PÁGINA PESSOAL DE RUI BRANCO


Terça-feira, 10 de Julho de 2012
CAMPEONATO NACIONAL CROSS COUNTRY - 2012

No próximo domingo, dia 15 de Julho, em Rio de Mouro, Sintra, disputa-se o Campeonato Nacional de Cross Country Olímpico (XCO), com a presença de, pelo menos, dois atletas da equipa do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom / Anipura, nomeadamente o Paulo Simões e o Cláudio Paulinho, ambos na categoria de Veteranos A.

 

    



publicado por BLOGOTA às 18:18
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 21 de Março de 2012
CICLISMO - PROVA DE ABERTURA DE VETERANOS

Foto: Momento da partida para a prova, onde podemos vislumbrar o Claúdio Paulinho, de capacete azul, o José Carlos Silva, ao seu lado esquerdo e o Ricardo Batista, atrás do 2º classificado em Veteranos A. 

 

No passado domingo, dia 18 de Março, num percurso delineado na zona de Sintra, corrido em duas voltas, a Associação de Ciclismo de Lisboa organizou a prova de abertura de veteranos em ciclismo.

Da equipa do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom / Anipura participaram 7 atletas, nomeadamente o Cláudio Paulinho, David Ventura e Ricardo Rodrigues, na categoria de veteranos A. O Fernando Duarte e o João Nunes, na categoria de veteranos B. O José Carlos Silva na categoria de veteranos C e o Ricardo Batista em Elites.

Numa manhã, com sol e com algum vento forte na zona de Sintra, por volta das onze horas da manhã, os cerca de 130 ciclistas partiram para a primeira volta a um circuito com 45 quilómetros de extensão.

Na categoria de veteranos A, onde mais ciclistas se inscreveram, o atleta da equipa de Ota, Cláudio Paulinho foi o principal animador desta prova. O Cláudio, que conhece muito bem esta zona, tentou nos últimos quilómetros fugir aos seus adversários numa pequena colina, mas a vantagem acumulada não foi suficiente para afastar os perseguidores, que na parte final a rolar o conseguiram apanhar. Para o sprint final foram três atletas, o já referido Paulinho, mais o Nuno Vicente, ambos a disputar a categoria de veteranos A, e o Luís Machado a disputar a classificação de veteranos B.

O veterano B Luís Machado acabou por ser o mais forte e cruzou a meta em 1º lugar.

Na luta pela classificação dos veteranos A, o Nuno Vicente (BTT Seia) foi o mais rápido, com 2h. 30m. 27s. Com o mesmo tempo, no 2º lugar, terminou o Cláudio Paulinho (CSRD OTA / CARB BOOM / ANIPURA). Ambos fizeram a média de 37, 089 km/h. Em 3º lugar, já a 8 segundos de distância, ficou o espanhol Juan González (Monferve / La Palma), com 2h. 30m. 35s.

Ainda em veteranos A tivemos as prestações do Ricardo Rodrigues e do David Ventura, que descolaram do grupo da frente após a primeira passagem pela meta, finalizando em 44º e 45º posto, respectivamente, com os tempos de 2h. 39m. 56s., e 2h. 40m.05s. A média de ambos rondou os 35 km/h.

Em veteranos B a equipa tinha também legítimas aspirações à conquista de um lugar de relevo, nomeadamente através do Fernando Duarte, mas uma situação de queda e confusão no meio do pelotão, acabou por deitar por terra as aspirações do Fernando, que com uma série de raios partidos na sua bicicleta viu-se impossibilitado de prosseguir em prova. O João Nunes, também em veteranos B, não foi feliz e acabou por abandonar a prova antes do seu término. Luís Machado, da Viveiros Vítor Lourenço / Sintra C. Ciclismo foi o vencedor destacado, com 21 segundos de avanço sobre o 2º classificado, o seu colega de equipa, Vítor Lourenço.

Em veteranos C, categoria que só dava uma volta ao circuito delineado perto de Sintra, com cerca de 45 quilómetros de extensão, o atleta da equipa de Ota, José Carlos Silva, com uma prova regular, acabou por terminar no 10º lugar, com 1h. 28m. 13s., á média horária de 30,95 km/h. Nesta categoria a vitória foi conquistada pelo João Marques (Munditubo / SGR Ambiente / CC A. Paio Pires), com 1h. 16m. 10s.

Finalmente, na categoria de Elites, o atleta de Ota, Ricardo Batista viu-se forçado a abandonar a prova. Nesta categoria o vencedor foi o Edgar Anselmo (Xyami / Fagor / Nova Vida), com 2h. 30m. 35s.        



publicado por BLOGOTA às 14:18
link do post | comentar | favorito

Sábado, 30 de Abril de 2011
CAMPEONATO DISTRITAL DE BENJAMINS (Futebol 7)

 VS 

 

SPORT UNIÃO SINTRENSE 2 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 0  

Campo do Sintrense, Nº 2 - Sintra  

Benjamins E2 (10 anos) - 3ª Fase - Série 20 - 3ª Jornada

(Resultado ao intervalo: 1-0)

 

Incidências do Jogo:

Os nossos benjamins deslocaram-se até Sintra, onde defrontaram o Sintrense e perderam por duas bolas a zero.

Pese embora a derrota, a nossa equipa realizou uma boa exibição e bateu-se de igual para igual com o seu opositor.

O primeiro golo para a equipa da casa surgiu aos 20 minutos da 1ª parte e o segundo aconteceu aos 14 minutos da segunda parte.

O grande problema da nossa a equipa foi a incapacidade concretizadora que evidenciou ao longo dos 50 minutos de jogo, porque em termo de jogo jogado a equipa da casa não foi superior à nossa.

Os resultados desta 3ª jornada foram os seguintes: Sintrense 2 - F. C. Ota 0 e Damaiense 4 - GCR Murteirense 1.

A classificação, após este jornada, ficou assim ordenada: 1º Sintrense (9 Pontos); 2º Damaiense (6 Pts); 3º GCR Murteirense (3 Pts); 4º F. C. Ota (0 Pts).

Na próxima jornada, dia 7 de Maio, o F. C. Ota recebe o GCR Murteirense, pelas 10 horas, em Cheganças.   



publicado por BLOGOTA às 22:49
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 13 de Abril de 2011
TROFÉU SINTRA 2011 - XCO - 2ª ETAPA - RIO DE MOURO

Foto: Fernando Duarte no lugar mais alto do pódio em veteranos B

 

Fernando Duarte, da equipa de BTT do Centro Social Recreativo e Desportivo de Ota / Carb Boom / Extrusal, participou na 2ª etapa do Troféu Sintra 2011, em Cross Country (XCO), que se realizou no passado domingo, em Rio de Mouro e venceu na categoria de Veteranos B.

Este troféu é composto por 4 provas, sendo que a primeira realizou-se a 13 de Março em Agualva, sem a presença de atletas da equipa de Ota, a segunda aconteceu este domingo, em Rio de Mouro, com mais uma brilhante vitória do nosso betetista. As próximas ocorrerão a 1 de Maio em Belas e a 26 de Junho no Cacém.

Em Rio de Mouro, o Fernando Duarte controlou a sua prova e venceu com grande vantagem sobre o segundo classificado, que foi o Fernando Mirante, do Grupo Desportivo Volta da Pedra. O nosso atleta fez 4 voltas ao percurso, com cerca de 5 quilómetros de extensão, em 1h. 24m. 50s. O segundo classificado fez 1h. 35m. 23s.   



publicado por BLOGOTA às 12:25
link do post | comentar | favorito

Domingo, 10 de Outubro de 2010
G. U. R. D. MTBA 1 - FUTEBOL CLUBE DE OTA 1

CAMPEONATO DISTRITAL IIª DIVISÃO - ASSOCIAÇÃO FUTEBOL LISBOA

17ª JORNADA - ÉPOCA 2010/2011

Foto (da esquerda para a direita): Grilo, Narciso, Rui Ferreira, Edgar, Sandro, Miguel, Peres, João Silva, João Rodrigues, Daniel e Souza.

Foto: Onze inicial do Grupo União Recreativo e Desportivo MTBA, do concelho de Sintra.

 

O Futebol Clube de Ota iniciou a partida com o seguinte onze:

 

88 DANIEL DUARTE
4 JOÃO RODRIGUES
10 REGINALDO SOUZA (C)
2 JOÃO SILVA
12 EDGAR FILIPE
22 PEDRO GRILO
6 PERES
8 SANDRO FERREIRA
27 MIGUEL ROCHA
16 NUNO NARCISO
17 RUI FERREIRA

 

Foto: Neste lance, o jogador nº 9, fez o golo para o MTBA. A bola ainda bateu no Edgar, mas acabou por entrar junto ao poste esquerdo da baliza do F.C. Ota.

 

Substituições:

45' - Ao intervalo saiu o Nuno Narciso e entrou o RICARDO QUARESMA (19).

61' - Saiu o Sandro Ferreira e entrou o JORGE RIBEIRO (20).

71' - Saiu o Miguel Rocha e entrou o NUNO FERNANDES (25).

Suplentes não utilizados: Filipe Antunes e Bruno Caldeira.

Não convocados: Márcio Carvalho, Alexander Deus, André Ferreira, Ruben Dias, Gonçalo Ferreira e João Bacalhau.

Disciplina:

Grupo União Recreativo e Desportivo MTBA:

Cartão Amarelo aos 87 minutos, para o jogador Nº 77, por ter simulado uma falta inexistente.

Futebol Clube de Ota:

Cartão Amarelo aos 39 minutos, para o Daniel Duarte, por ter tocado com a mão na bola, numa jogada fora da área, enquanto escorregava no relvado sintético.

Cartão Amarelo aos 45 minutos, para o Pedro Grilo, por ter cortado um lance de ataque do MTBA com o braço.

Cartão Amarelo aos 53 minutos, para o João Silva, por ter chocado contra um adversário, sobre a linha intermediária.

Cartão Amarelo aos 78 minutos, para o Peres, por ter cometido uma falta dura sobre o jogador nº 77.

Cartão Amarelo aos 90+2 minutos, para o Reginaldo Souza, por ter demorado a marcar uma falta contra o MTBA.

Cartão Amarelo aos 90+3 minutos, para o João Silva, por ter agarrado um adversário, quando este se preparava para correr para o nosso meio campo, com a bola controlada.

Cartão Vermelho por acumulação de amarelos, aos 90+3 minutos, para o João Silva.

Resultado ao intervalo: 1-1

Foto: Aos 38 minutos, o jogador nº 21 apareceu desmarcado do lado direito e correu em direcção à nossa área. O Daniel saiu rápido e desarmou o adversário, a bola tocou na sua mão ainda no interior da área, eventualmente terá continuado a escorregar para fora da área e o árbitro auxiliar assinalou a infracção, da qual resultou a amostragem do cartão amarelo ao nosso guarda redes.

 

MARCHA DO MARCADOR:

1-0 aos 19 minutos pelo jogador Nº 9. A jogada foi desenvolvida pelo lado esquerdo do ataque local, o cruzamento saiu e o Daniel não o conseguiu interceptar, a bola caiu nos pés do jogador nº 9, completamente solto, que a enviou para a nossa baliza, nesse caminho, o esférico ainda tocou no Edgar, mas acabou por entrar, na mesma, junto ao poste esquerdo da baliza do F. C. Ota.

1-1 aos 44 minutos por NUNO NARCISO. A jogada começou nos pés do Sandro que, sobre a linha de meio campo colocou o esférico na esquerda, para o Rui Ferreira, nessa viagem a bola foi interceptada pelo defesa central contrário que a colocou na sua grande área, em posição frontal à baliza, onde apareceu muito rápido o Nuno Narciso, completamente desmarcado, a bater de cabeça o desamparado guardião do MTBA.

Foto: Á beirinha do intervalo, neste lance, o Nuno Narciso fez o golo do empate, com um cabeceamento que não deu hipótese de defesa ao, até agora, imbatível, no campeonato, guarda redes do MTBA.  

 

CRÓNICA DO JOGO: 

Este domingo, a equipa sénior do F. C. Ota, deslocou-se ao concelho de Sintra, onde defrontou o MTBA, em partida a contar para a 17ª jornada do campeonato distrital da 2ª divisão, série 1.

O jogo foi disputado ás 16 horas, num relvado sintético em excelentes condições para o futebol, com o tempo a ameaçar chuva, embora não se tenha feito sentir, e com uma boa temperatura ambiente.

Depois da 1ª vitória em Pinheiro de Loures, no passado domingo, e da eliminação da Taça AFL, na passada terça-feira, frente ao Furadouro, perdemos alguns jogadores, nomeadamente de ataque, por lesão.

Assim sendo, foi com 16 jogadores que a equipa se deslocou a Sintra e com muitas limitações nas opções de ataque. O técnico Luis Ferreira colocou o Daniel entre os postes e depois ergueu uma barreira defensiva composta pelo João Rodrigues na direita, o Edgar na esquerda e o Souza e João Silva no eixo central da defesa. Pedro Grilo e Peres formaram o duplo pivot defensivo neste jogo. Na zona intermediária jogaram o Sandro pelo centro, o Miguel pela direita e o Narciso pela esquerda. Na frente de ataque jogou o Rui Ferreira.

A equipa da casa entrou determinada em marcar cedo e instalou-se no meio campo da equipa de Ota, em busca de oportunidades para se adiantar no marcador.

Aos 7 minutos, na sequência de um canto batido do lado direito, o Daniel não conseguiu tocar na bola e, ao segundo poste a bola é cabeceada para a nossa baliza, valendo na circunstância o Sandro, que estava junto ao poste, a tirar a bola para longe da zona de perigo.

No minuto seguinte, o jogador nº 7 isola-se, pela direita, remata forte para uma defesa incompleta do Daniel, na recarga a bola é novamente rematada em direcção à nossa baliza, valendo neste caso o Souza a oferecer o corpo ao esférico, desviando-o pela linha de fundo.

O domínio da equipa da casa era avassalador e adivinhava-se o golo, que aconteceu mesmo à passagem do minuto 19, quando o Daniel não conseguiu interceptar um cruzamento do lado esquerdo, com a bola a sobrar para o jogador nº 9, completamente desmarcado que rematou contra o corpo do Edgar, acabando o esférico por entrar junto ao poste esquerdo do F.C. Ota.

Após o golo, a equipa da casa continuou a dominar o jogo, embora a de Ota começasse aos poucos a sacudir a pressão inicial do adversário.

Aos 25 minutos, na sequência de um livre marcado do lado direito do ataque do MTBA, o jogador nº 21, livre de marcação na área, cabeceou mal, com a bola a sair ao lado do poste direito da baliza visitante.

A primeira aproximação com perigo da equipa de Ota à baliza adversária aconteceu aos 27 minutos, quando após um canto batido na esquerda pelo Sandro, a bola foi cair ao segundo poste, onde o Souza rematou de pronto para uma defesa incompleta do guarda redes do MTBA, na recarga, em zona frontal à baliza, o João Rodrigues rematou por cima da barra.

Aos 37 minutos, numa altura em que a equipa de Ota repartia o domínio do jogo com o seu adversário, numa bela jogada de envolvimento pelo centro do terreno, a bola apareceu à entrada da área, mesmo a jeito do pé direito do Sandro, que não se fez rogado e rematou forte, para uma defesa segura do guardião visitado.

Aos 41 minutos, num livre directo descaído para o lado direito, contra a equipa de Ota, a bola è batida contra a barreira e na recarga o jogador nº 18 rematou forte, com muito perigo para a baliza à guarda do Daniel Duarte.

Aos 42 minutos, o Pedro Grilo bateu um livre directo, com a bola a passar muito próxima da baliza do MTBA.

Aos 43 minutos, na mesma jogada, o jogador nº 21 e o Nº 4, estiveram muito perto do golo, valendo a sorte à equipa de Ota para que isso não acontecesse.

Aos 44 minutos, a equipa de Ota chegou ao empate, após um erro defensivo do defesa central do MTBA, que colocou a bola à disposição do Nuno Narciso e este não perdoou, fazendo o golo do empate.

O resultado ao intervalo era muito lisonjeiro para a equipa de Ota, dado o maior domínio da equipa local e o número de oportunidades de golo desperdiçadas.

Foto: Festejos do jogadores da equipa de Ota, após o golo do empate, conseguido pelo Nuno Narciso. 

 

Ao intervalo, a equipa técnica de Ota teve que proceder à primeira alteração por lesão. Nas cabines ficou o Nuno Narciso e no seu lugar entrou o Ricardo Quaresma. Neste caso o Miguel derivou para o lado esquerdo do meio campo, enquanto o Quaresma se foi posicionar no lado direito da zona intermediária.

Para não variar a equipa da casa entrou disposta a voltar à vantagem no marcador e, logo aos 53 minutos, na sequência de um cruzamento da direita do jogador nº 20, na pequena área o jogador nº 21 tentou finalizar de calcanhar mas falhou o esférico.

Aos 61 minutos, o Sandro fez um pique e ficou agarrado à coxa direita, sendo substituido pelo Jorge Ribeiro.

O jogo prosseguiu sob o domínio intenso da equipa da casa, embora com menos oportunidades flagrantes que na 1ª parte.

Aos 70 minutos, na sequência de um cruzamento/remate do jogador nº 18, a bola raspou na barra da baliza do F. C. Ota.

Aos 71 minutos, o Miguel Rocha saiu tocado, entrando para o seu lugar o Nuno Fernandes.

Aos 72 minutos, na sequência de um canto, o jogador nº 3 do MTBA, esteve muito perto do golo.

Aos poucos o jogo foi-se arrastando para o fim, com a equipa de Ota a defender o precioso ponto, enquanto o MTBA procurava a todo o custo chegar ao segundo golo, embora para o fazer usasse cada vez mais o coração em vez da cabeça.

Aos 89 minutos, na sequência de um canto batido do lado esquerdo do ataque visitado, no coração da pequena área o jogador nº 21, cabeceou o esférico de raspão, com este a sair ligeiramente ao lado do poste esquerdo da baliza à guarda do Daniel Duarte.

Esta foi a última grande oportunidade de golo flagrante para a equipa local. Os últimos minutos, nomeadamente os quatro de compensação, foram disputados longe das balizas, havendo ainda tempo para o João Silva ver o segundo amarelo, após ter agarrado um adversário que se preparava para correr em direcção à nossa grande área.

O resultado final penaliza a equipa da casa que, principalmente no primeiro tempo, teve inúmeras oportunidades para ganhar uma vantagem segura sobre o seu adversário. A equipa de Ota conseguiu, com alguma dose de sorte, chegar ao empate mesmo à beira do intervalo e no segundo tempo segurou este resultado, abdicando praticamente do ataque porque ficou sem opções para o fazer. Em suma, um bom empate, que permitiu manter a distância pontual contra um dos primeiros classificados desta série 1.

 

Foto: Aos 89 minutos, neste lance, o jogador nº 21, neste cabeceamento, esteve muito próximo do segundo golo. 

 

ARBITRAGEM:

O trio de arbitragem nomeado para a partida desta tarde, em Sintra, foi composta pelo Nuno Rocha (árbitro principal), Fernando Oliveira e João Loureiro (árbitros assistentes).

Em termos gerais, este trio de árbitros, realizou uma boa prestação, conseguindo gerir o jogo e os impulsos dos jogadores de forma absolutamente irrepreensível.

Houve um ou outro erro, sem influência no resultado do jogo, que não manchou a sua exibição. De qualquer modo, em prejuízo da equipa local, que pretendia que o jogo fosse mais corrido, aconteceram muitas interrupções com o árbitro a dialogar diversas vezes com os jogadores de ambas as equipas. Essa situação beneficiou mais a equipa visitante, que aproveitava para montar a equipa no seu eduto defensivo e respirar um pouco.

    


publicado por BLOGOTA às 20:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

links
arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

posts recentes

CAMPEONATO NACIONAL CROSS...

CICLISMO - PROVA DE ABERT...

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

TROFÉU SINTRA 2011 - XCO ...

G. U. R. D. MTBA 1 - FUTE...

favoritos

CAMPEONATO DISTRITAL DE B...

CAMPEONATO DISTRITAL DE I...

RESCALDO DA 1ª PROVA RESI...

VIDEOS DA 1ª PROVA RESIST...

RESCALDO - T. P. MARATONA...

FOTO DA ASSINATURA DO CON...

S. C. PINHEIRO LOURES 3 -...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

CAMPEONATO NACIONAL DE RA...

RESCALDO DA MARATONA BTT ...

temas

2008/2009

2009/2010

2010

2010/2011

2011

2011/2012

2012

7 maravilhas

aeroporto de ota

afl

alenquer

alentejo

alhandra

amador

analises

anipura

arneiros

arrudense

atalaia

atletismo

benfica

benjamins

btt

c.s.r.d. de ota

campeonato

carb boom

cerca

charneca de ota

cheganças

ciclismo

classificação

comentarios

corrida do mirante

cronicas

cross country

desporto

diversos

elites

escolas

estatistica

eventos

extrusal

f.c. ota

f.c. ota benjamins

f.c. ota escolas

f.c. ota infantis

f.c. ota iniciados

f.c. ota juniores

f.c. ota juvenis

festa

frases

furadouro

futebol

futebol de sete

golos

humor

imagens

infantis

iniciados

jogador

juniores

juvenis

lfo

Liga Fantástica de Ota

linhais

lisboa

maratona

memorias

monte agraço

monte redondo

montejunto

música

nacional

ota

ota videos

passeios

pelado

pinheiro loures

portugal

raid

rbikes

relvado

rescaldo

resultados

rio de ota

seniores

serra de ota

sintético

sobreirense

sorteio

sub-23

taça

torneio

treino

varanda da ota

vencedor

veteranos

videos

xcm

xco

todas as tags

últ. comentários
Sem grandes comentarios. obrigado Rui. Fica aqui m...
Até no fim se manifesta a enorme qualidade e dedic...
a deresao do futebol clube agradece todo o que o b...
Caro Rui Branco,Os meus Parabéns pelo teu trabalho...
Foi um óptimo trabalho feito ao estilo de O...
Caro Rui Branco,Obrigado pelo trabalho pioneiro qu...
RuiCertamente que para tomares esta decisão, pensa...
Caro Rui, É com muita tristeza que leio a notícia ...
Caro RuiÉ com tristeza que vejo esta noticia.Assim...
OS COMENTÁRIOS NESTE BLOG ESTÃO TEMPORARIAMENTE SU...
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9


24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds
mais sobre mim