamento para a nossa área, o Caldeira cortou com o peito e viu o árbitro assistente, do lado dos bancos de suplentes, assinalar grande penalidade. Parece que para este auxiliar, o peito é um prolongamento do braço. Na marcação do castigo máximo, apesar do Daniel ter adivinhado o lado, o jogador nº 14 colocou o esférico mesmo junto ao poste direito da baliza do F. C. Ota, sem hipótese de defesa para o nosso guarda redes.

Foto: Neste lance, aos 37 minutos, na sequência de um canto a favor da equipa da casa, os nossos jogadores ficaram no rés do chão, enquanto os adversários foram ao 1º andar cabecear a bola. Na circunstância o cabecemanto do jogador nº 13, levou a bola a passar ao lado do poste direito da baliza à guarda do Daniel Duarte.

 

CRÓNICA DO JOGO: 

Este sábado, pelas 17 horas, a equipa sénior do Futebol Clube de Ota deslocou-se à Malveira, onde no relvado principal daquele clube que milita na 3ª divisão nacional, defrontou a equipa B, em partida a contar para a 19ª jornada, do campeonato distrital da 2ª divisão, da A. F. de Lisboa.

Para este jogo, a equipa técnica teve apenas 16 jogadores disponíveis, por diversos motivos e escalou o seguinte onze: Na baliza o Daniel foi o titular. Na defesa alinharam o João Rodrigues na direita, o Edgar na esquerda, o Caldeira e João Silva no eixo central. O duplo pivot defensivo foi composto pelo Grilo, capitão neste jogo, e o Peres. Na direita da zona intermediária jogou o Quaresma e na esquerda o Narciso. Na frente de ataque jogaram o Fachada e o Miguel Rocha.

A equipa da casa, como seria de esperar, assumiu as rédeas do jogo, sem colocar muita velocidade, o que nos permitiu defender com segurança, nomeadamente na primeira metade do primeiro tempo.

A Malveira "B" fez da posse e circulação de bola a sua maior arma, mas quando chegava ao último terço do campo, esbarrava contra uma defesa que estava bem posicionada.

Nos primeiros vinte minutos de jogo registamos três situações de perigo junto ás balizas, as duas primeiras, aos 6 e 8 minutos, para a equipa da casa, na primeira o jogador nº 8 trabalhou bem no interior da área, mas o seu remate saiu fraco e ao lado do poste esquerdo do F. C. Ota, na segunda, de novo o jogador nº 8 a dominar bem a bola e a dar para o jogador nº 9 que rematou forte, com o esférico a sair por cima da barra. Aos 9 minutos, na sequência de um livre directo, foi a vez do Nuno Narciso chamar ao serviço o guardião da Malveira "B", que respondeu com eficácia.

Seguiu-se um período sem grandes ocasiões de golo, até que aos 21 minutos, numa excelente jogada desenvolvida pelo lado esquerdo, entre o Edgar e o Miguel, com o primeiro a entrar na área e a rematar ao lado da baliza adversária.

Nos últimos vinte minutos da primeira parte, a equipa da Malveira "B" carregou mais no acelerador e teve algumas oportunidades para inaugurar o marcador, valendo o Daniel Duarte com quatro grandes defesas, que evitaram esse situação.

Aos 25 minutos, o jogador nº 6 bateu um livre directo, que o Daniel defendeu com dificuldade, acabando o Caldeira por atirar a bola pela linha de fundo. Na marcação do canto, o jogador nº 13 cabeceou sozinho, mas bola saiu por cima da barra, numa grande oportunidade para marcar.

Aos 26 minutos, numa rápida transição, o Nuno Narciso apareceu isolado frente ao guarda redes, tentou o chapéu, mas este saiu curto e o guarda redes defendeu com segurança.

Aos 31 minutos, o jogador nº 3 entrou na área, ganhou em velocidade ao João Rodrigues, valendo na circunstância a saida arrojada dos postes que o Daniel efectuou, defendendo à queima o remate do jogador da Malveira.

Aos 37 minutos, na sequência de um canto da direita, o jogador nº 13 saltou mais alto e cabeceou a bola ao lado do poste direito do F. C. Ota.

Aos 39 minutos, o jogador nº 3 isolou-se e tentou passar a bola por cima do Daniel, mas este com um grande golpe de rins fez uma excelente defesa.

Aos 45 minutos, na sequência de um livre directo batido pelo jogador nº 3, a bola saiu junto ao poste esquerdo, onde o Daniel fez uma defesa dificil, mas segura.

Chegados ao intevalo e perante os últimos vinte minutos deste período, onde a equipa local desperdiçou seis boas ocasiões para marcar, o resultado era lisonjeiro para a equipa de Ota.

Foto: Grande golpe de rins do Daniel, a esta tentativa de chapéu do jogador nº 3, aos 39 minutos de jogo. 

 

Na etapa complementar a equipa da Malveira "B" entrou como tinha saido na primeira parte, ou seja, com mais uma grande oportunidade de golo, quando aos 49 minutos o jogador nº 3 se isolou e o Daniel fez, de novo, uma grande intervenção, neste caso com as pernas, a evitar o golo para o adversário.

Esta oportunidade foi o canto do cisne para a equipa local, que daqui até ao fim do jogo não criou mais nenhuma ocasião clara de golo, apesar de se ter mantido com o domínio territorial na partida.

Com o decorrer dos minutos, a equipa da casa teimava em esbarrar na nossa muralha defensiva que estava cada vez mais acertada. As recuperações de bola eram mais constantes e as tentativas de sair em contra ataque também, faltava no entanto acertar o último passe, até porque os defesas da Malveira "B" eram muito rápidos e conseguiam desarmar os nossos jogadores.

Finalmente, aos 65 minutos, saiu um grande passe para o Fachada que se isolou e ficou cara-a-cara com o guarda redes adversário, no entanto o árbitro tinha apitado uma falta contra a equipa da casa, beneficiando claramente o infractor. Ficou-lhe bem, ao árbitro, reconhecer o erro, pedir desculpa, mas o mal estava feito e a nossa equipa saiu prejudicada com esta decisão infeliz.

Aos 68 minutos, o João Silva sofreu uma falta dura e teve que sair lesionado. O técnico, Luis Ferreira, aproveitou para fazer duas alterações com as saidas do João e do Miguel, por troca com o Sandro Ferreira e Nuno Fernandes. Com a saida do central, o João Rodrigues ocupou essa posição, enquanto o Nuno Fernandes foi para a direita da defesa.

Aos 75 minutos, aconteceu o caso do jogo, quando só o árbitro assistente do lado dos bancos viu o Caldeira tocar a bola com a mão na grande área. Até admitimos que ele possa estar convencido da decisão acertada que tomou, mas como temos o vídeo do lance e já o vimos e revimos várias vezes, temos a certeza que ele teve uma visão, onde o Caldeira aparecia a tocar a bola com a mão. Tipo assim, uma visão virtual, num mundo alternativo, que não a realidade do que se passou efectivamente naquela jogada em pleno relvado natural do estádio da Malveira.

O árbitro, apesar de pouco convecido, seguiu a indicação desastrada do seu assistente e assinalou o castigo máximo contra a equipa de Ota. Na marcação do penalty, o jogador nº 14 não perdoou e fez o golo que deu os três pontos à sua equipa.

Com pouco tempo para jogar, e já muito desgastados, os jogadores da equipa de Ota tudo tentaram para, pelo menos, chegar à igualdade.

Aos 82 minutos, sairam o Peres e o Nuno Narciso, por troca com o João Bacalhau e o Jorge Ribeiro, numa tentativa de colocar mais poder de fogo na frente de ataque.

Até ao apito final, os nossos jogadores bombearam bolas para a área, mas sem sucesso, enquanto os jogadores da equipa local tentavam esconder a bola para fazer passar o tempo, neste caso com sucesso.

Em suma, foi lamentável termos perdido graças a uma decisão irracional do árbitro assistente, que se tivesse estado mais atento e concentrado veria, como todos vimos, inclusivé o seu chefe de equipa, que não era caso para assinalar o castigo máximo contra a nossa equipa. De qualquer forma, pela primeira parte efectuada, a equipa da Malveira "B" mereceu a vitória neste jogo, embora eles próprios tenham saido algo desapontados moralmente por terem chegado à vitória e aos três pontos, através de uma decisão que eles sabem ter sido errada e muito penalizadora para o esforço dos seus adversários.

Foto: Lance disputado nas alturas, entre o Grilo e um adversário, com o Peres e o Miguel Rocha na expectativa quanto ao desenlace da situação aérea.   

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem escalado para o encontro entre a Malveira "B" e o Futebol Clube de Ota foi composto pelo Pedro Teixeira (árbitro principal), João Santos e Fernando Botelho (árbitros assistentes).

A pergunta que se impões fazer neste rescaldo é a seguinte: Como foi possivel, em dois lances, terem estragado o bom trabalho que fizeram ao longo do jogo?

Pois é, dois simples lances estragaram por completo a exibição deste trio de arbitragem, ambos no segundo tempo. Aos 65 minutos, impediram que o Fachada isolado perante o guarda redes adversário fizesse qualquer coisa, até falhar o golo, o que parecia improvável, ao assinalarem uma falta imediatamente anterior à desmarcação do nosso avançado, contra a equipa da Malveira "B", beneficiando claramente o infractor.

Aos 75 minutos, o árbitro assistente do lado dos bancos, assinalou uma inexistente grande penalidade, contra a equipa de Ota que definiu o resultado final deste jogo.

Foi pena, por de resto estiveram bem, nomeadamente no capítulo disciplinar.

  


publicado por BLOGOTA às 16:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 17 de Setembro de 2010
ÉPOCA 2010/2010 - PERSPECTIVAS

Está prestes a começar mais uma época desportiva para o Futebol Clube de Ota. No próximo domingo, dia 19 de Setembro, arranca a série 1, da 2ª divisão distrital de Lisboa, com o clube de Ota nela integrado.

Pelo quinto ano consecutivo, a equipa sénior do F. C. Ota, participa nesta competição organizada pela Associação de Futebol de Lisboa.

Esta época, o clube de Ota, vê-se impossibilitado de utilizar o seu Parque de Jogos, que aguarda pela implementação de um relvado sintético. Deste modo, a equipa, fará os jogos da 1ª volta do campeonato na condição de visitante, até que o seu campo esteja pronto para receber jogos de futebol.

Esta situação torna ainda mais difícil a vida ao clube de Ota, embora os objectivos estejam apontados para fazer uma boa 1ª volta, que nos permita estar na metade de cima da tabela classificativa, para que depois, possivelmente já no nosso sintético, possamos fazer uma 2ª volta de grande nível, que nos aproxime da luta pela subida de divisão.

Dos 14 clubes inscritos nesta série 1, parece-nos, tendo em conta épocas anteriores e o historial dos clubes, que os grandes favoritos à subida de divisão são o A dos Cunhados e o MTBA. Ambos desceram da 1ª divisão e, previsivelmente, acarretam esperanças sustentadas de lá regressar imediatamente.

Englobamos, também, nos claros candidatos à subida, o Furadouro, equipa que tem vindo a crescer ao longo das últimas épocas, ao ponto de ficar em 4º lugar na passada temporada. Caso tenham mantido os principais jogadores do ano passado, são uma formação a ter muito em conta na luta pelo acesso à divisão superior.

Depois, num patamar ligeiramente inferior, incluímos três equipas com algumas potencialidades para lutar pelos dois primeiros lugares desta série, são elas a Cerca, o Sobreirense e o F. C. Ota.

Num outro patamar, temos cinco equipas que habitualmente não conseguem lutar pelos primeiros lugares, mas como tantas vezes o cântaro vai à fonte, até quebrar, pode ser que desta vez consigam estar entre os primeiros. São elas, a Atalaia, o Pinheiro Loures, o Frielas, a Alcainça e a Associação Murteirense.

Finalmente, temos três equipas que são verdadeiras incógnitas por diferentes factores, a saber: o Luz Fanhões é um clube criado recentemente, nascido após a extinção do S. Lisboa e Fanhões, não se sabendo quais as potencialidades desta nova colectividade. O Fonte Grada, após duas épocas sem equipa sénior, regressa esta temporada, sendo outra perfeita incógnita quanto ao seu valor desportivo. Por último, o Malveira “B”, criado e integrado nesta série já após o sorteio efectuado será, pelo menos nas primeiras jornadas, outra incerteza quanto ao seu valor como equipa de futebol. Em relação a esta equipa “B”, da Malveira, temos sempre que esperar pelas primeiras jornadas para avaliar o seu valor, até porque já tivemos o exemplo do Torreense “B”, em 2006/2007, que foi um equipa poderosa, que dominou de fio a pavio a série 1 dessa época, com grande prejuízo para o Futebol Clube de Ota.



publicado por BLOGOTA às 19:46
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sexta-feira, 10 de Setembro de 2010
HISTÓRICO DAS EQUIPAS - SÉRIE 1 - ÉPOCA 2010/2011 (3/3)

 

GRUPO UNIÃO RECREATIVO DESPORTIVO MTBA

Magoito – São João das Lampas – Sintra

Campo António Forjaz

(Relva Sintética)

 

2009/2010

Na passada época, a equipa do MTBA, disputou o campeonato distrital da 1ª divisão, série 1, onde se classificou em 15º lugar (penúltimo). Realizou 30 jogos, com 7 vitórias, 5 empates e 18 derrotas. Marcou 29 golos e sofreu 64.

 

2008/2009

Nesta temporada, o MTBA, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 2, onde se classificou em 1º lugar. Efectuou 34 jogos, com 22 vitórias, 6 empates e 6 derrotas. Marcou 75 golos e sofreu 31.

 

2007/2008

Nesta época, a equipa do concelho de Sintra, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 2, classificando-se em 5º lugar. Disputaram 28 jogos, com 16 vitórias, 6 empates e 6 derrotas. Marcaram 54 golos e sofreram 30.

 

 

SPORTING CLUBE PINHEIRO DE LOURES

Loures

Campo Major Rosa Bastos

(Relva Sintética)

 

2009/2010

Na passada temporada, a formação de Pinheiro de Loures, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 2, classificando-se em 10º lugar (penúltimo). Em 20 jogos, a equipa venceu 5, empatou 1 e perdeu 14. Marcaram 22 golos e sofreram 45.

 

2008/2009

Nesta temporada, voltaram a disputar o campeonato distrital da 2ª divisão, série 2, onde se classificaram em 18º lugar (último). Realizaram 34 jogos, com 5 vitórias, 8 empates e 21 derrotas. Marcaram 30 golos e sofreram 81.

 

2007/2008

De novo, esta equipa do concelho de Loures, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 2, classificando-se em 15º lugar (último). Fizeram 28 jogos, com 1 vitória, 7 empates e 20 derrotas. Marcaram 20 golos e sofreram 66.

 

 

GRUPO DESPORTIVO SOBREIRENSE

Sobreiro Curvo – Torres Vedras

Campo Luis P. Sarreira

(Relva Sintética)

 

2009/2010

Na época passada, a equipa do Sobreirense, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 1, onde se classificou em 5º lugar. Realizou 22 jogos, com 10 vitórias, 3 empates e 9 derrotas. Marcou 29 golos e sofreu 30.

Nos encontros com a equipa de Ota, os resultados foram os seguintes: Sobreirense 2 – F. C. Ota 1 (1ª volta) e F. C. Ota 2 – Sobreirense 0 (2ª volta).

 

2008/2009

Há duas épocas atrás, a formação de Sobreiro Curvo, voltou a disputar o campeonato distrital da 2ª divisão, série 1, classificando-se em 15º lugar. Efectuaram 34 jogos, com 9 vitórias, 7 empates e 18 derrotas. Marcaram 40 golos e sofreram 50.

Nos confrontos com o F. C. Ota, os resultados foram estes: Sobreirense 1 – F. C. Ota 0 (1ª volta) e F. C. Ota 0 – Sobreirense 2 (2ª volta).

 

2007/2008

Nesta temporada, a equipa de Torres Vedras, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 1, ficando em 7º lugar. Efectuaram 30 jogos, com 13 vitórias, 5 empates e 12 derrotas. Marcaram 41 golos e sofreram 38.

Nas partidas com a equipa de Ota, registaram-se os seguintes resultados: F. C. Ota 4 – Sobreirense 1 (1ª volta) e Sobreirense 2 – F. C. Ota 2 (2ª volta).

 

2006/2007

Nesta época, de novo na 2ª divisão distrital, série 1, a equipa do Sobreirense ficou em 10º lugar. Em 26 jogos, ganharam 8, empataram 7 e perderam 11. Marcaram 39 golos e sofreram 48.

Com a equipa de Ota, os resultados foram estes: F. C. Ota 4 – Sobreirense 4 (1ª volta) e Sobreirense 1 – F. C. Ota 3 (2ª volta).

 

 

UNIÃO RECREATIVA DESPORTIVA ATALAIA

Ventosa – Alenquer

Campo do Atalaia

(Terra Batida)

 

2009/2010

Na pretérita temporada, a Atalaia, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 1, onde se classificou em 11º lugar (penúltimo). Em 22 jogos, venceram 3, empataram 2 e perderam 17. A equipa marcou 15 golos e sofreu 48.

Contra a equipa de Ota, os resultados foram os seguintes: F. C. Ota 0 – Atalaia 1 (1ª volta) e Atalaia 1 – F. C. Ota 2 (2ª volta).

 

2008/2009

Nesta temporada, a formação do concelho de Alenquer, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 1, classificando-se em 18º lugar (último). A equipa disputou 34 jogos, venceu 6, empatou 6 e perdeu 22. Os jogadores da Atalaia marcaram 32 golos e sofreram 73.

Nos jogos disputados com a equipa de Ota, foram estes os resultados: F. C. Ota 2 _ Atalaia 2 (1ª volta) e Atalaia 1 – F. C. Ota 3 (2ª volta).

 

2007/2008

Nesta época, a equipa da Atalaia, voltou a disputar o campeonato distrital da 2ª divisão, série 1, ficando em 10º lugar. Em 30 jogos realizados, venceu 13, empatou 3 e perdeu 14. Marcou 37 golos e sofreu 54.

Nas partidas com o F. C. Ota, os resultados foram estes: F. C. Ota 1 – Atalaia 1 (1ª volta) e Atalaia 0 – F. C. Ota 2 (2ª volta).

 

2006/2007

Neste ano desportivo, a equipa da Atalaia, disputou o campeonato distrital da 2ª divisão, série 1, onde terminou em 14º lugar (último). O clube fez 26 jogos, com 3 vitórias, 5 empates e 18 derrotas. Marcaram 31 golos e sofreram 71.

Com o F. C. Ota, os resultados foram os seguintes: Atalaia 0 – F. C. Ota 0 (1ª volta) e F. C. Ota 2 – Atalaia 0 (2ª volta).

 

 

ATLÉTICO CLUBE MALVEIRA “B”

Malveira – Mafra

Campo do Marco (Livramento)

(Relva Sintética)

 

A equipa “B” do Atlético Clube da Malveira foi formada para esta época, tendo sido integrada na série 1, já após o sorteio efectuado. Como tal, não existem registos históricos desta formação.



publicado por BLOGOTA às 20:13
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010
NOVIDADES NA SÉRIE 1 - 2ª DIVISÃO DISTRITAL - A.F. LISBOA

Para depois do fecho das inscrições das equipas na Associação de Futebol de Lisboa, ficou reservada uma surpresa na série 1, da 2ª divisão distrital, precisamente aquela onde está inserido o Futebol Clube de Ota.

Assim sendo, a série 1, inicialmente constituída por 13 clubes, passou a ter mais um, no caso a equipa “B” do Atlético da Malveira, que vai jogar na localidade do Livramento.

Com esta actualização de calendário nenhuma equipa terá jornadas de folga, e no caso do Futebol Clube de Ota, as datas de 24 de Outubro de 2010 (6ª jornada) e 27 de Fevereiro de 2011 (19ª jornada), passam a estar preenchidas com os jogos frente ao Malveira “B”.

Noutra área, o clube está a desenvolver contactos com a A. F. Lisboa e com os clubes que defrontam o F. C. Ota na condição de visitantes na 1ª volta, a fim de se fazer a inversão de jornadas, para que a nossa equipa jogue sempre fora, de modo a que quando o nosso parque de jogos estiver pronto, ai possamos realizar os jogos em casa.

Finalmente, o jogo de apresentação aos sócios do F. C. Ota, será realizado no dia 12 de Setembro, por volta das 17 horas, frente aos juniores do Sport Alenquer e Benfica, no pelado da Sociedade Recreativa de Cheganças.

 

Update: O jogo de apresentação, marcado para dia 12 de Setembro, frente aos juniores do Sport Alenquer e Benfica, já não se realizará devido à indisponibilidade que a direcção do clube das Paredes mostrou em relação à realização desta partida. Assim sendo, o clube de Ota continua em busca de um adversário para mostrar a equipa aos seus sócios e adeptos.



publicado por BLOGOTA às 19:15
link do post | comentar | favorito

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

IIª DIVISÃO DISTRITAL - S...

VIDEOS DO JOGO: MALVEIRA ...

A. C. MALVEIRA "B" 1 - FU...

ÉPOCA 2010/2010 - PERSPEC...

HISTÓRICO DAS EQUIPAS - S...

NOVIDADES NA SÉRIE 1 - 2ª...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim