PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Sábado, 14 de Agosto de 2010
IMAGENS DE OTA

 

LAGOA JUNTO À QUINTA DO AJOUJO - OTA - AGOSTO 2006



publicado por BLOGOTA às 20:26
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 6 de Agosto de 2010
IMAGENS DE OTA

 

QUINTA DO AJOUJO - OTA - AGOSTO 2006



publicado por BLOGOTA às 20:25
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010
QUASE SEMPRE A PEDALAR

Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Percurso: Ota – Alenquer – Parte do Percurso das 24 Horas de BTT em Alenquer – Várzea de Alenquer – Quinta do Pombal – Quinta da Torre – CFMTFA de Ota - Ota

Distância percorrida: 45 kms (aprox.)

 

No passado domingo houve um daqueles treinos, que já não se realizavam há bastante tempo. Organizado pelo Miguel Pancadares, com o intuito de se conhecer o percurso das 24 Horas de BTT em Alenquer, juntaram-se cerca de 20 betetistas para uma manhã muito agradável de BTT.

Como não podia deixar de ser o «Trio de Ataque» esteve também presente, para além de elementos da equipa R BIKES / OTA, do C.S.R.D. OTA / CARB BOOM, do AREAL BIKE TEAM / RÁDIO ALENQUER, entre outros.

Já com um ligeiro atraso, em relação à hora prevista, saímos de Ota, por estrada asfaltada, até às piscinas municipais de Alenquer, onde nos juntamos à equipa do Areal.

Para começar houve logo um aquecimento, em termos de andamento, acima da média. Primeiro em asfalto até Cheganças (Linde Sogás) e depois em terra batida até ao Parque Urbano da Romeira.

Com o grupo completo, coube ao Miguel Pancadares, um dos elementos que marcou o percurso das 24 Horas de BTT, dar a ordem de partida, para o devido reconhecimento.

A primeira parte do percurso não se pôde reconhecer, porque invade terrenos particulares, junto ao rio Alenquer e ainda não estão disponíveis para o efeito. Assim sendo, fizemos a ligação por estrada, passando pelo Camarnal, até às instalações industriais do Lenine, onde entramos em zona do percurso, no acesso à Quinta do Carneiro.

Ainda estávamos na parte inicial do percurso quando ocorreu o primeiro incidente, com o rebentamento do pneu traseiro da máquina do Ricardo Rodrigues, obrigando a algum tempo de espera para que se resolvesse o problema. Em boa hora, infelizmente má para o Ricardo, aconteceu este imprevisto, porque como já seguia na minha posição habitual, deu para colar novamente ao grupo.

Problema resolvido, toca a montar nelas e seguir caminho, numa zona de muito sobe e desce, embora não muito duro, por entre uma zona de eucaliptal, entre a Quinta do Carneiro e o Alvarinho.

Fizemos alguns quilómetros até chegarmos ao Alvarinho, numa altura em que seguia uns bons duzentos metros atrás do grupo principal, com o amigo João a fazer de elemento intermédio, a cerca de 100 Mts, para que tivesse sempre um ponto de referência em relação ao grupo da frente.

Na zona do Alvarinho, quando nos preparávamos para entrar na zona do areeiro, aconteceu o segundo incidente, desta vez com o Miguel a partir o desviador da sua máquina. Mais uma vez, deu para reagrupar o grupo novamente, só que desta vez ficamos sem guia para os últimos 6 quilómetros do percurso.

O Miguel lá nos deu as indicações necessárias e seguimos em frente, para pouco depois nos perdermos e irmos parar ao campo de futebol do Camarnal. Numa das opções do caminho, viramos à esquerda, quando deveríamos o ter feito para a direita.

Atravessamos, novamente o Camarnal, e seguimos em direcção a Cheganças, pela estrada do areeiro, voltando a apanhar o percurso das 24 horas um pouco mais frente.

Novamente nos trilhos do percurso, fomos até ao final, passando por alguns locais bem agradáveis de fazer, sendo de salientar apenas, como principal dificuldade, a subida para o Aqueduto do Alviela.

Em suma, e numa primeira análise, gostamos do percurso apresentado, embora nalguns locais seja necessária uma limpeza, nomeadamente algumas árvores que caíram com a intempérie do final do ano passado.

Depois de chegarmos a Alenquer, os grupos dividiram-se e nós (Rui, João, Licínio e Afonso), seguimos em direcção à Várzea de Alenquer, depois passamos pela Quinta do Pombal, Quinta da Torre, ainda fizemos uma incursão junto ao Centro de Formação Militar e Técnico da Força Aérea, para chegarmos a Ota, pela Estrada Nacional 1, um pouco antes do meio-dia, com 45 quilómetros feitos.



publicado por BLOGOTA às 20:13
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009
QUASE SEMPRE A PEDALAR

Sábado, 25 de Julho de 2009

Percurso: Charneca de Ota em BTT.

 

Para este sábado, mais uma vez a solo, decidi tirar a teias de aranha da bicicleta de BTT e fiz-me ao mato, mesmo praticamente sem travões.

Ando a ver se caio, para depois sim fazer uma revisão a esta bicicleta, que bem necessitada está.

Foi bem agradável este regresso à charneca de Ota, numa manhã soalheira, mas não excessivamente quente, que me levou até à Vidigueira, Quinta da Ameixoeira, Salgueiral, Chã Alta, Barragem, Vale das Pedras, Quinta da Torre e Vale Carlos.

O ritmo foi sempre de passeio, sem forçar absolutamente nada, apenas para voltar a contactar com o BTT puro e duro.

Enfim, as costas é que não agradecem nada este tipo de percurso, mas foram duas horas bem agradáveis pelos magníficos trilhos e caminhos de Ota.

 

Quarta – Feira, 29 de Julho de 2009

Percurso: Ota - Vale das Pedras – Quinta da Torre – Quinta do Pombal, Quinta da Texuga – Casais Vale do Brejo – Chã Alta - Ota

 

Novamente a solo e para fazer BTT, arranquei em direcção à Serra da Aldeia, depois passei em frente ao Vale das Pedras e em seguida dirigi-me para a Quinta da Torre.

Após superar a subida da «Torre Velha», encavei a «talêga» e foi sempre a bombar até passar por baixo da A1.

No sentido inverso e sempre em pararelo com a Auto-estrada do Norte, com o vento a soprar de frente, já foi mais difícil de manter um andamento forte, ainda assim cheguei à Quinta da Texuga com cerca de uma hora de treino.

Depois de uma ligação por alcatrão entre a Quinta da Texuga e o Porto dos Toiros (Archino), voltei a entrar na terra, em direcção à Barragem da Chã Alta e depois Ota, com cerca de 2 horas de treino.



publicado por BLOGOTA às 21:15
link do post | comentar | favorito

Sábado, 2 de Agosto de 2008
IMAGENS DE OTA

TOCA DO COELHO (Na extrema sul do C.F.M.T. Força Aérea Ota)



publicado por BLOGOTA às 20:21
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007
ALGUMAS CASAS EM OTA

Algumas casas – algumas histórias

 

EM OTA:

 

O MORGADO DOS FIGUEIREDOS

E A QUINTA DE UM PRÍNCIPE

 

O leitor conhece muito bem a Ota. Toda a gente conhece a Ota porque toda a gente por lá passava quando ia de Lisboa para Norte, até há pouco tempo.

 

É bem progressiva a Ota. Indo o leitor a Ota, querendo saber da história dela, perguntará onde fica a Quinta de Ota e logo lhe darão caminho que é direito e boa estrada; a Quinta fica perto do centro da aldeia.

 

É a Quinta dos Figueiredos! Sim! Daqueles que vêm de Guesto Ansur, pai de um Ansur Guestes que no ano de 871 casou com Dona Elvira (Srª principal, segundo Gayo). De um Ayres Gonçalves de Figueiredo (que teve de inicio alguns “alguns desgostos com D. João I”), foi filho João Lourenço de Figueiredo. Deste João Lourenço, foi 5º neto Ruy de Figueiredo de Alarcão que foi Senhor da Ota e herói da Aclamação (Restauração) tendo sido, segundo Felgueiras Gayo e o Conde da Ericeira, o único que nela “foi ferido em hua mão de hum tiro de pistola”. Este heróico Figueiredo casou com a filha de Pedro Álvares Cabral, Senhor de Belmonte. Dele vêm os fidalgos que acumularam os senhorios de Ota de Belmonte e que são sobrinhos e representantes do célebre descobridor do Brasil.

 

A Quinta de Ota è pois anterior à grande festa de 1640.

 

O erudito Padre Carvalho em 1707, refere esta quinta como pertencente a “Pedro de Figueyredo” (que Gayo garante ter sido “cavaleiro de grande entendimento”). Carlos Henriques diz que nos terrenos da quinta se experimentou a cultura do arroz. Talvez nos pântanos que deram origem ao ditado: “Deus nos livre das sezões de Ota e das justiças de Alenquer”.

 

O leitor pode ver a velha Quinta da estrada pública. E vê-la-á, no essencial, tal com ela ficou no séc. XVIII (não esquecer o que esta região sofreu com o terramoto de 1755!); linhas condizentes na sua simplicidade, com a austeridade de vida dos fidalgos deste Ribatejo que seremos sempre. Paredes caiadas e cortadas de severas molduras de pedra; uma escada exterior de acesso ao andar nobre que é (a escada) de pedra e graciosamente alpendrada. A casa teve arrebiques do século XIX que lhe foram, em boa hora, subtraídos. Mantém apenas umas bonitas varandas nalgumas janelas.

 

A Quinta pertence ao actual senhor Conde de Belmonte que a vem conservando impecavelmente.

 

Se o leitor for visitar a Ota, não se fique pela velha e respeitável Quinta dos nobres Figueiredos e passe alguns metros além dela para o lugar dos Paços que Henriques diz não merecer o “apellido de povoação”. Deparará com uma casa que, sem ter a nobre velhice da Quinta, atraí pelo traçado linear e pela bela simplicidade das suas paredes caiadas e das suas janelas de vidrinhos ao jeito inconfundível dos fins de setecentos ou inícios de oitocentos. É a Casa dos Paços que foi de um grande Senhor ainda bem vivo na nossa memória: o Sr. D. Ascenso de Siqueira.

 

Indo mais além, o leitor encontrará a antiga Quinta do Archinho que era, em 1907, daquele ilustre Marquês de Arronches, Príncipe do Sacro Império Romano que foi injustamente acusado de ter assassinado em Viena onde era nosso embaixador, o polaco conde de Halvell. A quinta é hoje ainda de descendentes do ilustre e infeliz Príncipe: os Braganças da linha muito ilustre da Casa de Lafões.

 

Ora veja o leitor como, não parecendo, é bem rica da História esta nossa Ota.

 

In: JORNAL NOVA VERDADE

Autor: Dr. JOAQUIM P. DA SILVEIRA


temas: ,

publicado por BLOGOTA às 19:46
link do post | comentar | favorito

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

IMAGENS DE OTA

IMAGENS DE OTA

QUASE SEMPRE A PEDALAR

QUASE SEMPRE A PEDALAR

IMAGENS DE OTA

ALGUMAS CASAS EM OTA

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim